3 de julho de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias


PRECISAMOS APRENDER A OUVIR O 
BARULHO DA DEMOCRACIA” - AFIRMA
ESPECIALISTA EM DIREITO ELEITORAL
Leia detalhes da entrevista nesta edição...
-------------------
CHICOmelodia ---- Francisco de Assis Silveira (foto acima) - mais conhecido por Chiquito ou Chicão, está perto dos 85 anos de idade, 70 deles dedicados ao saxofone e ao clarinete. E neste tempo todo um sonho o acompanhou: gravar um disco. Agora, com a parceria do filho Moacir Silveira, que mora em Uberaba, amigos, admiradores e internautas, o sonho pode se tornar realidade. Para ser um parceiro também, do projeto CHICOmelodia, basta divulgar seu sonho e ou depositar qualquer quantia no Banco do Brasil/agência 0088-4, conta corrente 40087-4.
SEMPRE A MÚSICA --- Natural de Viçosa, MG, Chicão passou a infância e juventude em Visconde do Rio Branco, MG, se transferiu para Belo Horizonte, e antes de completar 20 anos de idade ingressou na Polícia Militar, chegando a sargento músico da banda do BG, 1º Batalhão da PMMG. Deixou os quadros da PM para ingressar na Empresa de Correios e Telégrafos, e, posteriormente no INSS, onde se aposentou. Hoje, reside em Ponte Nova, MG, onde continua exercendo sua atividade musical.
*Confira os vídeos e veja se não vale a pena colaborar...
 -----------------------------
CRENTE
Roberto de Oliveira chuta o balde na convenção
(Foto: Divulgação)
Política tem mesmo o dom de tirar qualquer um do sério. Que o diga o empresário Roberto de Oliveira – Robertinho da Indaiá, que não se sabe porque cargas d´água avaliou que poderia ter o apoio do prefeito Anderson Adauto (PMDB) para se candidatar nas eleições de 2012.
CHUTANDO O BALDE
Presidente do PRB/Uberaba, ele quase levou companheiros, amigos, curiosos e até o presidente mineiro da legenda, deputado estadual, Carlos Henrique, ao infarto. Robertinho deu um piti em plena convenção e abandonou a candidatura a prefeito, e até a presidência do PRB. Saiu revoltado e deixando claro que a reação fora motivada por um “não” de Anderson Adauto.
O SUBSTITUTO --- O presidente do PRB mineiro assumiu o comando da convenção e tratou de dar prosseguimento ao evento, inclusive cuidando pra que os candidatos a vereador tivessem seus nomes homologados.

DOIS PLANOS --- Vale lembrar que na edição de 12 de junho, Conta-Gotas revelou em primeiríssima mão e com exclusividade, que Anderson Adauto apoiaria o candidato a prefeito do PT, deputado estadual Adelmo Leão. Nesta data já era evidente que a única alternativa a este apoio seria se ele conseguisse recuperar o comando do seu partido, o PMDB, que está nas mãos de uma comissão interventora.
PELA LÓGICA – A relação do prefeito de Uberaba com o PT incluiu até o cargo de ministro no governo Luiz Inácio Lula da Silva. Por outro lado, era lógico também que, pra apoiar o prefeitável do PT Anderson Adauto indicaria o nome da vaga de vice. E mais: nunca deixaria de indicar alguém que participasse do seu governo.
 -----------------------
Luciene Fachinelli é a principal novidade
na política de Uberaba
(Foto: Enerson Cleiton)
LULUZINHA --- Na lista dos candidatos às eleições majoritárias de Uberaba – prefeito e vice-prefeito, só uma vaga é rosa choque. Se Adelmo for o vencedor, vai levar a tiracolo a servidora de carreira da prefeitura e membro do diretório do PSL, Luciene Fachinelli que, justiça seja feita, também foi anunciada com exclusividade por Contas-Gotas.
-------------------------
PROCURA-SE --- Até o fechamento desta edição de Conta-Gotas – na noite de segunda-feira, 2 de julho, o prefeitável do PSB, deputado estadual Antônio Lerin, ainda tentava achar um vice e encontrar uma base de sustentação para sua própria candidatura, que não seja apenas o PSD presidido pelo deputado federal Marcos Montes.
CADÊ O PRESTÍGIO? ---- Venhamos e convenhamos: um governador de Estado que, em menos de uma semana, desembarca duas vezes numa cidade de 300 mil habitantes, e anuncia sua preferência por um candidato, sem conseguir convencer os partidos da sua base....sei não! Antonio Anastasia disse, duas vezes, em alto e bom tom, que seu candidato é Lerin.
Marcos Montes, Antonio Anastasia e Antônio Lerin
tentam recuperar o tempo perdido
(Foto: Enerson Cleiton)
ÚLTIMOS SUSPIROS ---- Aliás, o governador, que de bobo não tem nada, se esforça pra não deixar seu prestígio cair por terra. Ainda com tempo para articulações, antes do dia 5 de julho – prazo final para o registro de candidaturas, Anastasia convocou a Belo Horizonte o próprio Lerin, o coordenador da sua campanha em Uberaba, Marcos Montes, e mais uns e outros envolvidos no projeto de eleger Aécio Neves presidente da República em 2014. Também estava lá, na sala de reunião, o senador e sua lábia política – herança do avô Tancredo Neves.

ESPELHO, ESPELHO MEU...
Enquanto isso, aliados do deputado estadual Antônio Lerin e de seu padrinho político, deputado federal Marcos Montes, culpam o cerimonial da convenção do PSDB de Uberaba pela culminância da crise que inviabilizou uma base política para a candidatura de Lerin a prefeito. “O mestre de cerimônias foi o homem de confiança do Narcio!” – reclamaram os queixosos à colunista.
MUITA CALMA NESSA HORA --- Para eles, a presença do professor Gilberto Caixeta no comando do cerimonial da convenção que homologou a candidatura de Fahim Sawan a prefeito foi a gota d´água para o distanciamento dos partidos da base aliada do governador Antonio Anastasia, que apesar de ser do PSDB, apoia o candidato do PSB. Acontece que Caixeta é o braço direito e esquerdo do deputado federal licenciado Narcio Rodrigues, do PSDB, e integrante do primeiro escalão do governo Anastasia. Detalhe: Se o leitor ler pausadamente, com muita paciência, vai entender tudinho.
--------------------------
Professor, escritor e deputado federal do Psol/RJ, 
Chico Alencar apoia a candidatura de Eustáquio 
Reis (à dir.), mas as coisas saíram do controle 
na Frente de Esquerda
(Foto: Divulgação)
RESPINGOS ---- E nem a Frente de Esquerda dos Trabalhadores escapou dos entreveros internos. Apesar de apoios pesos-pesados de seu partido, o presidente do Psol/Uberaba, o ferroviário aposentado José Eustáquio desistiu de ser candidato a prefeito. A legenda resolveu lançar apenas candidaturas proporcionais (a vereador). Dizem as más línguas que o motivo foi o desencontro entre Eustáquio e o presidente do PSTU/Uberaba, advogado Adriano Espíndola, que também era candidato a prefeito e também desistiu da empreitada. Detalhe: nenhum dos dois quis abrir mão para o outro ser cabeça de chapa.
 ----------------------
FRUTA MADURA
Enfim, um dia após o final das convenções, o PTN teve sua nova comissão provisória municipal anotada pelo Tribunal Superior Eleitoral – TSE. Certidão de composição partidária indica que o presidente é Guilherme Augusto Martins, e que as duas outras vagas são ocupadas por Lúcio dos Reis Soares (vice-presidente) e Renata Thomazini (secretária). Poucas horas depois de assinar um manifesto em favor da candidatura do prefeitável do PSDB, Fahim Sawan, a comissão anterior caiu que nem fruta madura. O presidente era Flávio Pires.

O FILHO PRÓDIGO
Sem chance de viabilizar uma boa chapa para os candidatos a vereador do PSB, o prefeitável Antônio Lerin abriu mão do PP – legenda que era presidida por Ricardo Saud, apoiador do prefeitável do PMDB, deputado federal Paulo Piau. A comissão executiva provisória foi destituída e substituída por outra, sob a presidência de Marcelo Nascimento, bandeando assim, para os lados do candidato do PSB.
CHORORÔ --- E assim, entre choros e beijos, a nova executiva e os vereáveis do PP ganharam a liberdade, com direito a novo bandeamento, desta vez, de volta para os braços do chapão liderado pelo PMDB de Paulo Piau.
-----------------------------
Marilda Ribeiro em manifesto
pelo cumprimento da lei
(Foto: Divulgação)
LEI É PRA CUMPRIR --- Vereador Tony Carlos (PMDB) comemora decisão da Promotoria de Defesa da Saúde, dos Idosos e Pessoas com Deficiência Física de Uberaba, mandando que as empresas de transporte coletivo – Líder e Piracicabana, cumpram a Lei Municipal 9.822/05. De autoria do próprio Tony, em parceria com a então vereadora Marilda Ribeiro (PT), a lei prevê a gratuidade para os maiores de 60 anos. Mas nunca foi cumprida pelas empresas.
CONFISSÃO --- Aliás, até o fechamento desta edição de Conta-Gotas – tarde da noite de segunda-feira, a Associação das Empresas do Transporte Coletivo Urbano de Uberaba – Tansube (http://www.transube.com.br/gratuito.php), ainda documentava – com todas as letras, o descumprimento da Lei Municipal. No site, as empresas Líder e Piracicabana afirmam que “a gratuidade é um direito assegurado por lei dos cidadãos maiores de 65 anos de idade”, e ainda dizem que, o cartão “é exclusivo para maiores de 65 anos de idade”. (Foto abaixo)
DENÚNCIA --- Há cerca de dois meses, Tony Carlos levou a denúncia de descumprimento da lei à Promotoria de Defesa da Saúde, dos Idosos e Pessoas com Deficiência Física de Uberaba, e assinou representação contra as concessionárias do transporte coletivo. Nesta segunda-feira, 2 de julho, saiu a decisão da promotora Cláudia Alfredo Marques Carvalho.

---------------------------------

O JEITINHO ---- Encerrado o prazo – em 30 de junho, para que os partidos fizessem convenções e homologassem suas candidaturas a prefeito, vice e vereadores, algumas articulações ainda movimentam os bastidores políticos de Uberaba. PSDB e PSB estão entre as legendas que ainda usam o tempinho extra permitido pela legislação eleitoral para as devidas acomodações. Tudo fica paralisado dia 5 de julho, às 19h, quando termina o prazo para o registro dos candidatos.
DÚVIDAS ---- Ainda se movimentam o PSB e seu prefeitável Lerin e o PSDB e seu candidato Fahim Sawan. E tem a candidatura extra do ex-secretário de Governo, Rodrigo Mateus, homologada em convenção realizada pelos opositores à intervenção no PMDB. O evento foi promovido com base em ação sub judice.
*Estão definidas (até prova em contrário) as seguintes chapas:

 -------------------------
HISTÓRIA --- Salão nobre da Câmara Municipal de Uberaba – que leva o nome do fundador major Eustáquio, vai sediar o lançamento do livro "O Poder Legisaltivo Através do Tempo", de autoria da jornalista Evacira Coraspe e do professor Pedro Coutinho. Evento acontece dia 5 de junho, quinta-feira, às 19h30, e pra alegria de todos, a obra será distribuída gratuitamente. No recheio: política, história, cultura, educação e arte.
Evacira Coraspe, Luiz Dutra - presidente da Câmara,
e Pedro Coutinho preparam lançamento de livro
(Foto: Hedi Lamar Marques)

--------------------------
ZERO CANDIDATO --- Até por volta de 23 horas desta segunda-feira, o espaço do Tribunal Superior Eleitoral para a anotação pública das candidaturas de Minas Gerais exibia 158 vereáveis, oito prefeitáveis e oito vice-prefeitáveis – todos já devidamente registrados. Nenhum deles de Uberaba ou de Uberlândia. As candidaturas registradas podem ser conferidas pelo link: http://divulgacand2012.tse.jus.br/divulgacand2012/Principal.action

Lira Pontes no programa
Entrevista Coletiva
FESTA DO BARULHO ---- Especialista em Direito Eleitoral e membro da Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais/OAB, o advogado Luís Antônio Lira Pontes – com escritório baseado em Uberlândia, e muitos clientes em Uberaba, se diz decepcionado toda vez que um eleitor ou eleitora se queixa pra ele do barulho dos alto-falantes que anunciam as candidaturas durante campanhas eleitorais. “Precisamos aprender a escutar o barulho da democracia” – afirma. “Lutamos muito para termos direito a esta festa democrática, e não nos custa um pouco de paciência em curto período de campanha” – complementa.
ENTREVISTA COLETIVA ---- Lira Pontes participou sábado, 30 de junho, do programa Entrevista Coletiva, apresentado pelo jornalista Orlei Moreira na TV BandTriângulo, quando fez um balanço do que pode e o que não pode ao longo da campanha. De acordo com ele, a propaganda é permitida a partir de 6 de julho, e no caso dos alto-falantes, eles podem funcionar entre 8h e 22h, observadas as restrições. Não podem, segundo ele, por exemplo, a menos de 200 metros das dos hospitais e casas de saúde; das escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros, quando em funcionamento.
FORA DE CONTEXTO --- O especialista em Direito Eleitoral não poupou críticas às câmaras municipais que andaram aprovando lei para proibir o uso de cavaletes em eleições anteriores. Defensor intransigente dos cavaletes de rua, o advogado Lira Pontes justifica que se trata de uma das únicas alternativas viáveis para os candidatos menos favorecidos economicamente. “É uma aberração que pessoas eleitas para legislar em defesa do povo acabem cometendo um erro tão grande, quanto este, de aprovar lei sem a menor validade; nenhuma lei municipal pode suplantar uma lei federal, e a legislação eleitoral brasileira permite o uso de cavaletes” – afirma.
MUNDO VIRTUAL ---- Sobre a Internet, ele faz um alerta: não existe propaganda paga na rede. Sem dúvida uma das apostas nestes tempos digitais, a propaganda eleitoral na Internet tem poucas restrições. Segundo ele, os blogs, sites de relacionamento (Orkut, Facebook, Twitter etc), e-mails e sites de mensagens instantâneas podem divulgar as candidaturas, sem problema.


DEU A LOUCA NA SAÚDE --- Foi em clima de muita indignação que os vereadores da Comissão Especial de Inquérito – CEI, fizeram a leitura do relatório final das investigações sobre denúncias de irregularidades na saúde municipal de Uberaba. Integrada por José Severino Rosa (PT) - presidente; João Gilberto Ripposati (PSDB) - vice; Itamar Ribeiro de Rezende (DEM) - relator; Marcelo Machado Borges (DEM) - primeiro suplente, e Carlos Alberto de Godoy (PTB) - segundo suplente, a CEI da Saúde vai desaguar no Ministério Público Estadual e Federal e no Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais.
IMPRESSIONANTE --- De acordo com o relatório de 2.100 páginas, uma série de irregularidades foram confirmadas, enquanto outras foram desvendadas.
Alguns exemplos: remédios que estavam cobertos com lona preta deveriam estar armazenados em local ventilado; divergências no comparativo de pesos dos medicamentos vencidos e descartados; foram incinerados quase 7.400 quilos de remédios – quase duas toneladas a mais do que o admitido pela Secretaria de Saúde; a presença de produtos em contato direto com o piso no depósito; inexistência de armário para a guarda de materiais de limpeza; falta de extintor de incêndio; não há forro na área do depósito; inexistência de alvará sanitário e de Certificado de Responsabilidade Técnica emitido pelo CRF/MG.
DETALHE --- De acordo com os membros da CEI, o secretário de Saúde de Uberaba, Valdemar Hial, sequer sabe os nomes das pessoas que administram alguns setores. Hial foi diretor da Universidade Federal do Triângulo Mineiro -UFTM, e chegou a cogitar o cargo de reitor.
----------------------
CURIOSIDADE HISTÓRICA
De fotógrafo não identificado, a
foto mostra ponte sobre o
rio Uberaba em 1922.
(Acervo: Fundação
Cultural de Uberaba)
----------------------------

Um comentário:

  1. Giselda, veja em http://pstu-uberaba.blogspot.com.br/ a posição do PSTU quanto ao processo eleitoral. O José Eustáquio se lançou a candidato a prefeito, sem discutir com a Frente. O candidato do PSTU não era eu, com o que é inexato dizer que eu não abri mão de candidatura. Outra coisa, o José Eustáquio retirou o PSOL da frente de esquerda, sem sequer dizer a que diabos de cargo ele queria concorrer. Mais uma coisa, anunciou a candidatura a prefeito (o que criou crise com o PCB) e depois lançou a vereador. Estranho né?

    ResponderExcluir