30 de novembro de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias


HISTÓRIA EM DOBRO ---- Universidade de Uberaba – Uniube, na foto da jornalista Rose Dutra, completou 65 anos dia 27 de novembro de 2012 – uma história nascida dos sonhos de Mário Palmério, o professor, político, embaixador e imortal da Academia Brasileira de Letras, que tem parte desta trajetória contada na obra A Construção do Mito Mário Palmério.
LANÇAMENTO --- De autoria do jornalista, professor e doutor em História, André Azevedo, o livro tem 307 páginas, foi impresso pela Editora Unesp e  lançado – com direito a noite de autógrafos, na sexta-feira, 30 de novembro, no anfiteatro da biblioteca da Uniube, no campus Aeroporto.
O MITO --- Mário Palmério nasceu em Monte Carmelo (1916) e morreu em Uberaba em 1996, aos 80 anos. Foi político (só na Câmara dos Deputados foram três mandatos); embaixador no Paraguai (nomeado pelo governo João Goulart); escritor (destaque para Chapadão do Bugre e Vila dos Confins); membro da Academia Brasileira de Letras (ocupou a cadeira de Guimarães Rosa); professor; e fundador das faculdades de Odontologia (1947), de Direito (1950) e de Medicina (1953) – até chegar na Uniube.
 --------------------------

E POR FALAR EM HOMENAGEM...
Impossibilitado de receber o título em agosto deste ano – junto com os outros 68 homenageados, o arcebispo de Uberaba, dom Paulo Mendes Peixoto, acaba de se tornar cidadão uberabense. O diploma foi entregue pelo vereador e católico praticante José Severino (PT) durante missa, no Santuário de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa. A foto é de Rodrigo Garcia/Câmara.
A CHEGADA --- Nomeado pelo Papa Bento XVI no dia 7 de março de 2012, o 4º arcebispo da história de Uberaba tomou posse no feriado de 1º de maio - Dia do Trabalho, em substituição a Dom Aloísio Roque Oppermann, que renunciou por motivo de idade.
A posse no Ginásio Marista Diocesano atraiu cerca de cinco mil pessoas, entre caravanas das 19 cidades da jurisdição da Arquidiocese de Uberaba, além de familiares e amigos de Dom Paulo, e nomes importantes da Igreja Católica no Brasil.
O NOVO FILHO --- Dom Paulo nasceu no dia 25 de fevereiro de 1951, na cidade de Imbé (MG). Estudou Filosofia e Teologia no Seminário Diocesano de Caratinga (MG), além de ter cursado História e se especializado em Direito Canônico no Instituto Superior de Direito Canônico do Rio de Janeiro (RJ). Ele foi transferido da diocese de São José do Rio Preto (SP) para Uberaba.
 ----------------------
TERRA-MÃE --- E apesar de algumas tentativas eleitorais de se discriminar os filhos adotivos de Uberaba, sua população - e, portanto, a cidade, continua dizendo NÃO para a discriminação. Pra se ter uma ideia, o presidente eleito da 14ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil/OAB Uberaba, Vicente Flávio Macedo, vem reforçar a galeria. É natural de Campina Verde. Estão na lista, entre outros, o atual prefeito, Anderson Adauto (de Sacramento); os ex-prefeitos Odo Adão (Guaxima/distrito de Conquista) e Marcos Montes (Sacramento) e o prefeito eleito, Paulo Piau (Patos de Minas).
DE CORAÇÃO ---- Aliás, de acordo com o último censo oficial do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, feito em 2010, dos 295.988 habitantes registrados em Uberaba naquela época, nada menos do que 108.767 são filhos adotivos. Destes, 44.252 não são mineiros, enquanto 344 moradores são provenientes de outros países.

ÁPICE --- E duas semanas atrás, a chapa “OAB pra Você” - liderada por Vicente Flávio, já tinha uma ideia do resultado da eleição que aconteceria dia 24 de novembro. Pesquisa encomendada ao instituo Ápice, sob o comando do engenheiro e estatístico Luiz Cláudio Campos, antecipava a vitória com tranquilidade para o grupo de oposição à atual diretoria. O instituto "nasceu" um pouco antes das eleições municipais (prefeito, vice e vereadores).
----------------

GESTÃO SINDICAL
DIRETORIA DO SSPMU 
É REELEITA PARA NOVO MANDATO
Respaldados por uma extensa lista de ações e de conquistas – entre elas, o plano de saúde e uma paralisação histórica em abril de 2012, os atuais diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais - SSPMU, buscaram e conquistaram um novo mandato, em eleição que aconteceu dia 30 de novembro, no anfiteatro do Centro Administrativo da Prefeitura de Uberaba.
A DISPUTA --- Liderada pelo presidente do sindicato, Luís Carlos dos Santos, a Chapa 1 – A Força do Servidor, concorreu com a chapa União Sindical, encabeçada por Martinho Pereira. Ao longo das últimas semanas, as duas chapas se movimentaram intensamente, atrás de apoios de lideranças comunitárias e de intenções de voto dos servidores. Vereadores eleitos e reeleitos, por exemplo, foram vistos ora acompanhando os candidatos, ora em seus respectivos materiais de propaganda.
OS APOIOS --- Parte da bancada do PSL chegou dividida à eleição de sexta-feira. O eleito Kaká Carneiro (PSL) aderiu à chapa União Sindical, enquanto Elmar Goulart (PSL) apoiou a Chapa 1, de Luís Carlos dos Santos.
A chapa vitoriosa contou ainda, com o apoio dos vereadores reeleitos Tony Carlos (PMDB); João Ripposati (PSDB) e Marcelo Machado Borjão (PMDB) – este último, presidente da Comissão Permanente de Assistência aos Servidores Municipais.
A ELEIÇÃO ---- Todos os servidores filiados ao SSPMU há pelo menos 180 dias antes das eleições puderam votar. A eleição no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba foi coordenada por uma Comissão Eleitoral composta por Arquimedes de Oliveira Bessa (presidente), Ângela Maria Borges (secretária) e Flávio Garcia de Morais (membro). 
RESULTADO --- Ao todo, 949 servidores sindicalizados foram às urnas. Destes, 560 votaram na chapa comandada por Luís Carlos dos Santos, enquanto 371 votaram na Chapa 2. Foram três votos em branco e 13 nulos.
GESTÃO 2013/2016 ---- Além do presidente Luís Carlos, vão integrar a futura diretoria:
Carlos Humberto Costa (1º vice-presidente); Cristina Maria César (2ª vice-presidente); Ângelo Guilherme da Rocha Borges (1º tesoureiro); Aldo Cezar de Oliveira (2º tesoureiro); José Geraldo Borges Celani (3º tesoureiro); Acinério dos Santos Mendonça (1º secretário); Avelino de Siqueira Neto (2º secretário); Daniela Rocha Arantes (3ª secretária); Mário Lúcio da Silva (1º diretor social); Claudete da Silveira Mendes (2ª diretora social); Marley Klenio Xavier (3º diretor social); Luciene Rosa da Silva (1ª diretora patrimonial); Anderson Honório (2º diretor patrimonial); Walter José Borges (3º diretor patrimonial); Ednei Arsênio dos Santos (1º diretor de esportes); Vanderlei Lopes Ferreira (2º diretor de esportes); Carlos Silva Borges (3º diretor de esportes).
O Conselho Fiscal Efetivo será integrado por Jozélia Barbosa dos Santos Botelho, Aguinaldo Adelino Garcia Bicho e Jaime Cardoso dos Santos, e na suplência, Sílvio Roberto da Silva, Junival Cardoso da Silva e Froner Batista Tristão.

 --------------------
Ceramistas montaram o presépio que fica em exposição até 6 de janeiro
Presépio montado a 18 mãos 
é exposto no Museu de Arte Sacra 
2º Encontro das Artes foi aberto dia 25 de novembro, domingo, no Museu de Arte Sacra - na Igreja Santa Rita, com a inauguração de um presépio com obras de nove artistas Uberaba, sob a coordenação da professora Maria Helena Ciriani. Ele fica exposto até dia 6 de janeiro.
O presépio foi montado por Marcos Jamal, Fernanda Terra, Ilka Maria, Lusa Andrade, Meg Andrade, Rosângela Cordeiro Fernandes, Dulce Helena Bento, Soninha Caetano, Cláudio Luís Destro, além de Ciriani.
... E CORAL
Abertura também teve a participação do Coral Canta Marista, que apresentou músicas natalinas, com 28 vozes, sob regência da professora Juliana Rodrigues, acompanhada ao piano por Cristina Arruda. Criado há dois anos, o grupo é integrado por pais de alunos, professores, funcionários e ex-alunos do Colégio Marista Diocesano, além de convidados.
...E FLAUTAS
Já o Conjunto de Flautas Doce, do Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi, se apresentou dia 2 de dezembro,  também no Museu de Arte Sacra – com um repertório de canções natalinas:
“Ode à Alegria” (Ludwig van Beethoven e Friedrich von Schiller), “Louvamos” (canto cristão), “Natal Festivo” (Luis Bordon), “Natal”, “Nasceu o Redentor” (canto cristão), “O Velhinho” (Octávio Filho), “White Christmas” (Kate Perry), “The  First  Noel” (Gilbert e Sandys Carols), “We Wish You a Merry Christmas” (Villancicos), “Glória” (canto cristão), pout-pourri de canções de Natal e “Chorinho Natalino” (José Vieira Brandão).
A coordenadora do grupo é a professora Renata Helena dos Santos

Coral Canta Marista (Fotos: Divulgação)
 ----------------------------

DISPUTA PELA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DE UBERABA ESQUENTA OS BASTIDORES
Elmar Goulart  (Foto: Divulgação)
E dizem as más línguas – e as boas também, que o vereador eleito Elmar Goulart estaria com a corda toda na acirrada disputa pelo cargo de presidente da Câmara de Uberaba. Cinco pré-candidatos correm atrás de apoios dos colegas eleitos e reeleitos para a legislatura 2013/2016.
ACORDÃO ----O ex-vereador Elmar Goulart, que integrou a fase histórica do PMDB, e retorna agora, eleito pelo PSL, e o eleito de primeira viagem e mais votado deste ano, Samir Cecílio (PR), teriam fechado um acordo e estariam fazendo “sucesso” entre os novatos. “Se conseguirem oito votos, o Samir será o presidente, mas, se conseguirem apenas sete, o eleito será o Elmar por desempate em razão da idade” – afirma um dos integrantes do grupo, animado com a possibilidade de ele próprio ter uma vaga na mesa diretora se a ideia prosperar.
REVELAÇÕES --- De acordo com a fonte, além de Elmar e Samir, já estariam neste grupo os vereadores eleitos Edmilson Ferreira (PRTB), Kaká Carneiro (PSL); Ismar Vicente (PSB) e Franco Cartafina (PRB), e ainda, o reeleito João Ripposati (PSDB).
Por enquanto, levando-se em conta que o acordo seja real, Elmar seria o vitorioso por ser o mais velho – condição primeira de desempate. A Câmara de Uberaba tem 14 vereadores.
APOIO PESO PESADO ---O prefeito eleito Paulo Piau já conversou com todos os futuros vereadores, inclusive comigo, procurando expor isolamento em relação à disputa, mas, não está fazendo segredo de que gostaria que o primeiro presidente da próxima legislatura seja seu companheiro de PMDB, Tony Carlos, que tem sido seu parceiro desde antes das eleições” – avalia a fonte.
EXPECTATIVA --- O próprio Tony Carlos, enquanto isso, tem mantido o silêncio, aguardando – segundo pessoas ligadas a ele, que o prefeito eleito mostre a que veio.
Em outras palavras, que consiga convencer os demais vereadores a optarem pelo ex-presidente da Câmara.
DIVISÃO ---- Tony já teria o apoio do reeleito Marcelo Machado Borges, do PMDB, enquanto outro peemedebista reeleito, Cléber Humberto Ramos, seria uma incógnita – sempre acompanhado pelo reeleito Afrânio Resende, do PP.
Enquanto isso, é impossível não perceber as articulações do atual presidente, Luiz Dutra (PDT). É o que tem gastado mais lábia até agora, em reuniões e telefonemas, tentando atrair apoios dos colegas eleitos e reeleitos. “Mas, está difícil pra ele” – palpita um colega.
E detalhe: o reeleito Samuel Pereira (PR) corre por fora.
ALERTA ---Se o Paulo Piau não se mexer, corre o risco de ver o Elmar na presidência dia 1º de janeiro” – profetiza a fonte, se referindo à posse e eleição da mesa diretora.
O problema é que nenhuma eleição é tão repleta de surpresas quanto a de mesa diretora de Legislativo. O prefeito eleito tem vários mandatos de deputado estadual e deputado federal no currículo e sabe bem como funciona.
------------------------

Uberaba ganha loja da rede de 

restaurantes Mousse Cake

Jornalistas são convidados para momento especial
A rede Mousse Cake inaugurou sua primeira loja em Uberaba - a 11ª franquia da rede, que tem sede em Ribeirão Preto, SP, e lojas também em Uberlândia e Campinas. 
A nova unidade do Mousse Cake está localizada na entrada principal do Shopping Uberaba e estará aberta ao público a partir da próxima segunda-feira, dia 3, às 16h.
DIFERENCIAL
Com um diferenciado projeto de alta gastronomia, o Mousse Cake de Uberaba terá à frente da administração o empresário Gustavo Terra.
Em um espaço de 154 m², a loja contará com toda a sofisticação e o padrão de qualidade do Mousse Cake, inclusive o novo cardápio, lançado na primavera deste ano.
Na loja, o público encontrará o tradicional café extraído em máquinas importadas da Itália exclusivamente para a Mousse Cake, além de doces, saladas, quiches, bruschettas, caldos, risotos e outras especialidades gastronômicas.
Segundo Osvaldo Amaral, proprietário da rede, conta que, em abril de 2013, o Mousse Cake completa oito anos de atividade, com oito lojas espalhadas pelo interior de São Paulo e – com a de Uberaba, três em Minas Gerais.
 ---------------------------
Antônio Lerin e Paulo Piau esquentaram a cabeça para conseguir doadores na campanha
(Fotos: Enerson Cleiton)
CONTAS FINAIS ---- Incluindo recursos próprios, colaboração de amigos e familiares, contribuições dos respectivos partidos políticos e apoio de empresas – principalmente construtoras, os dois candidatos que disputaram o 2º turno das eleições majoritárias de Uberaba arrecadaram, juntos, ao longo de toda a campanha, R$ 7,154 milhões. E gastaram R$ 7,222 milhões.
O valor é pelo menos cinco vezes maior do que todo o volume gasto pelos cinco candidatos que encerraram a participação no 1º turno, e que tiveram até dia 6 de novembro para apresentar suas prestações de contas à Justiça Eleitoral.
Dia 27 de novembro terminou o prazo para o envio das contas dos candidatos do 2º turno, e no mesmo dia  os números estavam expostos no sistema do Tribunal Superior Eleitoral – TSE.
OS VALORES ---- De acordo com o que foi encaminhado por eles próprios, o prefeito eleito Paulo Piau arrecadou R$ 4,483 milhões, e gastou o mesmo valor.
Só o seu partido – o PMDB, contribuiu com algo em torno de R$ 2,5 milhões. Piau tirou cerca de R$ 700 mil do bolso, e contou com apoios pesos pesados, entre eles, o Itaú/Unibanco, que colaborou com R$ 100 mil.
O candidato derrotado, deputado estadual Antônio Lerin juntou R$ 2,671 milhões, e gastou R$ 2,739 milhões – uma diferença de R$ 68 mil a mais do que o arrecadado.
O PSB também foi generoso com seu candidato em Uberaba. Contribuiu com quase R$ 1 milhão. O próprio Lerin tirou algo em torno de R$ 270 mil do bolso.
O 1º TURNO --- A direção municipal do PTC – que sustentou a candidatura de Wagner do Nascimento Júnior a prefeito de Uberaba, arrecadou R$ 225,384 mil durante a campanha, e gastou o mesmo valor.
Fahim Sawan (ex-PSDB) arrecadou R$ 581,450 mil e gastou R$ 574,488 mil; Adelmo Leão (PT)  arrecadou R$ 503,171 mil e gastou R$ 552,632 mil; Edson Santana (PPS) arrecadou R$ 11,980 mil, e gastou R$ 1,680 mil, e  Rodrigo Mateus (PMDB) arrecadou e gastou R$ 3,5 mil. 
----------------------
Marcos Montes  (Foto: Divulgação)

OITO ANOS DEPOIS --- As contas do exercício de 2004, da Prefeitura de Uberaba – que viraram um transtorno na vida política e pessoal do ex-prefeito e hoje deputado federal Marcos Montes, passaram pela última etapa de avaliação, e foram aprovadas, mais uma vez, por unanimidade. Desta vez, a decisão foi da Câmara de Vereadores.
TRANSIÇÃO ---- As contas em questão foram pivô de uma das transições de governo mais polêmicas da história política recente da cidade.
A transição, no caso, se desdobrou em duas mudanças de governo, uma delas, em agosto, quando Marcos Montes assumiu uma Secretaria de Estado no governo Aécio Neves, e transferiu a administração municipal para seu vice, o médico Odo Adão.
Coube ao ex-vice concluir os quatro meses de governo – 2001/2004, e entregar a prefeitura para Anderson Adauto, que assumia o mandato 2005/2008.
BARULHO ---- Do dia 16 de agosto – quando assumiu, até 31 de dezembro de 2004 – quando concluiu o mandato, a equipe de Odo Adão priorizou o discurso de denúncias, acusações e queixas contra o antecessor.
Alegação era de que Marcos Montes havia “inviabilizado” os “projetos” de Odo Adão, por ter deixado a prefeitura endividada e com irregularidades em vários setores.
A declaração de guerra colocou os dois ex-aliados, em lados opostos, e caiu “do céu” para o novo prefeito.
Adversário de Marcos Montes, o prefeito Anderson Adauto se apropriou do discurso da equipe de Odo Adão e, ao longo de quase dois anos reforçou as acusações e denúncias.
APROVAÇÃO TÉCNICA ----- As contas retornaram agora, a Uberaba, após análise técnica no Tribunal de Contas de Minas Gerais, onde foram aprovadas por unanimidade.
O Tribunal concluiu que os problemas detectados em repasses para a Câmara Municipal e abertura de créditos adicionais foram sanados, e que portanto, o governo Marcos Montes/Odo Adão cumpriu os preceitos legais.
Alguns exemplos foram citados no parecer técnico: os percentuais de recursos aplicados na educação e na saúde – respectivamente, 25,37% e 22,05%, e as despesas com pessoal  - 46,41%, foram considerados corretos.
APROVAÇÃO JURÍDICA ---- E pra lavar a alma do ex-prefeito Marcos Montes, é bom lembrar que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais confirmou a sentença do juiz da 1ª Vara Cível de Uberaba, Lúcio Eduardo de Brito, que em 2010 julgou improcedente a ação proposta contra MM. O Tribunal reconheceu que não houve qualquer ato de improbidade administrativa.
 ----------------------
REAÇÃO ----  Angústia e indignação dos integrantes da chapa única que disputa o comando do SindUte/Uberaba recebem a solidariedade do vereador e professor e presidente do PTB/Uberaba, Carlos Godoy. Proibidos de pedirem votos no interior das escolas, os candidatos enfrentam chuva e sol na rua para conversar com os professores. "O governo de Minas está na contramão da história, desconstruindo a democracia" - reagiu Godoy.
IGNORÂNCIA ---- O vereador/professor lembra que seu partido - o PTB, faz parte da base aliada do governador Antonio Anastasia (PSDB), mas, entende que não poderia se calar diante do que tachou de "ignorância no sentido estrito da palavra, ou seja, não sabe o que faz". E conclui: "Repudio esta ação, que é arbitrária e autoritária, respaldada na ignorância; como professor não posso aceitar. Até mesmo porque este governo deixa a desejar no tocante aos professores."

DÚVIDA ATROZ --- Por sua vez, os jornalistas, pesquisadores e a sociedade organizada - e desorganizada, de Uberaba, de um modo geral, perderam as contas de quantas vezes foram convidados - e desconvidados, para a inauguração da nova e histórica sede da Superintendência do Arquivo Público de Uberaba. As ordens - dos convites e desconvites, vêm do Gabinete do prefeito.

NEGRITUDE --- E já que o assunto é o Arquivo, “um minucioso trabalho a partir de documentos de fonte primária, coordenado por João Eurípedes Araújo, o Catálogo para Estudo da Escravidão em Uberaba (1815-1888) apresenta, aos pesquisadores, quais e como estão organizados os variados documentos do acervo do Arquivo Público de Uberaba relacionados à escravidão (inventários, cartas de liberdade, processos criminais, ofícios expedidos e recebidos pela Câmara Municipal e tantos outros) e como ter acesso a esses documentos..."
PARA PESQUISA ---"...Um precioso instrumento de pesquisa, reconhecido por pessoas como Eduardo França Paiva, diretor do Centro de Estudos sobre a Presença Africana no Mundo Moderno, pela direção do Arquivo Público, na pessoa de Lélia Bruno, e por toda a equipe que, de uma forma ou de outra, colaborou para que João, Iara, Raquel e Luiz conseguissem finalizar a grandiosa publicação."
(Texto: Arquivo Público de Uberaba)
 ----------------
Eduardo Palmério - com o filhinho Mário, neto e bisneto flagrados por Rose Dutra no
lançamento da obra A Construção do Mito Mário Palmério, na tarde/noite de sexta-feira
EXTINÇÃO GENERALIZADA --- Sistema de composições partidárias do Tribunal Superior Eleitoral - TSE, surgiu, esta semana, com todos os diretórios municipais do poderoso PMDB no vermelho - a cor com que o TSE marca as legendas com vigência encerrada. A direção nacional determinou que os diretórios, executivas provisórias e comissões interventoras de todo o país convocassem convenção, dia 25, para elegerem diretórios municipais.
FORA DO AR --- O PMDB de Uberaba, por sua vez, desapareceu do sistema. É que a legenda foi liberada pelos comandos nacional e estadual de realizar a convenção. Em vez disso, vai surgir, no lugar do diretório, uma comissão executiva provisória - com nomes indicados pelas principais lideranças locais, e confirmada pela direção estadual.
A PRESIDÊNCIA --- Professor Eduardo Palmério – que liderou o diretório até dia 25 de novembro, deve ser reconduzido à presidência do PMDB de Uberaba, agora na comissão executiva provisória. Os nomes serão repassados, pessoalmente, pelo deputado federal e prefeito eleito, Paulo Piau, ao seu colega de Câmara e presidente da direção estadual da legenda, Antônio Andrade.
Caberá ao dirigente mineiro providenciar a publicação e oficialização da executiva.
OS NOMES --- Além de Eduardo, dois outros ex-presidentes vão figurar na futura comissão: Luiz Humberto Borges e Maurides Dutra.
O primeiro é presidente do Uberaba Sport Club – USC, comandou a Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba – Codiub, e chegou a compor as primeiras listas de prefeitáveis do PMDB.
Por sua vez, Maurides Dutra presidiu a comissão interventora que coordenou a campanha eleitoral peemedebista em 2012.
O ex-secretário-geral do extinto diretório, João Caldas, e o advogado Mauro Umberto Alves completam a futura executiva municipal provisória. Todos os indicados eram membros do diretório.
PELA LÓGICA --- Por sinal, é pela primeira vez na história recente do partido, que o PMDB de Uberaba será comandado por uma comissão executiva municipal provisória, em vez de um diretório eleito em convenção.
O problema é que a divisão ocorrida ao longo da campanha de 2012 – que levou o PMDB à intervenção e ao Poder Judiciário, ainda está latente.
O grupo ligado ao eleito Paulo Piau, e portanto, vitorioso das eleições, quer reorganizar o partido antes de arriscar novas disputas internas – o que poderia acontecer no caso de uma convenção para eleger o diretório.
 ----------------
PARTICIPAÇÃO --- E a professora de Psicologia Wanda Lavínia Lepri Longas, líder da ONG VAMHUS - Voluntários Amigos do Hospital Universitário/Uniube, alerta para o fato de que um pouco de atenção pode ser suficiente para melhorar a qualidade de vida dos pacientes. "O trabalho voluntário é uma ferramenta importante de transformação social" - lembra ela.
PARA TODOS --- A professora destaca que qualquer pessoa da comunidade - incluindo alunos e professores, pode fazer a diferença usando um pouquinho que seja do seu tempo. Para colaborar com a VAMHUS, as pessoas podem marcar presença na rua Santo Antônio, 166, Centro, ou fazerem contato pelo telefone 3318-2841. Em tempo: dia 9 de dezembro tem galinhada, a partir das 11h, no salão da maçonaria (avenida da Saudade, 1.085), para arrecadar recursos destinados à manutenção da ONG.
 ---------------------
MUI AMIGO!
“Nós vivemos num regime democrático, onde questionar juridicamente alguns atos - que nossa equipe entendeu que foram equivocados, não significa ser adversário. Pelo contrário, tenho admiração e muito respeito pelo deputado Paulo Piau. Se a Justiça confirmar o seu nome como prefeito, vou colocar o meu mandato à disposição, como já havia feito anteriormente”
_ Deputado estadual Antônio Lerin (PSB), derrotado no 2º turno, e autor de ação judicial proposta contra o prefeito eleito e deputado federal Paulo Piau, em declaração feita durante reunião organizada por lideranças classistas de Uberaba
 ------------------
1º ESCALÃO --- A jornalista Gê Alves vai assumir a Secretaria Municipal de Governo de Sacramento, segundo anúncio feito por Bruno Cordeiro – prefeito eleito por uma das coligações mais diversificadas do Triângulo Mineiro: PP/ PT/ PSC/ DEM/ PSDC/ PSD.
Gê Alves é servidora de carreira da Prefeitura de Uberaba, onde exerce o cargo de assessora de imprensa, e já estaria providenciando o afastamento sem remuneração para assumir uma das pastas mais importantes de Sacramento, para onde já estaria de mudança.
A jornalista assessorou a Câmara de Vereadores daquela cidade até recentemente.
Localizada a cerca de 73 quilômetros de Uberaba, com 19 mil eleitores, Sacramento é terra natal de políticos como o atual prefeito Anderson Adauto (sem partido) e o ex-prefeito e deputado federal Marcos Montes (PSD) – entre outros.
 ------------------
SUPERAÇÃO --- Associação dos Deficientes Físicos de Uberaba – Adefu, participa
do campeonato brasileiro/divisão de acesso, que acontece na cidade de Belém, PA. A competição é classificatória para a elite do basquete em cadeira de rodas do país.
ABRANGÊNCIA ---- Participam do campeonato 11 equipes de vários estados, sendo a equipe da  Adefu a única de Minas Gerais. A competição termina dia 2 de dezembro.
A ESTREIA --- A equipe mineira estreou fazendo bonito. No primeiro jogo – e justamente contra a equipe paraense, o pessoal da Adefu venceu com um  placar de 37 a 35. E no segundo jogo, contra os paranaenses, a turma de Uberaba venceu  por 53 a 30.
APOIO DECISIVO --- Adefu faz questão de ressaltar que a participação na competição só foi possível graças ao empenho do coronel da Aeronáutica, Ricardo Roqueti, que conseguiu, através do seu chefe imediato o major brigadeiro-do-ar, Gerson Nogueira Machado de Oliveira - que é vice-chefe do Estado Maior da Aeronáutica, a liberação de uma aeronave da Força Aérea Brasileira - FAB, para realizar o transporte da equipe Uberaba/Belém/Uberaba.
PELOS ARES --- E assim, voaram os atletas Renato Delfino, James Deam, Everaldo Júnior, Salmo, Henrique, Silvio, Edvaldo, Hiago, Jamaica, Daniel e Renato Pimenta. Além do técnico Mário Fernandes – o Marão, do assistente Weverson – o Cicinho, com apoio de Taís.
PATROCÍNIOS ---- Adefu tem parceria e patrocínio do Comitê Paralímpico Brasileiro; Projeto Clube Escolar Paralímpico; Associação Nacional de Desporto para Deficientes; Unimed; Usina Caeté; Cemig; Programa Minas Olímpica; Oficina de Esportes; Universidade Federal do Triângulo Mineiro; Universidade de Uberaba, e Prefeitura de Uberaba.
----------------------
SECRETARIADO --- O prefeito eleito Paulo Piau diz que tem critérios bem definidos para a formatação da sua futura equipe de trabalho, e que portanto, vai tomar as decisões com a consciência tranquila. Paulo Piau já recebeu as sugestões sobre nomes, apresentadas a ele pelos partidos aliados, e começa neste sábado, 1º de dezembro, a definir quem vai e quem fica de fora.
CRITÉRIOS ---- Entre os seus critérios de escolha, estão o conhecimento técnico, a participação na sua campanha, e o peso de cada participação. “Sou grato a todos e entendo que todos são muito importantes, mas não posso ignorar que existem os apoios desde o 1º turno e os apoios que vieram no 2º turno” – lembra ele.

EMPREGO GARANTIDO ---- Ao contrário dos cargos de confiança – que podem passar por mudanças já no início do governo, nenhum contratado da Prefeitura de Uberaba será dispensado de imediato. As exceções, segundo Paulo Piau, são os legalmente impossibilitados, neste caso, os servidores que já completaram ou vão completar quatro anos de contrato. “Não vou deixar setores importantes, como saúde, educação e social, sem pessoal suficiente para manter os serviços em dia” – justificou ele.

REVOLUÇÃO --- E a Prefeitura de Uberaba vai passar por uma reforma administrativa sem precedentes na sua história. Isso, levando em conta as três consultorias que deverão orientar o futuro prefeito na reforma a ser implementada por ele. Paulo Piau revela que já manteve os primeiros contatos com os executivos do Instituto de Desenvolvimento Gerencial – INDG; da Fundação Dom Cabral – FDC, e da Fundação Getúlio Vargas – FGV.  São todas de renome nacional e internacional.
----------------------


TRIÂNGULO DE LIDERANÇAS
(Região Metropolitana)
Proposta antiga - e que andava adormecida, ressurgiu na sexta-feira, 30 de novembro, durante encontro promovido pela associação que reúne os municípios do Vale do Rio Grande – Amvale: a transformação do Triângulo Mineiro em Região Metropolitana.
O encontro – intitulado Triângulo de Lideranças, aconteceu na Casa do Folclore, reuniu dezenas de prefeitos eleitos e reeleitos, e atraiu os deputados federais Aelton Freitas (PR) e Marcos Montes (PSD) e os estaduais Adelmo Leão (PT), Antônio Lerin (PSB), Liza Prado (PSB) e João Bosco (PTdoB).
(Articulações)
No comando, os dois deputados federais eleitos prefeitos das maiores cidades do Triângulo – Uberaba, e Alto Paranaíba, Uberlândia, respectivamente, Paulo Piau (PMDB) e Gilmar Machado (PT). Os dois já andam articulando desde a campanha eleitoral.
Eleito no 1º turno, Gilmar chegou a desembarcar em Uberaba, junto com outros petistas, para dar apoio a Paulo Piau no 2º turno.
A conversa entre eles envolve o desenvolvimento regional – claro que, em torno das duas cidades que passam a administrar a partir de 1º de janeiro de 2013.
----------------------
EDUCAÇÃO
(Pra refletir)
Com 11.024 votos – quase 5.000 a mais do que o obtido pelo segundo lugar, e agora eleito, Márcio Siqueira (PSDB), o candidato a prefeito de Aparecida, SP, José Luiz Rodrigues (PR) – Zé Louquinho, deve estar mais louquinho ainda, por não ter cumprido o mínimo exigido para a aplicação na Educação, quando administrou a cidade. Tribunal Superior Eleitoral – TSE, acaba de confirmar o indeferimento do seu registro. Por conta e risco, ele manteve a candidatura com o registro indeferido com recurso. O problema é que, quando foi prefeito, investiu 22,85% na Educação, em vez dos 25% determinados pela Constituição Federal.

BANHO-MARIA ---- Com apenas nove filiados atualmente, o Partido Social Democrático – PSD/Uberaba, criado em 2011 e presidido pelo deputado federal Marcos Montes, dá indicações de que vem com tudo por aí. O impacto deve ser sentido em outras legendas, especialmente no Democratas – DEM, de onde MM saiu direto para criar o PSD, mas só levou com ele entre cinco e seis pessoas da sua antiga legenda.
TEMPORADA ABERTA --- Ao revelar que, na criação do PSD não iria convidar ex- companheiros democratas para acompanhá-lo, Marcos Montes também antecipou que, passadas as eleições de 2012, trataria do fortalecimento do partido. Em outras palavras, vêm convites aos montes por aí ... pra democratas, pra tucanos, pra peemedebistas, pra socialistas, pra comunistas, e assim por diante.
RANKING ---- Pelas últimas estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral – TSE, relativas a outubro de 2012, o DEM lidera o ranking das filiações com 4.930 filiados em Uberaba. É seguido pelo PMDB, com 3.027 inscritos; o PP – com 2.297 filiados; o PDT – com 1.907; o PR – com 1.872 inscritos; o PSB – com 1.744; o PT – com 1.576 filiados; o PTB – com 1.530; o PSDB – com 921 inscritos, e assim por diante.

PMDB foi o mais lembrado
pelos eleitores em 2012
Apesar de todos os pesares que envolveram o PMDB ao longo das eleições municipais de 2012 – ou talvez, por isso mesmo, o partido saiu das urnas com o prefeito eleito e com a maior votação de legenda. O PMDB foi lembrado nas urnas, na eleição do 1º turno, dia 7 de outubro, por 2.639 eleitores. A opção pela legenda só acontece na votação para vereadores
-----------------------
------------------------
ABONO --- Os 8.000 servidores da Prefeitura de Uberaba terão um final de ano menos ruim. Quem anuncia é o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba – SSPMU, Luís Carlos dos Santos, informando que, de acordo com a Câmara de Uberaba, R$ 200 serão liberados através do tíquete-alimentação, ainda em dezembro.
Segundo Luís Carlos, a liberação é resultado da ampla mobilização liderada pelo sindicato, e que envolveu a intermediação da Câmara de Vereadores junto ao prefeito Anderson Adauto (sem partido), e o compromisso do prefeito eleito, Paulo Piau (PMDB), de que em janeiro de 2013 fará o pagamento dos recursos à operadora do tíquete – a ValeCard.
O valor a ser liberado através do tíquete-alimentação dia 15 de dezembro de 2012 virá, portanto, com um abono de R$ 200.
COMPROMISSO --- Procurado pela diretoria do SSPMU, no final de semana passado, Paulo Piau se disse sensibilizado com a  reivindicação dos sindicalistas, mas, atrelou a liberação dos recursos à concordância do atual prefeito.
Os sindicalistas voltaram as atenções, então, para a Câmara, que indicou o líder do prefeito, Cléber Humberto Ramos (PMDB), para levar a proposta a Anderson Adauto.
O RESULTADO ---Fomos informados de que o prefeito concordou em providenciar os trâmites para que a ValeCard possa antecipar o pagamento junto com o tíquete-alimentação dia 15 de dezembro de 2012” – comemora Luís Carlos.
Com isso, neste dia, os servidores receberão R$ 470 – que é soma do valor de R$ 270 do tíquete mais o abono de R$ 200.
RECAPITULANDO --- A polêmica em torno do abono natalino se arrasta há vários meses, desde que a diretoria do sindicato cobrou, do atual prefeito, a data de pagamento dos recursos, que estão previstos no orçamento do município de 2012.
No final de 2011, ao votar o orçamento, a Câmara aprovou emenda – com aval do próprio governo, prevendo o abono para o final de 2012. O prefeito, entretanto, diz que não tem como pagar.
------------------------


CURIOSIDADE HISTÓRICA
UNIUBE
ONDE TUDO COMEÇOU - Lyceu do Triângulo Mineiro
A história da Universidade de Uberaba - Uniube, mantida pela Sociedade Educacional Uberabense, remonta ao ano de 1940, quando Mário Palmério fundou o Lyceu do Triângulo Mineiro, com sede, inicialmente, na rua Manoel Borges. Com essa iniciativa, o educador dava os primeiros passos na direção de um projeto muito mais ousado: dotar a pacata Uberaba da época de uma escola voltada para a oferta do ensino superior.
Até que a idéia se transformasse em realidade, Mário Palmério pôs em prática outras duas ações. Transferiu a sede do Lyceu, mais tarde chamado de Colégio Triângulo Mineiro, para um conjunto de edifícios onde, hoje, funciona o Campus Centro da Uniube, e criou a Escola Técnica de Comércio do Triângulo Mineiro.
Em 1947 o governo federal autorizou a abertura da Faculdade de Odontologia do Triângulo Mineiro.
Em menos de dez anos, outras duas escolas entram em funcionamento: a Faculdade de Direito do Triângulo Mineiro, em 1951, e a escola de Engenharia do Triângulo Mineiro, em 1956.
Uberaba, então, passa a se projetar também em razão de sua importante estrutura voltada para o ensino superior, privilégio de poucas cidades mineiras, no início dos anos 50.
Junto com essas importantes conquistas, veio a necessidade de expansão da estrutura física. Em 1976, começa a funcionar o Campus Aeroporto, instalado na avenida Nenê Sabino.
NOVA ESTRUTURA
A partir de 1972, as faculdades isoladas deram lugar a uma nova organização, e passaram a se chamar Faculdades Integradas de Uberaba – Fiube.
A mudança possibilitou que fossem criados, em 1973, os cursos de Educação Física, Psicologia, Pedagogia, Estudos Sociais e Comunicação Social.
O ano de 1981 marca a fusão com as Faculdades Integradas Santo Tomás de Aquino – Fista, e a Fiube incorpora os cursos de Letras, Filosofia, História, Geografia, Estudos Sociais, Ciências (Química, Matemática e Biologia), Pedagogia (Supervisão Escolar nas escolas de 1º e 2º graus, Orientação Educacional, Administração Escolar) e a habilitação em Jornalismo, do curso de Comunicação Social.
O SALTO
A mais significativa das conquistas se deu em 1988: o reconhecimento como Universidade de Uberaba pelo Ministério da Educação.
A mudança garantiu à instituição autonomia para a criação de novos cursos.
Entre 1989 e 1991, a Universidade de Uberaba passou a oferecer as graduações em Engenharia Agrícola, Tecnologia em Processamento de Dados, Administração, Engenharia Elétrica, Arquitetura e Urbanismo e o de Ciências Econômicas, além de mais duas habilitações no curso de Pedagogia: Magistério das séries iniciais do 1º grau e Pré-Escolar.
EXCELÊNCIA
Em 1997, a instituição deu um importante passo para se firmar também como centro de excelência para o ensino de graduação na área da saúde.
O Conselho Universitário autorizou a criação dos cursos de Medicina, Farmácia Industrial, Biomedicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Terapia Ocupacional e Medicina Veterinária.
PARCERIA
A implantação do curso de Medicina Veterinária foi resultado de uma parceria com a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ, e a Faculdade de Agronomia e Zootecnia de Uberaba - Fazu, em cujo campus funciona o Hospital Veterinário.
Um ano depois, o Conselho autorizou a abertura do curso de Enfermagem.
OS CURSOS
Atualmente, a Universidade de Uberaba mantém os seguintes cursos: Administração de Empresas, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Aeronáuticas, Ciências Biológicas, Comunicação Social (Jornalismo -Publicidade e Propaganda), Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia de Computação, Farmácia Industrial, Fisioterapia, Fonoaudiologia, História, Letras (Português-Inglês / Português-Espanhol), Matemática, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Pedagogia Especial, Psicologia, Química, Serviço Social, Sistemas de Informação, Terapia Ocupacional e Turismo.
*(Foto: Acervo Uniube)
*(Fonte das informações: Uniube)
---------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário