20 de dezembro de 2012

CONTA-GOTAS...Notícias

Católicos e devotos de Nossa Senhora da Abadia, o prefeito eleito Paulo Piau e a futura primeira-dama Heloísa Nogueira foram presenteados, por um casal de amigos, durante a diplomação dele, dia 19 de dezembro, com a imagem da padroeira de Uberaba. O repórter-fotográfico Enerson Cleiton, do Jornal de Uberaba, flagrou o momento em que Piau e Heloísa liam o cartão

60 eleitos de Uberaba e região foram diplomados e estão aptos à posse
Teatro Municipal Vera Cruz abriu as portas dia 19 de dezembro para dar prosseguimento à grande festa democrática de 2012 – as eleições municipais de prefeito, vice-prefeito e vereadores das cidades que integram a comarca eleitoral de Uberaba.
A COMARCA --- A Justiça Eleitoral presidiu a diplomação de 60 políticos que foram escolhidos pelos eleitores de suas respectivas cidades – sendo prefeito, vice-prefeito e 14 vereadores de Uberaba; prefeito, vice-prefeito e nove vereadores de Água Comprida (347ª Zona Eleitoral); prefeito, vice-prefeito e nove vereadores de Delta (276ª Zona Eleitoral); prefeito, vice-prefeito e nove vereadores de Campo Florido (326ª Zona Eleitoral), e prefeito, vice-prefeito e nove vereadores de Veríssimo (277ª Zona Eleitoral).
APTOS --- A cerimônia formal de distribuição dos diplomas para os eleitos e seus suplentes é condição para que eles se tornem aptos a tomar posse nos respectivos cargos dia 1º de janeiro de 2013. Os suplentes – de acordo com decisão do titular do Foro Eleitoral de Uberaba, juiz da 276ª Zona Eleitoral, Fabiano Rubinger, vão receber seus diplomas em cartório.
Familiares, amigos e convidados lotaram o Teatro Vera Cruz para testemunhar a diplomação dos eleitos de Uberaba, Água Comprida, Campo Florido, Delta e Veríssimo  (Foto: Enerson Cleiton)
UBERABA
Foram diplomados o prefeito eleito Paulo Piau (PMDB) e o vice-prefeito eleito Almir Silva (PR), que tiveram como principal base política da candidatura a coligação PMDB/PR/PP/ PCdoB/DEM/PSC/PMN.
Para a legislatura 2013/2016 da Câmara Municipal, foram diplomados sete vereadores  reeleitos: Luiz Dutra (PDT); Cléber Humberto Ramos (PMDB); Tony Carlos (PMDB); Marcelo Borges (DEM); Samuel Pereira (PR); João Gilberto Ripposati (PSDB), e Afrânio Lara Resende (PP).
E foram diplomados ainda, sete vereadores eleitos: Samir Cecílio (PR); Franco Cartafina (PRB); Edcarlo (Kaká) Carneiro (PSL); Elmar Goulart (PSL); Ismar Vicente dos Santos (PSB); Edmilson Ferreira de Paula (PRTB) e Paulo César Soares (PSL).
ÁGUA COMPRIDA
Foram diplomados o prefeito eleito Gustavo Gonçalves (PSD) e o vice Anderson Braga (PRB). Eles se candidataram pela coligação PRB/PV/PSDB/PSD.
E ainda, os vereadores eleitos Carlos de Assis; Orácio Pereira; Roberta de Sousa; Alexandre Silva; Eric Ferreira; Silvano da Silva; Joyce Silveira; Antônio Borges, e Alcione Tosta.
CAMPO FLORIDO
Foram diplomados o prefeito eleito Ademir de Mello (PP) e o vice Rufino Neto (PT). A dupla foi eleita pela coligação PP/PDT/PT/PMDB/PR/DEM/ PSB/PV/PTdoB.
E também, os vereadores eleitos Paulo Antônio da Silva; Pedro Martins; Gilton César; Otaliba Neto; Ariane da Silva; Divina dos Santos; Luciane Gonçalves; Válter Vicente  e Moacir Oliveira.
DELTA
Foram diplomados a prefeita eleita Lauzita da Costa (PTB) e vice eleito João Gulaberto Azevedo (PTB). Eles foram eleitos pela coligação PTB/PR/DEM/PMN/PSDB.
E ainda, os vereadores eleitos Adriana de Freiras; Luís Humberto Júnior; Jaimes Fontes; Fábio da Silva; Carlos dos Santos; Carlos de Souza; Raimundo Pereira; Júlio Gonçalves e José Elias.
VERÍSSIMO
Foram diplomados o prefeito eleito Reinaldo Sebastião Alves (PSDB) e o vice Adalberto da Costa (PT). A coligação que deu sustentação política às candidaturas majoritárias foi formada por PT/PRTB/PMN/PSDB.
Também foram diplomados os vereadores eleitos de Veríssimo: Geovane Soares; Anilton de Oliveira; Antônio Duarte; Gedean Nascimento; Cleiton Pereira; Newton Tibery; Ricardo Balbino; Dionísio Custódio e Marcelo Alves.
 ----------------------

NEM TUDO SÃO FLORES NA SUCESSÃO MUNICIPAL
Prefeito eleito Paulo Piau reuniu a imprensa nesta quinta-feira, 20 de dezembro, para detalhar o que foi encontrado – e o que não foi também, pela sua equipe de transição. O grupo indicado pelo prefeito eleito colheu dados, na maioria dos casos, diretamente do grupo indicado pelo atual prefeito. As duas partes passaram o tempo todo dos trabalhos trocando afagos, mas, era óbvio, que a alegria ia durar pouco...
QUE SUFOCO! ---- De acordo com o relatório – com dez volumes indicando números levantados ao longo de 35 dias, entregue ao futuro prefeito pela sua equipe de transição, a dívida deixada pelo prefeito Anderson Adauto (sem partido), a curto prazo, é da ordem dos R$ 69 milhões, podendo ficar ainda maior até dia 31 de dezembro. A longo prazo, existe uma dívida de mais de R$ 140 milhões, revelou o prefeito eleito.

PREVISÕES MAIAS --- Nada de fim de mundo! Esta notícia tem a ver com o prefeito Anderson Adauto, que antes mesmo de o eleito Paulo Piau concluir a entrevista coletiva sobre os números da transição, ele já distribuía nota oficial comentando o assunto. “Só depois do fechamento do balanço financeiro de 2012 é que se conhecerá os verdadeiros números das finanças municipais” – disse Adauto na nota. “O resto é especulação” – afirmou.
 -----------------------
CASA/SEPARA ---- Separações e divórcios aumentaram em Uberaba - segundo os números de registro civil divulgados ontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. De acordo com o IBGE, foram 728 registros em 2011 - data da pesquisa, contra 536 no ano anterior. Os casamentos aumentaram, mas em índice bem menor: foram 1.312 em 2010 e 1.334 em 2011.

EXPECTATIVAS ---- E crescem - crescem muito mesmo, as expectativas em torno da equipe de 1º escalão do prefeito eleito Paulo Piau. Nunca antes na história recente da política de Uberaba, se fez tanto sigilo em relação aos nomes definidos para um secretariado municipal! Até os convidados andam fazendo suspense. E olha que os convidados adoram comentar!

BURGER KING --- Rede Burger King, famosa mundialmente por preparar hambúrgueres
grelhados no fogo, inaugurou seu primeiro restaurante em Uberaba, dia 21 de dezembro. A unidade da segunda maior rede de fast foods do mundo está localizada no Shopping Uberaba, na área expandida do Terraço. O novo restaurante foi desenvolvido de acordo com o conceito internacional de design dos restaurantes da rede, com identidade visual diferenciada, iluminação especial, balcão em granito preto, menu boards de  LCD e comanda eletrônica, por meio de computador de mão, que agiliza o atendimento aos consumidores.

ASSIM COMO NÓS ---- Neste 22 de dezembro foi o lançamento da obra Assim como nós – de autoria da educadora e acadêmica Terezinha Hueb de Menezes. Evento aconteceu no saguão do Centro Cultural Cecília Palmério, no campus central da Universidade de Uberaba – Uniube. A ex-presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro reuniu, na obras, várias de suas crônicas.
Sumayra de Oliveira sonha em conquistar milhares de filiados   (Foto: Divulgação)
UFA! ---- Sem esquecer - claro, uma homenagem ao comunista mais conhecido do país, o arquiteto Oscar Niemeyer, recém-falecido, o PCdoB/Uberaba encerrou seu ano "letivo" com um evento recheado de atividades: um balanço político, a apresentação do calendário de 2013, um curso sobre socialismo, e o lançamento da campanha Milhares de Comunistas de Uberaba.
COMO DIZIA O POETA ---- Em que pesem os entreveros públicos entre a presidente do PCdoB, Sumayra de Oliveira, e seu ex-aliado, o ainda prefeito Anderson Adauto, e a derrota do vereador Lourival dos Santos (que buscava a reeleição pelo partido), a verdade é que tudo valeu a pena. 
É POR AÍ ---- Ainda não se sabe o tamanho da participação dos comunistas na equipe do futuro prefeito, Paulo Piau (PMDB), mas, no fritar dos ovos, a vitória dele já dá um peso pesado pro balanço positivo do ano. "Elegemos o prefeito apoiado pelo partido, e é aí que reside e precisa residir, mais e mais, a força maior do PCdoB" - diz a carta tirada do evento. 
ATRÁS DE MILHARES
(Que dureza!)

E obviamente, o PCdoB lançou a campanha Milhares de Comunistas em Uberaba já com algumas assinaturas garantidas. Entre eles: Antônio Carlos Marques; Bruno de Jesus Vaz; Camila Ribeiro Santos; Gustavo Vaz Silva; Rodolfo Pacheco Amorim; Sinomar José Luiz; Suellen Andrade e Wilson Rogério Moreira. Com diretório válido até dezembro de 2013, o PCdoB está, hoje, com 296 filiados. Não vai ser moleza!!!!
----------------------
FICHA LIMPA
(Nas licitações)

Empresa que tiver planos de ser incluída na lista de fornecedores da Câmara e da Prefeitura de Uberaba vai ter que provar que possui ficha limpa. Além - é claro, da óbvia comprovação técnica e financeira. É que a mesa diretora do Legislativo promulgou a emenda à Lei Orgânica do Município, aprovada há cerca de dois meses em plenário. Para disputar uma licitação, a empresa terá que apresentar, por exemplo, certidões negativas da Justiça Eleitoral e do Tribunal de Justiça das cidades de origem.
FICHA LIMPA
(Nos cargos)

Enquanto isso, está paradinha da silva a lei - também aprovada na Câmara Municipal, que exige ficha limpa de quem vai ocupar cargos de confiança nos poderes Executivo e Legislativo de Uberaba. Não se sabe se o prefeito resolverá complicar pra não virar nada, mas o certo é que Anderson Adauto enviou um projeto, de sua autoria, regulamentando a lei já aprovada. Os vereadores arrepiaram, pois entendem que a regulamentação provoca punições em dobro para uma mesma pessoa.

DE NOVO?!
Capítulo 1.630)
Moradores e empresários do bairro Santa Marta e moradores e empresários da praça Rui Barbosa se queixavam, esta semana, da falta de energia elétrica. Moradores e empresários do bairro Gameleira se queixavam de falta d’água. E moradores e empresários daqui e acolá se queixavam da Internet. Está ficando até chato repetir estas mesmas coisas, todos os dias, toda hora... Pobre Uberaba


DE NOVO?!
(Capítulo 1.631)
Aliás, o Mercado Municipal, clínica veterinária (com cirurgia programada), restaurante, lanchonetes e residências das proximidades foram vítimas da Cemig, das 17h05 de quarta-feira, dia 19, até à tarde dequinta-feira. E dá-lhes prejuízo!!!
EXPEDIENTE ---- Os funcionários chegaram ao local “para trocar” um transformador, cortaram a energia, e quando todos imaginavam que a situação ainda seria resolvida na quarta-feira, eis que eles encerraram o expediente às 18h, sem o retorno da luz. Na manhã seguinte voltaram pra concluir o trabalho – sempre sem a danada da energia. E dá-lhes prejuízo!!!
ESCURIDÃO --- Mas, verdade seja dita: as horas que o Mercadão ficou às escuras não expuseram apenas o descaso da Cemig, mas também do governo municipal. É lamentável que um local considerado ponto turístico importante não tenha uma estrutura para enfrentar momentos como estes. Não basta cobrar que os comerciantes coloquem os preços à vista, como fez o Procon dias atrás. É preciso dar condições adequadas de trabalho.
Moral da história
Perto do Natal, os consumidores entravam e saíam do Mercado Municipal, ontem, sem comprar nada. A escuridão impedia que se visse o produto, que se contasse o dinheiro, e até que se caminhasse no interior do local.
 -----------------------
ELES TÊM A FORÇA! --- As quatro legendas que participaram da principal base de sustentação da candidatura de Paulo Piau a prefeito e que elegeram ou reelegeram vereadores vão assumir cargos no 1º escalão do futuro governo. Foi o que ele próprio revelou à colunista, justificando que estes partidos, na sua avaliação, merecem tratamento especial. O prefeito não disse, mas a estratégia é reforçada por uma coincidência: PMDB – seu partido, e PR – o partido do vice eleito, Almir Silva, estão na lista.
A BASE --- Candidatura do vitorioso das eleições majoritárias foi respaldada pela coligação Uberaba Merece Mais, formada por PMDB/PR/PP/PCdoB/DEM/PSC/PMN, e que saiu das urnas com uma bancada de cinco vereadores para a legislatura 2013/2016.
OS VEREADORES --- O PMDB reelegeu os vereadores Tony Carlos e Cléber Humberto Ramos; o PR reelegeu Samuel Pereira e elegeu Samir Cecílio; o DEM reelegeu Marcelo Machado Borges, e o PP reelegeu Afrânio Lara.
SONDAGENS --- Paulo Piau garante ainda, que, até este momento, ninguém foi convidado por ele oficialmente. “Fiz sondagens, mas ainda sem convites” – afirma. Segundo ele também, a equipe será anunciada de uma única vez. “Se tiver exceção, será raríssima” – destaca.

PROMESSA
(A longo prazo)
Apanhando aqui e acolá por causa dos apagões da Cemig, da exoneração da diretora da Escola Estadual Corina de Oliveira – que deixou os SindUte pedir votos pro novo comando da entidade dentro da instituição de ensino, e da situação lamentável do Instituto Médico Legal – IML, o governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), fez uma promessa esta semana, em Patos de Minas, ao pessoal do MG TV/TV Integração Globo. Sem ficar constrangido e nem um pouco vermelho, disse que o IML de Uberaba será inaugurado até no final de 2013.

CULTURA --- Orquestra Viola de Ouro, o Ponto de Cultura Cordas do Cerrado e um grupo de congado encerraram, com manifestações artísticas, os cursos do projeto Pátria Rimada Brasil – Conhecendo a Cultura Regional do Nosso País. O evento aconteceu no Teatro Municipal Vera Cruz. O projeto Pátria Rimada foi coordenado pela Fundação Cultural de Uberaba, que cuidou da infraestrutura, e pela Secretaria Municipal de Educação, que administrou o aspecto pedagógico. 

Helder Batista deixa a OAB/Uberaba, mas assume como conselheiro da OAB/MG  (Foto: Divulgação)
DESPEDIDAS --- Presidentes de comissões e colaboradores da 14ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, OAB/Uberaba, foram homenageados pelo ex-quase presidente Helder Batista – que já deu meia posse ao sucessor Vicente Flávio Macedo. O evento foi marcado por descerramento de placas na sede nova, com os nomes de todos eles. Helder não se esqueceu sequer dos estagiários, que foram presenteados com cesta de Natal.  
------------------------
Legislatura 2009/2012 se despede com muito chororô e votação polêmica  (Foto: Divulgação)
HAJA LÁGRIMAS! --- Câmara Municipal foi palco de muito chororô na quinta-feira, 20 de dezembro: chororô de alegria, com os agradecimentos dos reeleitos para a legislatura 2013/2016, e chororô de tristeza, com as despedidas dos não reeleitos.

A 1ª RASTEIRA A GENTE NUNCA ESQUECE
E a mesma reunião foi marcada por uma experiência dolorosa para os novatos que ainda não têm assento em plenário. Os vereadores reeleitos e os não reeleitos se uniram e aprovaram em 2º e último turno, a emenda à Lei Orgânica do Município que altera o tempo de vigência da mesa diretora. A vigência foi reduzida de dois para um ano.
BARRADOS NO BAILE --- A emenda foi de autoria dos reeleitos Cléber Ramos (PMDB), Tony Carlos (PMDB), Samuel Pereira (PR), João Ripposati (PSDB) e o ainda presidente Luiz Dutra (PDT). E surgiu para acalmar os novatos que andavam trabalhando nomes próprios para a primeira presidência da próxima legislatura.
TACADA ÚNICA --- A Câmara também aprovou mudança no regimento interno, em que as futuras quatro mesas diretoras serão eleitas dia 1º de janeiro de 2013 – data da posse dos eleitos de 2012. Levando em conta que a votação é aberta, vai ser uma delícia acompanhar tudinho, passo a passo...

Anderson Adauto (à esquerda) e Paulo Piau (à direita) aplaudem o anúncio
feito por Helvécio Magalhães, enquanto Délcio Scandiuzzi cai no abraço,
emocionado com as conquistas  (Fotos: Enerson Cleiton)
O presidente do Hospital do Câncer não desagarra do secretário do Ministério da Saúde 
COMPROMISSOS ---- Ministério da Saúde vai destinar ao Hospital Dr. Hélio Angotti um novo acelerador linear - um dos mais caros equipamentos utilizados na luta contra o câncer, além de apoiar um plano de expansão cuja meta é atender bem a população de cerca de 3 milhões de habitantes do Triângulo Mineiro.
O INTERMEDIÁRIO --- Anúncio foi feito quarta-feira, dia 19, pelo secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Miranda Magalhães Júnior, ao participar da inauguração de 22 novos leitos e da apresentação de equipamentos adquiridos recentemente pelo HHA. 
PALAVRA DO MINISTRO --- Magalhães disse ter recebido mensagem do ministro Alexandre Padilha na manhã do evento, confirmando a compra do equipamento, orçado em torno de um milhão e meio de dólares (cerca de R$ 3 milhões).
EMOÇÃO À FLOR DA PELE --- Tomado pela emoção, o presidente do “Hélio Angotti”, oncologista Délcio Scandiuzzi, não sabia se ria ou se chorava. Na dúvida, ria, chorava e abraçava o secretário sem parar...
À MESMA MESA --- O evento no Hospital de Câncer de Uberaba foi prestigiado pelas lideranças políticas e da comunidade local e regional. Entre os presentes: os prefeitos atual, Anderson Adauto, e eleito, Paulo Piau. Adversários políticos, eles sentaram à mesma mesa --- separados pelos demais convidados, é claro!
PARCERIA --- Em destaque ainda: o diretor-geral da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), Tadeu Carneiro, e o diretor administrativo da companhia, Antônio Gilberto Ribeiro de Castro. A empresa é responsável pelo investimento da ordem de R$ 750 mil, empregados nas obras de engenharia do 6º e do 7º andares, que recebem a denominação Pavimento CBMM.
 ------------------

AUTO DE NATAL --- Professores e técnico-administrativos da Universidade de Uberaba - Uniube, liderados pelo professor Décio Bragança, realizaram o tradicional Auto de Natal. O evento aconteceu dia 22, sábado, e teve a participação dos jovens do Projeto Alegria e da Folia de Reis Irmãos Mello. Há vários anos, os professores e funcionários da Uniube saem pelas ruas abraçando as pessoas e desejando alegria e paz. Durante o percurso foram feitas apresentações e distribuição de mensagens natalinas. Décio Bragança diz que o Natal é a festa universalmente mais comemorada.

“O Natal é quase que um grito de paz, porque o Menino-Deus, a cada ano, renova o seu nascimento, o que significa a renovação dos nossos compromissos de fraternidade”.
_ Décio Bragança

------------------  
Secretariado municipal protagoniza cenas inesperadas no final do governo  (Foto: Divulgação)
EXONERAÇÕES DE SECRETÁRIOS TÊM VÁRIOS DEDOBRAMENTOS
Colocado no ar na madrugada de 15 de dezembro, sábado, a edição 1.040 do Porta-Voz, jornal oficial/virtual do município, “esvaziou” o atual governo municipal.
Com raras exceções, foram exonerados secretários, subsecretários e superintendentes, respectivamente, ocupantes de cargos de 1º e 2º escalões.
No que se refere às exonerações dos ocupantes de cargos de confiança, elas são naturais – e até necessárias quando se trata de transição de um governo para outro, mas, na história recente da política de Uberaba, é a primeira vez que acontecem com tanta antecedência – 17 dias antes do final do ano. As exonerações acontecem, normalmente, entre os dias 30 e 31 de dezembro.
PRIVILEGIADOS --- Motivo das exonerações foi permitir que os demitidos recebessem suas rescisões até dia 20 de dezembro, juntamente com o 13º salário – que foi pago neste dia, além de férias vencidas em muitos casos.
Ressalte-se que os salários dos exonerados estão entre os mais altos do governo. Um secretário municipal recebe R$ 8,940 mil; um subsecretário, R$ 7,229 mil e um superintendente, R$ 6,426 mil. 

O SUCESSOR ---- Prefeito eleito Paulo Piau negou qualquer participação nas articulações envolvendo a demissão em massa e antecipada de ocupantes de 1º e 2º escalões. Segundo ele, a decisão é de exclusiva responsabilidade do atual prefeito, e não chegou sequer a ser ventilada com sua equipe na Comissão Governamental de Transição.
Servidores municipais, inclusive aliados de Paulo Piau, questionaram se ele, através da equipe de transição, teria apoiado a decisão de exonerar os secretários, subsecretários e superintendentes, para que estes possam ter acesso ao dinheiro da rescisão e do 13º salário ainda no atual governo.
Não tenho nada com isso” – reforçou o prefeito eleito,

REAÇÃO ---- Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba – SSPMU, encaminhou ao Ministério Público Estadual documento solicitando que fossem apuradas responsabilidades e tomadas providências contra a forma e os motivos que envolveram o pedido de exoneração, em massa, já que, de acordo com a diretoria reeleita, a justificativa apresentada pelo Poder Executivo fere o princípio da impessoalidade e da moralidade que devem nortear os atos da administração pública.

INVESTIGAÇÃO --- Com base na representação do SSPMU, o promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público/15ª Promotoria de Justiça, José Carlos Fernandes, determinou a instauração de procedimento preparatório para investigar a denúncia de favorecimento indevido aos secretários, subsecretários e superintendentes da Prefeitura de Uberaba.

CONSCIÊNCIA --- Para a diretoria do SSPMU, os secretários, subsecretários e superintendentes que foram exonerados 17 dias antes do final do governo deveriam ter colocado a mão na consciência e não se sujeitarem à proposta.
Eles sabem, mais do que ninguém, o quanto os servidores têm penado com os baixos salários que recebem, e o quanto seria importante o abono de R$ 200, e deveriam sim, ter defendido aqueles com quem trabalharam ao longo destes anos” – ressalta a nota.
O prefeito Anderson Adauto se negou a pagar o abono, apesar de acordo feito no final de 2011 com a Câmara de Vereadores.

O RETORNO --- Conforme o que vinha sendo ventilado, o prefeito Anderson Adauto realmente reconduziu parte dos secretários e subsecretários aos cargos. A novidade é que eles reassumem sem remuneração relativa aos últimos dias de dezembro. “Ao abrir mão de suas remunerações, os secretários e subsecretários vão gerar uma economia aproximada de R$ 100 mil aos cofres municipais” – afirmou a assessoria da Prefeitura de Uberaba.

A DEFESA --- O procurador-geral Sérgio Henrique Tiveron – um dos exonerados e depois reconduzidos, declarou que não tem nada de ilegal ou imoral na medida adotada pelo atual prefeito no encerramento do seu mandato. “Todo funcionário, independente de ser da esfera pública ou da iniciativa privada, tem o direito de receber os benefícios trabalhistas previstos em lei” – afirmou.

A DEFESA 2 ---- Anderson Adauto também defendeu a exoneração antecipada. Em entrevista à repórter Luciana Rodrigues, do Jornal de Uberaba, ele afirmou que esse assunto não era para ser tratado com tanta polêmica. “Eles compuseram o meu governo, trabalharam, me ajudaram e vão receber a sua rescisão ainda no meu mandato” - afirmou.

ATRASOS --- Diretoria do SSPMU, por sua vez, destaca que, a média de espera sempre foi grande no atual governo, e que isso abrange centenas de servidores que deixaram a administração. Os sindicalistas citam como exemplos, processos do 1º lote de junho de 2012 que só foram pagos em agosto; um lote de novembro deste ano ainda está aguardando para ser aprovado; o 2º lote de demitidos de agosto (no valor total de R$ 281 mil) que só foi pago agora, em dezembro.
Ainda segundo os dados chegados ao SSPMU, o 3º lote de maio (no valor de R$ 205 mil) teve o dinheiro das rescisões liberado em agosto, enquanto o 3º lote de demitidos de julho (no valor de R$ 302 mil) só foi pago em novembro de 2012.

ESPECIAL --- No total, a folha líquida do 1º lote de dezembro de 2012 soma R$ 611,642 mil. É justamente a folha referente aos 14 secretários, nove subsecretários e cinco superintendentes que foram exonerados dos respectivos cargos para terem acesso aos recursos ainda no atual governo.

CONFIRA OS NOMES DOS EXONERADOS, CARGOS E VALORES DAS RESCISÕES
Secretário e subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Francisco de Assis Pereira (R$ 25,732 mil) e Agnaldo José da Silva (R$ 21,441 mil).
Chefe (e primeira-dama) e subchefe de Gabinete, Angela Mairink (R$ 72,635 mil/Leia Ressalvas) e Rogério Araújo Quintão (R$ 17,879 mil).
Subsecretário de Governo, Marco Túlio Reis (R$ 11,544 mil).
Secretária de Desenvolvimento Social, Eide Suzana de Faria (R$ 11,165 mil).
Secretário de Saúde, Valdemar Hial (R$ 20,044 mil).
Procurador e subprocurador do município, Sérgio Tiveron ( R$ 24,179 mil) e Aymar Ribeiro Hyal (R$ 5,380 mil).
Secretária de Educação, Mara Boscolo (R$ 11,165 mil).
Secretário e subsecretário da Fazenda, Edvar Pereira (R$ 16,907 mil) e Fabiano Bernardi (R$ 30,008 mil).
Secretário de Esporte e Lazer, Roberto Carlos Fernandes (R$ 11,237 mil).
Secretário e subsecretário de Trânsito, Transportes Especiais e Proteção de Bens e Serviços Públicos, Ricardo Sarmento (R$ 38,480 mil) e Antônio de Sousa Filho (R$ 4,682 mil).
Secretário e subsecretário de Agricultura, Pecuária, Pesca, Aquicultura e Abastecimento, José Humberto Guimarães (R$ 25,732 mil) e Romeu Borges Júnior (R$ 9,043 mil).
Secretário e subsecretário de Infraestrutura, José Eduardo Rodrigues da Cunha (R$ 24,076 mil) e Luiz Henrique Cunha (R$ 25,912 mil).
Secretário de Administração, Rômulo Figueiredo (R$ 46,358 mil).
Secretário e subsecretário de Planejamento, Karim Abud Mauad (R$ 46,659 mil) e Realino de Oliveira (R$ 30,731 mil).
Secretária e subsecretário do Meio Ambiente e Turismo, Renata Vilela Mesquita (R$ 8,139 mil) e Rodrigo de Barros (R$ 25,912 mil).
E ainda: os superintendentes da Secretaria Municipal de Infraestrutura, João Ricardo Pessoa (R$ 3,892 mil) e Carlos Modesto Pinheiro (R$ 1,00); do Arquivo Público, Lélia Bruno (R$ 6,158 mil); do Planejamento, Helenice Sallum (R$ 25,575 mil) e Robinson Camargo (R$ 10,963 mil).

CONFIRA OS QUE FORAM RECONDUZIDOS
Rômulo de Souza Figueiredo (Administração)
Valdemar Hial (Saúde)
Sérgio Henrique Tiveron Juliano (Procuradoria-Geral)
Rogério Quintão (Ex-subchefe de Gabinete, que assumiu a Chefia de Gabinete)
Ricardo Sarmento (Trânsito e Transportes Especiais)
Coronel PM da reserva Antônio de Sousa Filho (Ex-subsecretário de Trânsito e Transportes Especiais, que voltou como chefe da Guarda Municipal)
Mara Denise Boscolo Paschoalini (Educação)
Eide Faria (Desenvolvimento Social)
Aymar Hial (Controladoria)
José Eduardo Rodrigues da Cunha (Infraestrutura)
Edvar Newton Pereira  e Fabiano Cavalcanti de Melo Bernardes (Secretário e subsecretário da Fazenda)
Rodrigo Barros (Subsecretário de Meio Ambiente e Turismo),
Karim Abud Mauad e Realino Augusto de Oliveira (Secretário e subsecrtário de Planejamento)

RESSALVA --- Da parte da administração municipal, vem a informação de que o valor atribuído à rescisão da ex-chefe de Gabinete e primeira-dama Angela Marink – R$ 72,635 mil, não é o real, e mais: que o valor devido a ela não sairá dos cofres da Prefeitura de Uberaba em sua totalidade. O bruto, de acordo com as explicações, é de R$ 56,296 mil, e deste total, R$ 35,102 mil serão pagos pelo Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS, em razão de Angela Mairink ter entrado com pedido de licença-maternidade.
A primeira-dama não retornou ao cargo e está em Belo Horizonte, para onde foi transferida a primeira filha dela e do prefeito Anderson Adauto – Valentina, que nasceu prematura e precisando de cuidados especiais.
 -------------------




Nenhum comentário:

Postar um comentário