21 de março de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias


Paulo Miranda faz exposição individual no Rio de Janeiro - Foto: Divulgação
ARTE NA CIDADE MARAVILHOSA
Amantes da cultura em Uberaba estão de olhos voltados para o Rio de Janeiro. É que a Galeria Almacen, no CasaShopping - Barra da Tijuca, está expondo, até 5 de abril de  2012, "O Alquimista da Memória”. São 25 obras do artista plástico de Uberaba, Paulo Miranda, entre pinturas e desenhos na técnica mista sobre lona e mista sobre papel.
O PERFIL --- Coordenador do Mada - Museu de Arte Decorativa de Uberaba, Paulo Miranda é formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Uberaba e pós- graduado em Desenho e Criatividade pela Unifran. Foi aluno de desenho e pintura dos artistas Hélio Siqueira, Orlando Castaño, Karin Lambrecht, Frans Krajecberg, Shirley Paes Leme, Alex Cerveny, entres outros.

OS ADOLESCENTES

Estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral mostram que os adolescentes de 16 e 17 anos – cujo voto é facultativo, estão se afastando da política. No caso de Uberaba, por exemplo, de janeiro de 2011 a janeiro de 2012 houve uma redução de 244 adolescentes eleitores.
POR SEXO --- A queda aconteceu em relação aos dois sexos e às duas faixas etárias na mira da Justiça Eleitoral. Entre os meninos, houve uma redução de 102 eleitores, e entre as meninas a queda foi de 142 eleitoras de 16 e 17 anos.
POR IDADE ---- Na faixa dos 16 anos, a redução foi 117 eleitores, de janeiro de 2011 a janeiro de 2012. No caso dos adolescentes de 17 anos de idade, a queda foi de 127 eleitores.
Veja a tabela com os números.

EXPRESSO CIDADANIA
Não é por acaso, portanto, que o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais está de olho nos adolescentes. Criado em 2008, através de  parceria com a Assembleia Legislativa e a Secretaria de Estado da Educação, a Justiça Eleitoral mineira colocou o Expresso Cidadania novamente em atividade. Objetivo é estimular a participação política de jovens entre 16 e 17 anos, em escolas da rede estadual, inclusive por meio do cadastramento eleitoral.
PÉ NA ESTRADA --- Por enquanto, dez cidades mineiras estão na rota, entre elas, Uberaba, que recebe o projeto dias 26 e 27 de março. Única do Triângulo Mineiro na lista 2012 do Expresso Cidadania, Uberaba terá como base dos atendimentos as Escolas Estaduais Bernardo Vasconcelos; Carmelita Carvalho Garcia; Corina de Oliveira e Nossa Senhora de Abadia.

MEIO AMBIENTE
Promotora de Justiça, Claudine Lara Bettarello marcou para dia 10 de maio de 2102, às 17h, audiência relativa ao inquérito civil que apura denúncia de descaso do governo municipal de Uberaba na recuperação de área no bairro Volta Grande. A reclamação foi levada ao Ministério Público pelo servidor municipal e morador do bairro, Marcelo Campos.
COMPROMISSO --- De acordo com ele, o governo municipal não revitalizou a área como foi determinado pelo próprio Ministério Público – o que deveria ter sido feito meses atrás. Marcelo se refere ao plantio de árvores no ecoponto existente no local. Na edição de 23 de fevereiro de Conta-Gotas, ele antecipou que voltaria a pedir socorro ao MP.
ECOPONTOS --- Uberaba já tem cerca de 15 ecopontos espalhados pelos bairros da cidade, e que recebem todos os resíduos da construção civil, tais como cimento, entulho e tijolo, restos de azulejos e madeiras e outros materiais volumosos como móveis velhos e ainda sobras de poda de árvore, óleo de cozinha usado, pneus, animais de pequeno porte.
DESPEJO CLANDESTINO ---  O objetivo é acabar com o despejo clandestino desses materiais em vias públicas, margens de córregos, rios e terrenos baldios, que acabam por gerar problemas de enchentes, saúde pública e oneram o orçamento municipal. A implantação dos ecopontos pressupõe a recuperação da área.

GUERREIROS
Com o tema Guerreiros – Brasileiro que Vota não Foge à Luta, o Tribunal Superior Eleitoral acaba de colocar em circulação, no rádio e na televisão, campanha de conscientização sobre a importância de participação no processo eleitoral de 2012.
ALISTAMENTO --- O mote é a chamada para o alistamento eleitoral, levando em conta que o prazo para tirar, transferir e regularizar o título eleitoral termina dia 9 de maio. São três vídeos e dois spots de rádio.
OS MINEIROS --- Além das peças para rádio e televisão, criadas e produzidas pelo TSE, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais mandou imprimir cerca de 25 mil cartazes e mais de 400 mil panfletos que já foram distribuídos para as 351 zonas eleitorais do Estado.
ATENDIMENTOS --- Os cartórios eleitorais do interior estão atendendo de segunda-feira a sexta-feira, das 12h às 18h, exceto às quartas-feiras, com atendimento de 10h às 16h.
*Uberaba tem 210.413 eleitores – segundo dados atualizados neste dia 20 de março pelo TRE/MG. Ao todo – incluindo os quatro outros municípios da jurisdição, a comarca tem 223.469 eleitores.

TEMPO DE REFLEXÕES --- Naturalmente discretíssimo, o pré-candidato a prefeito do PSDB de Uberaba, engenheiro Maurício Cecílio, parece ter se recolhido ainda mais no silêncio, diante dos entreveros, que incluem, entre outras confusões: a dúvida do apoio do governador e colega de partido, Antonio Anastasia (antes 100% garantido); fotografia de tucanos de alta plumagem de Uberaba com adversários políticos; afastamento do presidente do PSD de Uberaba, deputado federal Marcos Montes (antes 100% aliado).
TEMPO DE REAÇÕES ---- Por outro lado, notas publicadas na edição anterior de Conta-Gotas – 18 de março, revelando que o pré-candidato estaria assustadíssimo com os últimos acontecimentos, provocou reações. Um parente que torce pelo Maurício ligou pra coluna e desabafou: “Se estão achando que ele vai jogar a toalha, podem tirar o cavalinho da chuva!”
PARENTE NÃO É SERPENTE
Ainda de acordo com o parente – que pede pra coluna não divulgar seu nome, por enquanto, o pré-candidato conta com apoio total da família e amigos pra levar a candidatura até a convenção tucana em junho. “Tiraram ele da tranquilidade, prometeram apoio, e agora estão se fazendo de bobos!” – desabafou.
FOGO AMIGO --- Vale lembrar que o primeiro entrevero foi desencadeado pelo companheiro de PSDB, Fahim Sawan, que estava afastado de tudo e de todos desde que perdeu a reeleição em 2010. Nem bem a pré-candidatura de Maurício foi lançada, e Fahim ressurgiu se dizendo pré-candidato.

A TROCA
Ainda sobre a pré-candidatura do engenheiro Maurício Cecílio – que é diretor do Instituto de Desenvolvimento Industrial de Minas Gerais, e portanto, integrante do governo Anastasia...
Os aliados que estavam pondo fogo na pré-candidatura de Maurício Cecílio estariam se voltando agora, para um “Plano B”, neste caso, a pré-candidatura do deputado estadual, ex-vereador Antônio dos Reis Lerin, do PSB.
 ---------------------------------------------
PRA (DES)ENTENDER
“Se o Paulo Piau passar pelo PMDB, ele terá 
o apoio unânime da oposição”.
Declaração feita a Conta-Gotas por um importante membro da oposição, garantindo que este é o sentimento do grupo em relação ao deputado federal, que briga pra ter sua candidatura a prefeito homologada pelo PMDB do prefeito Anderson Adauto. 
A oposição, no caso, é formada pelos antigos aliados de Paulo Piau.
 --------------------------------------------

FINAL FELIZ 

Luiz Dutra - Finalmente a licitação
Foto: Enerson Cleiton
E finalmente – depois de um longo e tenebroso inverno, o presidente da Câmara de Uberaba, Luiz Dutra (PDT), consegue movimentar a licitação da reforma e restauração dos prédios que abrigam o Poder Legislativo. A empresa vencedora foi a Shark Construtora e Incorporadora – única habilitada. Obra é avaliada em R$ 1,3 milhão.
ÀS TRAÇAS --- Na edição de 26 de dezembro de 2011, Conta-Gotas anunciava que a primeira licitação promovida pela Câmara simplesmente passou batido. Apesar de muitos interessados terem aparecido, manifestado, visitado o local das obras – etc. e tal, nenhum apareceu no dia “D” – 26 de dezembro.
BOICOTE
Naquela oportunidade, tiririca da vida, o presidente da Câmara lamentava que as empresas não tivessem contestado os preços juridicamente, já que os consideraram aquém dos valores de mercado. Em vez disso boicotaram a licitação.
CARAPUÇA --- Dutra mandou um recado a quem de direito, garantindo que a Câmara abriria outro processo licitatório para as obras. E arrematou: “o novo procedimento vai continuar sendo fiscalizado pela Comissão de Vereadores, pelo Ministério Público, pela imprensa e pela população em geral”.

MANDA QUEM PODE
Diretório do PT de Uberaba aprovou o nome do deputado estadual Adelmo Carneiro Leão como pré-candidato a prefeito – em disputa com a coordenadora de políticas públicas e presidente do Conselho da Mulher, ex-vereadora Marilda Ribeiro. Até aqui, nenhuma novidade. O que se confirma agora, é que o mesmo diretório vai seguir os trâmites partidários, ou seja, vai abrir prazo para inscrições de pré-candidatos. Mais de um nome vai significar votação por parte dos filiados. Quem determina que seja assim é a COMISSÃO EXECUTIVA NACIONAL.
REGULAMENTO --- Na edição de 25 de janeiro de 2012, Conta-Gotas alertava sobre documento da Executiva Nacional, determinando que a escolha dos candidatos a prefeito tem que passar por um Encontro Municipal, e votação dos filiados. Intitulado REGULAMENTO DAS PRÉVIAS E ENCONTROS 2012 – o documento foi aprovado pelo diretório nacional do PT em 2 de dezembro de 2011, e depois aprovado, com mudanças, pela Comissão Executiva Nacional no dia 13 de dezembro.
QUEM OBEDECE
Em nenhum lugar do documento dá-se poder ao diretório municipal para escolher o pré-candidato ou o candidato a prefeito. Existem prazos para apresentação dos interessados, para impugnação, para análise das contestações etc. e tal.
MORAL DA HISTÓRIA .... A pendenga entre Adelmo e Marilda só não será resolvida pelo voto dos filiados se houver um acordo antes, e se Adelmo for o candidato único a se inscrever.

Patrus Ananias
Foto: Divulgação
POLÍTICAS PÚBLICAS
Enquanto isso, os petistas preparam os detalhes do Encontro de Políticas Públicas que acontece dia 24 de março, a partir das 9h, na Chácara Park - rua Pedro Siega,1.150 – bairro Gameleira I. Serão dois palestrantes: o próprio Adelmo Carneiro e o ex-prefeito de Belo Horizonte e ex-ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias.
*Informações e reservas pelos telefones (34) 3313-5013 e 9916-3006.

COMPANHEIRO
Prefeito Anderson Adauto não está fazendo questão de aproximar seu pré-candidato Rodrigo Mateus só dos uberabenses. Aproveitou evento-convenção-comício do PMDB em Belo Horizonte para aproximar o seu secretário de Governo da cúpula nacional do partido – e, claro, da cúpula mineira.
CÁLCULOS --- Enquanto isso, máquina de calcular nas mãos, muita gente em Uberaba anda imprimindo e ou gravando os nomes dos integrantes do diretório municipal do PMDB. Soma daqui, diminui dali, multiplica acolá...tudo pra tentar adivinhar o que aconteceria com Rodrigo Mateus numa disputa convencional. Tem gente já apostando que os números são favoráveis à orientação de Anderson Adauto.
     
INVESTIGAÇÃO 
Itamar Ribeiro - O democrata é relator da CEI
Foto: Divulgação
Agora é fato. Câmara de Uberaba tem mesmo, uma nova Comissão Especial de Investigação  – CEI, desta vez para investigar denúncias de irregularidades na Saúde de Uberaba. O requerimento foi idealizado pelo vereador oposicionista, João Gilberto Ripposati (PSDB),  e obteve as cinco assinaturas necessárias para que a CEI fosse instalada.
SITUAÇÃO NA PRESIDÊNCIA... Os cinco vereadores têm até 180 dias para concluir investigações. O petista e membro da base aliada do governo municipal,  José Severino Rosa, assume a presidência da CEI, enquanto Ripposati fica com a vice-presidência, e Carlos Alberto Godoy (PTB) e Marcelo Machado Borges (DEM) são os suplentes.
OPOSIÇÃO NA RELATORIA --- O cargo mais importante de uma comissão de investigação ficou, neste caso, com o vereador da oposição, Itamar Ribeiro (DEM). Ele é o relator da CEI.
PREOCUPAÇÕES
Enquanto o líder do prefeito Anderson Adauto na Câmara, vereador Cléber Humberto Ramos (PMDB) se queixava da CEI, alegando que não existe uma justificativa real pra sua instalação, o presidente da Câmara, Luiz Dutra, pedia cautela e serenidade em torno das apurações.

----------------------------------------
CURIOSIDADE HISTÓRICA
JOSÉ MENDONÇA

(O LEITOR)
José Mendonça
Desenho: Renata Mendonça
Geralmente fonte das pesquisas da coluna, hoje o tema deste espaço é José Mendonça – responsável por uma boa parte do acervo do Arquivo Público de Uberaba, onde Curiosidade Histórica e tantos outros espaços “apaixonados” por história e cultura buscam informações para deliciar o público.
Em 28 de março de 1987 a família de José Mendonça doava, para a Fundação Cultural de Uberaba, nada menos do que 4.075 volumes que compunham sua Biblioteca, e que, em janeiro de 1992 foram transferidos para o Arquivo Público.
José Mendonça nasceu em 19 de março de 1904, em Uberaba, na Ladeira Brasil, hoje rua Segismundo Mendes, número 42, então propriedade de sua tia e madrinha Ana Joaquina da Silva.
Seus pais, Mário de Mendonça Bueno de Azevedo e Tertuliana Cristina de Azevedo, casaram-se em Patrocínio (MG), onde ele exerceu a profissão de promotor. Advogado provisionado, Mário de Mendonça transferiu-se para Uberaba, onde exerceu a profissão por mais de vinte anos.
A biblioteca que virou acervo do Arquivo Público
A doação da Biblioteca, sem ônus algum para a entidade recebedora, aconteceu justamente quando se comemoravam os 25 anos da Academia de Letras do Triângulo Mineiro – entidade que teve José Mendonça como fundador.
Ele morreu dia 4 de junho de 1968, aos 64 anos de idade, em consequência de um enfarte do miocárdio.

(O PERFIL)
José Mendonça formou-se em Direito em 1926, no Rio de Janeiro, dois meses antes da morte do pai – quando então, retornou para Uberaba.
Em 1930 casou-se com Maria Cunha Campos (Maninha), filha de Alexandre da Cunha Campos, (fundador da Empresa Telefônica, importador de gado da Índia, grande comerciante, criador da maior rede de Drogarias do interior do Brasil, presidente por 29 anos do Asilo Santo Antônio e vereador) e de Dolores Coelho Cunha Campos.
O casal teve quatro filhos: Mário Alexandre Campos Mendonça, José Campos Mendonça, Vicente de Paulo Campos Mendonça e Tertuliana Cristina Campos Mendonça - todos formados em Direito.

O ESCRITOR
Dotado de uma inteligência rara, cultura incomum e sensibilidade, José Mendonça se destaca pelos discursos e pronunciamentos que prendiam a atenção das plateias e pelas obras editadas – sendo que algumas delas são hoje, fontes inesgotáveis de pesquisas sobre Uberaba.

Taunay e o Triângulo 
Lycidio Pes
Jornal "Correio de Uberlândia"
12 de maio de 1964
 "O Visconde de Taunay e o Triângulo Mineiro de 1865 é o titulo de um folheto em que José Mendonça enfeixa um punhado de informações sobre a nossa região, Uberaba principalmente, na segunda metade do século passado.
O autor de "Inocência" esteve na vizinha cidade quando ali foi organizado o corpo expedicionário para a campanha de Mato Grosso contra os paraguaios, expedição que teve o seu epílogo na famosa retirada da Laguna, que forneceu assunto, como se sabe, a uma bela narrativa de Taunay.
Taunay era um observador penetrante e da sua estadia em terras triangulinas deixou vários episódios, que José Mendonça recolheu, dedicando a cada um deles comentários elucidativos e oportunos.
As tropas da expedição permaneceram em Uberaba quarenta e sete dias, tempo mais que suficiente para que o escritor anotasse todos os costumes da população, todos os aspectos da urbe, criticando às vezes, com ironia pessoas e fatos.
Assim, por exemplo, este registro das suas "Memórias":
_Até Uberaba, naquele ano de 1865, não havia sertão: todo o caminho tinha, ao longo, à direita e à esquerda, mais ou menos próximos, casas, habitações e rancharias. Nelas tomávamos refeições, às vezes bem abundantes e até de saboroso condimento, galinhas, ovos, lombo de porco, ervas à mineira, feijão cavalo, arroz e farinha de milho. A sobremesa, broas, bolos ou simplesmente rapadura, o que tudo pagávamos barato, mil e mil quinhentos ou dois mil reis por pessoa.
Como se vê, o então segundo tenente de artilharia da comissão de engenheiros, que se tornaria mais tarde em nobre do império e em membro fundador da Academia Brasileira de Letras prestava atenção ao cardápio sertanejo e deveria ser devoto da gastronomia.
Mas deixemos que ele prossiga:
_Freqüentemente, também, comprávamos a umas mulheres velhas, gordas e barrigudas, uma espécie de pães-de-ló ou então sequilhos e um biscoito feito com ovos e conhecido por "brevidade", de fato gostosos e que contingente da guarda nacional convocada pelo presidente de Minas Gerais.
E acrescenta que chegaram a reunir-se cento e vinte, senão mais, cidadãos dispostos, na aparência, a arrastar todas as peripécias da guerra, e "só pelo fato da apresentação considerados outros tantos heróis, já imortais, pelo jornalismo mineiro". Mas as deserções sucederam à fanfarronice.
(...) O folheto de José Mendonça, vazado na sua linguagem clara e escorreita, é uma preciosa fonte de detalhes históricos que a gente lê com sofreguidão e com proveito.
Atitude uberabense 
Jornal "Lavoura e Comércio"
2 de julho de 1974
“Cresce na cidade, mormente nos seus círculos cultos, o interesse pelas cousas de Uberaba. Fato típico do que dizemos está expresso, de modo eloqüente, no sucesso de livraria alcançado pelas obras de Hildebrando Pontes, Borges Sampaio e mais recentemente de José Mendonça sobre o passado dessa comunidade.
Os livros editados pela Academia de Letras do Triângulo Mineiro encontraram uma receptividade incomum, esgotando-se os exemplares em poucos dias.
É óbvio que esse interesse pelas obras de nossos historiadores define um interesse mais alto: - pela própria cidade, no que ela tem de mais expressivo na sua civilização e cultura, no seu progresso e prosperidade alicerçados principalmente na pecuária.
Na sua história de Uberaba, o dr. José Mendonça dedicou um capitulo especial à chamada "Epopéia do Zebu", mostrando em linhas gerais, com admirável espírito de síntese, o que foi o esforço uberabense para adquirir na Índia e introduzir neste país os primeiros exemplares zebuínos que deram solidez e amplitude à industria pastoril brasileira.
(...) Uberaba, cidade de um notável passado e com brilhante tradição cultural e cívica, é também a progressista cidade do presente e do futuro. É cidade de ontem, de hoje e amanhã.
A Santa Casa de Misericórdia de Uberaba 
Jornal "O Triângulo"
21 de dezembro de 1949
“O nosso ilustre conterrâneo sr. Dr. José Mendonça, brilhante advogado nos auditórios desta comarca e figura de posição indiscutível nos meios jornalístico e literários de Uberaba, acaba de trazer a lume um opúsculo de magnífica apresentação e impressão, contribuição notável à história da Santa Casa de Misericórdia e à própria história de Uberaba: "A Santa Casa de Misericórdia de Uberaba".
Pondo em campo os seus profundos conhecimentos do passado do tradicional estabelecimento hospitalar, conhecimentos estes ampliados nas fontes várias em que procurou adendos para o seu apreciado estudo, e apresentando-os na linguagem pura e escorreita que lhe reconhecemos e tanto admiramos, o sr. Dr. José Mendonça logrou estupenda vitória e lavrou tento singular com a apresentação de seu esplêndido trabalho. Compilando dados precisos sobre a vida de frei Eugênio Maria de Gênova, e reunindo-os na ordem de sua natural sucessão, o autor de "A Santa Casa de Misericórdia de Uberaba" fez-se elogiado biógrafo do piedoso capuchinho de que se há gratíssima memória e que foi - fato inconteste - um dos construtores da grandeza de nossa terra.
A segunda parte do apreciado opúsculo, do dr. José Mendonça, ele a dedica inteiramente à própria história daquele nosocômio.
 E sobre esta, fala - leitura amena, simplesmente agradável - desde o longínquo 1858, quando do lançamento de seus alicerces, feito por frei Eugênio, até os nossos dias, analisando-lhe o paulatino crescimento e as sucessivas transformações e focalizando, de todas elas, o trabalho das suas administrações.
A Santa Casa de Misericórdia de Uberaba, compêndio notável por todos os motivos, é, repetimos, contribuição de inegável mérito e valia para a história de Uberaba, em que surge a modelar organização de assistência social como orgulho do nosso patrimônio médico-cirúrgico-hospitalar. Renovando ao nosso estimado amigo e conterrâneo dr. José Mendonça os efusivos cumprimentos que lhe transmitimos por ocasião de concluído o seu magnífico trabalho, apresentamos-lhe sinceros agradecimentos pela gentileza de que nos fez alvo dedicando-nos um exemplar do apreciado opúsculo.

FONTE

1904 – 2004
DALO - Diretório Acadêmico Leopoldino de Oliveira
Fotógrafo desconhecido
Ano: 1955  -----   Fonte: Acervo do site josemendonca

Obs.: Fundado em 1952, o Dalo - que representa os estudantes de
Direito da Uniube, é a entidade estudantil universitária mais 
conhecida de Uberaba
“Entre as diversas homenagens prestadas a José Mendonça, por ocasião de seu centenário de nascimento, a criação desta página (o site) se constitui numa das mais relevantes por tornar possível a divulgação de sua vida e obra no contexto do mundo moderno, caracterizado pela alta tecnologia.
Uma das metas a serem alcançadas através deste trabalho é entregar à comunidade acadêmica, pesquisadores e estudiosos este acervo cultural, principalmente a história de Uberaba e região, rica em aspectos diversificados.
Toda e qualquer vida tem um lastro histórico. 
Algumas se destacam e merecem a preservação de sua memória.
Agradecemos a Deus por Fernanda Bilharinho de Mendonça, sobrinha e afilhada de nosso pai, que teve esta visão e, espontaneamente, se entregou à pesquisa e elaboração da página que ora se inicia.
Uberaba, 19 de março de 2004
Mário Alexandre, José, Vicente de Paula e Tertuliana Cristina Campos Mendonça 

Coordenação Geral
Tertuliana Cristina Campos Mendonça Silva (Liana)
Trabalho de Pesquisa 
Tertuliana Cristina Campos Mendonça Silva (Liana) e Fernanda Bilharinho de Mendonça
Projeto Gráfico e Programação Web 
Fernanda Bilharinho de Mendonça
Desenho de José Mendonça 
Renata Mendonça Myers
Fotos e Material de Pesquisa 
Acervo de Tertuliana Cristina Campos Mendonça Silva (Liana)
Agradecimentos
Lidercomp Informática Ltda
Prieto e Cia. Ltda
Arquivo Público de Uberaba 
------------------------------------



Nenhum comentário:

Postar um comentário