25 de novembro de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias


A justiça, por si só e só para si, não existe... Só existe na forma e na medida em que os homens a querem e a concebem. A justiça é humana, é histórica. Não há justiça sem leis nem sem cultura. A justiça é elemento ínsito ao convício social. Daí, porque a noção de justiça é indissociável da noção de igualdade. Vale dizer: a igualdade material de direitos, sejam eles direitos juridicamente estabelecidos ou moralmente exigidos”.

_Joaquim Barbosa, recém-empossado presidente do Supremo Tribunal Federal
 ------------------------
TERRA-MÃE --- Uberaba mantém a tradição de abrir os braços para os filhos adotivos;
Vicente Flávio é natural de Campina de Verde
Eleição na OAB/Uberaba tem 79,36% 
de comparecimento nas urnas e 
Vicente Flávio leva 55% dos votos válidos
Vicente Flávio Macedo Ribeiro é o presidente eleito da 14ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil/OAB para o triênio 2013/2015. Eleição aconteceu neste sábado, 24 de novembro, com três chapas na disputa.
Com 727 votos, a chapa OAB pra Você venceu as concorrentes Inovação (392 votos), coordenada por Jussara de Melo Pedrosa, e OAB no Caminho Certo (208 votos), liderada por Cleonilda Ferreira, e que tinha o apoio do atual presidente Helder Batista.
Dos 1.691 advogados aptos ao voto, 1.342 foram às urnas – e portanto, um índice de 79,36% de comparecimento, ou 20,64% de abstenção.
Dois votaram branco e 13 anularam o voto.
Desta forma, a chapa liderada por Vicente Flávio levou quase 55% dos 1.327 votos válidos.
CARGO EXTRA ---- Paralelamente, Helder Batista garantiu o cargo de conselheiro efetivo na Seção da OAB de Minas Gerais. É que o atual presidente da Ordem de Uberaba integra a chapa Advogado Valorizado, liderada por Luís Cláudio Cheves, vencedora da eleição – também ocorrida sábado, para o novo comando da OAB/MG. A chapa mineira saiu de Uberaba com 656 votos - quase 49% dos que foram às urnas.

COMPANHEIRAS ---- E o presidente eleito voltou ao principal palco da campanha da OAB para agradecer pelo resultado das urnas.
Em postagem no Facebook – a maior rede social da atualidade, Vicente Flávio Macedo parabenizou os mesários “pela atuação impecável do início ao fim da eleição”; cumprimentou as duas adversárias -  Jussara Melo Pedrosa e Cleonilda Ferreira, e disse que espera contar com elas para o objetivo em comum, que é a “NOSSA OAB”.
E aproveitou para dar um toque de cavalheirismo. Acrescentou que será uma atuação sempre "inovando" e no "caminho certo", se referindo às chapas respectivamente presididas por elas.
COMPROMISSOS ----  A partir de agora – segundo Vicente Flávio, seus objetivos são de cumprir as propostas e conduzir a instituição de forma independente e corporativa, “sempre pensando no interesse coletivo.”
 ---------------------

Pierluigi Piazzi
Professor de inteligência artificial ensina como
evitar os erros do sistema educacional brasileiro
Cursos de Engenharias e Sistemas de Informação, em parceria com o curso de Educação Física da Universidade de Uberaba – Uniube, promovem dia 27 de novembro, terça-feira - com apoio do Plano de Atenção ao Estudante, palestra com o professor Pierluigi Piazzi.
O tema é peculiar – Aprendendo Inteligência, assim como o palestrante, ex-professor de Inteligência Artificial e Configuração de Redes Neurais.
Ele assegura que identificou os equívocos que tornam o sistema educacional brasileiro um dos piores do mundo.
COMO EVITAR OS ERROS --- Por mais de dez anos, o professor Pier – como é conhecido, tem viajado pelo Brasil, visitando centenas de escolas e fazendo palestras para alunos, pais, professores e coordenadores, mostrando como evitar esses erros.
É autor de três livros - um para alunos, outro para pais e um terceiro para professores, explicando como é simples mudar a cultura nacional tão equivocada transformando, assim, o sistema educacional em um dos melhores do mundo. 
A participação de alunos no evento da Uniube vale créditos no Programa Institucional de Atividades Complementares (Piac).
Detalhe: para aqueles que não tenham aula no horário da palestra.
Evento acontece às 19h20, na quadra 3 do Campus Aeroporto, e é aberto a alunos, professores e à comunidade em geral.
 ------------------
Marco Túlio Paolinelli
ESCREVENDO A PRÓPRIA HISTÓRIA --- Por sua vez, alunos de oito escolas de Uberaba participaram do projeto Cultura e História do Meu Bairro, promovido pelo Instituto Agronelli de Desenvolvimento Social – Iades, em parceria com o Arquivo Público de Uberaba. Evento aconteceu no Teatro Municipal Vera Cruz e foi recheado de apresentações teatrais com temas sobre os bairros. Sem contar que os estudantes protagonizaram uma noite de autógrafos, lançando o 5º volume do livro produzido por eles mesmos: Meu Bairro tem história, eu tenho futuro.
O fundador do Instituto Agronelli, Marco Túlio Paolinelli, e a superintendente do Arquivo Público, Lélia Bruno, marcaram presença.
  -----------------

AINDA EM AÇÃO ---- Prefeito Anderson Adauto (sem partido) assinou neste domingo, dia 25 de novembro, no Jardim Copacabana, a ordem de serviço para inicio imediato da construção de uma escola de ensino fundamental na região dos novos conjuntos habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida. Ele revelou que a escola atenderá 1.500 alunos, do 1º ao 9º ano, nos dois períodos de funcionamento. Serão 30 salas de aula, quatro salas de informática, biblioteca, administração, cantina, quadra poliesportiva, banheiros e estacionamento, entre outras instalações. Disse ainda que os recursos para a obra, de R$ 4,6 milhões, estão garantidos no orçamento de 2013.
 ---------------------
Anvisa promove campanha para recolher medicamentos vencidos ou inutilizados
Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, promove em Uberaba, através do Grupo de Trabalho Temático de Minas Gerais, a Campanha Traga de Volta, que tem por objetivo recolher os medicamentos vencidos e ou inutilizados que estão encostados nas residências.
PARCERIAS --- O lançamento acontece dia 29 de novembro, quinta-feira, das 14h às 17h, no Centro Administrativo/Prefeitura de Uberaba, para um público alvo ligado ao seguimento e que possa ajudar na coleta: proprietários de farmácias e drogarias; farmacêuticos (responsáveis técnicos) pelos estabelecimentos; representantes de instituições; patrocinadores e coordenadores de cursos de Farmácia.
DIAGNÓSTICO ---- A Campanha Traga de Volta – que vai até fevereiro de 2013, integra as atividades promovidas pela Anvisa com vistas à realização de um diagnóstico sobre a situação atual dos medicamentos vencidos e ou inutilizados. Em Minas Gerais, a campanha será realizada em Belo Horizonte, Uberaba, Uberlândia, Lavras, Barbacena, Juiz de Fora e Montes Claros.
DESCARTES --- Justificativa da Anvisa para o movimento, é de que o descarte aleatório de medicamentos em desuso, vencidos ou sobras tem sido feito, atualmente, por grande parte das pessoas, no lixo comum ou na rede pública de esgoto, podendo trazer como consequências a agressão ao meio ambiente, a contaminação da água, do solo e de animais, além do risco à saúde de pessoas que possam reutilizá-los por acidente ou mesmo intencionalmente devido a fatores sociais ou circunstanciais diversos.
 ----------------
ESCREVENDO O FUTURO ---- E a garotada do 3º ano da Escola Estadual Minas Gerais comemora mais uma etapa vencida - e que abre caminho para novos tempos, nova vida, novas responsabilidades.
A tão esperada formatura acontece em três etapas.
Dia 29 de novembro, quinta-feira, às 19h, será celebrada missa de ação de graças no Colégio Marista Diocesano (praça Dom Eduardo, nº 5, bairro Mercês); no dia seguinte, a partir das 20h, tem a colação de grau no Centro Cultural Joubert de Carvalho (rua Doutor Ludovice, nº 370, bairro Abadia), e dia 1º de dezembro, a partir das 23h, acontece o baile de gala – para convidados, no Centro de Eventos da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ (na Barão do Rio Branco, nº 1.717).
 ------------------------
MERECIDO ---- Câmara dos Deputados aprovou, por unanimidade – 289 votos dos presentes, projeto de lei de iniciativa do Senado Federal, que regulamenta a autonomia financeira e orçamentária das defensorias públicas estaduais. A matéria ainda segue para sanção presidencial, mas a aprovação no Congresso Nacional já é comemorada, inclusive em Uberaba.
COMEMORAÇÃO ---Fiz questão de estar na sessão para reforçar, através do voto, o grande respeito que tenho por esta instituição” – disse o deputado e presidente do PSD/Uberaba, Marcos Montes.
De acordo com ele, a Defensoria Pública é uma instituição brasileira da maior grandeza social e humana, e no caso de Minas Gerais, Marcos Montes a coloca no topo da qualidade.
A mesma qualidade que ele atribui aos defensores públicos mineiros que atuam em Uberaba.
Antiga reivindicação dos defensores em todo o país, a autonomia foi incluída na Constituição Federal através da emenda 45, de 2004, que trata da reforma do Poder Judiciário, mas precisa de regulamentação para entrar em vigência.
 -------------------
Governo de Minas provoca novo entrevero com os sindicalistas da Educação
Com o governador Antonio Anastasia (PSDB) em viagem para os Estados Unidos, o
Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais – SindUte/MG, e o governo do Estado voltam a digladiar-se, desta vez, por causa da eleição para escolha dos novos dirigentes da entidade sindical.
A campanha começa, na prática, nesta segunda-feira, dia 26.
Em Uberaba, apenas uma chapa se inscreveu, sob a presidência da professora Maria Helena Gabriel, que antecipou a intenção de “percorrer todas as escolas estaduais do município para conversar com os filiados do sindicato.”
BARRADOS NAS ESCOLAS --- Mas, é justamente aí, que reside o novo impasse entre SindUte e governo. Em ofício distribuído esta semana, o Gabinete da Secretaria de Estado de Educação proibiu a campanha nas escolas, sob a alegação de que, programada para o período de 26 a 30 de novembro, a eleição sindical coincide com o cronograma do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica – Proeb.
O ofício da Secretaria de Educação alega que o período do Proeb foi previsto e anunciado antes do evento do SindUte, e mais: que “as provas precisam ser feitas em ambiente de tranqüilidade.”
REAÇÃO --- Em manifesto que está sendo distribuído pelo SindUte, a diretoria sindical reage com indignação, ressaltando que nem mesmo a interferência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais conseguiu sensibilizar a Secretaria de Estado de Educação.
Em toda a história do nosso sindicato, mesmo nos períodos de maior conflito com o governo estadual, jamais ocorreu interferência nas eleições da entidade. Sempre houve respeito ao nosso processo eleitoral” – afirma o manifesto do SindUte/MG.
DESCONHECIMENTO DE CAUSA --- De acordo com o documento, “a secretária de Estado da Educação não conhece a realidade das escolas estaduais, porque, se conhecesse, saberia que a eleição do sindicato nunca causou qualquer tumulto ou intranquilidade ao ambiente escolar como ela alega.
O sindicato explica que os prazos e regras eleitorais são determinados pelo estatuto da entidade, que é registrado em Cartório. “Por isso, não haverá qualquer mudança na data de eleição” – completa.
BARRACO NA PORTA ---- O manifesto informa ainda, que onde o sindicato for proibido de entrar, deve ser montada uma “banca” na porta da escola para colher o voto, “mesmo que ela tenha que ser montada no passeio ou na rua e esse fato deverá ser noticiado à imprensa local.
O que não pode ocorrer – segundo o manifesto, é a categoria ser impedida de votar para a direção do seu sindicato.
 -------------------------

"A simbologia do que aconteceu no Supremo Tribunal Federal, com a posse do ministro Joaquim Barbosa, enche de esperança todos os brasileiros, no sentido de que, apesar da nossa trajetória e da nossa história distorcida e equivocada, a partir de agora nós podemos estar no caminho certo e construir um país em que todos os brasileiros tenham oportunidade e possam chegar onde eles sonharem."

_José Vicente, ex-boia-fria, advogado, sociólogo, mestre em Administração, doutorando em Educação, atual reitor da Faculdade Zumbi dos Palmares (SP), única universidade de maioria negra no Brasil
 -------------------

Centenas de pequenas empresas são ameaçadas de exclusão do Simples nacional
Quase 400 pequenas e micro empresas de Uberaba correm o risco de serem excluídas do Simples Nacional – o regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos criado em 2006 para beneficiar empreendimentos de pequeno porte.
PENDÊNCIAS --- Ao todo, o governo municipal, que participa do programa (junto com a União e o Estado), está convocando 391 empresários para que – num prazo de 30 dias, regularizem suas situações com a prefeitura, o que significa que eles devem o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISS.
SEM DISTINÇÃO --- Entre os notificados encontram-se casas loterias, lavanderias, restaurantes, chaveiros, casas de rações, fretes, mecânicas de veículos, floriculturas, gás, e até escritórios de contabilidade – que geralmente são contratados para organizarem a vida tributária das empresas.
O SIMPLES --- Para o ingresso no Simples Nacional é necessário que o interessado esteja enquadrado na definição de microempresa ou de empresa de pequeno porte, e tem que formalizar o pedido. Por sinal, o agendamento da opção para 2013 está disponível, até 28 de dezembro, no Portal do Simples Nacional.
Não havendo pendências, a solicitação estará confirmada, e dia 1º de janeiro de 2013 será gerado o registro, automaticamente.
OPTANTES --- A opção é facultativa e abrange os seguintes tributos: IRPJ, CSLL, PIS/Pasep, Cofins, IPI, ICMS, ISS e a Contribuição para a Seguridade Social destinada à Previdência Social a cargo da pessoa jurídica (CPP).
Através do site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) pode se acessar o Portal do Simples Nacional – cujo link está localizado à direita da página de abertura.
RECOLHIMENTOS --- De acordo com os dados disponibilizados no portal, Uberaba recebeu em 2012, até outubro, R$ 4,479 milhões em ISS, através do Simples Nacional. Em outubro foram R$ 540 mil.
Outro exemplo: Minas Gerais recebeu de janeiro a outubro de 2012, R$ 62 milhões em Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, através do sistema de compartilhamento de tributos.
--------------
 Servidores municipais vão às urnas dia 30
Duas chapas disputam o comando 2013/2016 do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba – SSPMU, em eleição que acontece dia 30 de novembro, sexta-feira, das 8h às 17h, no Centro Administrativo da Prefeitura (avenida Dom Luiz Maria de Santana, nº 141, bairro Santa Marta).
AS CHAPAS ---- A chapa 1, denominada A Força do Servidor, é liderada pelo atual presidente, Luís Carlos dos Santos. A chapa 2, União Sindical, tem na presidência o servidor Martinho Pereira.
As duas chapas já estão liberadas para propaganda junto ao eleitorado.
OS VOTANTES --- Podem votar os servidores que estiverem filiados ao SSPMU pelo menos 180 dias antes das eleições e estejam em dia com o pagamento de suas mensalidades, sendo obrigatória a apresentação de documento com foto.
ORGANIZAÇÃO ---As eleições no Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba são organizadas e coordenadas por um grupo designado especialmente para isso. A Comissão Eleitoral é integrada por Arquimedes de Oliveira Bessa (presidente); Angela Maria Borges (secretaria) e Flavio Garcia de Morais (membro).
------------------
OITO ANOS DEPOIS
Marcos Montes
Contas que colocaram Marcos Montes e Odo Adão em pé de guerra são aprovadas
pelo Tribunal de Contas e chegam à Câmara para deliberação política
Com parecer aprovado por unanimidade pelo Tribunal de Contas de Minas Gerais, as polêmicas contas do exercício de 2004 da Prefeitura de Uberaba entram na pauta de discussão e votação de segunda-feira, dia 26 de novembro, pelo plenário da Câmara de Vereadores.
A palavra final é política. Cabe ao Legislativo, neste caso, decidir sobre as contas, seja questionando a decisão do TCMG, seja confirmando a aprovação técnica.
TRANSIÇÃO --- Pra quem não se lembra ou não vivenciou a celeuma, vale lembrar que, em 2004, o então prefeito Marcos Montes – hoje deputado federal e presidente do PSD/Uberaba, ficou à frente do governo de 1º de janeiro a 15 de agosto, quando assumiu uma secretaria de Estado no governo Aécio Neves, e transferiu a administração municipal para seu vice, o médico Odo Adão.
PRIORIDADE ---- Ao longo dos quatro meses de governo – 16 de agosto a 31 de dezembro, a equipe de Odo Adão priorizou o discurso de denúncias, acusações e queixas de que o antecessor havia deixado a prefeitura endividada, com irregularidades em vários setores, e que, por isso mesmo, o novo prefeito não tinha como colocar em prática “seus vários projetos”.
A ENCRENCA --- Obviamente, a declaração de guerra colocou os dois ex-aliados, Marcos Montes e Odo Adão, em lados opostos.
Sem contar que a encrenca atravessou 2004 e  chegou ao sucessor, Anderson Adauto.
Adversário de Marcos Montes, o recém-eleito prefeito (mandato 2005/2008) se apropriou do discurso da equipe de Odo Adão e, ao longo de pelo menos um ano inteiro, também priorizou as acusações e denúncias.
SANÁVEIS --- O relator do processo no Tribunal de Contas, conselheiro Sebastião Helvécio, informou em seu parecer, ter encontrado problemas na abertura de créditos adicionais e em repasses para a Câmara Municipal. Entretanto, tudo sanável.
As irregularidades foram sanadas, e o Ministério Público junto ao TCMG opinou pela aprovação das contas” – acrescentou o relator da matéria.
Portanto, voto pela aprovação” – concluiu ele, sendo acompanhado, por unanimidade, pelos demais conselheiros.
LEGALIDADE --- O Tribunal concluiu que o governo Marcos Montes/Odo Adão cumpriu corretamente os percentuais de recursos na educação e na saúde – aplicando, respectivamente, 25,37% e 22,05%.
De acordo com o TCMG, as despesas com pessoal  - 46,41%, também atenderam às exigências legais. O máximo permitido é 60% da receita corrente líquida.
----------------------
PARA TODOS --- Prefeito Anderson Adauto tem surpreendido, quase que diariamente, aos que acompanham a transição de seu governo para o eleito Paulo Piau (PMDB) – com quem guerreou ao longo de todo o processo eleitoral de 2012, na disputa política e judicial pela vaga da candidatura majoritária. Vaga esta, que ele queria para seu próprio candidato, o secretário de Governo, Rodrigo Mateus.
ANÚNCIO ----Vou oferecer uma transição tranquila, seja qual for o vitorioso” – anunciou ele, no meio do 2º turno, quando Rodrigo já havia ficado para trás, e Piau concorria com o deputado estadual Antônio Lerin (PSB).
DESCRENÇA --- Entre aliados e adversários – além da imprensa, pouca gente acreditou na promessa, e pior ainda, após a vitória do peemedebista. Não é por acaso, portanto, que a indicação, nomeação e atividades da Comissão Governamental de Transição de Governo têm sido acompanhadas com atenção especial.
SURPRESA --- Para surpresa generalizada, Anderson Adauto está cumprindo o que antecipou no 2º turno. Não apenas fez questão de apresentar sua equipe, pessoalmente, ao grupo indicado pelo prefeito eleito, como já orientou seu grupo para que atenda a todas as reivindicações dos aliados de Piau.
----------------------
PERSONALIDADE
Mário Palmério: vida intensa
Uniube marca data para a noite de autógrafos e lançamento
de obra sobre Mário Palmério
Autor de Vila dos Confins e Chapadão do Bugre e membro da Academia Brasileira de Letras, Palmério também colocou Uberaba no universo da Educação
Universidade de Uberaba – Uniube, abre as portas do anfiteatro de sua biblioteca no campus Aeroporto, dia 30 de novembro, às 19h, para um dos eventos culturais mais aguardados de 2012: o lançamento e noite de autógrafos da obra “A Construção do Mito Mário Palmério”.
De autoria do professor e doutor em História, André Azevedo, o livro tem 307 páginas e foi impresso pela Editora Unesp. É baseado na tese de doutorado defendida pelo professor em 2010, na Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" - a Unesp, e passeia pela vida de Mário Palmério (1916-1996), escritor, político e responsável pela inclusão de Uberaba no universo da Educação.
NO AR - A obra A Construção do Mito Mário Palmério já está disponibilizada – tanto em versão impressa quanto virtual.
Pode ser conferida no site da Editora Unesp - www.editoraunesp.com.br, onde é possível fazer o download gratuito da versão digital. E mais: com permissão para fazer cópia.
Para os que preferem a edição impressa, a obra custa apenas R$ 27 mais o frete. E pode ser encomendada através do link http://www.lojasingular.com.br/a-construc-o-do-mito-mario-palmerio_9788539302680.html. 
O AUTOR --- André Azevedo é professor e pesquisador no Centro de Educação, Comunicação e Artes da Universidade Estadual de Londrina. 
E antes, era professor e coordenador do curso de Comunicação Social da Universidade de Uberaba, onde criou o Memorial Mário Palmério. 
SOBRE PALMÉRIO --- Ele nasceu em Monte Carmelo (1916) e morreu em Uberaba em 1996, aos 80 anos. Foi político (só na Câmara dos Deputados foram três mandatos); embaixador no Paraguai (nomeado pelo governo João Goulart); escritor (destaque para Chapadão do Bugre e Vila dos Confins); membro da Academia Brasileira de Letras (ocupou a cadeira de Guimarães Rosa); professor; fundador das faculdades de Odontologia (1947), de Direito (1950) e de Medicina (1953) – até chegar na Uniube. 
---------------

Líderes classistas propõem 
pacto com os políticos de Uberaba
O grupo conhecido por G9 - que reúne nove entidades de classe de Uberaba, se movimenta para fortalecer sua participação nas questões comunitárias. “Vamos fazer um belíssimo trabalho em prol da qualidade de vida da população, pois o nosso sobrenome é desenvolvimento” – disse em entrevista ao Jornal de Uberaba, o presidente do grupo e da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba - Aciu, Manoel Rodrigues Neto.
O PACTO --- E não é por acaso, que os representantes do GP programam encontros com os políticos da cidade. Na segunda-feira, 26 de novembro, às 8h30, eles reúnem os deputados federais e estaduais em um café da manhã, na sede da Aciu.
Queremos, com esse encontro, firmar um pacto com os parlamentares, pois, agora que acabou o processo eleitoral, gostaríamos de vê-los unidos, trabalhando em prol do desenvolvimento de Uberaba” – justifica Rodrigues Neto.
Foram convidados os deputados federais Marcos Montes (PSD) e Aelton Freitas (PR), e os estaduais Antônio Lerin (PSB) e Adelmo Leão (PT), que confirmaram presença.
AS PARTICIPANTES --- Integram o grupo: a Aciu; o Centro das Industrias do Vale do Rio Grande – Cigra; a Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL; a Regional da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – Fiemg; o Instituto de Engenharia e Arquitetura do Triângulo Mineiro; a OAB/Uberaba; o Sindicato da Indústria da Construção Civil – Sinduscon; o Sindicato dos Produtores Rurais de Uberaba, e a Sociedade de Medicina e Cirurgia de Uberaba.

“A CDL estará presente. Todos juntos por um único partido chamado UBERABA!”
_Fúlvio Ferreira, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, em comentário no seu mural do Facebook
------------------------ 

O SUBSTITUTO ---- E por falar em CDL/Uberaba, a entidade tem presidente eleito para o triênio 2013/2015. Trata-se do atual vice-presidente, Miguel Haroldo Faria, que se candidatou com apoio de Fúlvio Ferreira, e teve seu nome confirmado em eleição realizada dia 6 de novembro.
 -----------------------

CONSCIÊNCIA NEGRA --- Empossado dia 22 de novembro, quinta-feira, aos 58 anos de idade, o ministro Joaquim Barbosa chega ao mais elevado posto da Justiça Brasileira para ser o 55º presidente da Suprema Corte desde o Império e o 44º a partir da proclamação da República. Natural de Paracatu e 9º mineiro na presidência do Supremo Tribunal Federal - STF, Joaquim Barbosa é o primeiro ministro negro a tomar posse na presidência da Corte. Ganhou destaque especial com relator do processo com o maior número de páginas da história do Tribunal – a Ação Penal (AP) 470, iniciada com 40 réus e autos com mais de 50 mil páginas.
--------------------

PMDB/Uberaba define na 2ª feira os nomes que vão comandar a legenda
Marcelo Palmério - reitor da Uniube, é presença
confirmada na reunião de 2ª. Peemedebista histórico, é um
dos nomes cogitados para presidente
Pela primeira vez na história recente do partido, o PMDB de Uberaba será comandado por uma comissão executiva municipal provisória, em vez de um diretório eleito em convenção. Na segunda-feira, 26 de novembro, o atual presidente, professor Eduardo Palmério, se reúne com as principais lideranças da legenda – incluindo o prefeito eleito e 1º vice-presidente, Paulo Piau, com o objetivo de acertar os nomes a serem encaminhados à direção estadual, que, por vez, providenciará a oficialização junto à Justiça Eleitoral.
PRAZO FINAL --- Vigência do diretório terminou domingo, dia 25, em definitivo, e os peemedebistas teriam que decidir entre realizar convenção para eleger novo diretório ou indicar uma executiva provisória.
O fim da vigência – que seria dia 28 de outubro, chegou a ser prorrogado para coincidir com a data definida pela direção nacional do partido para que os peemedebistas realizassem as convenções municipais em todo o país.
ORDEM DE CIMA --- Documento nacional, aprovado no ano passado, fixou que, dia 25 de novembro seria a data máxima para a realização das convenções, e mais: que a publicação do edital de convocação teria que acontecer até oito dias antes do evento – e, portanto, até 18 de novembro, mesmo prazo limite para a inscrição das chapas.
Como não houve providência nesse sentido, sobrou para o PMDB de Uberaba negociar, com as direções nacional e mineira, uma saída diferenciada. Neste caso, a alternativa é a instalação de uma executiva municipal provisória.
PACIFICAÇÃO --- Principal intermediário na busca de um acordo entre as duas alas adversárias no PMDB, o advogado Alexandre Pires – ligado ao grupo do prefeito Anderson Adauto (que se desfiliou durante a campanha de 2012), reconhece que Eduardo Palmério é defensor da pacificação na legenda.
O apoio de Eduardo, bem como do prefeito eleito, não é, entretanto, suficiente, para que a pacificação aconteça de imediato.
A grande maioria do diretório que expirou domingo era formada por pessoas próximas ao prefeito Anderson Adauto, e, portanto, atuou explicitamente contra a intervenção que aprovou a candidatura de Paulo Piau a prefeito. Se esta tendência se refletisse nos filiados de um modo geral, o grupo de Piau correria o risco de ver o PMDB continuar nas mãos dos adversários internos.
RECAPITULANDO --- A disputa entre as duas alas extrapolou a política e foi parar no Poder Judiciário – eleitoral e comum, onde a comissão interventora do PMDB de Uberaba sustentava a candidatura de Paulo Piau, enquanto Anderson Adauto se movimentava para derrubar a intervenção e garantir a candidatura do seu afilhado político, o secretário Municipal de Governo, Rodrigo Mateus.
A ala vitoriosa pretende se fortalecer no comando antes de convocar convenção e eleger novo diretório.
------------------------

CURIOSIDADE HISTÓRICA ----- Minucioso trabalho a partir de documentos de fonte primária, coordenado por João Eurípedes Araújo, o Catálogo para Estudo da Escravidão em Uberaba (1815-1888) apresenta, aos pesquisadores, quais e como estão organizados os variados documentos do acervo do Arquivo Público de Uberaba relacionados à escravidão (inventários, cartas de liberdade, processos criminais, ofícios expedidos e recebidos pela Câmara Municipal e tantos outros) e como ter acesso a esses documentos.
Um precioso instrumento de pesquisa, reconhecido por pessoas como Eduardo França Paiva, diretor do Centro de Estudos sobre a Presença Africana no Mundo Moderno, pela direção do Arquivo Público, na pessoa de Lélia Bruno, e por toda a equipe que, de uma forma ou de outra, colaborou para que João, Iara, Raquel  e Luiz conseguissem finalizar a grandiosa publicação. (Texto: Arquivo Público)

CONFIRA: http://www.arquivopublicouberaba.blogspot.com.br/2012/11/catalogo-para-estudo-da-escravidao-em.html

------------------------
Atenção!
Fotos desta edição:
Enerson Cleiton, Rose Dutra, Nelson Jr./STF, Divulgação Instituto Agronelli, Divulgação Zumbi dos Palmares, Divulgação Uniube, Divulgação Câmara Deputados
----------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário