20 de maio de 2013

CONTA-GOTAS...Notícias

Fonte: Portal da Transparência do Governo Federal

ESPECIAL
UFTM fica com 60% dos recursos dos convênios da União com Uberaba
De 1º de janeiro de 1996 – no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), até março de 2013 – passando por dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e agora Dilma Rousseff (PT), a União acertou 521 convênios com Uberaba. E investiu no total algo em torno de meio milhão de reais. Números e valores estão detalhados no Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União/Governo Federal.
PODEROSA --- Dos R$ 502,238 milhões aplicados nestes convênios, a União destinou mais de R$ 300 milhões só para a Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM, seja através da própria escola, seja através da Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba – a Funepu, que, diga-se de passagem, tem tudo a ver com a UFTM.
ENSINO E PESQUISA --- Os convênios relacionados à UFTM/Funepu são voltados para “o desenvolvimento conjunto das atividades de ensino, pesquisa e extensão, especialmente na gestão/administração dos recursos financeiros auferidos e repassados pelo Sistema Único de Saúde – SUS” ... e para o Hospital de Clínicas.
São provenientes dos ministérios da Educação e da Saúde.
SUS --- Vale lembrar que a UFTM/Hospital de Clínicas também é dona da maior fatia do bolo distribuído pela União/Estado/Município na Saúde de Uberaba.
OS CONVÊNIOS --- Segundo o Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União/Governo Federal, nos últimos 17 anos a maior parte dos convênios foi assinada pelo Ministério da Educação: 171.
Em seguida, aparecem o Ministério da Saúde (com 96 convênios); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (79); Ministério da Cultura (31); Ministério do Esporte (26);  Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (24); Presidência da República (21); Ministério das Cidades (17); Ministério do Turismo (11); Ministério da Justiça (10); Ministério da Integração Nacional (5), e “outros” – de pequeno porte (30).

Números atualizados indicam 
repasse de mais de 
R$ 40 milhões em 2013
Números atualizados pelo Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal – SIAFI, e divulgados na página Orçamento Brasil/Fiscalize, da Câmara dos Deputados, indicam que a União destinou R$ 40,148 milhões para Uberaba em 2013 – de janeiro à primeira quinzena de maio. 
A Saúde – segundo o SIAFI, ficou com mais de 50% deste volume. A União repassou R$ 25,513 milhões para serem aplicados na movimentação geral do município, incluindo os atendimentos em hospitais.
Assistência social recebeu até agora, R$ 700 mil, parte do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, e parte do Fundo Nacional de Assistência Social.
Educação recebeu R$ 3,6 milhões – incluindo a cota-parte do salário-educação.
Já o esporte foi beneficiado com R$ 890,378 mil, e o turismo, com R$ 668,376 mil.
De acordo com o SIAFI, o Ministério das Cidades liberou cerca de R$ 6 milhões para a Prefeitura de Uberaba aplicar em sistema de drenagem e sistema de transporte. Para a drenagem foram destinados R$ 5,8 milhões.
O Ministério da Cultura enviou algo em torno de R$ 800 mil para a Prefeitura de Uberaba, de janeiro à primeira quinzena de maio de 2013.

Fonte: Portal da Transparência do Governo Federal
Uberaba recebe royalties do petróleo e cota-parte pela exploração de minérios
Por sua vez, o Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União/Governo Federal traz os números de janeiro a março de 2013, somando a liberação de R$ 19,145 milhões. Apesar de “atrasados” em relação aos balanços fechados pelo SIAFI, os dados chamam a atenção quando vistos através de alguns quadros específicos.
Um deles, por exemplo, divide as verbas em oito ações – seis delas consideradas “encargos especiais”.
A Educação aparece em duas situações: Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica e Apoio ao Transporte Escolar na Educação Básica. No primeiro caso foram liberados R$ 496 mil, e no segundo, R$ 32 mil.
Os encargos especiais e as verbas liberadas de janeiro a março:
FPM - Fundo de Participação dos Municípios
R$ 12,6 milhões
Fundeb - Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação
R$ 4,368 milhões
Transferência da Cota-Parte do Salário-Educação
R$ 1,100 milhão
Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica
R$ 496 mil
Transferências do Fundo Especial dos Royalties pela Produção de Petróleo e Gás Natural
R$ 220,130 mil
Transferência do Imposto Territorial Rural
R$ 216 mil
Transferências de Cotas-Partes da Compensação Financeira  pela Exploração de Recursos Minerais
R$ 121 mil

Mais de 6.000 famílias recebem recursos diretos
Números divulgados pelo Portal da Transparência da Controladoria-Geral da União/Governo Federal dão uma visão clara do que é repassado pela União diretamente ao cidadão. No caso da Bolsa-Família os últimos números oficiais apontam que 6.216 famílias de Uberaba estão no programa. A união investe por mês, com todas elas, cerca de R$ 785 mil. Os valores por família são variáveis de acordo com o número de filhos. A média fica em torno de R$ 200.
 -----------------
Acesso à UFTM só através do Enem
E quem está de olho numa vaga na Universidade Federal do Triângulo Mineiro, em 2013, precisa ficar atento. A única alternativa de ingresso nos cursos da instituição será através do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem.  Inscrições estão abertas e serão encerradas dia 27 de maio, com provas previstas para os dias 26 e 27 de outubro. Sem esquecer que, a partir de agora, "brincadeirinhas sem graça" na redação vão zerar esta prova.
----------------- 
Público de olho na coreografia dos grupos de catira    (Foto: Rúbio Marra)
Incentivador defende valorização da moda de viola nos julgamentos da catira
Festival Nacional de Catira – promovido pela Fundação Cultural dia 11 de maio, com patrocínio da Petrobras e apoio da Associação Cultural Casa do Folclore, mostrou a necessidade de pelo menos uma mudança na estrutura do evento para as próximas versões. E quem admite é um dos maiores entendidos no assunto: o promotor cultural, proprietário da Casa do Folclore e grande incentivador e divulgador da catira/cateretê: o empresário Gilberto Rezende. Ele defende a importância de se separar, no julgamento, notas para os violeiros, e os recortados/coreografia.
VOZ POPULI --- O certo é que alguns grupos de catira saíram reclamando dos critérios de julgamento no que se refere à participação do violeiro – ou violeiros. “A mudança vai deixar o público  satisfeito, e a liturgia do folclore fica resguardada” – reflete Gilberto Rezende. Segundo ele, apesar de o 2º festival ter dado nota para violeiros, é preciso admitir que os grupos queixosos têm razão, pois as apresentações deram destaque à coreografia. “O recortado é mais movimentado e por isso chama a atenção, mas temos que valorizar a moda de viola” – diz ele.
CRITÉRIOS --- Portanto, no que depender do empresário – que já anda se movimentando para garantir o 3º Festival Nacional de Catira em Uberaba, “o julgamento precisa analisar e dar notas no recortado, no sapateado e na moda de viola”. Entenda-se por recortado quando as fileiras, encabeçadas pelos músicos, trocam de lugar, fazem meia-volta e retornam ao ponto inicial.

GERAÇÃO --- A família do produtor rural Paulo Cury (à esq.) – violeiro e líder do 
Grupo de Catira Geração Por Geração, oferece um espetáculo à parte. 
O grupo é formado por três filhos – duas mulheres e um homem, e pelas netas 
(Foto: Rúbio Marra)
Violeiros estão em falta no mercado
E por falar em violeiros, tem muita gente insistindo para que a Fundação Cultural de Uberaba aproveite o impacto e o sucesso do 2º festival para retomar as oficinas que eram oferecidas tempos atrás. O problema é que está faltando violeiro de moda e de catira no mercado. Hoje, em Uberaba, três nomes se destacam – Vinícius Teles e seu irmão, José Rezende, o Negrinho – do Grupo de Catira Revelação, e que levaram o 1º lugar no festival 2013; e Paulo Cury – presidente do Grupo de Catira Geração Por Geração.
------------
Sob os olhares atentos da padroeira de Uberaba, a unidade móvel MedSesc dá uma
forcinha na saúde pública da cidade    (Foto: Enerson Cleiton)
MedSesc desafoga fila eletrônica para exames de mamografia e ultrassom
Através de parceria com o Serviço Social do Comércio – Sesc, Sindicato do Comércio Varejista, Câmara de Vereadores e Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba – Codau, a Secretaria Municipal de Saúde tenta resolver mais um problema herdado pela atual administração: o grande número de pessoas que aguardam atendimento na fila eletrônica.
QUILOMÉTRICA --- Criada no governo passado para agilizar os atendimentos na saúde pública de Uberaba, a fila eletrônica se tornou uma complicação a mais para ser resolvido pelo atual governo.
Para se ter uma ideia, só à espera de exame de ultrassom existem 10 mil pessoas na fila.
POSTO MÓVEL ---- Através da parceria, a unidade móvel do Sesc – conhecida por MedSesc, inicia nesta terça-feira, 21 de maio, a partir das 8h, na praça da Igreja D´Abadia, a realização de exames de mamografia, ultrassonografia, além de instalar um estande para medir pressão e um centro de triagem.
Os exames serão realizados até dia 24 de maio, das 8h às 17h30.
PROVIDÊNCIAS ---- Servidores da Secretaria de Saúde vão entrar em contato com os pacientes que estão na fila eletrônica do ultrassom e entregar autorização, por ordem de marcação na fila.
No caso dos exames de mamografia, as interessadas devem entrar em contato com a Secretaria de Saúde, através do telefone 3331-2780, ou se dirigir diretamente ao Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher - Caism, para que recebam o encaminhamento por parte de um médico.
Ao todo, 360 exames serão realizados. São 120 de mamografia e 240 de ultrassom. O secretário admite que é impossível "limpar" a fila a curto e médio prazos.

HC realiza mutirões de cirurgias
Paralelamente, outra parceria já está em andamento, neste caso com o objetivo de desafogar a fila de espera para cirurgias e tomografia. De acordo com o titular da Secretaria de Saúde, médico Fahim Sawan, o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro já realizou mais de 130 cirurgias de catarata, das 470 que estavam na fila.
------------

20 anos de reforma agrária no Triângulo Mineiro
Reforma agrária é tema de reunião que acontece nesta terça-feira, 21 de maio, a partir das 19h, na sede da Cúria Metropolitana de Uberaba – localizada na praça Dom Eduardo, ao lado do Colégio Marista Diocesano.
O evento terá a presença de assentados da região e pretende acertar detalhes sobre as atividades que vão comemorar os 20 anos do Assentamento Nova Santo Inácio Ranchinho, no município de Campo Florido/MG.
A mobilização é baseada numa série de reflexões, entre elas: as vitórias e desafios da luta pela terra; agricultura familiar e perspectivas, e conjuntura e reforma agrária.
Contatos podem ser feitos pelo e-mail Barrosomtl@yahoo.com.br e/ou pelo telefone (34) 9698-9600.
----------------
FINAL FELIZ --- Leitor/eleitor da mais alta qualidade, Luiz Renato Rodrigues da Cunha comemora a instalação de banheiros químicos na feira d´Abadia. Equipamentos já funcionaram domingo, oferecendo comodidade aos feirantes, clientes e visitantes. Luiz Renato é um dos que se queixaram da ausência de banheiros na feira, conforme publicado em Conta-Gotas.

QUEIXA 1 --- Pela milésima vez, os vereadores de Uberaba se queixaram da falta de quórum para votações de projetos, porque alguns colegas ou saem para outros compromissos ou se afastam do plenário. 

AVANÇOS --- Em decisão retroativa a 1º de maio, o prefeito Paulo Piau (PMDB) assinou decreto designando cerca de 100 servidores para o exercício de funções gratificadas. Outros serão beneficiados em novos decretos. O benefício tinha sido cortado no início do governo como "medida de contenção", mas o próprio Piau já havia antecipado que voltaria a liberar as gratificações após uma ampla e profunda avaliação sobre as atividades de cada função e o merecimento dos servidores.
RESGATE --- Entre os beneficiados com a função gratificada está um antigo inimigo público nº 1 do ex-prefeito Anderson Adauto (sem partido): o ex-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba - SSPMU, motorista lotado na Secretaria de Administração, Mariano Leite. 
RECAPITULANDO --- Na liderança do sindicato, Mariano apoiou explicitamente a candidatura de AA, na eleição do 1º mandato, mas, o relacionamento foi se tornando intragável na medida em que os servidores foram se sentindo abandonados pelo governo. Daí, pra inimizade, foi um pulinho. A consequência é que o ex-presidente do SSPMU comeu o pão que o diabo amassou, tanto na condição de sindicalista, quanto na de servidor municipal comum.

CONTATOS --- E não é perseguição, não... Mas um porteiro da Prefeitura de Uberaba conta que, na semana passada, conversou pela primeira vez com o ex-prefeito Anderson Adauto, apesar de ele ter cumprido dois mandatos (2005/2008 - 2009/2012). Segundo o servidor, o contato aconteceu dia 16 de maio, quinta-feira, quando o ex se dirigiu a ele para pedir permissão para entrar no Centro Administrativo/Prefeitura. "Quase caí das pernas" - disse o servidor, desopilando o fígado de tanto rir da própria piadinha.
AS CONTAS --- Pra explicar: o ex-prefeito esteve pela primeira vez no Centro Administrativo após terminar seu governo, em busca de informações sobre suas contas relacionadas ao exercício de 2006. O balanço está sob análise da Câmara de Vereadores, depois de retornar do Tribunal de Contas de Minas Gerais com manifestações opostas: o relator, conselheiro Eduardo Campos Carone, se posicionou a favor da aprovação, enquanto o Ministério Público opinou pela rejeição. Palavra final cabe aos vereadores.
DESEJADAS --- Por sinal, Anderson Adauto não é o único que está querendo informar-se com profundidade sobre as contas. A Comissão Permanente de Orçamento e Finanças da Câmara também já pediu acesso aos balanços e espera retorno dos setores competentes da Prefeitura de Uberaba. Comissão é presidida pelo vereador Samuel Pereira (PR), e integrada, ainda, por Luiz Dutra (PDT) - relator; Marcelo Machado (DEM) - vogal; e Afrânio Cardoso (PP) - suplente.

OLHOS ABERTOS --- Matéria publicada na imprensa de Uberlândia dando conta de que a Rede Bretas Supermercados planeja instalar um centro de distribuição no Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, tirou o sono do uberabense Antonio Marques Neto - diretor do HSBC Bank Brasil, em São Paulo. Em e-mail enviado à coluna, ele alerta o prefeito Paulo Piau e o secretário Municipal de Desenvolvimento, José Renato Gomes, pedindo que eles entrem na briga pelo investimento.   
QUALIFICADA --- Mostrando que se mantém antenado com tudo o que acontece em Uberaba e região, Antonio Neto cita as novas lojas do Bretas em Uberaba, e feitas as contas, diz não ter dúvida de que a cidade é um dos três principais mercados da rede. "Isso qualifica Uberaba para disputar e conquistar o centro de distribuição" - conclui ele.

QUEIXA 2 --- Pela milésima vez, os vereadores de Uberaba se queixaram de que o atual governo está encaminhando os projetos em cima da hora para deliberação em plenário. 
-------------------
Uberaba tem Dia Municipal de Combate à Dengue
Câmara de Uberaba aprovou por unanimidade, projeto de lei de autoria do vereador Samuel Pereira (PR), criando o Dia Municipal de Combate à Dengue, a ser lembrado no penúltimo sábado do mês de novembro. Matéria prevê que, no decorrer da semana que antecede a data, serão desenvolvidas campanhas educativas e de comunicação social.
Pesou na iniciativa, o fato de Uberaba estar enfrentando uma epidemia, com 14 mortes já confirmadas.
-------------
Foto 1: Paulo Piau em Uberlândia (9h)                          Foto 2: Paulo Piau em Uberaba (15h)
(Guilherme Dardanhan/Assembleia Legislativa)
Traça-trança entre Uberaba e Uberlândia agita a macrorregião
Prefeitos, deputados e lideranças dos mais variados segmentos públicos e privados agitaram a macrorregião nesta segunda-feira, 20 de maio, em torno de duas audiências públicas convocadas para se debater a criação da Região Metropolitana do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba. Realizadas nas sedes das câmaras municipais de Uberlândia (às 9h) e de Uberaba (às 15h), as reuniões provocaram um trança-trança entre as duas maiores cidades da macrorregião, e entre elas e os pequenos e médios municípios ao redor.
PATERNIDADE --- Pré-candidato à sucessão do governador Antonio Anastasia, o colega de PSDB e presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Dinis Pinheiro, pegou a deixa da mobilização, e fez questão de coordenar as audiências pessoalmente. A seu favor, tem o fato de que, para se criar a RM, será imprescindível a aprovação da Assembleia. Aliás, diante de tudo isso, nenhuma das lideranças envolvidas com o assunto parece estar disposta a reclamar.

Audiência pública de Uberlândia iniciou os debates, segunda-feira, sobre a Região Metropolitana...
(Foto: Guilherme Dardanhan/ALMG)
Algumas presenças em Uberlândia
Gilmar Machado (prefeito de Uberlândia PT e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Paranaíba); Paulo Piau (prefeito de Uberaba PMDB e presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande); Márcio Teixeira Nobre (presidente da Câmara Municipal de Uberlândia - PSDC); Dinis Pinheiro (presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais - PSDB); os deputados estaduais Liza Prado (PSB), Leonídio Bouças (PMDB), Tenente Lúcio (PDT), Elismar Prado (PT), Adelmo Carneiro Leão (PT) e Luiz Humberto Carneiro (PSDB) e o deputado federal Weliton Prado (PT/MG).
E ainda, os prefeitos de Patrocínio, Araguari, Monte Carmelo.
Audiência pública de Uberaba encerrou os debates da segunda-feira
(Foto: Guilherme Dardanhan/ALMG)
Algumas presenças em Uberaba
Paulo Piau, Dinis Pinheiro, Elmar Goulart (presidente da Câmara de Uberaba/PSL); os deputados estaduais Adelmo Leão Carneiro, Antônio Lerin (PSB), Liza Prado, Elismar Prado, Luiz Humberto Carneiro e o deputado federal Aelton Freitas (PR/MG).
E ainda, os representantes das prefeituras de Monte Carmelo, Pirajuba, Pedrinópolis, Ibiá, Araxá, Conceição das Alagoas, Santa Juliana, Veríssimo, Delta, Campo Florido, Tapira, Fronteira, Comendador Gomes e Frutal.
Obs.: O deputado federal majoritário de Uberaba, vice-líder do PSD na Câmara, ex-prefeito Marcos Montes, mandou representante e justificou a ausência. Estava em São Paulo, participando de solenidade da comemoração dos 94 anos da Sociedade Rural Brasileira.

Garotada do Parlamento Jovem posa pra foto ao lado do vereador Franco Cartafina
e dos 5 deputados      (Foto: Rose Dutra)
Parlamento Jovem “tira proveito” da audiência pública
Paralelamente, em Uberaba, a Câmara Municipal sediava a sexta oficina do Parlamento Jovem Municipal, criado pelo vereador Franco Cartafina – presidente do PRB Jovem de Minas Gerais e o mais jovem eleito da atual legislatura.
Braço do PJ da Assembleia, o grupo uberabense foi privilegiado com a visita de vários deputados estaduais: o próprio presidente, Dinis Pinheiro, além de Adelmo Carneiro Leão, Antônio Lerin, Liza Prado e Elismar Prado.
Participavam da oficina do PJ/Uberaba, os alunos da Escola Estadual Corina de Oliveira e do Colégio Marista Diocesano.
Sobre o Parlamento Jovem
Projeto de Educação para a Cidadania, visa a oferecer formação política a jovens estudantes do ensino médio de Uberaba. O Parlamento Jovem Municipal foi instituído pela Resolução 3.113/13 de autoria do vereador Franco Cartafina em coautoria com os vereadores Luiz Dutra (PDT) e Samuel Pereira (PR). É realizado pela Câmara Municipal de Uberaba em parceria com a Escola do Legislativo da Assembléia Legislativa de Minas Gerais e o Programa institucional de Bolsa de Iniciação à Docência do curso de História da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.
-----------------
Artesanato de alta qualidade está à venda na Casa Danielle  (Divulgação)
Bazar artesanal está aberto na Casa de Apoio
O Bazar Artesanal Especial do Dia das Mães, realizado pela Casa Danielle durante uma semana, na agência da Caixa Econômica da avenida Fidélis Reis, não atingiu a expectativa de retorno esperado e continua aberto na sede da instituição. 
O bazar somou 69% das vendas esse ano se comparado ao ano anterior. O valor será utilizado para a manutenção do alojamento que passa por dificuldades. 
Entre os mais vendidos estão panos de prato, puxa-sacos, caixas decorativas e toalhas de lavabo.
Os produtos continuam à venda e os preços variam de R$ 5 a R$ 300. A Casa de Apoio Danielle fica na rua Governador Valadares 438, Centro. O telefone para contato é (34) 3314-9399.
A instituição apoia pacientes de câncer e acompanhantes. Diariamente, são servidas mais de 120 refeições. O consumo mensal inclui 150 quilos de carne e 180 litros de leite. Além dos alimentos, a casa necessita de doações de produtos de higiene pessoal e limpeza.   
-------------------
CTBC reage às críticas da Câmara de Uberaba, anunciando drive teste na rede 
Após “apanhar” pesado dos vereadores de Uberaba, a Companhia de Telefones do Brasil Central – CTBC, enviou representantes à Câmara nesta segunda-feira, 20 de maio, para informar o início do trabalho de drive teste na cidade.
Objetivo é monitorar a rede, coletar informações de campo, e analisar os dados obtidos, de forma a se tomar decisões técnicas que possam minimizar os problemas.
RONDA --- O trabalho é feito através de um carro que simula ligações constantemente e fica rodando a cidade toda, avaliando quedas de ligações, completamento de chamadas, entre outros aspectos”, explicou o diretor Regional de Uberaba, Luiz Renato Lacerda Ferrarese.
ASSUNTO EXTRA --- A reunião aconteceu antes do início da audiência pública sobre a criação da Região Metropolitana, e contou com as presenças do prefeito Paulo Piau, do presidente da Câmara, Elmar Goulart, dos deputados Antônio Lerin e Aelton Freitas, e vários vereadores.
RECAPITULANDO --- A qualidade dos serviços de telefonia prestados pela CTBC foi tema de reclamações e críticas feitas pelos vereadores no plenário da Câmara durante reunião na semana passada, e na oportunidade, o presidente disse que iria convidar a direção da companhia para se explicar. Entretanto, a empresa se antecipou.
Detalhe: Ainda assim, o convite será feito, garante Elmar Goulart.
-----------------
CURIOSIDADE HISTÓRICA
(O poder no Brasil)
José Bonifácio - o Patriarca; Bonifácio de Andrada - o deputado federal;
Doorgal de Andrada - ex-diretor do Foro de Uberaba
Edição especial de maio do Jornal da Câmara - da Câmara dos Deputados, está recheada de história, lembrando os 190 anos do parlamento brasileiro, e destacando alguns fatos relacionados, direta ou indiretamente, ao poder no Brasil. Um dos destaques - intitulado "Família Andrada: desde o século XIX participando da história do país", passa por Minas Gerais, e, de quebra, por Uberaba. "Se existe uma família que conhece bem os meandros e a história do processo político no Brasil são os Andradas" - afirma a matéria especial.
Família no poder
A narrativa cita, por exemplo, José Bonifácio, o Patriarca, "que é considerado um antepassado muito relevante" pelo principal nome da família nos tempos atuais: o deputado federal Bonifácio de Andrada (PSDB/MG), que cumpre seu 9º mandato consecutivo.  Apesar de seus embates com D. Pedro I, José Bonifácio foi escolhido por ele para ser o tutor de seu filho, D. Pedro II, quando o imperador retornou a Portugal. "Ele era considerado pelo imperador um dos únicos homens no Brasil à altura da tarefa" - comemora o atual deputado federal.
Prata da casa
Aqui, vale lembrar que, entre os filhos do deputado Bonifácio de Andrada, está Doorgal de Andrada - desembargador e ex-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG, e com passagem importante pelo Judiciário de Uberaba. De 1996 a 2001, foi juiz da 3ª Vara Cível, da 3ª Vara Criminal e da 2ª Vara de Família, e entre 1997 e 1999 foi diretor do Foro (em dois mandatos) e dos Juizados Especiais de Uberaba.
Trajetória
1821 - Antônio Carlos Ribeiro de Andrada Machado e Silva (SP) participa das Cortes de Lisboa, mas se nega a assinar a Constituição portuguesa.
1822 - José Bonifácio de Andrada e Silva encabeça o primeiro ministério brasileiro, formado em janeiro de 1822.
1823 - Antônio Carlos Ribeiro de Andrada Machado e Silva (SP) apresenta fórmula de juramento para os deputados constituintes em 18/04/1823. Junto com os irmãos José Bonifácio e Martim Francisco foi exilado em Paris com a dissolução da Constituinte em 12/11/1823.
1831 - Martim Francisco Ribeiro de Andrada (SP) preside a Câmara.
1840 - Antônio Carlos Ribeiro de Andrada Machado e Silva (SP) é nomeado ministro e secretário de Estado dos Negócios do Império em 1840. Martim Francisco assume a Secretaria de Estados dos Negócios da Fazenda.
1864 - Antônio Carlos Ribeiro de Andrada, neto de José Bonifácio e filho de Martim Francisco, muda-se para Barbacena, dando origem ao ramo mineiro da família.
1867 - José Bonifácio de Andrada e Silva (o Moço - RJ) discute a questão da servidão e, em 1868, a questão da Guerra do Paraguai.
1882 - Martim Francisco Ribeiro de Andrada Filho, irmão de José Bonifácio (o Moço) e Antônio Carlos, também preside a Câmara.
1929 - José Bonifácio de Andrada e Silva lança as bases da Aliança Liberal,
movimento que desencadeou a Revolução de 30.
1933 - Antônio Carlos Ribeiro de Andrada IV (MG) preside a Assembleia Nacional Constituinte e, posteriormente, a Câmara dos Deputados até 1937.
1968 - José Bonifácio Lafayette de Andrada preside a Câmara.
1986/87 - Bonifácio de Andrada participa da Assembleia Nacional Constituinte
--------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário