16 de março de 2013

CONTA-GOTAS...Notícias

Os mapas usados pelos separatistas para delinear um suposto Estado do Triângulo  agora ganham
um objetivo oposto: em vez de emancipação, os mapas  - que circulam pela Internet,
passam a indicar um eventual fortalecimento regional
ESPECIAL
Uberaba e Uberlândia começam a movimentar-se em torno do Aeroporto Internacional e da Região Metropolitana do Triângulo Mineiro
Empossados dia 1º de janeiro de 2013, os novos governantes de Uberaba – 302.623 habitantes e 212.874 eleitores, e de Uberlândia – 619.536 habitantes e 444.673 eleitores, começam a tirar do papel, duas grandes propostas emblemáticas e polêmicas, com todos os ingredientes para provocar intensos debates ao longo da mesorrregião do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba.
Ex-colegas de Câmara dos Deputados – cargos aos quais renunciaram por terem sido eleitos prefeitos em 2012, Paulo Piau (PMDB) e Gilmar Machado (PT) não estavam blefando quando falavam em Aeroporto Internacional e em Região Metropolitana.
A BASE --- Já devidamente instalados na presidência da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande – Amvale, e da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba - Amvap, Paulo Piau e Gilmar Machado caminham no sentido oposto ao movimento separatista.
Dizem que, em vez de criar um Estado independente de Minas Gerais, querem sim, é implementar ainda mais, o desenvolvimento econômico, humano e social dos 66 municípios que integram a mesorregião mais abastada das terras mineiras.
Se as propostas derem de cara com o sucesso, então os resultados políticos serão colhidos no futuro, naturalmente, pelos dois líderes do movimento regional.
NA PRÁTICA --- Por enquanto, o que salta aos olhos é a publicação no Porta-Voz – jornal oficial/virtual do município de Uberaba (edição 1.068/de 15-03-2013), em que Paulo Piau cria uma Comissão Especial com dois objetivos: analisar a viabilidade da implantação do Aeroporto Internacional e da Região Metropolitana do Triângulo Mineiro.
De acordo com as portarias 29 e 30, a Comissão Especial tem seis meses, a partir deste 15 de março, para apresentar os relatórios finais.
PARCERIA --- Integram o grupo, o chefe de Gabinete, Fernando Hueb; o assessor Especial de Projetos Estratégicos e secretário-executivo da Amvale, Antônio Sebastião de Oliveira; e o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Edson Alves Fernandes.
As portarias são explícitas: os trabalhos devem ser desenvolvidos em parceria com grupo criado para o mesmo fim pelo prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado.

REGIÃO METROPOLITANA
Governador Antônio Anastasia (PSDB) foi informado oficialmente pelo prefeito Paulo Piau sobre a Região Metropolitana, quando esteve em Uberaba, dias atrás, para a solenidade de entrega da Comenda da Paz Chico Xavier. Até então, sabia por “ouvir dizer”.
NA VIZINHANÇA --- Por sua vez, o prefeito Gilmar Machado, aproveitou a prestação de contas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Uberlândia, com a presença, inclusive do presidente, deputado estadual Dinis Pinheiro (PSDB), para anunciar a disposição, dele e do colega de Uberaba, de retomar a tramitação da criação de uma Região Metropolitana – que está suspensa na Assembleia.
TRAMITAÇÃO --- A bancada de deputados estaduais do Triângulo, formada por 13 deputados, pretende desarquivar a proposta – que chegou à Assembleia em 2001 e foi arquivada em 2003. Na época, a Comissão de Constituição e Justiça emitiu parecer concluindo pela ilegalidade do Projeto de Lei Complementar, por entender que ele não cumpria os requisitos previstos na Constituição do Estado.
COOPERAÇÃO --- De modo geral, as regiões metropolitanas constituem um aglomerado de municípios que tem por objetivo realizar tarefas públicas que exigem a cooperação entre os municípios, como os serviços de saneamento básico e de transporte coletivo, por exemplo. Além disso, têm acesso a recursos, programas e projetos extras federais.

Aeroportos de Uberaba e de Uberlândia vão provocar muitos debates.  (Fotos: Infraero)
AEROPORTO INTERNACIONAL
Com local ainda sob suspense – mas, provavelmente ao longo da BR/050, o Aeroporto Internacional de Cargas pode surgir entre Uberaba e Uberlândia. Especulam-se que a construção do terminal aeroportuário pode acontecer na divisa entre as duas cidades: o Km 107 da BR/050. Paralelamente, Uberaba e Uberlândia articulam melhorias nos aeroportos já existentes, com vistas a torná-los adequados às exigências da Agência Nacional de Aviação Civil - Anac. Enfim é assunto pra muitos meses.
Enquanto isso, vale dar um passeio pelas estatísticas da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero, sobre os aeroportos Mário de Almeida Franco, de Uberaba, e César Bombonato, de Uberlândia...


-------------------
INTEGRAM A MESORREGIÃO/REGIÃO METROPOLITANA DO TRIÂNGULO...
Microrregião de Araxá
Microrregião de Frutal
Microrregião de Ituiutaba
Microrregião de Patos de Minas
Microrregião de Patrocínio
Microrregião de Uberaba
Microrregião de Uberlândia
----------------
PREMONIÇÕES
(Que futuro!)
Enquanto isso, em Uberaba... União dos Jovens e Estudantes do Brasil – UJE, e a União Nacional de Jovens e Estudantes – UNJE, lutam uma guerra de guerrilha nos bastidores e nas redes sociais. No centro da troca de acusações, estão as famosas carteiras de estudantes. Se continuar neste pique, a disputa tende até a virar caso de polícia e ou a desaguar na Justiça.

INUSITADO --- Tem gente planejando uma homenagem especial a dois vereadores: o democrata Marcelo Machado Borges – presidente das comissões permanentes de Saúde e Saneamento e de Assistência aos Servidores Municipais, e o republicano Samuel Pereira – presidente das comissões de Orçamento e Finanças e de Micro e Pequenas Empresas. Motivo: conseguiram lotar as galerias da Câmara na audiência pública idealizada por eles, e que discutiu o combate à Dengue, na noite de quarta-feira, dia 13.

TÍMPANOS --- Fã ardoroso da TV Câmara/Canal Câmara manda e-mail a esta coluna pedindo a intervenção num assunto de saúde pública – ou pelo menos, de saúde dele próprio. Refere-se aos “apitos” que indicam o final de tempo de cada manifestação dos vereadores durante as sessões plenárias. “Vou acabar ficando surdo” – se queixa.

INCANSÁVEL ---- Formada em história e geografia, servidora de carreira da Prefeitura de Uberaba há quase 25 anos, a ex-candidata a vice-prefeita na chapa liderada pelo deputado estadual Adelmo Leão (PT) – que saiu das urnas em terceiro lugar, Luciene Fachinelli (PSL), não se desligou. Se continuar neste pique, vai entrar 2014 como a candidata a deputada estadual mais animada da campanha.

Castro Namuaca (à esq.) é recebido por Paulo Piau (centro) e Luiz Dutra (à dir.)
REVELAÇÕES PARTIDÁRIAS
A vida andou agitada para o vereador veterano Luiz Dutra – que acaba de inovar com a criação do seu gabinete online. Nas últimas horas, ele fez e foi alvo de revelações. Contou que, na 2ª Reunião de Planejamento e Gestão Partidária do PDT, em Belo Horizonte, o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, reconheceu o erro e pediu desculpas, de público, por ter sido contra sua indicação para comandar a Comissão Municipal Provisória do PDT/Uberaba no ano passado.
REVELAÇÕES INTERNACIONAIS
Já o presidente do Conselho Municipal de Nampula, economista Castro Namuaca, revelou que Luiz Dutra, quando esteve na sua cidade – capital da província do mesmo nome, em Moçambique/África, no ano passado, fez discurso para mais de 50 mil pessoas em praça pública. Era aniversário da cidade e Dutra, que era presidente da Câmara de Uberaba, foi convidado a usar o microfone.
SONHO DE CONSUMO
A deferência ao então presidente da Câmara de Uberaba tem razão de ser: a cidade de Nampula é administrada em conjunto, pelo Conselho Municipal (similar às prefeituras brasileiras) e a Assembleia Municipal (similar às câmaras). Em resumo: é o sonho de consumo dos vereadores brasileiros, que fazem campanha eleitoral prometendo mundos e fundos, que são de competência do Executivo.
EM CASA
E ao receber o título de cidadão uberabense, na semana passada, Castro Namuaca demonstrou estar muito à vontade no plenário da Câmara de Uberaba. Em discurso improvisado, deu um show de bola, e mais: citava o nome do presidente, Elmar Goulart (PSL), como se fosse amigo de infância. O mesmo aconteceu no encontro com o prefeito Paulo Piau – quando trataram de projetos e programas relacionados às duas cidades. 

PELA LÓGICA
Voltando ao discurso de Carlos Lupi, é de se concluir, pois, que Luiz Dutra será reconduzido à presidência do PDT/Uberaba. A vigência da executiva provisória terminou dia 8 de março. Estava sob o comando do vereador-presidente da Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação e da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara.
DISPUTA
Na verdade, sem apoio de lideranças – tipo Carlos Lupi, por exemplo, Luiz Dutra teve que travar uma batalha e tanto, pelo comando do partido, com o economista João Franco, ex-homem forte e depois inimigo político do ex-prefeito Anderson Adauto (sem partido). Franco queria ser candidato a prefeito em 2012, mas, sem sucesso, se aliou ao deputado estadual Antônio Lerin (PSB), que perdeu as eleições para Paulo Piau.
-------------
Toninho Andrade
QUE SUFOCO! --- Às voltas com a reaproximação entre os governos municipal e estadual de Minas Gerais, o prefeito Paulo Piau (PMDB) vê seu amigo do peito e companheiro de partido, deputado federal Antônio Andrade, assumir o comando do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Detalhe: PSDB do governador Antonio Anastasia e PMDB de Antônio Andrade vão digladiar-se a partir dos próximos meses, com vistas às eleições de 2014.
O TEMPO URGE ---- Mas, é preciso reconhecer: antes de a situação degringolar de vez, o prefeito de Uberaba terá oportunidade de tirar bons proveitos para seu governo. Anastasia está fazendo das tripas o coração pra agradar o novo parceiro, enquanto as portas do Ministério da Agricultura – se antes eram abertas, agora ficam escancaradas.
PADRIM --- Aliás, o novo ministro tem grandes responsabilidades com o mandato 2013/2016 de Uberaba. Coube a ele, como presidente do PMDB de Minas Gerais, decretar, organizar e comandar a intervenção no PMDB de Uberaba – que permitiu, sem sombra de dúvida, a candidatura e a consequente vitória de Paulo Piau em 2012. Moral da história: a reciprocidade é super verdadeira.
----------------
VITÓRIA --- Tony Carlos ri de orelha a orelha 
EM FESTA
Vereador veterano e atual líder do prefeito na Câmara – além de 1º suplente de deputado estadual de seu partido, Tony Carlos (PMDB), está que não se aguenta de tanta alegria. E não é pra menos: receosas das retalições que viriam por aí, tanto por parte da Prefeitura quanto da Justiça, as concessionárias de transporte coletivo, Líder e Piracicabana, decidiram sair do confronto direto e garantiram o cumprimento da lei que concede passe livre para maiores de 60 anos. A lei é de autoria de Tony, em parceria com a ex-vereadora Marilda Ribeiro (PT).
8 ANOS DEPOIS ---- A luta vem de 2005...Sancionada pelo então prefeito Anderson Adauto (sem partido), que depois mudou de ideia e ingressou na Justiça contra a medida, a lei 9.822, aprovada pela Câmara, ganhou o apoio do Ministério Público, e do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que também determinaram o cumprimento por parte das duas concessionárias. Só agora, ameaçadas de ações por todos os lados, as empresas deram a mão à palmatória. Devem recorrer, mas como o recurso não terá efeito suspensivo, o jeito é cumprir enquanto isso.
ORIENTAÇÕES --- De acordo com a Superintendência de Transportes do Município, a ordem judicial determina que documentos originais com foto podem ser utilizados para o acesso ao transporte. No entanto, para agilizar o atendimento é importante que os idosos se cadastrem na sede da empresa, no 2º piso do Elvira Shopping na praça Rui Barbosa.
O acesso com documentos não será proibido, mas a carteira cadastrada agiliza o acesso.
O usuário que se sentir prejudicado com a falta de serviço, pode registrar denúncia pelo telefone 3318-0408, ou pelo telefone 3333-7666, do Programa Municipal de Defesa dos Direitos do Consumidor - Procon, que também está de olho para que a lei seja cumprida.
------------------
Secretária diz que tudo está sendo feito para professora voltar ao trabalho
Secretária Municipal de Educação e Cultura, Silvana Elias, assegura que não existe de sua parte, ou de qualquer integrante do atual governo, a intenção de prejudicar a professora Vânia Célia Correa de Lima, 55 anos de idade, 27 deles seguindo carreira na Prefeitura de Uberaba.
A QUEIXA --- A professora pediu socorro, através desta coluna – divulgado na edição anterior, alegando que está sendo perseguida desde outubro de 2012, quando se licenciou para se candidatar a vereadora. “Estou desesperada, pois desde outubro, quando me licenciei pra candidatar, que eu não recebo meu salário” – afirmou.
O OUTRO LADO ---Infelizmente, a professora não trabalha desde quando se candidatou a vereadora, inicialmente por licença como servidora pública, e posteriormente não se sabe bem o motivo, mas apesar de não trabalhar em outubro e novembro, a profissional recebeu seus vencimentos normalmente” – assegura Silvana Elias.
SOLUÇÃO --- De acordo com a titular da Secretaria de Educação e Cultura, desde janeiro de 2013, tudo tem sido feito para que a professora retorne ao trabalho. “Porém, ela não aceita indicação de  lugar pra atuar a não ser o Cemei Maria de Nazaré, onde não existe clima para sua lotação” – revela Silvana Elias, dizendo que já foi sugerido a ela, inclusive, o Cemei Abadia, além de várias outras alternativas.
A ORIGEM --- Vale lembrar que a própria professora, em sua queixa a Conta-Gotas, disse que era diretora da creche comunitária que foi transferida para o governo municipal – na administração passada, e transformada em Cemei Maria de Nazaré.
PROVIDÊNCIAS ---A secretária conta que foi obrigada a instaurar processo administrativo para tentar resolver o problema, e que já agendou, para terça-feira, 19 de março, mais uma reunião com Vânia Célia, desta vez com a assessoria jurídica da prefeitura, para alertá-la sobre as punições a que está sujeita, por não aceitar as determinações da Secretaria de Educação.
------------
TEMPO INTEGRAL --- E falando em Procon, a coordenadora Eclair Gonçalves aproveitou o Dia Mundial do Consumidor – 15 de março, para fazer alguns anúncios. A partir de agora, o órgão vai atender em período integral - das 9h às 17h.
XÔ, DÍVIDAS! --- O Procon também está lançando um serviço extra para os consumidores com superendividamento. Segundo Eclair, é preciso orientar o cidadão que já não sabe como lidar como o montante da dívida. Eles serão orientados e terão o órgão como intermediário nas negociações com os credores.
SANTO DE CASA --- Uma terceira novidade é a intensificação das apurações sobre queixas contra a prestação de serviços por parte da Prefeitura de Uberaba. “Entendo que a administração municipal tem que prestar um bom serviço, e se existe reclamação também devemos ser chamados à responsabilidade, pois temos que dar exemplo” – afirmou Paulo Piau, durante solenidade do Dia do Consumidor.

FERIADÕES --- E serão os seguintes, os pontos facultativos na Prefeitura de Uberaba, em 2013: 29 de março (sexta-feira); 31 de maio (sexta-feira); 16 de agosto (sexta-feira); 24 e 31 de dezembro (terças-feiras).

MANIA VIRTUAL --- E a exibição do Porta-Voz – jornal oficial/virtual do município, continua seguindo a “orientação” do governo passado. O veículo de comunicação só entra no ar tarde da noite.

PARAQUEDAS --- Deputado federal enviou ofício à Câmara Municipal informando que foram liberados R$ 233,369 mil, de emenda de sua autoria ao Orçamento da União, para Uberaba adquirir uma ambulância. Detalhe1: o deputado é Reginaldo Lopes, do PT/MG, com base eleitoral em Bom Sucesso, São João Del Rei, Belo Horizonte...Detalhe2: Dos 150.891 votos válidos para deputado federal nas eleições de 2010, em Uberaba, Reginaldo levou 43.

VIGILÂNCIA --- Prefeito Paulo Piau anuncia a instalação de câmeras de vídeo para monitoramento nas Unidades de Pronto-Atendimento – UPA´s . Objetivo, segundo ele, é oferecer segurança a pacientes e servidores.
O prefeito lembra que as reclamações que chegam à Secretaria da Saúde, tanto se referem a atendimento, como também, a práticas agressivas de pacientes contra os servidores.
Com as câmeras, teremos conhecimento real sobre o que acontece nas UPA’s. Mas, o mais importante é a questão da segurança, tanto dos pacientes quanto dos servidores”, diz.
-------------------
Luís Carlos dos Santos preside o Sindicato dos Servidores Públicos
Municipais de Uberaba - SSPMU, que liderou a luta pelo fim do
uso das súmulas vinculantes na Prefeitura de Uberaba
PROJETO DAS SÚMULAS CHEGA AO PODER LEGISLATIVO
Projeto de lei do prefeito Paulo Piau, que oficializa o fim do uso das súmulas vinculantes para calcular salários dos servidores municipais, foi protocolado na Câmara de Vereadores. Expectativa do governo e do funcionalismo é de que a matéria seja votada e aprovada o mais rapidamente possível, de forma que, já no começo de abril os servidores recebam os salários relativos a março sem a aplicação das súmulas.
ACIMA DO MÍNIMO --- O projeto prevê um reajuste médio de 6,73%, o que – segundo a justificativa, significa 0,73% acima da inflação. Para os 4.225 servidores que recebem mais que o salário mínimo nacional, o percentual aplicado será de 6% a partir do dia 1º de março.  
ABAIXO DO MÍNIMO --- Para os que recebem salário abaixo do mínimo estão sendo aplicados: 17,36% para 1.722 servidores; entre 12% e 15% para 1.335 servidores; de 9% a 12,04% para 463 servidores, e de 6,3% a 9% para 70 servidores.
IGUAL AO MÍNIMO --- Mesmo com os reajustes, 3.591 servidores terão seus vencimentos iguais ao salário mínimo nacional, cujo valor atual é R$ 678.
------------------
EM ISRAEL --- Parque Nacional de Megido - Lugar Arqueológico.
Ruínas de construções que remontam em até 7.000 anos, passando pelos reis de Israel. 
CURIOSIDADE HISTÓRICA 1
A peregrinação pela Terra Santa
Caminhos da fé de um padre de Uberaba
Ordenado padre há cerca de 12 anos pelo então arcebispo de Uberaba, dom Aloisio Roque Oppermann, o reitor do Santuário de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, Ricardo Alexandre Fidelis, está brindando os frequentadores do Facebook com a divulgação de imagens de sua peregrinação pela Terra Santa. Já são cerca de 900 fotos de lugares cercados de religiosidade, na Turquia, Egito, Jordânia, Israel...
Trata-se de excursão idealizada e organizada pelo padre uberabense, com o objetivo de apresentar e divulgar os principais centros religiosos/culturais relacionados à Igreja Católica. Não é o primeiro feito, por sinal. Ricardo Alexandre Fidelis já havia organizado outra viagem/excursão, neste caso aos principais santuários marianos na Europa e, também, a Roma, centro da Igreja Católica.
O missionário
Pra ilustrar: Ricardo Alexandre Fidelis iniciou na vida religiosa em 1993, aos 17 anos de idade, na congregação dos Terciários Capuchinhos. Após uma experiência de cinco anos, deixou a congregação para ingressar no Seminário de Teologia da Arquidiocese de Uberaba, o que culminou em sua ordenação. Trabalhou na Paróquia do Santíssimo Sacramento em Uberaba e Nossa Senhora do Carmo em Prata. Retornou a Uberaba, assumindo a Coordenação da Pastoral da Arquidiocese e a função de reitor do Santuário de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa.

PETRA --- Clima de aventura na Jordânia
PETRA – JORDÂNIA
*Ricardo Alexandre Fidelis
(Publicado no seu mural no Facebook)
"Um dia inesquecível! Conhecer Petra era um desejo que me acompanhava desde a infância (Desde que assistia a "Indiana Jones e a Última Cruzada")!
Valeu a pena!
Petra (do grego πέτρα, petra; árabe: البتراء, Al-Bitrā/Al-Batrā) é um importante enclave arqueológico na Jordânia, situado na bacia entre as montanhas que formam o flanco leste de Wadi Araba, o grande vale que vai do Mar Morto ao Golfo de Aqaba, perto do Monte Hor e do Deserto de Zin.
Em 7 de Julho de 2007 foi considerada, numa cerimônia realizada em Lisboa, Portugal, uma das novas sete maravilhas do mundo.
O ano 312 a.C. é apontado como data do estabelecimento dos Nabateus no enclave de Petra e da nomeação desta como sua capital. Durante o período de influência helenística dos Selêucidas e dos Ptolomaicos, Petra e a região envolvente floresceram material e culturalmente, graças ao aumento das trocas comerciais pela fundação de novas cidades: Rabbath 'Ammon (a moderna Amã) e Gerasa (actualmete Jerash).
Devido aos conflitos entre Selêucidas e Ptolomaicos, os Nabateus ganharam o controle das rotas de comércio entre a Arábia e a Síria.
Sob domínio nabateu, Petra converteu-se no eixo do comércio de especiarias, servindo de ponto de encontro entre as caravanas provenientes de Aqaba e as de cidades de Damasco e Palmira.
O estilo arquitectónico dos Nabateus, de influência greco-romana e oriental, revela a sua natureza activa e cosmopolita. Este povo acreditava que Petra se encontrava sob a protecção do deus dhû Sharâ (Dusares, em grego).
As ruínas de Petra foram objecto de curiosidade a partir da Idade Média, atraíndo visitantes como o sultão Baybars do Egipto, no princípio do século XIII.
O primeiro europeu a descobrir as ruínas de Petra foi Johann Ludwig Burckhardt (1812), tendo o primeiro estudo arqueológico científico sido empreendido por Ernst Brünnow e Alfred von Domaszewski, publicado na sua obra Die Provincia Arabia (1904).
O nome Petra vem do grego e significa rocha. Pois quando os primeiros nativos chegaram lá, viram muitas pedras e rochas e, então surgiu a ideia de colocar o nome Petra e traduzido basicamente A cidade das rochas."
**Observação: O filme Indiana Jones e a Última Cruzada conta a estória do arqueólogo Indiana Jones (Harrison Ford), que, auxiliado pela bela e misteriosa dra. Elsa Schneider (Alison Doody) e por um velho colega, o prof. Marcus Brody (Denholm Elliott), parte em busca do Santo Graal. Mas primeiro tem que resgatar o prof. Henry Jones (Sean Connery) das mãos dos nazistas (também sequiosos pelo mítico objeto), pois não só ele é seu pai como, na condição de respeitado medievalista, possui os mais fortes indícios sobre o paradeiro do cálice sagrado. Dirigido por Steven Spielberg, o filme foi lançado em 1989 pela Paramount Pictures / Lucasfilm Ltda.
----------------
CURIOSIODADE HISTÓRICA 2
Os aeroportos de Uberaba e de Uberlândia
*Textos: Infraero
Voo inaugural da Vasp no Campo de Aviação de Uberaba  (Foto: Arquivo Público de Uberaba)
Aeroporto Mário de Almeida Franco
Em 14 de abril de 1934 os voos inaugurais da rota São Paulo/Uberaba pela empresa VASP com dois bimotores “Monospar” de quatro lugares com três frequências semanais (2ª, 4ª e 6ª feiras) marcam o início das atividades do então Campo de Aviação de Uberaba.
O Terminal de Passageiros foi inaugurado na década de 50.
Mas, apenas em 1958, quando a Prefeitura Municipal, na época representada pelo prefeito Artur de Mello Teixeira, fez a doação do Campo de Aviação de Uberaba  para  o  então  Ministério  da  Aeronáutica,  o  campo  de  aviação  foi  elevado  para  Aeroporto  com  a denominação de “Aeroporto  Santos Dumont”.
Em 1980 a Infraero assumiu o controle e administração do aeroporto de Uberaba. A partir desta data foram  iniciadas as modernizações  de todo sistema operacional, administrativo e de segurança.
Dentre elas a instalação de sistemas de navegação aérea, implantação de torre de controle, sistemas de balizamento noturno, estação meteorológica de superfície, tetometro a laser, farol rotativo de aeródromo, construção de seção conta incêndio com operação 24 horas, reforma e ampliação do terminal de passageiros em 2008 - que ampliou a capacidade operacional de 100.000 para 200.000 passageiros ano.
Por que Mário de Almeida Franco
A história mundial da aviação começou quando o inventor Santos Dumont, no início do século XX, fez o primeiro voo com um artefato mais pesado que o ar.
Porém, a aviação comercial brasileira começou no dia 27 de janeiro de 1927, quando o hidroavião Atlântico decolou do Rio de Janeiro com destino a Porto Alegre onde chegou dois dias e várias escalas depois.
Nos primeiros anos, o desenvolvimento dessa atividade esteve ligado ao pioneirismo dos arrojados e intrépidos pilotos da nossa história.
Muitos outros homens também foram responsáveis pela popularização dessas belíssimas e complexas máquinas de voar.
Um deles é Mário de Almeida Franco, que, embora nascido na cidade de Ribeirão Preto – SP, em 1910, ainda jovem mudou-se para Uberaba para dedicar-se à agropecuária.
Com a sua perspicácia comercial, Mário tornou-se proprietário rural e exportador de Zebu e, apaixonado que era pela aviação, habilitou-se como piloto no Aero Clube de Uberaba em 1938.
Com suporte financeiro suficiente, Mário foi um dos primeiros proprietários de aviões nesta cidade, tendo adquirido vários aparelhos, dentre eles um monomotor modelo PA28, da Píper, e um Stinsos 105. Em Goiás, conseguiu comprar um avião que pertenceu a Benito Mussoani, conduzido por um piloto norteamericano, especialmente contratado para esse fim.
Todos os seus aviões eram guardados em sua fazenda, onde construiu um hangar e uma pista de pouso.
Pela sua generosidade, Mário permitia a utilização da pista por alguns pilotos que precisavam cumprir horas de voo determinadas por lei, para obtenção do “brevê”, visando ao ingresso em companhias aéreas de grande porte.
Seu interesse pela aviação também motivou a doação de parte da área da  Fazenda
São Geraldo, de sua propriedade, para a instalação do Aeroporto de Uberaba.
Mário de Almeida Franco faleceu em 9 de julho de 1974, aos 84 anos e portanto, foi mais do que justo conferir seu nome ao aeroporto de Uberaba.
Aeroporto hoje é denominado Mário de Almeida Franco de acordo com a Lei Federal 11.519, de 14 de setembro de 2007.

Aeroporto César Bombonato
Aeroporto de Uberlândia é 3º maior do Estado e tem capacidade para atender mais de 600 mil passageiros por ano.  Serve uma rica região onde a indústria, agropecuária, comércio e o setor de serviços se destacam. A região conta também com um número grande de universidades, e tem se firmado como um importante destino brasileiro para o turismo de negócio. O aeroporto tem acompanhado o crescimento da aviação e do pólo industrial da região.
O aeroporto opera com moderno sistema de climatização na sala de embarque/desembarque e está adaptado para acessibilidade dos PCN - portadores de necessidades especiais.
No mesmo período o pavimento dos pátios e pistas de pouso e decolagem passaram por reforços, o que permite a operação de aeronaves de grande porte como o Air Bus 320 e B737-800, tendo em vista que o suporte do PCN passou de 27 para 43.
O movimento de aeronaves e passageiros tem apresentado um expressivo crescimento, principalmente nos anos anteriores.
Em 2004, o aeroporto registrou um acréscimo superior a 150% no número de passageiros e atingiu a marca de 53.335 embarques/desembarque em julho de 2005, o que consolidou como o principal aeroporto do interior de Minas Gerais e o vigésimo quinto em termos de movimentação de passageiros.
No ano de 2008 ocupou o 29º lugar no ranking de receita e 27º no ranking operacional, tanto de passageiros como de aeronaves do Brasil.
Ainda em 2008 foi concluído um estudo de viabilidade técnica para a instalação de um Terminal de Logística de Carga, assunto este registrado através do Termo de Cooperação Técnica celebrado entre a Infraero e Prefeitura de Uberlândia, onde o município oferece entre outras, a contrapartida de doar o terreno para a construção do Terminal de Logística de Carga(TECA) e do novo Terminal de Passageiros.
Por que César Bombonato
Em 10 de maio de 1935, a aeronave pilotada pelo então tenente e depois brigadeiro Doorgal Borges, e pelo deputado estadual Fábio Bonifácio Olinda de Andrada, marca o primeiro pouso oficial na pista do "Aeroporto de Uberlândia", denominação designada através da Lei nº 1909, de 21 de julho de 1953.
No decorrer dos tempos, na marcha gradativa do crescimento impulsionado pelo espírito empreendedor do povo que a habitava, Uberlândia se despontava como uma robusta cidade e, desde o advento da aviação comercial, o aeroporto tornou-se ainda mais importante para o tão almejado desenvolvimento econômico e social.
Em 1980, a Infraero assumiu a administração do Aeroporto de Uberlândia. Em seguida, edificou o prédio administrativo, dando início a um novo tempo de melhorias, a partir do qual construiu a Seção de Contra Incêndio, casa de força, área de manutenção e torre de controle; revitalizou o balizamento luminoso, instalou o farol de aeródromo, o VOR/DME e a estação meteorológica de altitude.
Em 7 de junho de 2001, com a aprovação da Lei nº 10.234, sua denominação foi alterada para Aeroporto de Uberlândia César Bombonato.
Ele nasceu em Uberlândia no dia 3 de agosto de 1955, no seio de uma das primeiras e tradicionais famílias da cidade.
Ingressou na Força Aérea Brasileira (FAB) em 1972 e desempenhou diversas funções de chefia e liderança, destacando-se na aviação de caça e realizando vários cursos no Brasil e no exterior. Era exímio fotógrafo e desenhista.
Em 1993, após a eclosão do conflito na região da antiga Iugoslávia, a Organização das Nações Unidas (ONU) solicitou a participação do Brasil no esforço internacional de paz. Voluntário, o então major Bombonato foi selecionado entre vários candidatos para participar da citada missão como Military Observer (Observador Militar).
Pela sua destacada atuação foi nomeado chefe dos Observadores Militares na região de Bihac, enclave muçulmano cercado pelas forças sérvias dentro da Bósnia Herzegovina e comandou três equipes compostas por 28 oficiais de diversos países e mais 14 intérpretes.
A atividade bélica era de tal ordem que todo o pessoal da ONU tornou-se refém das forças sérvias, sendo vividas várias experiências dramáticas, não só pela ameaça das armas como também pela escassez de suprimentos.
No dia 6 de julho de 1995, após retornar ao Brasil, já promovido por merecimento a tenente-coronel aviador, ele foi condecorado com a Ordem de Rio Branco pelo presidente da República. Recebeu também a Medalha da ONU e a Comenda do Comandante da ONU na Força de Proteção das Nações Unidas(UNPROFOR). Foi designado para comandar o Esquadrão Adelfi, unidade aérea de combate sediada no Rio de Janeiro.
Na tarde do dia 24 de julho de 1998, o tenente-coronel aviador Bombonato decolou para uma missão de treinamento de bombardeio, quando sofreu o acidente que lhe tirou a vida.
-----------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário