3 de novembro de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias


CURRALÃO ---- Operários trabalharam, nos últimos dias, a todo vapor, no terreno da rua Vigário Silva que abrigou, por 104 anos, o extinto jornal Lavoura e Comércio. Calma, gente! Nada de comemorar! O resultado das primeiras ações foi flagrado pelo repórter-fotográfico Enerson Cleiton, que deparou-se - pasme o leitor!, com um arame farpado "fechando" o local. Em plena "esquina" com a praça Rui Barbosa.
POR FORA BELA VIOLA --- E no feriado de sexta-feira, 2 de novembro, o arame foi trocado por um portão – que impede qualquer visão no interior do terreno, e portanto, afasta os olhares dos chatos que estão cobrando as obras de edificação no local. A imagem deste segundo flagrante é uma colaboração de Sérgio Henrique, que aliás, é expert em limpeza de piscina (contato: 8889-7246).
CADÊ AS OBRAS? ----Em entrevista exclusiva à colunista, em maio deste ano, o
empresário uberlandense Carlos Sabbag - que arrematou o local por R$ 1,7 milhão, disse que a fachada seria preservada, garantiu que tem uma destinação importante para o terreno e revelou que os projetos do novo prédio já tinham sido encomendados, e que, assim que estivessem prontos, seriam protocolados na Prefeitura de Uberaba.
-----------------

REVIRAVOLTA ----Lerin saiu das eleições
com um comportamento, e
se transformou menos de 24 horas depois
PERSONALIDADES ---- Imprensa, aliados, adversários e eleitores de um modo geral foram surpreendidos com dois discursos totalmente opostos feitos pelo deputado estadual Antônio Lerin (PSB), logo após a divulgação do resultado do 2º turno das eleições.
O 1º DISCURSO ---- Derrotado com uma diferença de cerca de 4.000 votos e elogiado a torto e a direito pela performance nas urnas, Lerin deu show de bola ainda no domingo das eleições, e na manhã de segunda-feira.
NO PAPEL DE LÍDER --- Ligou para o adversário, deputado federal e prefeito eleito Paulo Piau (PMDB), parabenizou pela vitória e se colocou à disposição para o trabalho em conjunto; se reuniu com amigos e aliados para falar sobre seus próximos projetos como deputado estadual; concedeu entrevistas garantindo que seria um líder diferente e moderno, investindo na união política em defesa de Uberaba; postou mensagem no Facebook em tom de otimismo.
O 2º DISCURSO ---- Na tarde de segunda-feira, Lerin chamou a imprensa para fazer um anúncio que deixou gregos e troianos boquiabertos.
NO PAPEL DE DERROTADO --- O deputado simplesmente trocou o papel de líder pelo papel de derrotado, informando que iria ingressar na Justiça contra o prefeito eleito, acusando a campanha do adversário de ter comprado votos no dia das eleições. O prefeito eleito e sua assessoria jurídica negam as acusações, e uma ação da Polícia Federal no escritório político de Paulo Piau não detectou qualquer irregularidade que fosse.
 ----------------------
RINDO À TOA---- Eduardo Campos
investe em apoios para 2014
(Foto: Enerson Cleiton)
NO COMANDO ---- E fontes seguras de Conta-Gotas indicam que o comando absoluto da judicialização do resultado das eleições está com o economista João Franco, presidente do PDT/Uberaba, ex-secretário e ex-homem forte do governo Anderson Adauto, e um dos coordenadores da campanha de Lerin. João Franco estaria encarregado de encontrar os supostos “comprados”, colher seus supostos depoimentos, e articular os detalhes com os advogados que teriam sido contratados para promover a ação contra Piau.
ARTICULAÇÕES ---- João Franco teria passado o fim de semana entre Brasília e Belo Horizonte, juntando informações e discutindo a eventual futura ação judicial com representantes de um escritório de renome nacional, que teria sido “ofertado” pelo PSB presidido pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Pré-candidato a presidente da República em 2014, Campos tem interesse em garantir apoios do Oiapoque (ou Caburaí – caso prefiram) ao Chuí.

E VEM AÍ....E por falar em João Franco, termina dia 14 de novembro a vigência da comissão executiva provisória do PDT. Desta forma, sua permanência no cargo de presidente fica dependendo de novas ações junto ao comando estadual – que é quem decide estes detalhes. João Franco e o PDT de Uberaba protagonizaram uma das situações mais estranhas do 1º turno das eleições de Uberaba. Enquanto o presidente integrava a coordenação da campanha de Lerin, do PSB, a legenda PDT ia de Fahim Sawan, então filiado ao PSDB. Tudo com o aval do comando estadual pedetista.
 ------------------
REAÇÃO IMEDIATA ---- Luiz Neto chamou a imprensa assim que saiu a primeira
notícia sobre ação judicial de Lerin contra Paulo Piau   (Foto: Divulgação)
AS REAÇÕES ---- Enquanto aqui e acolá, aliados e amigos de Lerin substituíram a tristeza da derrota, pela decepção com o 2º discurso, o coordenador político e de marketing da campanha do prefeito eleito tratava de chamar a imprensa para rebater as acusações.
Já vi esse filme nas eleições de 2000” – afirmou o ex-prefeito de Uberaba e empresário Luiz Guaritá Neto. Se referia às eleições em que o atual deputado federal Marcos Montes venceu a disputa pela Prefeitura de Uberaba com apenas 801 votos à frente do adversário da época, Anderson Adauto.
COMPARAÇÕES ---- Guaritá comparou as duas situações, ressaltando que o objetivo de ambas é confundir a cabeça do eleitorado. Em 2000, a alegação era de que as urnas eletrônicas foram fraudadas. A denúncia nunca foi provada na Justiça, mas o então prefeito Marcos Montes comeu o pão que o diabo amassou com as dúvidas lançadas contra ele pelo adversário. “Estão querendo fazer a mesma coisa com o Paulo Piau” – diz Guaritá.
POSSE GARANTIDA ---- A exemplo do que aconteceu em 2000, também agora, não houve qualquer impugnação de urnas no dia das eleições. “Portanto, esta estória de que o Piau não vai tomar posse é infundada e perigosa, pois cria dúvida na cabeça dos eleitores; ele vai ser diplomado e empossado” – afirma Guaritá.
 -------------------
BÊNÇÃOS ---- Marcos Montes não desgrudou de Lerin nem mesmo na posse do arcebispo dom
Paulo Mendes Peixoto, mas não foi consultado na hora da decisão sobre ação judicial  

(Foto: Divulgação)
AS REAÇÕES 2 ---- O deputado federal e presidente do PSD/Uberaba, Marcos Montes, também lembrou as eleições de 2000. “Sofri muito e não gostaria que o Piau passasse pela mesma coisa; ele é íntegro, ético, sério e, sem dúvida, é o legítimo prefeito eleito de Uberaba” – disse MM, em entrevista à colunista. Idealizador e coordenador da campanha de Lerin, o deputado federal diz que não foi consultado sobre a proposição de denúncia na Justiça. E mais: garante que, se tivesse sido questionado, seria contra a ideia.
LIDERANÇA --- Marcos Montes avalia que o amigo e aliado político saiu das urnas como vitorioso, pela votação que recebeu, e que o discurso inicial o consolidava como uma liderança importante para Uberaba. “Infelizmente, ele mudou o discurso e isso vai prejudicá-lo politicamente" – destaca MM sobre Lerin.
A QUEM DE DIREITO ---- Para o ex-prefeito e atual deputado federal, a Polícia Federal e o Ministério Público tinham poder de fiscalização no dia das eleições, e não haveria necessidade do envolvimento político do grupo adversário ao vencedor.
 -------------------
PT EM PESO ----- Nilmário, Adelmo, Piau,
Gilmar e Pamplona  (Foto: Divulgação)
FORÇA EXTRA ---- De outro lado, o eleito Paulo Piau tem torcida organizada extra: o PT em todas as suas esferas - municipal, estadual e nacional. Ele terá que renunciar oficialmente ao cargo de deputado federal para assumir a Prefeitura de Uberaba, e em seu lugar, na Câmara, vai tomar posse o suplente da coligação PT, PMDB, PRB e PCdoB, Nilmário Miranda, do PT.
COMPANHEIROS --- Não foi surpresa, portanto, a presença de Nilmário entre os petistas que fizeram voo rasante em Uberaba, dia 24 de outubro, para manifestar apoio à candidatura de Paulo Piau a prefeito. Ex-deputado em várias legislaturas, ex-ministro dos Direitos Humanos no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do PT de Belo Horizonte e do PT de Minas Gerais, ex-candidato a governador de Minas - e mais um punhado de coisas, Nilmário é xodó das lideranças petistas estaduais e nacionais, que estão em festa com sua ida para a Câmara dos Deputados.
DOCE TRIÂNGULO --- Aliás, Nilmário assume uma cadeira de deputado federal graças ao Triângulo Mineiro. Segundo suplente, da coligação, ele se beneficiou, ainda no 1º turno, com a eleição do petista Gilmar Machado para prefeito de Uberlândia, e, de quebra, com a vitória de Piau no 2º turno de Uberaba. A presença dos petistas em Uberaba foi articulada pelo deputado estadual Adelmo Leão, ex-candidato a prefeito no 1º turno, e pelo presidente do PT municipal, Waldemar Pamplona.
--------------------
SONHOS ....
BOAS E MÁS NOTÍCIAS
PARA TONY CARLOS
Por outro lado, as notícias não são tão boas para o vereador reeleito Tony Carlos (PMDB) e para a presidente da Sociedade Uberabense de Proteção ao Animal - Supra, Denise Max (PR), primeira suplente da coligação que reuniu PMDB e PR nas eleições de Uberaba em 2012. Com o resultado das eleições de prefeito em cidades mineiras, Tony assumiria uma cadeira na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, enquanto Denise tomaria posse em seu lugar, na Câmara de Uberaba.
...DE UMA NOITE DE VERÃO
Porém, o uberlandense Leonídio Bouças (PMDB) - que tinha sido barrado pela lei da ficha limpa, foi liberado pela Justiça Eleitoral e vai assumir a vaga de deputado estadual, já que é o próximo suplente do PMDB no que se refere às eleições de 2010. Tony Carlos fica na Câmara de Uberaba, portanto. A não ser que surja uma nova vaga na Assembleia.

A VOLTA ---- Mas, nem tudo é notícia ruim pra Tony Carlos. Dizem por aí, que ele está com a corda toda pra voltar a presidir a Câmara de Vereadores. Os ingredientes são fortes: é aliado de primeira hora do prefeito eleito Paulo Piau e realizou uma das gestões mais modernas e transparentes do Poder Legislativo de Uberaba quando presidiu a Casa.

SABOR ESPECIAL ---- Também de olho no cargo, o vereador eleito com a maior votação, Samir Cecílio (PR), vai ter o gostinho da presidência dia 1º de janeiro de 2013. Caberá a ele coordenar o evento triplo que acontece às 17h, no salão da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ. Vai comandar a eleição da mesa diretora da Câmara, dar posse aos eleitos nas eleições proporcionais, e, de quebra, empossar o prefeito eleito Paulo Piau e o vice eleito Almir Silva (PR). Detalhe: a votação para a mesa diretora é aberta.
 -----------------------
PAGAM TODOS ---- Servidores da Prefeitura de Uberaba só vão receber o salário relativo ao mês de outubro, no quarto dia útil de novembro – e portanto, dia 7, quarta-feira. Pagam os inocentes e os pecadores – ou seja, os que votaram no candidato apoiado pelo governo municipal, e os que colaboraram para que o deputado estadual Adelmo Leão (PT) não fosse para o 2º turno. Pelo menos é o que andam avaliando alguns observadores da cena política de Uberaba.
 ---------------------
COBRANÇA --- Piau conversa com Zimmermann
(Foto: Divulgação)
TRATO FEITO ---- Prefeito eleito e deputado federal Paulo Piau tratou logo de desmontar a boataria que circulava em torno da passagem do gasoduto por Uberaba. Foi direto ao Ministério das Minas e Energia, onde ouviu, do ministro interino Márcio Pereira Zimmermann, a confirmação de que o projeto é favas contadas. Como testemunhas do compromisso, os vereadores Itamar Ribeiro (DEM), Carlos Alberto Godoy (PTB) e Samuel Pereira (PR)  - os três da base aliada do futuro prefeito, sendo que Samuel foi reeleito.

APOIO CONFIRMADO ---- Paulo Piau também se reuniu com o vice-presidente da República, Michel Temer, quando agradeceu o apoio recebido durante sua campanha. O vice-presidente esteve em Uberaba duas vezes para prestigiar a candidatura, e na última visita chegou a participar de comício no Parque dos Girassóis, quando reafirmou o compromisso do governo federal com a  gestão de Piau.
 -------------------

O pensamento do prefeito eleito 
Paulo Piau 
Entrevista ao MGTV 1ª Edição  
TV Integração/Globo
29 de outubro de 2012 

_"Política é uma guerra. E de uma guerra, a gente sempre sai machucado!"

_"Uberaba precisa avançar na política. Há tempo de competir e há tempo de construir. Quero reunir todos os aliados e adversários para pensarmos, juntos, o futuro de Uberaba."

_"Vou convidar para conversar sobre Uberaba todas as pessoas que possam contribuir, entre elas, o meu ex-adversário do 2º turno, deputado estadual Antônio Lerin, o deputado federal Marcos Montes e o prefeito Anderson Adauto."

_"Temos pessoas preparadas para ajudar a administrar Uberaba. Vou administrar com quem ajudou, mas não tenho compromisso com nomes ou cargos."

_"Não tenho o espírito nem a intenção de anular a oposição na Câmara. Vamos valorizar, temos maioria, mas vamos respeitar a oposição. Quero fazer um governo transparente, e por isso, não usarei de influência para impedir qualquer ação por parte dos vereadores."

_"Vou montar agora, um grupo para a transição e até o final de dezembro terei uma equipe de peso já fechada para trabalhar no governo."

_"Água é um desafio. Em 2013, não faltará água na torneira da dona de casa. De imediato, vamos construir um poço artesiano profundo e três novos reservatórios."

_"Vou procurar a atual administração rapidamente para obter informações sobre o governo. Mas vou fazer uma auditoria para ter um retrato verdadeiro da Prefeitura de Uberaba, e vou informar a população sobre o assunto."

_"O fechamento da UPA da Abadia foi um drama. Em vez de fechar UPA´s, vamos construir novas."

_"Ninguém é obrigado a fazer compromisso; mas, quando se faz compromisso é preciso cumprir."

_"Vou acabar com o uso das súmulas vinculantes para cálculos de salários dos servidores municipais de Uberaba."

_"Vamos negociar com o governo do Estado a criação de um novo Batalhão de Polícia Militar."

_"Vamos prosseguir e ampliar o projeto de mobilidade urbana no que se refere ao transporte coletivo de Uberaba."

_"Vou fazer uma revisão completa no sistema do IPTU - o Imposto Predial e Territorial Urbano. O objetivo será beneficiar a população, e não os cofres da Prefeitura."

_"Ainda não conversei com o meu vice, Almir Silva, mas, com certeza, ele terá um espaço importante para me ajudar a governar Uberaba
 --------------------
LAMENTO
Depois de toda essa loucura que foram esses últimos meses, agora que tudo volta aos poucos ao normal, minha vida volta a ficar mais dura e solitária sem minha mãe.

Pois com a volta à rotina, percebo que sem ela estou totalmente perdido e sem rumo!

Preciso encontrar um sentido pra minha vida e conseguir tocar minha vida sem ela.
Deus me ajude mais uma vez, pois estou realmente precisando de ajuda!!!”

_Comentário de Wagner Nascimento Júnior, ex-candidato a prefeito, postado em seu mural no Facebook, lamentando a perda recente da mãe Isabel do Nascimento. Em menos de 12 horas, quase 250 pessoas se solidarizaram com ele

--------------------- 
AMIGOS SÃO PRA ESTAS COISAS ---- Amigos do guarda municipal Mário Nelson mandaram várias mensagens eletrônicas – via e-mails e mensagens pelo Facebook, para a colunista de Conta-Gotas, pedindo, através da coluna, a atenção do prefeito eleito Paulo Piau. “Estamos buscando apoio para que o Mário Nelson assuma um dos três cargos de chefia da Guarda Municipal” – pedem eles.
A SOLUÇÃO ---- Os “padrinhos” de Mário Nelson esperam que o prefeito eleito não reconduza os chefes atuais. “Os guardas municipais de Uberaba estão sofrendo muito; eles precisam sim, é de tranquilidade, respeito e condições dignas de trabalho” – resumem. “Nos ajude, pois é só nestas épocas de formação de governo que a gente tem a oportunidade de dar sugestões” – afirmam. Está aí, o recado...
 -------------------
PAZES FEITAS ---- De olho nos planos presidenciais de Aécio Neves para 2014, os presidentes do PSDB de Uberaba e do PSDB estadual afinam o discurso. Por sinal, coube ao 2º turno das eleições provocar a reaproximação entre o engenheiro e analista político Luiz Cláudio Campos, e o deputado federal Marcus Pestana. Os dois presidentes já estão afinadinhos para uma conversa, breve, com o senador Aécio Neves, o cerne de toda questão que envolve o tucanato mineiro, incluindo a parte que toca às cidades-polo como Uberaba.
CAMINHOS OPOSTOS ---- Desde o início da campanha de 2012, o PSDB mineiro e as duas principais lideranças da legenda – o governador Antonio Anastasia e Aécio Neves, apoiaram a candidatura de Lerin, como estratégia para atrair a parceria do PSB para 2014, e portanto, para os planos presidenciais do neto de Tancredo Neves. Luiz Cláudio se rebelou contra a ideia, por entender que o empresário, médico e ex-deputado estadual Fahim Sawan tinha o direito de ver atendido seu anseio de ser candidato a prefeito. “Sua filiação ao PSDB lhe dava esta prerrogativa” – entendia o presidente da Legenda. No 2º turno, Fahim deixou o ninho tucano e voou para a candidatura do peemedebista Paulo Piau.
24 ANOS DE PSDB ---- Apesar dos caminhos opostos seguidos no 1º turno das eleições, os desentendimentos entre os presidentes do PSDB mineiro – Marcus Pestana, e do PSDB/Uberaba – Luiz Cláudio Campos, ficaram apenas no campo político, o que facilitou a reaproximação entre eles. Co-fundador do PSDB nacional e fundador da primeira comissão executiva provisória municipal do país – em 1988, o engenheiro e analista político Luiz Cláudio Campos e o deputado federal Marcus Pestana têm toda uma trajetória de luta juntos.
 ---------------------
FÔLEGO ---- Já o PMDB/Uberaba, cujo prazo de vigência do diretório terminaria dia 28 de outubro – dia das eleições do 2º turno, tem um fôlego novo. Presidido por Eduardo Palmério, o diretório vai até 25 de novembro, segundo anotação recente do Tribunal Superior Eleitoral – TSE. Um tempinho extra pra que os peemedebistas decidam o futuro da legenda.
ENTREVEROS ---- Vale lembrar que o PMDB protagonizou uma das maiores encrencas eleitorais da história política de Uberaba. Suspenso pela intervenção do diretório estadual, o diretório local - independente do resultado das eleições, terá que passar por uma reorganização. A comissão executiva pró-intervenção e favorável a Paulo Piau, bate de frente com a maioria do diretório anti-intervenção, favorável a Anderson Adauto.
---------------------
MARCELO PALMÉRIO CAI DO BANQUINHO
VITÓRIA SOFRIDA ---- Reitor da Universidade de Uberaba – Uniube, Marcelo Palmério, comemora a vitória de Paulo Piau com o braço na tipoia, que é obrigado a usar por ter fraturado o ombro. Primeiro e decisivo apoiador da candidatura do prefeito eleito de Uberaba, o reitor subiu num banquinho – achando que ainda tinha 21 aninhos de idade, pra apanhar um livro no alto da biblioteca de sua casa. Nem precisa dizer o que aconteceu, né?
 -----------------------
OS ELEITORES DE CADA UM ---- O deputado federal Paulo Piau venceu as eleições do 2º turno de Uberaba em três das quatro zonas eleitorais da cidade. Os detalhes da votação de domingo estão no Sistema de Divulgação de Resultados do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, e indicam que o eleito recebeu 79.752 votos no total, representando 51,36% dos votos válidos. Seu adversário, o deputado estadual Antônio Lerin, saiu das urnas com 75.541 votos (48,64%).
PERFORMANCE ---- A melhor performance do prefeito eleito aconteceu na 347ª Zona, onde ele obteve 21.504 votos (53,99%) contra 18.324 (46,01%) recebidos por Antônio Lerin. São 54.864 eleitores na 347ª Zona – de acordo com as estatísticas da Justiça Eleitoral. A segunda melhor performance de Piau foi na 276ª Zona Eleitoral, onde ele obteve 20.936 votos (51,49%), enquanto Lerin recebeu 19.725 votos (48,51%). A Zona 276ª tem 55.091 eleitores cadastrados. Paulo Piau também venceu na 326ª Zona, onde seu nome foi clicado nas urnas por 19.222 eleitores (54,34%). Nesta zona, Lerin recebeu 16.154 votos (45,66%). No total, a Zona 326ª possui 49.642 inscritos.
INVERSÃO ---- Por sua vez, o candidato derrotado venceu na 277ª Zona Eleitoral. Lerin obteve 21.338 votos (54,12%) contra 18.090 votos (45,88%) recebidos por Paulo Piau.
A 277ª Zona de Uberaba tem 53.791 eleitores – de acordo com as estatísticas da Justiça Eleitoral. Dos 213.388 eleitores aptos ao voto em Uberaba, 170.139 (79,73%) compareceram às urnas na votação do 2º turno, e, destes, 155.393 (91,27% dos que foram às urnas) votaram válido
 -----------------------
SOLIDARIEDADE ---- E as voluntárias do Instituto dos Cegos do Brasil Central anunciam novo bazar beneficente para dia 6 de novembro. Evento - em benefício do instituto, será realizado no Edifício Di Cavalcanti, na rua Major Eustáquio, 662, a partir das 15h.

SUSPENSÃO LOCAL ---- Está suspenso o pregão presencial aberto pela Prefeitura de Uberaba para contratar instituição financeira para prestação de serviços bancários, com exclusividade, necessários ao pagamento dos servidores ativos e inativos, da administração direta e indireta. O edital foi contestado, e, por isso, o pregão que aconteceria no dia 11 de novembro será remarcado após os acertos.

SUSPENSÃO NACIONAL --- Petrobras cancelou a contratação de empreiteiras para construir a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados V (UFN 5) de Uberaba. O motivo é que as concorrentes apresentaram preços bem acima do mercado, e portanto, acima dos valores previstos pela estatal. A Petrobras garante que vai reabrir licitação nos próximos meses.

O 1º NOME ---- De acordo com um linguarudo que integra a coligação do prefeito eleito, Paulo Piau, um dos nomes mais fortes entre os cogitados para ocupar cargo de primeiro escalão no governo 2013/2016 é o da professora Silvana Elias. "Ela só não vai assumir uma secretaria se não quiser" - diz a fonte fofoqueira, mas extremamente fidedigna.
CURRÍCULO ---- Só pra dar uma ideia...Silvana Elias é pedagoga; servidora municipal de carreira (aposentada); ex-secretária de assistência social no governo Marcos Montes (década de 1990); especialista em políticas públicas e movimentos sociais; especialista em avaliação educacional; ex-diretora do Colégio Marista Diocesano; ex-superintendente de Projetos e Parcerias Intersetoriais no governo Anderson Adauto; consultora em projetos etc.
LAÇOS ---- Desde setembro de 2011, Silvana Elias participa dos preparativos de Paulo Piau para chegar à Prefeitura de Uberaba. Idealizou e coordena o chamado PPDI - Planejamento Participativo e Desenvolvimento Integrado, que subsidiou o programa de governo do agora prefeito eleito de Uberaba.
-----------------------
ANDERSON ADAUTO PROMETE TRANSIÇÃO
DE GOVERNO EM ALTO NÍVEL
TRANSIÇÃO ---- Prefeito Anderson Adauto diz que está aguardando contato do prefeito eleito, Paulo Piau, e de seus representantes, para dar início ao processo de transição de governo. Ele diz que o processo não será complicado, já que a  Prefeitura de Uberaba faz, periodicamente, prestação de contas quadrimestrais à Câmara de Vereadores e ao Tribunal de Contas do Estado.
AUDITORIA ---- Quanto à declaração de Piau de que pretende realizar auditoria nas contas da prefeitura, Anderson Adauto diz que a medida é natural.
 -----------------------
VIRADA NA VIRADA CULTURAL ---- Com tudo pronto pra colocar mais de 800 artistas em movimento, a 3ª edição da Virada Cultural do Triângulo - programada para os dias 10 e 11 de novembro, pode não acontecer. De acordo com os organizadores do evento, a Fundação Cultural de Uberaba não respondeu aos pedidos de palco, som, iluminação e banheiros.
 --------------------
QUENTURA EXTRA
Três chapas movimentam a eleição na 14ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/Uberaba, com ingredientes o bastante para tornar o processo agitadíssimo. Pra começar, a diretoria segue dividida. O presidente Helder Batista está firme nos pedidos de votos para a atual diretora financeira da entidade, Cleonilda Ferreira, como candidata à presidência, e Ricardo Perdigão para candidato a vice. E o vice-presidente Leuces Teixeira trabalha pela vitória da chapa oposicionista,  que tem Vicente Flávio Macedo de candidato a presidente e Maria Angélica de vice.
CAMPANHA ---- A movimentada eleição já protagonizou inaugurações de comitês e variados eventos – incluindo café da manhã especial para a apresentação dos candidatos, além de farta distribuição de material de propaganda. Sem esquecer, é claro, as respectivas páginas no Facebook – onde dezenas de advogados/eleitores circulam diariamente.
PROPAGANDA ÉTICA --- Aliás, a diretoria da OAB Minas Gerais alertou através do edital de abertura das inscrições: que a eleição seja “ética, com o objetivo de apresentar e debater ideias relacionadas às finalidades da OAB e aos interesses da advocacia”.
O DIA “D” --- A eleição, que promete ser das mais acirradas, acontece dia 24 de novembro, das 9h às 17h, e só estarão aptos a votar os advogados que estiverem em dia com o pagamento da anuidade até 24 de outubro de 2012.

 --------------------



Nenhum comentário:

Postar um comentário