9 de janeiro de 2013

CONTA-GOTAS...Notícias

Fotografeiros do Brasil

---------------------
FOTOS: ENERSON CLEITON

Repórter-fotográfico do Jornal de Uberaba e fotógrafo (servidor de carreira) da Prefeitura de Uberaba. 
E colaborador desta coluna. 
Fotógrafo independente nas horas 
vagas e possuidor 
de um olhar e um faro raros
----------------------------
ENQUANTO ISSO NA AVENIDA LEOPOLDINO DE OLIVEIRA, DIA 8 DE JANEIRO
DE 2012, UMA TARDE DE MEIA HORA DE CHUVAS .....  
*Será que a situação dele poderia ficar ainda pior do que mostra esta foto? 

Confira no final da edição...
-------------------------

AS ÁGUAS VÃO ROLAR
Pedido de captação no rio Claro provoca expectativa
Presidente recém-empossado no Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba – Codau, engenheiro e ex-prefeito Luiz Guaritá Neto, garante que todos os esforços serão feitos no sentido de se vencer um dos maiores desafios do atual governo: a falta d´água nas torneiras.
O TEMPO --- Entretanto, admite que o tempo de espera está nas mãos do Instituto Mineiro de Gestão das Águas – Igam, que tem a palavra final sobre a captação no rio Claro. Outorga já foi solicitada, segundo Luiz Neto. Que lembra: esta é a alternativa viável para se colocar um ponto final, de imediato, na falta do produto.
PODERES ---- Através da outorga, o Igam emite autorização ou concessão para intervenções que alterem a quantidade, a qualidade ou o regime de um corpo de água. Vale ressaltar que a outorga não dá ao usuário a propriedade da água, mas o direito de seu uso.
ENQUANTO ISSO --- De acordo com o presidente do Codau, operários estão sendo contratados para reforçar os trabalhos, inclusive no que se referem aos problemas da falta de água.
PARALELAS --- E mais: outras ações estão sendo articuladas, além da captação no rio Claro. Entre elas, está o incentivo, e talvez até, subsídio, para o armazenamento através da aquisição de caixas d´água maiores. E ainda, existe a possibilidade de se furar poços artesianos.

Codau tem quase 250 vazamentos para corrigir
Além da falta d´água, outro grave problema está pedindo socorro urgente. Luiz Neto diz que assumiu o Codau dia 2 de janeiro de 2013 com 239 pedidos para correção de vazamentos nos mais variados bairros da cidade. “São três meses de solicitações acumuladas” – revela, observando que outras estão chegando diariamente.
PESSOAL --- O novo presidente do Codau afirma que as contratações também visam à correção dos vazamentos, uma vez que a empresa tinha muita gente nos cargos de confiança, mas falta gente para o serviço de rua. Aliás, vai aqui,uma informação extra. Ele assegura que vai privilegiar os servidores de carreira para ocuparem os cargos de confiança.

Carnaval 2013 não terá desfile de 
escolas de samba patrocinado com dinheiro do povo
Tudo começou com as queixas da população contra o local onde se realizava a festa de Momo: no CentroPark/Univerdecidade (foto). Ainda na campanha o agora prefeito Paulo Piau (PMDB) achou que as queixas tinham razão de ser e se juntou a elas. A certeza veio assim que tomou posse dia 1º de janeiro de 2013, e recebeu os relatórios detalhados da Fundação Cultural de Uberaba – organizadora do evento.
FORA DE COGITAÇÃO ---- Após um susto atrás do outro, e de a nova presidente ter proposto o fechamento da Fundação Cultural para balanço, o prefeito decidiu: carnaval no CentroPark está fora de cogitação, e as escolas de samba não terão recursos para desfilar. Não bastasse a Fundação estar atolada em dívidas, algumas escolas ainda não prestaram contas do carnaval de 2012.
BALANÇO --- O passo seguinte foi seguir a proposta da presidente Sumayra Oliveira, a jovem comunista arretada que anda surpreendendo muita gente, no bom sentido. As políticas públicas para a cultura ficam suspensas, portanto, até que seja preparado um planejamento adequado à situação atual.

Ex-presidente diz que nem obrigações patronais foram pagas
Advogado e presidente da Fundação Cultural de Uberaba até 31 de dezembro de 2012, Fábio Macciotti, disse em entrevista exclusiva à colunista, que o ex-prefeito Anderson Adauto (sem partido) foi informado oficialmente sobre a crise e a respeito dos motivos que levaram a entidade ao fundo do poço.
ABANDONO --- Segundo ele, a partir de março de 2012, o repasse dos recursos solicitados pela Fundação Cultural passou a sofrer atrasos, descontinuidade e segmentação sucessiva em seus valores, de maneira a comprometer seriamente a execução orçamentária e a gestão administrativa da entidade. Tudo isso – de acordo com Macciotti, era de conhecimento do Executivo, já que inúmeras solicitações foram enviadas à Secretaria da Fazenda.
RESPONSABILIDADE FISCAL --- Em ofício dirigido ao ex-prefeito no final do mandato, Macciotti reforçou as queixas, e apresentou documentos apontando um déficit acumulado no valor de R$ 520 mil 239,80. Ele cobrou o depósito do dinheiro na conta da entidade, “sob pena de descumprimento das normativas reguladoras da responsabilidade fiscal.”
RESPONSABILIDADE FUNCIONAL --- E não bastasse isso, o então presidente da Fundação Cultural lembrou que, sobre a folha de pagamento dos meses de outubro e de novembro de 2012, somente foi repassado o valor líquido para o pagamento dos salários dos servidores, deixando-se de repassar os valores relativos ao recolhimento das obrigações patronais. E alertou o ex-prefeito: “Isso poderá gerar, em tese, responsabilidade funcional.
CONSCIÊNCIA --- Na conversa com a colunista, ele afirma que deixou a presidência da Fundação Cultural, com a convicção de que, juntamente com sua equipe, e em face de todas as contingências, realizou o melhor trabalho que lhe era possível concretizar. Isso, segundo ele, “especialmente em relação ao respeito, transparência e participação democrática do segmento cultural de Uberaba”.

*Déficit ultrapassa meio milhão de reais
*Crise é fruto do descaso
*Governo não repassou obrigações patronais
*Anderson Adauto foi alertado sobre a crise
_Declarações feitas pelo ex-presidente da Fundação 
Cultural de Uberaba, Fábio Macciotti

--------------------------
CRISE NÃO DESANIMA APAIXONADOS
Com direito a páginas nas redes sociais e material “publicitário” capaz de atrair até os mais sisudos, um grupo de apaixonados pelo carnaval dá um jeito de driblar a crise que toma conta da festa de Momo em Uberaba. Nasce assim, o Bloco da Vaca Verde (BVV), sem vínculo com escolas de samba e com a prefeitura, e prometendo um carnaval de rua recheado de marchinhas, frevo, fantasia, artes e ritmos inéditos.
IDEIA DELES --- O bloco foi fundado pelo MUH! Onomatopeia Cultural e pelo Lapop, ambos ligados a projetos culturais, e seus organizadores justificam a figura do boi.
Lembram que ele está presente em diversas festas populares do Brasil, em particular no carnaval de Olinda, Pernambuco e São Luís, mas que, na região de Uberaba – onde sua presença é tão marcante na economia, a figura do animal não tem o mesmo destaque nas manifestações culturais regionais. “Nos inspiramos nele para criar uma vaca que, além de um bloco de carnaval, incorpora os elementos do Triângulo em diálogo com outras festas do país”, afirmam.
A ESTREIA --- O BVV sairá no dia 2 de fevereiro, às 10h, com percussão exclusiva, comandada pelo sambista Eduardo Carioca. A concentração acontecerá a partir das 9h, na paça da Igreja Santa Rita. O cortejo vai até a praça Rui Barbosa.
Importante: não custa nada aos participantes, a não ser que queiram se produzir. O abadá - uma camiseta, ficará em R$ 25.
Formulário para quem quer participar e mais informações estão na página www.facebook.com/BlocodaVacaVerde.
 ------------------
Fábio Macciotti, Ney Corrêa, Paulo Piau, Danilo Siqueira e Marilda Ribeiro no anúncio dos nomes

PT SAUDAÇÕES --- E voltando a falar em Fábio Macciotti, ele acaba de reassumir a presidência do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores – PT/Uberaba, cargo do qual se licenciou ao ser nomeado para a Fundação Cultural. Ele não foi reconduzido pelo prefeito Paulo Piau, mas participou ativamente das negociações entre o partido e a atual administração.
DIRETÓRIO --- Com vigência até 20 de fevereiro de 2014, o diretório do PT estava sob o comando interino do secretário-geral Waldemar Pamplona, que volta à função. Entre os membros do diretório está o deputado estadual Adelmo Carneiro Leão, que disputou o 1º turno das eleições majoritárias de Uberaba em 2012. 
QUERIDOS --- Apoio no 2º turno das eleições municipais já rendeu à legenda, nada menos do que três cargos importantes. Um deles, inclusive, considerado a menina-dos-olhos de Paulo Piau, que tem profundas ligações com o setor: a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Aquicultura, Pesca e Abastecimento.  
MENINA-DOS-OLHOS --- A pasta vai ser comandada pelo advogado Danilo Siqueira Campos, pós-graduado em Agronegócio, ex-diretor regional da Companhia de Armazéns e Silos de Minas Gerais - Casemg, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e ex-gerente da Carteira Agrícola do Banco do Brasil em Uberaba.
PODEROSO --- O PT conquistou ainda, a presidência do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais – Ipserv. Fica com o cargo o servidor municipal Ney Corrêa Filho, que já ocupava a superintendência no instituto. Também advogado, Ney é pós-graduado em Gestão Pública.

PODEROSAS --- E a ex-vereadora Marilda Ribeiro Resende será a subsecretária Municipal de Educação e Cultura. Professora, ex-presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores do Ensino _ SindUte/Uberaba, e ex-vereadora, ela comandou a Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres no governo passado. A secretária de Educação já foi companheira de Marilda no PT: Silvana Elias – da cota pessoal do novo prefeito, deixou o partido tempos atrás.
NA REDE --- Pois é... E a Secretaria Municipal de Educação e Cultura tem agora, página no Facebook – a maior rede social da atualidade.

MÃO DUPLA --- Vale lembrar que o prefeito Paulo Piau não está sendo “bonzinho” com o PT. Ele também tem lá, seus planos. As expectativas são muitas em relação ao governo petista de Dilma Rousseff. Por exemplo: Zona de Processamento de Exportação – ZPE; ramal do gasoduto; fábrica de amônia; a participação de Uberaba na Copa do Mundo e nas Olimpíadas. 
-----------------
CONTA ALTA
Terminais são tomados pelo mato
Com investimento total previsto na ordem dos R$ 40 milhões – e já com quase R$ 20 milhões aplicados no projeto, as estações de embarque e desembarque de passageiros do transporte coletivo estão sendo tomadas pelo mato. Abandonadas pelo governo anterior, as obras de instalação dos terminais provocam “choque”  em quem transita por uma das vias mais centrais e importantes de Uberaba: a avenida Leopoldino de Oliveira.
O POVO PAGA --- Fabricadas em Curitiba – no Paraná, são 12 estações previstas para o Sistema Leste-Oeste, para atender aos ônibus especiais tipo BRT, que, segundo consta, já teriam sido adquiridos pelas empresas concessionárias, Líder e Piracicabana – que foram contempladas com reajuste na tarifa no finalzinho do governo passado. Ah, sim! O sistema deveria ter entrada em vigor em dezembro de 2012, mas ficou pra depois...

SE ELES PODEM --- E já que os donos das empresas de transporte coletivo urbano ganharam reajuste para a tarifa, pelo menos uma empresa de táxi anda falando em aumentar seu valor único –
dos atuais R$ 14 para R$ 17.

PROMESSAS --- A esta altura do campeonato político, o ex-prefeito Anderson Adauto deve estar rindo de orelha a orelha com o anúncio de que o seu sucessor Paulo Piau vai usar as súmulas vinculantes do Supremo Tribunal Federal para calcular os salários dos servidores – o que manterá centenas deles com salário-base abaixo do mínimo nacional. Detalhe: PP derrotou o AA entre os servidores, justamente prometendo que as súmulas não seriam usadas.
A POSSE --- De olhos arregalados com a possibilidade de as súmulas não tomarem chá de sumiço, os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba – SSPMU, definem data, hora e local para tomarem posse na gestão 2013/2016, para a qual foram reeleitos no final de 2012.
--------------
------------------
HOMENAGEM --- E por falar em Anderson Adauto, antes de encerrar o governo ele sancionou a lei, aprovada pela Câmara, que empresta o nome do celebrado arquiteto Oscar Niemeyer a uma via pública de Uberaba (a ser definida). Morto dia 5 de dezembro de 2012, aos 104 anos (faria 105 dia 15 de dezembro), Niemeyer deixou um rastro de dúvidas e uma bela de uma polêmica histórica em Uberaba. Afinal, a ex-Escola Normal de Uberaba - atual Escola Estadual Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, foi, ou não foi, projetada por ele?
PROVAS --- Pesquisadores cuidadosos garantem que a obra teve sim, o dedo de Niemeyer, mas que, só em parte, corresponde ao que ele imaginou e colocou no papel. O projeto da escola - sediada na rua Padre Leandro, 121, bairro Estados Unidos, sofreu mudanças quando houve transição de governo em Minas Gerais, diz o pesquisador Danilo Ferrari.
PROVAS 2 ---- E após uma longa jornada de buscas, velhos documentos sobre a escola foram localizados, entre eles, três projetos: o de implantação da edificação, um da planta térrea, e outro do pavimento superior. Os dois últimos - de 1951, tinham o selo da autoria de "Oscar Niemeyer Filho". Cópias integram a tese de doutorado da professora de História, Rosângela Castro Guimarães.

DE VOLTA
Dia da Consciência Negra é feriado outra vez
Outra canetada de Anderson Adauto no final do governo recupera oficialmente o feriado municipal de 20 de novembro – Dia da Consciência Negra. Também aprovada pela Câmara, a lei, sancionada pelo ex-prefeito, acaba de ser publicada. Vale lembrar que, num lance dos mais esquisitos da história política de Uberaba, a Câmara anterior simplesmente revogou o feriado, involuntariamente, quando aprovava a lei do calendário de eventos da cidade. Teve que fazer outro projeto...
-------------------------
GENTE QUE FAZ --- Dj Vinny Depp (foto) é de Uberaba e tem ganhado destaque na mídia pelo talento e pelo estilo elegante. Com pouco mais de um ano de carreira tem conquistado espaço bacana no cenário da música eletrônica. Seus sets refinados atraem fãs das mais variadas vertentes, porque insere belíssimos vocais e som de instrumentos que fazem a diferença.
DE OLHO NELE --- Apaixonado pelo que faz, não perde uma oportunidade de apurar sua técnica, seja na cidade ou em São Paulo, e dedica-se a pesquisas para montar repertório diferenciado a cada apresentação. Sua performance empolgante tem chamado a atenção de promotores de eventos de Uberaba e região.
ALTAS COTAÇÕES --- Em algumas festas da Pró Eventos seu nome tem feito parte do line, como aconteceu com a Café Cowboy e o Axé Uberaba. É um dos Djs que também mostram talento no Santa Brasa Authentic Steakes e Choperia Colorado, e, mais recentemente, tem sido convidado, também, para animar as pistas de grandes festas de aniversário, formatura como a do curso de Medicina, e o Réveillon em Jaguara.   
PROFISSIONALIZAÇÃO --- Antes de estudar para ser Dj, profissão cada vez mais em alta no mercado, Vinny sempre garantiu sua presença nas melhores baladas e foi justamente por isso que decidiu profissionalizar-se. Ele conseguia adivinhar a sequência do som dos Djs surpreendendo os amigos e vibrava  (e vibra) muito com o trabalho deles, “porque é maravilhoso realizar-se profissionalmente e, ainda, fazer as pessoas felizes, porque música é como uma oração, faz bem pra alma”.
ESTUDOS ---- Decidiu, então, que iria estudar para ser Dj profissional. Quando isso aconteceu, teve a certeza de que trabalhar com música é o que quer para toda a vida. “Música pra mim é como o ar que eu respiro”.

Roda de Fogo é coisa séria
Fundador, primeiro presidente e ainda hoje, membro consultivo do Centro das Indústrias do Vale do Rio Grande – Cigra, o empresário Tião Silva (foto) reforça a seriedade da Roda de Fogo, espaço também criado por ele para colocar frente a frente lideranças de Uberaba e questionadores dos mais variados segmentos da cidade, e que acontece atualmente, aos sábados, no Chopp Time/Shopping Uberaba.
RESPEITO É BOM --- Na reunião que abriu 2013, com a presença do prefeito Paulo Piau e  do secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Gomes, o empresário reivindicou o apoio da administração municipal para o fortalecimento do Cigra – nascido cerca de 20 anos atrás, ressaltando que a entidade merece e precisa ser valorizada enquanto representante de um setor que tem participação importante no desenvolvimento de Uberaba.
SEM PRECONCEITO --- O secretário de Desenvolvimento Econômico reagiu com o compromisso de que as empresas – incluindo as indústrias de pequeno e médio portes, terão tratamento igualitário na gestão Paulo Piau. “Na hora de dar empregos, de participar do desenvolvimento econômico de Uberaba, de investir na cidade, todos são chamados ao dever; portanto, não há que se falar em diferença de tratamento e de direitos” – reforçou José Renato.

LUTA EXTRA --- O fundador do Cigra, Tião Silva, chama a atenção ainda, por outra luta paralela: contra o mal de Parkinson. A doença, que levou boa parte de sua vitalidade, é neurológica, e afeta os movimentos da pessoa, causando tremores, lentidão de movimentos, rigidez muscular, e alterações na fala. Entretanto, não é uma doença fatal, nem contagiosa, e não afeta a memória ou a capacidade intelectual do portador. 
-------------------------

TRABALHADOR TAMBÉM É GENTE --- Aliás, voltando ao secretário de Desenvolvimento Econômico, José Renato Gomes (foto) pretende se reunir com os representantes da Delegacia do Ministério do Trabalho e Emprego de Uberaba. Em pauta, a demora na emissão das carteiras de trabalho. Procurado por um grupo de trabalhadores, que se queixou da demora, o novo secretário vai, inclusive, propor o empréstimo de servidores municipais para a Delegacia do Trabalho.
Moral da história
Desenvolvimento econômico não é feito só pelos patrões. Os empregados agora, passam a ter voz também.

DETALHES --- Anunciado na diretoria da Fundação Cultural de Uberaba, o ex-vereador Carlos Godoy, presidente do PTB, tratou de, poucas horas depois, fazer a devida alteração no seu perfil no Facebook. São detalhes que desnudam os sentimentos das pessoas. É evidente que ficou feliz com a indicação.

DESPERDÍCIO ---- Secretário Municipal de Saúde, médico Fahim Sawan (sem partido), está sendo orientado a tomar medicamentos contra infarto, derrame cerebral e ataques de nervos ... Depois da invasão no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher – Caism, em que os bandidos chegaram a destruir vacinas, e ainda, depois de descobrir que Uberaba está infestada de dengue e não tinha pessoal pra combater, agora ele encontra – pasme!, uma tonelada de remédios vencidos.
INDIGNAÇÃO --- É lamentável o que estamos detectando. A população não merece isso” – desabafou o indignado secretário, assim que deparou com os remédios no almoxarifado da Prefeitura de Uberaba. O prazo de validade venceu dia 31 de dezembro de 2012, e entre os medicamentos estão aminofilina, amiodarona, fenobarbital, metronidazal, etomidato, heparina, nifedipino, lidocaína, isssorbida, nitrofurantoína, além de materiais odontológicos e médico-hospitalares. Vai tudo pra incineração!!!

“Isso é falta de planejamento, de responsabilidade 
e um grande desrespeito com o dinheiro público 
e com a saúde da população”.
_ Fahim Sawan
 ----------------------
NOVES FORA --- Pelo menos dois nomes cogitados para assumir cargos de 1º escalão no governo Paulo Piau ficaram de fora. Tidos e havidos como futuros secretários de Planejamento e de Infraestrutura, o engenheiro Nagib Facury e o empresário Altamir Roso têm ligações com o setor de construção civil e fazem obras para a Prefeitura de Uberaba. Esta é a explicação oficial. Já nos bastidores corre a notícia de que os dois nomes receberam mais oposição do que apoios. As duas pastas, por ora, ficam sob comando interino.
----------------

AS ESTRELAS --- Por outro lado, o que não falta são “estrelas” no secretariado.
Algumas delas, inclusive, com uma marca política coincidente: sonham em assumir a Prefeitura de Uberaba ou vaga na Assembleia Legislativa de Minas Gerais ou na Câmara dos Deputados. “Está aí, uma situação que não me preocupa, não tira meu sono” – garante o prefeito.
REFORÇO --- Segundo Paulo Piau (foto ao lado), ele tanto não se preocupa, que os convidou para estarem ao seu lado neste novo desafio, “que é o de fazer a melhor administração da história da cidade”. O prefeito assegura que, pelo menos por enquanto, não tem compromisso eleitoral com nenhum dos convidados. “Não prometi apoiar este ou aquele em nenhuma eleição”, afirma.
ALTO LÁ --- Ele diz que dará espaços para o surgimento de novas lideranças, e para o fortalecimento de lideranças já consolidadas.“Desde que isso aconteça com um certo controle” – admite. Em outras palavras, desde que não atropele seu governo.
EX-PREFEITO ---- Mesmo não demonstrando – oficialmente, o interesse em voltar ao cargo ou em disputar vaga de deputado, no topo do ranking das “estrelas” está, sem dúvida, o engenheiro e ex-prefeito Luiz Guaritá Neto (1993/1996), de quem Piau foi secretário municipal.
NA SAÚDE --- Deputado estadual por dois mandatos, Fahim Sawan (sem partido) não deixa passar uma eleição municipal sem tentar se eleger prefeito. A campanha de 2012 não foi diferente. Fahim saiu do 1º turno na quinta colocação, com 17.806 votos. Assumiu a Secretaria de Saúde, pasta que já comandou e de onde saiu direto para o primeiro mandado de deputado estadual (2003/2006).
FILHO DE PEIXES --- O filho do ex-prefeito e ex-deputado federal e da ex-deputada estadual Wagner do Nascimento e Isabel do Nascimento, nunca ocupou cargo eletivo. Entretanto, nunca escondeu a vontade de seguir o caminho dos pais, e até se preparou para brigar pelo cargo de prefeito.Wagner Júnior é filiado ao PTC e saiu das urnas no 1º turno de 2012 com 24.243 votos, na quarta colocação. Está no comando da Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande – Cohagra, que deu tanta visibilidade ao ex-presidente, Samir Cecílio (PR), que ele se tornou o vereador mais votado de 2102 e da história da Câmara de Uberaba.
SEM DISFARCE --- E tem ainda, a advogada Eclair Gonçalves, que preside o DEM de Uberaba - líder no ranking das filiações, com 4.930 pessoas. Eclair retornou ao comando do Programa de Defesa dos Direitos do Consumidor/Procon. Candidata a prefeita em 2004, ela saiu das urnas com mais de 13.484 votos. Performance, na época, foi atribuída justamente ao trabalho realizado no Procon.
Em 2012 foi pré-candidata a prefeita, mas desistiu para que os candidatos a vereador da legenda tivessem maior chance de eleição ou reeleição se o DEM coligasse com a aliança de Paulo Piau.

E MAIS NOMES FORAM ANUNCIADOS

Diretor-executivo da Fundação de Ensino Técnico Intensivo – Feti
Lourival dos Santos (PCdoB) - Ex-vereador, ex-presidente da Câmara, atua na área social, fundador do Projeto João de Barro e fundador do projeto Vivência de Valores Humanos (foto 1)
Diretor da Fundação Cultural
Carlos Alberto de Godoy (PTB) - Ex-vereador, educador, formado em História com pós-graduação e mestrado na área. Ativista das questões culturais e educacionais (foto 2)
Subsecretaria de Esporte e Lazer
Itamar Ribeiro de Rezende (DEM) - Militante da área esportiva, ex-presidente do Atlético da Abadia, ex-vereador por 16 anos (foto 3)
Secretaria de Meio Ambiente e Turismo
Vinícius José Rios Rodrigues (sem partido) – Engenheiro Agrônomo, pós-graduado em Meio Ambiente, empresário e produtor rural
Secretaria de Esporte e Lazer
Alan Carlos (PP) - Professor, formado em Educação Física e Odontologia foi presidente da Associação Brasileira de Odontologia – ABO/Uberaba, atua também como narrador esportivo, é diretor na Universidade de Uberaba
Subchefia de Gabinete
Maria Batista Teodoro Varotto (DEM) - Administradora de Empresas, servidora pública municipal concursada há 28 anos. Já passou pelas Secretarias de Governo e Administração
Vice-presidente na Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba
João Caldas  (PMDB) - Administrador de empresas, ex-diretor da Codiub
Subcontroladoria  
Marcos Jamal (PP) – Advogado, ex-subprocurador da Câmara Municipal de Uberaba
 -----------------------
O QUADRADO DO AA --- Uma coisa é certa: se foi para chamar a atenção ou falta de tempo, Anderson Adauto conseguiu fazer a diferença na galeria dos ex-prefeitos.

A POSTOS --- Eleito e empossado dia 1º de janeiro, o presidente da Câmara de Vereadores, Elmar Goulart (PSL), tem dedicado boa parte do seu tempo, neste início de gestão, para recepcionar lideranças políticas e comunitárias. Já recebeu, por exemplo, o deputado estadual Antônio Lerin (PSB), que tem fortes ligações com a Câmara Municipal, de onde saiu direto para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais. E ainda: o presidente do PSD/Uberaba, deputado federal Marcos Montes. Objetivo dos dois visitantes foi de parabenizar o presidente pela eleição para a primeira mesa diretora da legislatura 2013/2016 e para se colocarem à disposição dele e dos interesses do Poder Legislativo Municipal – tanto na Assembleia de Minas quanto na Câmara dos Deputados

BOA VIZINHANÇA --- E Marcos Montes também pediu audiência e foi recebido pelo prefeito Paulo Piau. Na pauta, a colocação do mandato à disposição de Uberaba.
------------------
------------------
NO LEGISLATIVO ---- Câmara Municipal inicia as contratações. Direção-geral fica com Paulo Roberto Martineli – que também assume, interinamente, o Departamento de Pagamentos e Finanças, enquanto Rodrigo Gonçalves Souto é nomeado para o cargo de procurador-Geral. Rosângela de Jesus Alkmim Silva é a controladora-Geral; José Eilson Câmara assume o Departamento de Gestão de Recursos Humanos; Geraldo Teixeira Gomes é o diretor do Departamento de Compras; Iomar Ribeiro Policarpo é diretor do Departamento de Gestão Contábil e Financeira, e Nilva Cristina Almeida Pagani foi nomeada diretora do Departamento Parlamentar.
 ----------------------

CURIOSIDADE HISTÓRICA 1
1º vereador comunista de Uberaba
foi cassado antes da posse
Alexandre Barbosa (foto) foi um rebelde com causas. Entre 1913 e 1915, identificou, como agrimensor, a localização da “Estrada do Anhanguera”, peça chave na sustentação da defesa contra as prerrogativas da Igreja Católica, que lutava para recuperar um patrimônio doado a ela no começo do século XIX. 
Liderou uma greve dos alfaiates por melhorias salariais, movimento que atingiu seu objetivo após três dias de paralisação. Se tornou comunista e, em 1925, já com 71 anos de idade, foi eleito vereador com expressivos 1.510 votos. Ganhou, mas não levou. 
Políticos conservadores e o batalhão de polícia da cidade arrombaram a porta de entrada do prédio da Câmara Municipal de Uberaba, anularam a eleição e o expulsaram. A cassação se deu por influência do governo do Estado (leia-se Fernando de Melo Viana, do Partido Republicano Mineiro). 
As fontes são o Projeto Memória Viva da Câmara e a obra Dois Séculos de História, de Guido Bilharinho.

CURIOSIDADE HISTÓRICA 2
Camarada Lorotoff e sua língua afiada
Eduardo Palmério (1906-1976), conhecido também pelo pseudônimo Camarada Lorotoff,
foi um cronista muito popular que atuou na imprensa paulistana entre as décadas de 1940 e
1970. Seus comentários eram marcados por um extraordinário senso de humor, pela crítica
social original e pela postura política independente. 
Eduardo Palmério nasceu em Sacramento (MG), começou a carreira em Uberaba, trabalhou na capital paulista e publicou quatro livros entre 1949 e 1958. Ele era irmão do escritor e fundador da Universidade de Uberaba – Uniube, Mário Palmério (1916-1996).
Para recuperar a memória deste personagem, o historiador André Azevedo da Fonseca,
professor e pesquisador na Universidade Estadual de Londrina - UEL, publicou um perfil
intelectual do cronista na Revista da Intercom. E os achados são verdadeiras pérolas da
história da crônica brasileira.
Fonseca observa que Eduardo Palmério conseguiu captar as sensibilidades do público de seu tempo e, por meio de trocadilhos irônicos, anárquicos e surpreendentes, expressou a opinião de seus contemporâneos sem cair na armadilha do corporativismo partidário.
Ele explica que descobriu os textos do Camarada Lorotoff durante as pesquisas para o
livro A construção do mito Mário Palmério, lançado recentemente pela Editora Unesp.
Talvez pela celebridade do irmão, Eduardo foi deixado de lado. Mas sua produção é relevante e oferece uma contribuição significativa para a história da crônica brasileira” – afirma o pesquisador.

A pesquisa está disponível no site da Revista da Intercom:

FRASES DE EDUARDO PALMÉRIO  
“Um romance de Eça de Queiroz vale bem mais do que um quilo de bacalhau, e custa
bem menos”.
“Ninguém é burro por falta de dinheiro, – a maioria o é por excesso...”
“O gado não defeca para adubar o solo, e sim para aliviar o intestino. Com a esmola
dá-se coisa parecida”
“Coisa singular: dá-se dinheiro aos mendigos, mas não se quer que os mendigos
ganhem dinheiro. Veja lá se é possível entender-se isto!”
“Mais vale errar por conta própria do que deixar que acertem por nós.”
-------------------------




---------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário