25 de junho de 2013

CONTA-GOTAS...Notícias

PERTO DE COMPLETAR SEIS MESES DE GOVERNO, PREFEITO DE UBERABA VAI PARAR NO HOSPITAL
Paulo Piau e a esposa, Heloísa, na posse dele, dia 1º de janeiro de 2013. Entre os
presentes recebidos de amigos, uma imagem da padroeira de Uberaba,
Nossa Senhora da Abadia   (Foto: Divulgação)
Prefeito Paulo Piau (PMDB) foi atendido nesta terça-feira, 25 de junho, no Hospital São Domingos, onde realizou uma série de exames. Informação de uma fonte de CONTA-GOTAS...Notícias é de que ele teria passado mal no início da tarde, inclusive com forte taquicardia. O prefeito teria sido atendido pelo médico José Geraldo, e estaria acompanhado da mulher, Heloísa Piau. “Ela estava muito preocupada e visivelmente angustiada” – disse a fonte, que também era atendida no hospital, e afirma ter acompanhado a movimentação de longe.
INFERNO ASTRAL --- Perto de completar seis meses de governo, o prefeito de Uberaba tem enfrentado uma série de problemas desde a posse, em 1º de janeiro. O primeiro impacto veio ainda durante a transição de governo, quando a comissão designada por ele detectou que viria pela frente uma dívida monumental. O fato foi confirmado após a posse, com os números oficiais.
Em seguida, Uberaba viveu a pior epidemia de dengue de sua história, seguida agora, por várias mortes por causa da gripe suína. Os problemas na saúde pública municipal ainda se complicam com a falta de médicos, entre outros problemas.
PRA PIORAR...
Paulo Piau também vivenciou um início de revolta na Câmara Municipal, onde os vereadores – mesmo aprovando as matérias de interesse do Executivo, não poupavam críticas à atuação do novo governo – que, por sua vez, está sem dinheiro para cobrir todos os compromissos dos vereadores com suas bases eleitorais. A situação parece ter se acalmado na última semana, após o prefeito se reunir pessoalmente com todos os 14.
PRA PIORAR AINDA MAIS...
Não bastasse a extensa lista de reivindicações da população: sujeira, buracos, asfalto danificado, saúde em crise, entre outras, o prefeito de Uberaba também se vê às voltas com queixas de aliados, que o acusam de ter deixado os parceiros de lado na hora do preenchimento das centenas de vagas da prefeitura.
RECAPITULANDO
E não dá pra ignorar que as batalhas lutadas por Paulo Piau tiveram início lá atrás, quando ele teve que enfrentar raios e trovoadas para garantir a própria candidatura a prefeito. Passou toda a campanha envolvido em uma guerra jurídica com o antecessor, Anderson Adauto (ex-PMDB).

GRIPE SUÍNA PROVOCA CRISE ENTRE PODERES
E nem bem o prefeito consegue melhorar o relacionamento com os vereadores, eis que surge indicativo de nova crise. Presidente do Legislativo, Elmar Goulart (PSL), lamentou, nesta terça-feira, 25 de junho, que os vereadores não tenham sido incluídos no Comitê de Gerenciamento de Crise, instalado pelo Executivo para administrar a situação de emergência decretada por causa da gripe suína – ou H1N1.

Entre centenas de cartazes na manifestação pública de 21 de junho, em Uberaba, muitos
protestavam contra a PEC 37.    (Foto: Enerson Cleiton)
Direto pro arquivo...
MANIFESTAÇÕES DERRUBAM PEC 37 NA CÂMARA DOS DEPUTADOS
Com isso, os promotores de Justiça podem 
continuar suas investigações
Alvo dos protestos de rua – incluindo em Uberaba, o Projeto de Emenda Constitucional número 37/2011, conhecido como PEC 37, de autoria do deputado federal e delegado Lourival Mendes (PT do B/MA), acaba de ser rejeitado na Câmara dos Deputados. Se aprovada, a PEC 37, também conhecida como "PEC da Impunidade", iria retirar o poder de investigação dos MPEs (Ministérios Públicos Estaduais) e do MPU (Ministério Público da União). Foram 430 votos contra, nove a favor e duas abstenções.
SE FOSSE...
Se a PEC 37 fosse aprovada, somente as polícias poderiam fazer investigação criminal. Como todas as propostas de emenda à Constituição, para entrar em vigor, a PEC 37 precisaria ser aprovada em dois turnos, tanto na Câmara quanto no Senado. Nas duas casas é exigida a aprovação por no mínimo 3/5 do total de membros - 308 votos na Câmara e 49 no Senado.
CENÁRIO ATUAL...
A legislação brasileira confere à polícia a tarefa de apurar infrações penais, mas em momento nenhum afirma que essa atribuição é exclusiva da categoria policial. No caso do Ministério Público, a Constituição não lhe dá explicitamente essa prerrogativa, mas tampouco lhe proíbe. É nesse vácuo da legislação que entram os defensores da PEC 37.
INVESTIGAÇÕES...
Os MPs fazem suas próprias investigações desde 2007, amparados em uma resolução do Conselho Nacional do Ministério Público. Desde então, a investigação criminal deixou de ser feita exclusivamente pela polícia, e os procuradores do MPU passaram também a se dedicar ao combate a corrupção, uma atribuição até então exclusiva da Polícia Federal.
Marcos Montes votou contra a PEC 37     (Foto: Enerson Cleiton)
1 X 1
Os dois deputados federais com domicílio eleitoral em Uberaba tiveram posturas diferentes na sessão extraordinária que deliberou sobre a PEC 37. O presidente do PSD/Uberaba, vice-líder do partido na Câmara dos Deputados, ex-prefeito por dois mandatos, Marcos Montes, votou contra a emenda constitucional, colaborando, portanto, com o arquivamento da matéria. Em contrapartida, o presidente estadual do PR, Aelton Freitas, escafedeu-se da reunião. Sua ausência está oficialmente registrada no site da Câmara dos Deputados.

ENQUANTO ISSO...
PROMOTORIA DE JUSTIÇA FAZ PENTE FINO NOS PORTAIS DA TRANSPARÊNCIA DA REGIÃO
José Carlos Fernandes gostou da receptividade demonstrada pelo prefeito e o presidente da Câmara de Uberaba
José Carlos Fernandes   (Foto: Sandro Neves)
O responsável pela 15ª Promotoria de Justiça de Uberaba e Promotoria de Defesa do Patrimônio Público quer saber a quantas andam os portais da transparência das prefeituras e das câmaras dos municípios da comarca: Uberaba, Veríssimo, Delta, Campo Florido e Água Comprida. Inquérito civil – instaurado esta semana pelo promotor José Carlos Fernandes Junior, não tem o objetivo de punir ninguém, mas sim, de detectar eventuais deficiências e promover o aperfeiçoamento em conjunto com os prefeitos e vereadores.
O RECADO DAS RUAS
O promotor – que participou da manifestação pública de Uberaba, dia 21 de junho, afirma que está respondendo a uma das principais reivindicações dos manifestantes. “Entre os inúmeros recados dados nas manifestações populares que vêm ocorrendo pelo Brasil afora, um deles é de que a sociedade brasileira exige transparência no trato da coisa pública” – disse José Carlos Fernandes a CONTA-GOTAS...Notícias. Segundo ele, a razão é muito simples: “Quanto maior a transparência, menor a corrupção; e quanto menor a corrupção, mais dinheiro haverá para melhorar a prestação de serviços públicos, como saúde e educação."
FORMULÁRIOS
Em ofícios enviados a todos os prefeitos e presidentes de câmaras das cinco cidades pertencentes à comarca de Uberaba, o promotor está requisitando que, em 20 dias, eles prestem informações a respeito de assuntos relacionados em formulário específico. Prefeito Paulo Piau e presidente da Câmara de Uberaba, Elmar Goulart (PSL), receberam o formulário e a requisição neste 25 de junho, terça-feira.
Após entregar os ofícios e formulários, José Carlos Fernandes reconheceu, em conversa com a colunista de CONTA-GOTAS...Notícias, que a receptividade de Piau e Goulart foi “excelente”.

UFTM ATENDE MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL E APRIMORA PROCESSOS SELETIVOS DE PÓS-GRADUAÇÃO
Thales Cardoso   (Divulgação)
Através de notícia enviada à imprensa de Uberaba nesta terça-feira, 25 de junho, a Procuradoria da República em Minas Gerais informa que a Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM, se comprometeu em estabelecer regras que garantam a total transparência nos processos seletivos realizados pela instituição para preencher as vagas de cursos de pós-graduação.
DIVULGAÇÃO
O procurador da República em Uberaba, Thales Cardoso, lembra que a recomendação foi feita à UFTM com base em representação de um candidato, se queixando que a escola não estava publicando os resultados e as respectivas notas em cada fase dos processos seletivos. Objetivo do Ministério Público Federal, segundo o procurador, é garantir ampla publicidade em todas as fases, e com isso, assegurar os princípios constitucionais, como os da impessoalidade e isonomia.
PRÓXIMOS EDITAIS
Em ofício encaminhado ao MPF/Procuradoria, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFTM, anunciou que, “após discussão nos colegiados de cada curso e no colegiado de pós-graduação da UFTM, as recomendações foram aceitas e serão incorporadas nos próximos editais”.

REDE SOCIAL ARTICULA GREVE NACIONAL E NOVA MANIFESTAÇÃO PÚBLICA EM UBERABA
Ainda sob o impacto e o sucesso das convocações que mobilizam o Brasil através de protestos históricos, eis que o Facebook – a principal rede social da atualidade, será colocado novamente à prova. Grupos frequentadores da rede estão convocando agora, uma greve geral/nacional para o dia 1º de julho. Até o fechamento desta edição, na terça-feira, 25 de junho, 2,5 milhões de pessoas tinham sido convocadas, e 150 mil tinham confirmado participação.
A VOLTA
(...dos que não foram)
Organizadores das duas manifestações públicas recém-promovidas em Uberaba aproveitam a greve geral/nacional para uma nova mobilização. Estão convocando os uberabenses para um protesto de rua, dia 1º de julho, às 16h, na praça Henrique Krügger/Correios, onde aconteceu a primeira manifestação, dia 21 de junho, com a presença de mais de 10 mil manifestantes. A segunda manifestação – bem mais tímida, foi realizada dia 24, segunda-feira, quando os manifestantes foram recebidos pelo prefeito Paulo Piau.

Prefeito Paulo Piau recebe os manifestantes no anfiteatro da Prefeitura de Uberaba   (Divulgação)
PREFEITO RECEBE MANIFESTANTES DE UBERABA E ANUNCIA AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA DISCUTIR TARIFA 
Todo o grupo que participou da manifestação de segunda-feira acabou participando da reunião com o prefeito Paulo Piau – que havia planejado receber uma comissão de apenas seis integrantes, em seu gabinete. Cerca de 100 manifestantes fizeram a caminhada até o Centro Administrativo, no bairro Santa Marta, e o prefeito transferiu a reunião para o anfiteatro, onde poderia abrigar a todos.
AUDIÊNCIA PÚBLICA
Em sua grande maioria formada por jovens estudantes, o grupo conversou durante três horas com o prefeito de Uberaba. Os dois lados ouviram, discutiram, defenderam suas teses, e ao final do encontro, Paulo Piau propôs a realização de uma audiência pública,que ficou marcada para 5 de julho, às 18h, no Centro Municipal de Educação Avançada –Cemea, do bairro Abadia, localizado na avenida Orlando Rodrigues da Cunha, 1.853.
TARIFA EM DEBATE
Inconformados com uma redução de apenas R$ 0,10 na tarifa do transporte coletivo urbano – que caiu de R$ 2,90 para R$ 2,80, os manifestantes insistiram numa nova tarifa de R$ 2,50. A principal reivindicação do grupo motivou a proposta da audiência pública, uma vez que o prefeito quer que a comunidade indique a ele como compensar a redução. Os manifestantes já adiantaram uma alternativa: que o governo municipal reduza os tributos municipais pagos pelas concessionárias – Líder e Piracicabana.

CONFIRA NO FINAL DESTA EDIÇÃO A ÍNTEGRA DA ATA DA REUNIÃO, ELABORADA PELOS MANIFESTANTES
---------------

JUVENTUDE NA POLÍTICA
E falando em participação, nada menos do que 48 alunos se inscreveram como candidatos a candidatos a vereadores mirins e infantojuvenis na eleição promovida na Escola Estadual João Pinheiro em parceria com o Instituto Agronelli de Desenvolvimento Social. Trata-se da terceira edição do projeto “Aprender a Transformar” – que terá sua culminância no início de julho, quando os melhores votados ao longo do processo irão enfrentar-se na disputa final. A campanha inclui até mesmo um comício na escola.

JUVENTUDE NA POLÍTICA
(Versão 2...)
E entra na reta final a primeira edição do Parlamento Jovem Municipal de Uberaba. Na sexta-feira, 28 de junho, acontece a última plenária, quando serão eleitos os representantes e as propostas para a etapa estadual – neste caso, sob o comando da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Participam desta primeira edição, em Uberaba, os alunos da Escola Estadual Corina de Oliveira e do Colégio Marista Diocesano. “Que a segunda edição repita o sucesso da primeira, e tenha ainda mais alunos envolvidos” – já planeja Guilherme Gonzaga Bento, que coordena o projeto, junto com Rochelle Bazaga. Parlamento foi instalado em Uberaba por iniciativa do vereador Franco Cartafina (PRB).

As duas primeiras fotos são de Kairon Henrique e mostram os cartazes afixados nos portões
da Prefeitura de Uberaba, logo após a manifestação de 21 de junho. Por sua vez, Sebastião Santos
expõe os cartazes já recolhidos e no interior do Centro Administrativo, e o
prefeito Paulo Piau lendo oque foi escrito pelos manifestantes
CARTAZES SERÃO PRESERVADOS
Assessoria do governo municipal revela que, a pedido de Paulo Piau, os cartazes da manifestação do dia 21 de junho – que foram afixados nos muros da prefeitura, não serão jogados fora nem queimados. Secretaria Municipal de Administração estuda o local mais indicado para arquivá-los. Os cartazes foram recolhidos e lidos pelo prefeito antes da reunião desta segunda-feira.
Centenas de cartazes se tornaram um espetáculo à parte nos protestos de 21 de junho. Algumas reivindicações:
_Vacina contra a gripe suína para toda a população
_ Tarifa do transporte coletivo em R$ 2,50
_ Melhorias na prestação de serviços das empresas do transporte coletivo
_ Medicamentos gratuitos

R$ 0,10
E dizem as más línguas – e as boas também, que diretores das empresas concessionárias do transporte coletivo de Uberaba saíram pisando duro, da Prefeitura de Uberaba, quando foram informados de que a tarifa atual, de R$ 2,90, passaria para R$ 2,80, em atendimento às reivindicações da população da cidade.

LEITURA
E bem no início das articulações dos protestos públicos de Uberaba, os jovens idealizadores/organizadores se viram entre a cruz e a espada. Em pauta, a participação, ou não, das bandeiras partidárias nas manifestações de rua. De um lado, lideranças partidárias defendiam a exposição das bandeiras, e de outro, as redes sociais expunham uma reação em massa dos contrários. A garotada leu e entendeu o recado.
XÔ, SUSPEITOS!
Ninguém, em sã consciência, pode negar a importância dos partidos políticos em uma democracia. Entretanto, as manifestações Brasil afora – inclusive em Uberaba, deram o alerta. Ou os dirigentes partidários tomam juízo ou afundam as legendas... Já nos preparativos para as eleições de 2014, vale barrar filiação e candidatura de “suspeitos” de todo tipo.
MORAL DA HISTÓRIA --- Não dá mais para bancar filiação e candidatura de “suspeitos”, sob o pretexto de que eles têm votos.

AS LEGENDAS --- E por falar em legendas, pouco mais de 11% dos 212.275 eleitores de Uberaba – segundo o Tribunal Superior Eleitoral, são filiados na cidade. Os 23.949 filiados estão distribuídos entre 29 partidos políticos devidamente registrados em Uberaba. Número deve aumentar nos próximos meses, levando em conta que as legendas estão em plena mobilização rumo a 2014.

SEMANA DO ORGULHO LGBT DE UBERABA VEM AÍ, COM ATRAÇÃO ESPECIAL
Mirela é uma das candidatas a Miss Trans Uberaba
A REVELAÇÃO
As lentes do repórter-fotográfico Enerson Cleiton revelam a surpresa que os organizadores da Semana do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bisexuais e Transexuais), que acontece em Uberaba de 1º a 7 de julho, prometeram para a entrevista coletiva de terça-feira, 25 de junho, quando divulgaram os detalhes do evento. Trata-se de Mirela – ex-Felipe, que fez cirurgia de mudança de sexo e é a primeira transexual a tirar documentação em Uberaba, em que constam o novo nome e o novo sexo
AGITOS
IX Semana do Orgulho LGBT de Uberaba vai abordar o tema “Amor Maior: Somos Iguais”.
Eventos alusivos à Semana começam antes e se estendem pra depois.
Lançamento oficial acontece dia 30 de junho com o Dia do Movimento Azul e Rosa. Com o tema As marcas dessa violência não podem ser encobertas, este evento será realizado na praça da Mojiana, das 14h às 22h.
Entre as atividades alusivas à Semana, serão promovidas palestras na Câmara Municipal, do dia 1º ao dia 4 de julho, das 19h às 21h. No primeiro dia, o tema será “Conscientização da população em relação à homofobia-discriminação”; no dia 2, “Ser Diferente, ser mulher”; dia 3, “Segurança e Combate à homofobia"; e no dia 4, “Sou cidadão e tenho direitos”.
MISS E MISTER
Dia 6 de julho acontece na Chácara Caiçara, às 21h, o Miss & Mister Gay Uberaba, Miss Trans Uberaba 2013 e Glamour Uberaba 2013.
Durante o evento, será nomeada a Madrinha da Semana LGBT. Em seguida, a partir da 0h, começa a Pride Fest.
Finalizando a Semana do Orgulho LGBT, os organizadores prepararam a Parada Gay. A concentração está marcada para às 15h na avenida da Saudade, e o encerramento está previsto para as 22h, na praça Pôr do Sol.
A CARÁTER
As camisetas do evento já podem ser adquiridas na Fundação Cultural de Uberaba, das 13h às 17h; e todas as sextas-feiras na feira da praça Dom Eduardo.
Elas podem ser trocadas por sete quilos de alimento não perecível, excluindo sal, fubá, e farinha de todos os tipos. Duas camisetas (uma do Projeto Azul e Rosa, e outra da Parada Gay) podem ser trocadas por dez quilos.
O evento tem a organização de Sueli Arantes Borges e Marco Túlio de Oliveira, com apoio da Prefeitura Municipal de Uberaba, através das Secretarias de Meio Ambiente e Turismo; e Saúde; Fundação Cultural de Uberaba; Programa DST HIV AIDS e Hepatite Viral; Câmara Municipal de Uberaba; Grupo União, Grupo Aliança Azul e Rosa, e empresas e comércio local.


DINHEIRO DO POVO
E mudando de assunto, a Câmara de Uberaba acaba de cancelar mais uma licitação, em razão de a “vencedora” ter apresentado preços acima dos valores de mercado. Neste caso, objetivo era contratar empresa especializada para aquisição de peças, serviços de revisão, manutenção e conserto de veículos oficiais da Câmara. Novo pregão foi marcado para 4 de julho.

SALÁRIOS
Às voltas com a republicação de vários processos seletivos e da retomada do concurso público que estava barrado no Tribunal de Contas de Minas Gerais, o governo de Uberaba publica a nova tabela salarial dos servidores municipais. Vencimentos-base vão desde R$ 678 – valor do salário mínimo nacional, para quem tem ensino fundamental incompleto, até cerca de R$ 3 mil para quem possui curso superior.
O CONCURSO
Vale lembrar que o edital do concurso público, recém-liberado pelo TC/MG, foi publicado no Porta-Voz de 29 de maio, e abre novo período de inscrições – que acontecem de 9h do dia 1º de agosto até às 19h do dia 30 de agosto de 2013. Elas serão feitas  exclusivamente pela Internet, no endereço eletrônico http://www.gestaodeconcursos.com.br, e os valores da taxa são de R$ 29,50 para nível médio e R$ 45 para nível superior. Objetivo é preencher 430 cargos de carreira da Prefeitura de Uberaba.

STAND BY
Prefeito Paulo Piau prorrogou para até 2015 o prazo de validade de concurso público concluído em junho de 2011 – data em foram publicados os resultados finais. A parte do concurso que exigiu ensino superior vale agora, até 5 de agosto de 2015. Já
no caso do ensino médio, a prorrogação é até 15 de junho de 2015. No caso de nível médio, as vagas são para Oficial de Serviços Educacionais, Oficial de Serviços Operacionais, Agente Governamental e Assistente Técnico em Saúde.
STAND BY
(Parte 2)
No que se refere às vagas para ensino superior, elas envolvem: Analista Governamental (desenvolvimento social, educador social, pedagogia); Especialista em Saúde (biomedicina, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, odontologia, psicologia, serviço social, terapia ocupacional), e Analista em Auditoria (direito, enfermagem, farmácia, medicina, psicologia). E ainda: Analista em Fiscalização (biologia, enfermagem, farmácia, medicina veterinária); Analista em Regulação (direito, enfermagem, fonoaudiologia, medicina, odontologia, psicologia).

ARTIGO HISTÓRICO
Futuro presidente da Câmara Municipal (eleito para o mandato 2016), e atual presidente da Comissão Permanente de Educação e Cultura, vereador Kaká Carneiro (PSL), apresentou requerimento em plenário, de moção de aplausos a um dos grandes linguistas brasileiros – o compositor, cantor e escritor Caetano Veloso. Motivo: o histórico artigo publicado por Caetano em seu espaço de cultura do jornal O Globo, na edição de 2 de junho.
BRILHO --- Caetano Veloso escreveu o artigo logo após deixar a cidade de Uberlândia, onde apresentou o show Abraçaço – nome de sua nova turnê, cujo disco foi eleito pela revista Rolling Stones Brasil o melhor de 2012. “De repente me vi no centro do Brasil. Vim fazer uma apresentação em Uberlândia e, misteriosamente, entre cidades brilhando na noite de céu claro, apenas Uberlândia estava sob neblina tão densa que o aeroporto estava fechado. Tivemos de aterrissar em Uberaba” – ressaltou Caetano.
UBER...DE UBERABA E UBERLÂNDIA
Profundo estudioso da Língua Portuguesa, o cantor admite que correu ao Google para ler a histórias das duas cidades e entender a origem do “Uber...” Descobriu que Uberaba é uma palavra indígena que significa “água cristalina” ou “água brilhante”... Também descobriu que “Uberlândia” é uma palavra inventada a partir do começo do nome de “Uberaba”. E conclui: “Para quem vem de uma cidadezinha recolhida no Recôncavo Baiano, as cidades do Triângulo Mineiro parecem superurbes...” Íntegra do artigo pode ser lida em http://oglobo.globo.com/cultura/o-centro-8563575.

ATA DA REUNIÃO DO DIA 24 DE JUNHO, SEGUNDA-FEIRA
(Divulgada na página do movimento, no Facebook)

Prefeitura Municipal de Uberaba - 24 de junho de 2013 – Minas Gerais
A reunião realizada no anfiteatro da Prefeitura Municipal de Uberaba, dia 24 de junho de 2013, contou com a presença de, aproximadamente, sessenta manifestantes e várias autoridades, dentre elas o chefe de gabinete, Fernando Hueb; o Procurador da República, Paulo Leonardo Cardoso; a Primeira Dama, Heloísa Piau; o diretor de comunicação, Denis Oliveira Silva; o subcontrolador do Município, Marcos Jammal; o secretário da Fazenda, Wellington Fontes; o presidente da SEPLAN, Claudinei Nunes; a secretária da Educação, Silvana Elias e o secretário da Saúde, Fahim Sawan.

Iniciada com a fala do diretor de comunicação, o qual sugeriu a leitura da pauta escrita pelos próprios manifestantes, a reunião prosseguiu com total organização. A manifestante Liliane, ao longo da leitura da pauta, adicionou explicações com o uso de exemplos cotidianos que se relacionam com os tópicos citados. A seguir, estão anotados, em sequência, os discursos dos manifestantes e das autoridades presentes.

Diretor de comunicação, Denis Oliveira: “Há uma nova pauta e, como estamos em um debate democrático, sugiro a votação da leitura da mesma.” Feita a votação, com mais votos a favor, o manifestante José Tiago realizou a leitura da segunda pauta. Então, o prefeito Paulo Piau iniciou sua fala:

“- O movimento começou com o aumento da tarifa em são Paulo. Em Uberaba foi um movimento pacífico e eu parabenizo a todos por isso. Uberaba somou ponto no contexto nacional. (...) Vimos os cartazes, o Denis e sua equipe viram todos e anotaram todos os itens. Primeiro item foi a saúde, e está presente o Secretário da Saúde. Outros pontos foi a educação e o transporte, e os respectivos secretários estão presentes. (...) Estamos num debate técnico neste momento, pelo nível das reivindicações. Que bom que temos 23 anos de democracia seguida nesse país, quiçá teremos 200 anos, e assim teremos uma democracia organizada, porque ainda não a temos. Estamos num país mal administrado, pelo nosso passado. Quero pedir a todos vocês que nos ajudem a administrar Uberaba. (...) E é incrível ver que nenhum governante tenha sido eleito senão pelo voto de um cidadão. Esse movimento pra mim é um espetáculo, uma alvorada que nasce. Com relação à tarifa, explicar com um pouco mais de detalhe. A redução de 10 centavos é uma medida provisória. Como acontece quando o governo federal reduz imposto? Esse imposto vai direto pro benefício do consumidor? Não, vai para os empresários. Ao reduzir o imposto de 10 centavos, o benefício foi direto ao consumidor. Não foi para atrapalhar o movimento, essa coisa toda. A imprensa pergunta se foi por pressão dos movimentos? Claro que foi! A pressão social é legítima. (...) O decreto do passe estudantil saiu sexta feira, o estudante que precisar se movimentar nos finais de semana poderá a partir da semana que vem. Com relação à lei federal, diz que acima de 65 anos é obrigado o passe livre. Mas, dos 60 aos 65 anos, ainda está sub judice. Vai ser julgada a lei e eu não tenho dúvida que será a favor dos usuários. Porém, a prefeitura não pode fazer absolutamente nada, por ser uma questão estadual. Nós faremos uma audiência pública para discutir a planilha apresentada pela prefeitura passada.”

O secretário da saúde, Fahim Sawan, assumiu o microfone após a fala do prefeito Paulo Piau e parabenizou o movimento. Explicou que o Hospital Regional passa por um projeto importante, porque Uberaba não tem leitos suficientes para sua população. Apontou a falta de planejamento: “há mais de 20 anos que não temos leito novo”. Considerou a UPA de São Benedito: “é um projeto de ampliação e reforma total, mas que depende da escritura da propriedade. A gestão anterior cancelou a desapropriação, precisa-se ter a escritura no nome da prefeitura para que a reforma seja iniciada” e a UBS do Bairro Fabrício: “recebemos sem alvará sanitário, fomos fazer a reforma e daqui duas semanas estaremos reinaugurando”. Quanto à vacina da gripe H1N1, o secretário de Saúde revelou o decreto de situação de emergência: “A nossa vontade é que a gente vacinasse todas as pessoas do município, recebemos mil vacinas, mas temos que priorizar os idosos, as crianças, as gestantes...”.

Após a realização de uma inscrição de nomes para discursos, manifestantes se posicionaram em relação aos assuntos expostos durante a reunião.

Manifestante Usuária do SUS: “Fiquei um ano esperando pra começar a fazer a cirurgia para retirada do útero, porque tenho histórico de câncer na família.”

Manifestante Bárbara Ferreira: “Boa tarde. Sou representante do DCE e gostaria de dizer que o movimento é sério, organizado com pautas claras, não é movimento de internet. Hora nenhuma falamos pra reduzir imposto das empresas, mas o lucro. Queremos incidir sobre o lucro dos empresários. O valor da passagem envolve a quantidade de passageiros por quilômetros rodados.” A manifestante apontou, então, as cidades que possuem mesmo número de passageiros de Uberaba, mas que possuem tarifa menor. “Além dos direitos trabalhistas que estão sendo feridos quando uma pessoa realiza função dupla. Pauta específica: linhas que vão pro campus da UFTM são insuficientes. Já é um problema explícito. E o número da SEPLAN para reclamação é inexistente.”

Claudinei Nunes, presidente da SEPLAN, iniciou o esclarecimento das obras nos terminais. Disse que deve haver a sondagem do terreno para continuidade: “Hoje foi dada a ordem para reiniciar o serviço”. “Não há passividade nessa questão. O usurário pode ligar 33180408.” O diretor fez o COMPROMISSO: DISPONIBILIZAÇÃO DE OUTRA LINHA TELEFÔNICA PARA O ATENDIMENTO DA POPULAÇÃO, em DEZ DIAS.

Manifestante Adriano Espíndola expõe seu repúdio à PM de MG, “que infiltrou de três a quatro P2. Uma vergonha o que está acontecendo, dizem ainda que é para nossa própria segurança. Fica registrado o meu repúdio. Enquanto tenho ajudado o movimento, fiquei sensibilizado com a situação que o secretário municipal colocou aqui. Estamos uma situação de semifalência. Então, nessa situação, deve-se pegar as prioridades. Na minha opinião, deve-se pegar financiamento e investir na compra da vacinação, investindo no social e questões emergenciais que vivemos. O povo quer que sejam priorizadas as questões do povo. A administração do senhor está começando agora, mas é preciso mudar o rumo. Parabenizo o senhor por estar recebendo a população, pela democracia. Mas, nós queremos mais. A prefeitura deveria dar o calote nos grandes fornecedores, para que seja priorizada a problemática da população.”

Manifestante Ricardo: “A instalação de outra linha telefônica não vai resolver, porque o número populacional insatisfeito é grande. Quanto aos ônibus cheios, se acontecer qualquer acidente, quem será o culpado? Porque há 30 assentos, mas 70 pessoas para usá-los.”

Diretor de Comunicação, Denis: “Será criado um aplicativo no Facebook para que as pessoas possam postar suas reclamações.”

Foi apontado por uma das manifestantes que seu irmão deficiente caiu do elevador do ônibus, por pressa do cobrador, mas nada aconteceu à empresa ou ao funcionário.

Manifestante Inácio: “Represento uma parte dos manifestantes que foi contra a
manifestação. Porque é diferente ser pacífica de ser passiva. E a manifestação foi passiva. Outra coisa: os trabalhadores que precisam do transporte público terão algum desconto? Pra quando valerá essa mudança?”

Manifestante Gabriel: “Porque devemos pagar por um serviço que deveria ser público? Quero fazer uma pergunta: por que está faltando dinheiro público? Como está sendo administrado esse dinheiro?”

Manifestante Fernanda Souto: “A empresa sobrevive com o lucro, eles não podem exercer função social, mas quem tá pagando essa conta é a população. O importante é lutar pelos nossos direitos e não transformar o transporte em mercadoria.”

Manifestante Beatriz: “Quanto ao Decreto nº 859, de 20 de junho, o parágrafo único: a nova emissão não deveria ser paga e os passes do outro Cartão não deveriam ser retidos. Quanto ao Art. 6º, parágrafo 1, deveria contar o fato de que hoje em dia o estudante não necessita apenas de 2 passes por dia, visto que muitas escolas e faculdades dão aulas nos sábados e muitos dias à tarde.”

Manifestante Thiago Resende: “Por que foram diminuídas as linhas de transporte? Não deveriam ter sido.”

Manifestante Sebastiana: “Boa tarde a todos, em primeiro lugar quero dizer a todos que fiquei muito feliz em ver todos na rua. Contarei um pouco da minha história. Em Uberaba, desde lá atrás, nenhum prefeito teve a iniciativa de ouvir os usuários de transporte. Pela primeira vez, no mandato do Piau, que vemos isso. Não sou puxa-saco, no entanto não votei nele. Quero que todos estejam na audiência pública, lá teremos oportunidade de lutar mais pelo transporte público.”

Manifestante José Tiago: “Estou notando uma pequena falta, nenhum representante de vereador se encontra. Cadê o comprometimento daqueles que se dizem estar dentro da casa do povo, estar hoje dando a cara e ouvindo a população, pela qual eles se elegeram? Estamos esquecendo do principal, justamente o legislativo. O próximo lugar que devemos ocupar é a câmara de vereadores. Muitos se candidatarão a deputados estaduais e federais, mas nenhum está aqui nos ouvindo.”

Manifestante Bárbara: “peço ao prefeito para que exponha os prazos, os dias que teremos acessibilidade efetiva dentro dos ônibus, a data para conclusão dos terminais de integração, a diminuição das tarifas para 2,50 e o aumento de ônibus nas respectivas linhas: Circular I, Boa Vista, Costa Teles/Jardim Uberaba, Valim de Melo, Cássio Resende, Jd. Espírito Santo, Vila Militar, Copacabana/Rui Barbosa, Circular II, Paraíso, Abadia, Gameleira e Circular III.”

Após todos os discursos e perguntas dos manifestantes, o prefeito Paulo Piau se pronunciou e realizou uma votação para decidir a data, o local e o horário da próxima audiência pública que será realizada. Esta audiência se realizará no CEMEA (Abadia), às 18 horas, sexta-feira, dia 5 de julho.
---------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário