10 de julho de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias


Thiago Neves ouve o anúncio de que foi escolhido
pelos jurados; aparece ao lado da mãe coruja, dona Valnete,
entrevistada no programa, e comemora o resultado com os
outros quatro vencedores  (Imagens: R7/Record)

LIRISMO ---- Uberabense Thiago Neves, 28 anos, é um dos vencedores da edição de Estilos – o quadro do programa Tudo É Possível, que abriu concurso para premiar tenores com a gravação de um CD pela Sony Music. Apresentado por  Ana Hickmann na Rede Record de Televisão, a edição de Estilos foi comandada pelo produtor e diretor musical Marco Camargo, e desde o dia 29 de abril jurados de altíssima qualidade musical ouviram mais de 300 competidores. A grande final aconteceu domingo, 8 de julho, e, em vez de três tenores como estava previsto, os jurados escolheram cinco, com a anuência da Sony – tamanha a qualidade dos finalistas.
O ARTISTA --- Com atividades internacionais no currículo, Thiago Neves tem formação lírica e popular. Canta ópera, e também jazz, bossa nova, chorinhos, além de tocar piano, teclado e violão. Estudou canto com o professor Vincenzo Mano, em Milão, na Itália. Apresentou-se no Programa Raul Gil, no SBT, no quadro Jovens Talentos, no ano passado, entre outros, e não perde a chance de dar uma palhinha em eventos culturais de Uberaba. Foi um dos cinco brasileiros a participar de um festival na Alemanha, na região de Holstein Musik, com 25 anos de existência, em um projeto de Leonard Bernstain. Atualmente, participa como solista de corais paulistanos e trabalha como cantor e regente do coral da Episcopal Church, na Igreja Anglicana de São Paulo. 
A IDEIA ---- A proposta original era de se reeditar o sucesso de Os Três Tenores - Plácido Domingo, José Carreras e Luciano Pavarotti, que cantaram juntos em concertos, durante a década de 1990 e no início da década de 2000. A altíssima qualidade dos competidores alterou o número para cinco vencedores. Thiago Neves, Allan Lopes, Rafael Arkanjo, Roney Calazans e Angelo Varella são os cinco tenores escolhidos pelos jurados. Eles vão gravar um álbum pela Sony Music e assinar um contrato de um ano com a gravadora.
---------------------
Desembargador Cruvinel assina
o termo de posse
(Foto Divulgação/TRE)
QUEM MANDA ---- Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais tem novo comando. Tomou posse na segunda-feira, dia 9, o presidente Antônio Carlos Cruvinel – triangulino de Sacramento. Na posse, defendeu a Lei da Ficha Limpa, mas acrescentou que só isso não basta.
O eleitor deve buscar o voto limpo, eleger aqueles que respeitam a legislação, que não tentam comprar seu voto, nem sujam as cidades, desrespeitando normas da legislação” - enumerou o desembargador. Na vice-presidência/corregedoria do TRE/MG assumiu o desembargador Wander Marotta.
Os sacramentanos baixaram em peso na solenidade, entre eles, o prefeito de Uberaba, Anderson Adauto (PMDB), e representantes da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, que o homenagearam com uma placa. O novo presidente do TRE mantém laços próximos com Sacramento, onde, inclusive, tem residência.
 -----------------
“Doutor Hélio Massa, meu vice na disputa pela Prefeitura de Uberaba brincou com o público que, como médico oftalmologista, ele receita Lerin para que Uberaba abra os olhos para o progresso. Ele é mesmo Massa!”
_ Comentário postado pelo deputado estadual e prefeitável do PSB, Antônio Lerin Gonçalves, em seu mural no Facebook
 -------------------------

EVENTO EXCLUSIVO  Cooperativa dos Empresários Rurais do Triângulo Mineiro – Certrim, realiza de 11 a 13 de julho, o 10º Encontro de Bons Negócios, um evento exclusivo para apresentar aos cooperados os produtos e serviços para a próxima safra 2012/2013 e também os lançamentos da pecuária. Esse ano, além das tradicionais rodadas de negócios, produtos e prazos especiais, o produtor rural , que comprar durante a feira, participará de sorteios instantâneos em dinheiro.
-----------------------
DISPUTA ----- Três candidatos a prefeito e 554 candidatos a vereador de Uberlândia já estavam anotados no sistema de divulgação do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, na noite de segunda-feira, 9 de julho. Se todos os registros fossem aprovados, a Câmara teria uma disputa na ordem de 20,5 candidatos por vaga, já que a cidade tem 27 cadeiras. São candidatos a prefeito Luiz Humberto Carneiro, do PSDB, Gilmar Machado, do PT, e Gilberto Cunha, do PSTU.
MINAS --- De toda Minas Gerais, já estavam no sistema 1.827 candidatos a prefeito e 52.694 candidatos a vereador. Nenhuma candidatura de Uberaba estava no sistema de divulgação do TSE até por volta de meia-noite de segunda-feira pra terça-feira.

Paulo Piau ganhou um
fôlego
(Foto: Divulgação)
NOVO ROUND ---- Nova agitação em torno da intervenção no PMDB de Uberaba. Desta vez quem andou comemorando foi o lado da intervenção, já que a juíza Régia Ferreira colocou em dúvida o cumprimento de algumas exigências na proposição do agravo de instrumento que suspendeu a intervenção baixada pelo diretório estadual da legenda. A decisão, se mantida, implica na derrubada da liminar que suspendeu a intervenção e reativou o diretório municipal que estava afastado.
CORRE-CORRE ---- Enquanto os procuradores do prefeito Anderson Adauto e aliados na luta contra a intervenção corriam contra o tempo pra explicar que as exigências foram cumpridas, a turma do deputado federal Paulo Piau – prefeitável da intervenção, corria pro abraço.
NOS CONFORMES ---- Em conversa com a colunista, por telefone, o advogado José Sad, de Belo Horizonte, garantiu que o agravo foi protocolado no prazo e que a comunicação à juíza de Uberaba foi feita no tempo hábil e na forma correta. Portanto, segundo ele, a documentação que seria enviada à juíza demonstraria que tudo foi feito de acordo com as exigências legais.
OS JURISCONSULTOS ---- E já que o assunto é advogado, ressalte-se que a celeuma envolve nada menos do que dez profissionais do Direito. São cinco defendendo a intervenção (diretório estadual, Paulo Piau...) e cinco defendendo o fim da intervenção e a volta do diretório municipal (Anderson Adauto, seu prefeitável, Rodrigo Mateus...).
INTERVENÇÃO
Defendendo o diretório estadual do PMDB – que patrocina a intervenção, estão Rodrigo Lázaro da Silva, Mateus de Moura Lima Gomes, Wederson Advincula Siqueira, Carlos Magno Bracarense e Públio Emílio Rocha. Ação tramita na 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.
CONTESTAÇÃO
Em defesa do diretório municipal que voltou à ativa por medida liminar, estão João Batista de Oliveira Filho, José Sad Júnior, Alexandre de Sousa Pires, Paulo Affonso Silveira e João Adalberto de Andrade.
----------------------
  ------------------------
VAPT-VUPT
E voltando à intervenção, surpreende a rapidez com que foi anotado no sistema do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, o restabelecimento, por decisão liminar, do diretório do PMDB/Uberaba que estava afastado pela intervenção. Nem bem saía a liminar do desembargador José Marcos Vieira, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, e tratou-se logo, de se fazer a devida anotação.
ENQUANTO ISSO --- Interessante é que os partidos – com raras exceções, não demonstram muita preocupação em fazer anotações corretas no sistema de certidão de composição partidária no TSE. O próprio diretório do PMDB, restabelecido por decisão judicial, ainda traz entre seus membros, o vereador Marcelo Machado Borges, que deixou a legenda, já faz um tempão, pra se filiar ao DEM.
PRESIDENTES
O DEM, por sua vez, ainda tem o nome do deputado federal Marcos Montes no seu diretório, apesar de ele, não apenas ter saído da legenda, como até ser presidente do PSD/Uberaba. Situação ainda mais estranha é a do PT – que não muda o presidente nem a pau. O presidente da Fundação Cultural, Fábio Maciotti, continua no comando do partido, enquanto Waldemar Pamplona permanece como secretário-geral. Estranho é que há meses dizem que Pamplona substituiu Macciotti na presidência do PT.

EFEITO INTERVENÇÃO --- E dizem as más línguas que o eleitorado não é o único com cabeça explodindo nesta história de intervenção. O vereador/radialista Almir Silva, do PR, candidato a vice na chapa de Paulo Piau, estaria assustado, e até teria falado em rever a decisão e se candidatar mesmo, é a vereador. Pessoal do prefeitável teve que apresentar contrarrazões suficientes para convencer Almir de que a intervenção tem todas as chances de vencer a guerra na Justiça.

Almir Silva deixou uma campanha de vereador com vitória
praticamente garantida  (Foto: Divulgação)

TUDO COMO DANTES
Noves fora o aumento de cadeiras na Câmara Municipal – que optou por manter as 14 atuais, tudo indica que Uberaba vai repetir em 2012, os números relativos a 2008. Após a peneirada natural de toda eleição – incluindo desistências dos candidatos e indeferimentos  da Justiça Eleitoral, 18 candidatos a vereador de Uberaba, em 2008, ficaram de fora. De 204 interessados nas 14 cadeiras da Câmara de Uberaba, 186 tiveram seus nomes, com as devidas fotos, registrados na urna eletrônica. Se não der empate, vai ficar muito perto disso.
 ------------------
CURIOSIDADE HISTÓRICA
O último “prefeito” imperial e seu apelo aos
monarquistas e republicanos de Uberaba
José Joaquim de Oliveira Teixeira
(Acervo: Câmara de Uberaba)
O último agente-executivo de Uberaba do período imperial viveu momentos agitados. 
Formado em Medicina no Rio de Janeiro, em 1878, José Joaquim de Oliveira Teixeira foi o primeiro cirurgião nascido em Uberaba, e portanto, nenhuma surpresa com sua ascensão na política.
Assumiu o comando da Câmara e da cidade em 1887, e em 1889 enviou um comunicado à Câmara e à população informando sobre a Proclamação da República e pedindo aos políticos uberabenses – monarquistas e republicanos, que não trocassem acusações, nem agravassem o conflito já existente entre as duas facções.
Durante a sua gestão, ocorreu um significativo aumento da população da cidade e, consequentemente, do número de residências. A Câmara dos Vereadores de Uberaba passou, então, a se preocupar com a edificação de imóveis sobre as nascentes de regos e dos córregos, ou sobre as ruas, e os caminhos que serviam de passagens para boiadeiros e tropas rumo a outros estados.
Nasceu em 1846, filho de João Quintino Teixeira, o Comendador Quintino, e de dona Carolina Eulália de Oliveira, e morreu em 1900.

OS DESTAQUES DO GOVERNO
Conde D´Eu e a princesa Isabel
(Acervo: rede-imperial.blogspot.com.br)
A Proclamação da República foi, sem dúvida, o fato mais importante ocorrido no governo de José Joaquim de Oliveira Teixeira, mas não foi o único acontecimento especial. Destacam-se, entre outros:
- a visita do Conde d’Eu, marido da Princesa Isabel, para inaugurar a Estação da Mojiana, quando o sistema monárquico brasileiro já estava mergulhado em crise;
_ a própria inauguração da Estação da Mojiana e do telégrafo, em abril de 1889;
_ a Câmara conseguiu autorização do governo provincial para que os presidiários trabalhassem na reforma e na construção das ruas da cidade;
- a escravatura foi abolida e, embora a população tenha comemorado o fato, a Câmara Municipal não fez nenhum pronunciamento a respeito;
- em 1888, a Câmara autorizou a emancipação de São Pedro de Uberabinha, atual Uberlândia;
- o Paço Municipal foi reformado;
- os primeiros exemplares de gado zebuíno foram introduzidos na região. A criação de animais dessa raça se transformou, durante muito tempo, numa das principais fontes de renda para o município.
*Ao ser proclamada a República, houve uma fase de transição. As Câmaras foram suspensas e substituídas por um Conselho de Intendência Municipal, nomea­do pelo Governo Provisório da República. Uberaba teve dois destes Conselhos, de 1890 a 1897.

PÉROLAS HISTÓRICAS
 “...Uberaba, tão sossegadinha! Longe de tudo e de todos no meio de seus sertões...
_ Alfredo Maria Adriano d'Escragnolle Taunay - o Visconde de Taunay, filho de franceses, nobre, escritor, músico, artista plástico, professor, engenheiro militar, político, historiador e sociólogo brasileiro, falando sobre Uberaba no conto Juca, o Tropeiro, do livro Histórias Brasileiras (1874), ainda com a cidade na cabeça depois de passar por ela em 1865.

“...A cidade continua em progresso. Constróem-se casas e há projetos de melhoramentos.
As lojas estão bem sortidas, nelas se encontram todos os artigos da vida moderna. (...) Uberaba, situada na aba de extensos chapadões, ergue-se pela encosta de 
dois deles ...”
_ Idem, na obra Retirada da Laguna


(Fontes: Câmara Municipal e Arquivo Público de Uberaba)
-------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário