23 de junho de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias


DISTRAÇÃO ---- Deputado federal e presidente do PSD/Uberaba, Marcos Montes, resolveu dar uma ligadinha, enquanto aguardava o desembarque do governador Antonio Anastasia (PSDB) no aeroporto de Uberaba. Flagrante é do antenadíssimo e competentíssimo repórter fotográfico Enerson Cleiton

QUE DELÍCIA!
Na manhã deste domingo, 24 de junho, teve degustação de filé de tilápia empanado no Mercado Municipal. Com apoio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, comandada por José Humberto Guimarães, as degustações estão ocorrendo nas manhãs de domingo, e já presentearam os frequentadores do local com café, queijo, quibe, entre outros. Desta vez a oferta foi do Mercadão do Peixe. “A tilápia é na atualidade o peixe de água doce de maior procura e consumo no Brasil, por causa da sua carne branca de textura firme e sabor suave, suculenta e sem espinhas intermusculares” – afirmou o secretário, pra despertar água na boca.
 ------------------

TRILHA ECOLÓGICA 
Neste domingo também teve Caminho dos Dinossauros. Foi a 50ª edição do evento, que cuida de levar os animados defensores da natureza para um passeio deslumbrante (apesar de cansativo). Caminhantes, maratonistas, ciclistas e romeiros de Nossa Senhora da Abadia formam o público cativo da trilha ecológica - um trajeto de 19,32 quilômetros até a comunidade rural de Peirópolis. 


 --------------------
QUESTÃO DE ÓTICA
Prefeitura de Uberaba abriu mais um processo seletivo pra ver se consegue atrair médicos de urgência e emergência para os quadros da saúde pública municipal. Em pleno estado de emergência, decretado dias atrás para tentar contratar 77 médicos, o governo anuncia um salário de R$ 797,36 para plantonistas de 12 horas, e R$ 1,705 para quem faz plantão 24 horas. Esta é a ótica real e deixa bem claro o motivo de não se conseguir convencer os médicos a trabalharem para a prefeitura.

QUESTÃO DE OUTRA ÓTICA
Por sua vez, o governo municipal tem sua própria “fórmula” de divulgação. Diz, em seus textos, que os salários oferecidos são de R$ 2,577 mil para 20 horas semanais e R$ 4,957 para 24 horas, incluindo salários, tíquete-alimentação e produtividade, além de plano de saúde.

PRA DEPOIS
Prefeito Anderson Adauto (PMDB) não esteve de corpo presente no encontro municipal do PT, na sexta-feira, 22 de junho, quando a legenda confirmou oficialmente as candidaturas do deputado estadual Adelmo Carneiro Leão a prefeito, e dos concorrentes à Câmara de Vereadores. Em vez disso, mandou um vídeo rasgando elogios aos petistas e agradecendo o apoio do governo federal à sua administração em Uberaba. Anúncio de apoio ficou pra depois.

PERFORMANCE
E por falar em anúncio de apoio, as votações conquistadas em Uberaba por Adelmo Leão e Anderson Adauto nas últimas eleições indicam o motivo de muita gente duvidar de uma vitória do PT em 2012, mesmo se o prefeito entrar de corpo e alma na candidatura petista. Adelmo não conseguiu mais do que 9.000 votos em Uberaba, nas eleições de 2010. Ele se elegeu deputado estadual com 40.562 votos, sendo que, mais de 31 mil foram conseguidos em outras localidades.

REFLEXOS --- Muita gente
duvida da capacidade do
prefeito Anderson Adauto
em transferir seus votos
(Foto: Enerson Cleiton)
TRANSFERÊNCIAS
Quanto à dificuldade do atual prefeito em transferir votos, o principal exemplo está na candidatura do presidente do Codau – Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba, José Luiz Alves (PSL). Na briga por uma cadeira na Assembleia Legislativa, em 2010, ele obteve 32.272 votos no Estado. Entretanto, deste total, obteve apenas 16.218 em Uberaba. E olha que Anderson Adauto jogou todas as suas fichas na campanha de José Luiz, não poupando discursos, apelos, pressões.
PESSOAL
Vale ressaltar que o eleitorado fez movimentos bem diferentes nas eleições em que o próprio Anderson se candidatou. Na disputa pelo cargo de prefeito em 2004 – para o mandato 2005/2008, ele recebeu 103.036 votos, e foi reeleito em 2008, para o mandato 2009/2012, com 85.057 votos. Em 2002, ele foi eleito deputado federal com 100.838 votos. Só em Uberaba, neste último caso, foram 54.342 votos.

TEM BASE
A sexta-feira também foi marcada pela segunda convenção mais badalada da campanha 2012 de Uberaba. Contrariando tudo quanto é tucano de plumagem estadual, o diretório municipal – presidido por Luiz Cláudio Campos, homologou a candidatura do médico, empresário e ex-deputado estadual Fahim Sawan a prefeito. E pelo menos seis partidos estiveram por lá, garantindo apoio e presença na base de sustentação da candidatura do tucano: PDT, PTB, PV, PMN, PSDC e PTN. Fahim e aliados ainda batalham pelo apoio do DEM.

DISPUTA DE EGOS
Fechados vários apoios partidários em torno da candidatura de Fahim Sawan, a prefeito, agora começa a fase da escolha do vice. Vem aí, portanto, outra sessão encrenca. Afinal de contas, algumas destas legendas estão abrindo mão de suas respectivas candidaturas próprias, para apoiarem o tucano. Exemplo: o PDT é presidido por João Franco, que sonha com a possibilidade de ser ele mesmo, um protagonista direto. O mesmo pode-se dizer do PV, presidido por Vicente Araújo Neto.

ALELUIA!
Vencendo ou perdendo as eleições, o candidato a prefeito do PSDB/Uberaba já terá um grande feito pra comemorar. Fahim Sawan conseguiu unir em torno de seu nome o presidente do PDT, João Franco, e o presidente da Câmara de Vereadores, Luiz Dutra – também pedetista. Os dois travam uma batalha sanguinolenta pelo comando do partido e até agora, ai de quem chamasse ambos para um mesmo evento! Na convenção do PSDB, não apenas sentaram-se à mesma mesa, como fizeram discursos garantindo o apoio a Fahim.

-----------------------
NA PONTA DA LÍNGUA ---- Governador Antonio Anastasia
desembarcou em Uberaba preparado para falar com a imprensa  
(Foto: Enerson Cleiton)
VIVA VOZ
E falando em tucanos, o governador Antonio Anastasia passou na manhã deste sábado, 23 de junho, em Uberaba, com destino a Delta e Veríssimo – onde inauguraria obras. Desembarcou no aeroporto de Uberaba e deu de cara com uma cena que, sem dúvida, já era esperada e para a qual estava preparadíssimo: a tropa de choque da imprensa da cidade o aguardava. Em pauta, a confirmação, ou não, de que seu candidato a prefeito em Uberaba é o deputado estadual Antônio Lerin, do PSB. Enfim, confirmação feita, sob os olhares e ouvidos atentos do próprio Lerin. Sua candidatura será homologada pelo PSB em convenção marcada para 25 de junho, segunda-feira.
 --------------------------
SEM POLÊMICA
APOSTA POLÍTICA --- Luiz Cláudio vê o
segundo turno como vantagem
Citado nominalmente pelo presidente estadual do PSDB, deputado federal Marcus Pestana, como patrocinador “de um erro sem precedentes”, o presidente do PSDB/Uberaba contemporiza. “O PSDB de Uberaba mantém e vai continuar mantendo uma relação democrática e histórica com Marcus Pestana” – afirma Luiz Cláudio. Segundo ele, a candidatura de Fahim Sawan  ainda será reconhecida como benéfica para o projeto que visa a eleger o senador tucano Aécio Neves presidente da República.
CACOETE ---- O presidente do PSDB municipal acha que os tucanos estaduais e até alguns quase ex-aliados de Uberaba ainda estão com o “cacoete do turno único”. Por isso, segundo ele, estão tentando juntar todo mundo em uma só candidatura – leia-se deputado Lerin, e polarizar com o outro lado.

“O segundo turno existe para explorarmos esta possibilidade e ampliarmos o direito de postulação e participação de companheiros, e o direito de a população ter mais alternativas para escolher.”
_ Luiz Cláudio Campos, presidente do PSDB/Uberaba 

SEGUNDO TURNO ---- Municípios com mais de 200 mil eleitores podem ter um segundo turno de votação, no dia 28 de outubro, caso nenhum dos candidatos a prefeito obtenha maioria dos votos válidos no primeiro, dia 7 de outubro. Minas Gerais tem, dentre seus 853 municípios, sete municípios nessa situação: Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora, Betim, Montes Claros e Uberaba.
 -------------------------------

O TENOR --- Tiago Neves em apresentação neste 24 de junho
(Imagem: TV Record)

UM SONHO POSSÍVEL --- O uberabense Tiago Neves, 28 anos, canta jazz, bossa nova e chorinhos e tem formação popular. Mas, o que está chamando atenção em todo o país é sua formação lírica. A cada programa uma emoção maior para o público, e neste domingo, 24 de junho, arrancou lágrimas e aplausos intermináveis. Não deu outra. Está na grande final do concurso de tenores, que o programa Tudo é Possível, apresentado por  Ana Hickmann na Rede Record de Televisão, exibe através do quadro Estilos.
TALENTO INCONTESTÁVEL ---- O novo quadro do programa quer revelar talentos, e já na sua primeira temporada, tem balançado estruturas com Tiago Neves de protagonista. O produtor e diretor musical da Rede Record, Marco Camargo, comanda a nova atração do Tudo é Possível, que estreou dia 29 de abril. Jurados de altíssima qualidade e conhecimento musical completam o quadro, cuja final acontece dia 8 de julho.
PALHINHA --- Tiago Neves se apresentou em 2011 em um festival na Alemanha, e estudou canto com o professor Vincenzo Mano, em Milão, na Itália. Dias atrás deu uma palhinha no domingo cultural do Mercado Municipal de Uberaba, pra delírio de quem estava por lá e ama a boa música.

-------------------------
DO ZERO
Líder absoluta na lista das convenções mais badaladas de Uberaba na campanha de 2012, o evento do PMDB de 17 de junho, que homologou a candidatura do deputado federal Paulo Piau, dá mais trabalho para o Judiciário. Na sexta-feira, dia 22, o prefeito Anderson Adauto e seus aliados no diretório municipal ingressaram com ação cautelar na Justiça Eleitoral. Pedem a anulação da convenção do dia 17 e permissão para realizar uma nova convenção dia 30 de junho – fim do prazo para as legendas homologarem suas candidaturas e coligações partidárias.
PMDB X PMDB ---- O diretório municipal – afastado pela intervenção do diretório estadual, não aceita a convenção do dia 17, e quer realizar sua própria convenção, alegando que o próprio Paulo Piau pode levar o nome à deliberação dos convencionais. Objetivo, porém, é permitir que o ex-secretário de Governo, Rodrigo Mateus, participe do processo.
Problema é que, justamente por não ter chance com o diretório, é que Piau articulou a intervenção.
A INTERVENÇÃO ----- Também está tramitando no Judiciário ação proposta pelo prefeito e os companheiros do diretório afastado, pedindo a anulação da intervenção. Esta ação tramita na Justiça comum – Vara Cível.

----------------------
APOIO EXPLICITADO ---- Arte produzida e divulgada na rede
social pela delegada de Polícia - e tucana de carteirinha, Sandra Mara Wazir
“Depois de refletir sobre o pedido, chequei à conclusão de que não poderia desistir da minha candidatura à Prefeitura de Uberaba, em nome da minha dignidade.”
_ Fahim Sawan, justificando o motivo de ter dito “não” aos tucanos estaduais, quando “convidado” a desistir da candidatura em favor de Lerin
----------------------------

Ano: 1890   Fotógrafo: Não identificado
Fonte: Arquivo Público de Uberaba

CURIOSIDADE HISTÓRICA
Vamos passear na praça Rui Barbosa?
A praça Rui Barbosa é  o mais antigo logradouro público de Uberaba.
Foi justamente na sua parte inferior que se construiu o primeiro prédio da cidade.
Da praça Rui Barbosa partem as seguintes ruas: no canto inferior direito, a Coronel Manoel Borges; pelo centro, a Artur Machado; pela esquerda, a Vigário Silva; pelo lado sul, no meio, a Santo Antônio. Do canto superior direito, sai a rua Olegário Maciel, e no superior esquerdo, sai a rua Tristão de Castro; pelo lado norte, no meio, sai a rua São Sebastião.
A praça Rui Barbosa sempre abrigou a Câmara/Prefeitura, o Cine Teatro São Luiz e históricas residências particulares.
Hoje, a Prefeitura funciona no Centro Administrativo (bairro Santa Marta), mas a Câmara ainda está na praça – apesar das ações da atual legislatura de se construir uma sede própria no bairro Santa Marta.
O Cine São Luiz está desativado.
Primitivamente, chamava-se ‘Largo’. Mais tarde ganhou o nome de ‘Largo da Matriz Nova’, e, em seguida, ‘Largo da Matriz’. Foi praça Afonso Pena (1894-1916), e finalmente se tornou praça Rui Barbosa.
Fonte: Hildebrando Pontes
*Obra: História de Uberaba e a Civilização no Brasil Central.
*Publicação: Academia de Letras do Triângulo Mineiro, 1978
*O historiador viveu no período de 1879 a 1940

**********************************************
Ano: 1904  Fotógrafo: Não identificado
Fonte: Arquivo Público de Uberaba
Os apelidos
CATACUMBA SECA
Após a instalação da Câmara Municipal da Vila de Santo Antônio de Uberaba, no Largo da Matriz, em 1837, foi autorizada, ali, pelos vereadores, a construção de um chafariz.
A água viria do 'olho d’água do Indaiá', conduzida por bicas de tábuas.
O chafariz foi um fracasso, a água não veio, e o povo o apelidou de 'catacumba seca'.
Em 1882, o professor Cecílio Antônio da Silva iniciou uma campanha, no seu jornalzinho “A Violeta”, para ajardinar o 'Largo', já que esta era uma preocupação constante, sem nada conseguir.
Em 1885, no mesmo local, foi construído um segundo chafariz, com peças metálicas, circundado por um tanque de tijolos, tendo nos fustes cabeças de leão, jorrando água para a frente leste.
Havia ali, ainda, um belo cruzeiro, construído inicialmente pelo carpinteiro Joaquim Francisco Ananias, e concluído pelo artista alemão, Fernando Ankerckrone, que foi demolido em 1896, por ordens do Cônego Aurélio de Sousa.
Em 1894, José Augusto de Paiva Teixeira (Cazuza), através do jornal 'A Gazetinha', retomou a idéia de ajardinar a Praça, o que foi aceito pelo Governo Municipal, Dr. Gabriel Teixeira Junqueira.                           
Ano: 1904 Fotógrafo: Marcelino Guimarães
Acervo: Família Gustavo S. Resende
Fonte: Arquivo Público de Uberaba
CAPÃO MUNICIPAL
A inauguração do jardim se deu em 15 de abril de 1894.
Era cercado por arame farpado, contornado por um grosseiro passeio de pedra Tapiocanga. As plantas e as árvores cresceram, tornou-se um bosque perfeito, sendo apelidado de 'Capão Municipal', pelo povo.
Em 1906, o Largo da Matriz, agora, com o seu jardim formado, passou a ter denominação de 'Praça Afonso Pena'.
Em 1911, na administração do Dr. Felipe Aché, o coreto foi transferido para o jardim central da Cidade de Veríssimo – MG, sendo armado em seu lugar um outro, metálico, de forma hexagonal.
Na gestão do Dr. Silvino Pacheco Araújo, substituiu-se o coreto por um outro de cimento armado. Ergueu-se também, no lugar da fonte d’água, uma estátua de Cristo.
A Praça passou a ter a denominação de 'Praça Rui Barbosa'.
Na década de 1920 foi remodelada, sendo plantadas palmeiras imperiais e lindas árvores.
Na gestão do Dr. Whady José Nassif, sofreu outra remodelação, perdendo o coreto, as árvores e as palmeiras imperiais.
A Coluna de Cristo permaneceu. Foi erguido um monumento em homenagem ao Governador de Estado de Minas, Dr. Benedito Valadares, pelos benefícios por ele prestados à comunidade.

                                     **********************************************
Ano: 1908  Fotógrafo: Marcelino Guimarães
Acervo: Família Gustavo S.Resende
Fonte: Arquivo Público de Uberaba
A FONTE LUMINOSA
Por ocasião do Centenário da cidade, em 1956, o prefeito Arthur de Melo Teixeira fez novas modificações na Praça Rui Barbosa.
Conservou os monumentos já erguidos e construiu uma fonte luminosa.
O calçamento de paralelepípedo foi substituído por bloquetes.
A Colônia Sírio- Libanesa ofereceu à cidade uma Estátua de seu fundador, Major Eustáquio, erguida na Praça.
Também, nesta época, foi colocada uma coluna, com o busto do Presidente Juscelino Kubistchek.
A partir de 1967, o Prefeito Municipal Dr. João Guido, transformou a Praça Rui Barbosa em estacionamento de automóveis.
Desta vez a Coluna de Cristo foi retirada , sendo transferida para a Av. Presidente Vargas. Os outros monumentos foram mantidos.
Em 30 de Abril de 1971, o Prefeito Arnaldo Rosa Prata inaugurou, na praça, uma Galeria de Artes e Sanitários Públicos.
Ano: 1916  Fotógrafo: Não identificado
Tema: Batalhão de alunos do Colégio Diocesano
Fonte: Arquivo Público de Uberaba
ESTACIONAMENTOS
Na década de 1980, de estacionamento de automóveis, passou a ser terminal de ônibus coletivos. Amontoaram-se ali uma infinidade de camelôs.
Em novembro de 1990, retornou a estacionamento de automóveis.
Em 1992, passou por uma nova reforma sendo arborizada, com coreto e cascata, lanchonete, banca de revistas, sanitários públicos e longos passeios construídos com pedra portuguesa em preto e branco. Os primeiros monumentos foram retirados. O projeto foi do arquiteto-paisagista Ricardo Ney Ururahy.
Fonte: Arquivo Público de Uberaba

Ano: 1920  Fotógrafo: Não identificado   Fonte: Arquivo Público de Uberaba


Ano: 1926  Fotógrafo: Não identificado Restauração: Paulo Lemos  
Fonte: Arquivo Público de Uberaba

Década: 1930 Fotógrafo: Não identificado  Restauração: Paulo Lemos  
Tema: Missa Campal  Fonte: Arquivo Público de Uberaba

Década: 1930  Fotógrafo: Não identificado  Fonte: Arquivo Público de Uberaba

Década: 1940   Fotógrafo: Não identificado  Fonte: Arquivo Público de Uberaba

Década: 1940  Fotógrafo: Marcelino Guimarães  Fonte: Arquivo Público de Uberaba

Década: 1940  Fotógrafo: Não identificado  Fonte: Arquivo Público de Uberaba
 Ano: 1960  Fotógrafo: Não identificado  Restauração: Paulo Lemos  
Fonte: Arquivo Público de Uberaba

 Ano: 1970  Fotógrafo: Não identificado  Restauração: Paulo Lemos  
Fonte: Arquivo Público de Uberaba

Ano: 1981  Fotógrafo: Não identificado  Fonte: Arquivo Público de Uberaba
---------------------




Nenhum comentário:

Postar um comentário