9 de julho de 2013

CONTA-GOTAS...Notícias

O FIM DO SILÊNCIO --- Jairo Chagas expõe nesta imagem reveladora o perfil de
brasileiros/uberabenses ansiosos para usar o microfone e colocar as angústias a público.
O RECADO DOS EX-SILENCIOSOS
Audiência pública convocada pelo prefeito Paulo Piau (PMDB) para debater a tarifa do transporte coletivo urbano de Uberaba – realizada na semana passada, foi marcada por muitas manifestações por parte de representantes da comunidade; explicações técnicas por parte do governo municipal – e até das empresas concessionárias; e pela falta de soluções. Manifestantes não se conformaram com a redução de apenas R$ 0,10 no valor da tarifa – que caiu de R$ 2,90 para R$ 2,80, e portanto, continua sendo uma das mais altas do Brasil.  
A FILA DA REVOLTA --- O microfone colocado à disposição dos presentes na audiência atraiu fila quilométrica e muitos protestos pela imposição do número de “pronunciamentos”. Inicialmente, o governo anunciou que apenas dez pessoas poderiam falar. Entretanto, diante das contestações, o número subiu para 20 – e mesmo assim os ânimos não se acalmaram.
ESTRANHEZA
Jovem estudante que participou de audiência pública sobre transporte coletivo, entrou em contato com a colunista, pedindo espaço pra manifestar sua estranheza. Diz que, apesar de tirar nota 9,5 e 10 em todas as matérias escolares, ainda não entendeu a declaração do prefeito de que vai mandar revisar as planilhas que justificaram o reajuste para R$ 2,90, no final do governo passado.
RE-REVISÃO
O adolescente afirma que, durante a audiência, apresentaram resultados de “revisão” feita nas planilhas pela empresa de auditoria Libertas, citaram números, jogaram um punhado de “explicações” técnicas na cabeça do pessoal presente, e assim por diante. “Uai! Vão fazer revisão na revisão da empresa de auditoria?!” – questiona o jovem.
Vale lembrar que a Libertas foi contratada para fazer auditoria na administração municipal, e uma das incumbências extras foi de justamente analisar as planilhas.
-----------------
Dom Paulo Mendes lancha no Arquivo Público, com Marta Zednik      (Foto: Mariano Leite)
Pesquisadores do Arquivo Público terão acesso ao acervo da Arquidiocese de Uberaba
Superintendência do Arquivo Público de Uberaba recebeu esta semana a visita do arcebispo de Uberaba, historiador Dom Paulo Mendes Peixoto, acompanhado da arquivista da Cúria Metropolitana, Nice de Jesus e Silva. Eles conheceram o acervo, as instalações e a forma de acondicionamento e preservação dos documentos da instituição.
É a primeira vez, em 27 anos de existência do Arquivo Público, que um arcebispo visita a instituição e mostra-se simpático à proposta de abrir os arquivos da Arquidiocese para  consulta”, comemora a superintende Marta Zednik de Casanova.
PARCERIA
De acordo com ela, Dom Paulo acenou positivamente ao pedido para que os pesquisadores da Superintendência do Arquivo Público consultem os ricos acervos da Arquidiocese, assim como de duas igrejas: da Catedral e da Adoração Perpétua.
A parceria com a Cúria é muito importante para a preservação da memória do município” – observa Marta.
Vale lembrar que a história de Uberaba se confunde com a história da igreja católica.
  
IRREGULARIDADES --- Ministério Público quer discutir com a comunidade alternativas
para o aeroporto de Uberaba   (Foto: Infraero)
Ministério Público Federal convoca o povo para discutir irregularidades no Aeroporto de Uberaba
Infraero já foi multada por descumprir normas de segurança, 
e a audiência pública convocada pelo MPF, pretende encontrar 
uma solução definitiva para os problemas
O Ministério Público Federal – MPF, informa que vai realizar audiência pública no dia 17 de julho, com o objetivo de encontrar solução para as irregularidades detectadas pela Agência Nacional de Aviação Civil – Anac, na pista de pouso e decolagem do Aeroporto de Uberaba.
INSPEÇÃO...
Na nota em que anuncia a realização da audiência, o MPF ressalta que, relatório de inspeção da Anac, indica que as duas cabeceiras da pista do Aeroporto Mário de Almeida Franco não respeitam as faixas de segurança de 150 metros, conforme determina legislação específica sobre o assunto.
...E MULTA
A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero,  responsável pela administração do aeroporto, chegou a ser multada pela Anac, em virtude do descumprimento das normas de segurança, revela o MPF.
INVASÃO
Ainda de acordo com a nota distribuída pelo Ministério Público Federal, um dos empecilhos para a adequação da pista está nas construções feitas ao redor do aeroporto, exatamente nos locais onde se daria a ampliação das áreas de segurança. Ao longo dos anos, essas áreas, de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Uberaba, foram invadidas e várias famílias construíram ali suas residências.
DESAPROPRIAÇÃO
A Infraero – segundo o MPF, apontou duas alternativas para a solução do problema. A primeira seria a expedição de um decreto municipal tornando de utilidade pública áreas no entorno do aeroporto, para garantir as faixas de segurança exigidas, com a consequente desapropriação dos imóveis localizados até 150 metros das cabeceiras da pista. A segunda opção seria fazer o recuo das cabeceiras, atendendo às normas de segurança, porém, diminuindo a própria extensão da pista.
TRANSPARÊNCIA
O procurador da República/MPF em Uberaba, Thales Cardoso, lembra que as duas alternativas terão conseqüências, e que portanto, é necessário que os órgãos competentes, de forma responsável e transparente, alcancem a melhor solução. 
I - Ele explica que, no caso da primeira opção, a extensão da pista atual seria mantida, e, com a observância das normas de segurança aeroportuária, a consequência seria a possibilidade do aumento do número de voos para a cidade, beneficiando Uberaba e toda a região.
II - A segunda alternativa implicaria em adequar a pista às normas de segurança; por outro lado, poderia prejudicar a capacidade operacional do aeroporto e, consequentemente, o desejado aumento nas opções de voos.
CONVIDADOS
Além do Ministério Público Federal, irão participar da audiência pública, representantes da Anac, da Infraero, da Prefeitura de Uberaba e da Azul Linhas Aéreas, única empresa de aviação que opera atualmente na cidade, tendo sido também convidados diversos órgãos e entidades sediados em Uberaba.
A audiência pública é aberta à participação de qualquer cidadão.

Serviço:
Audiência Pública sobre o Aeroporto de Uberaba
Data: 17 de julho de 2013 (quarta-feira)
Horário: 14h
Local: Anfiteatro do prédio da biblioteca central da Universidade de Uberaba – Uniube
Endereço: Avenida Nenê Sabino, nº 1.801, bairro Universitário 
Notícias do MPF em Minas Gerais: www.prmg.mpf.gov.br
Notícias do MPF em Uberaba: www.prmg.mpf.gov.br/uberaba
No twitter: mpf_mg

MOVIMENTO --- De janeiro a maio de 2013, o aeroporto de Uberaba registrou 3.444 voos – segundo estatísticas da Infraero. Foram 64.051 passageiros transportados no período, e 4.921 quilos de cargas variadas.
  
PELOS VELHOS TEMPOS --- Palmeiras homenageia Djalma Santos   (Foto: Célio Messias/LANCE!Press)
DJALMA SANTOS volta à UTI e
recebe homenagem do Palmeiras
Alertado de que seria homenageado, o 
bicampeão pediu uma TV para ver o jogo 
O bicampeão mundial de futebol, Djalma Santos, voltou para a Unidade de Terapia Intensiva – UTI, do Hospital Hélio Angotti, onde está se tratando de uma pneumonia. Ele havia deixado a UTI e estava na enfermaria. 
HOMENAGEM
No sábado, o Palmeiras entrou em campo com uma mensagem de apoio a Djalma Santos, ídolo do clube e internado desde a madrugada de segunda-feira por conta de uma infecção pulmonar. A faixa mostrava a mensagem #forzadjalmasantos. A frase estava escrita também na camisa dos alviverdes, na vitória por 4 a 0 sobre o Oeste.
O ex-lateral – considerado o maior do mundo, jogou 498 vezes pelo Palmeiras. É o sétimo jogador que mais vestiu a camisa do palestra, quando conquistou o Campeonato Paulista  em 1959, 1963 e 1966; os Brasileiros de 1960 e 1967 e a Taça Brasil de 1967, torneios que classificam para a Libertadores da América, e, além disso, venceu o Torneio Rio-São Paulo em 1965.

BOLETIM MÉDICO – DJALMA SANTOS
09/07/2013
12h30
O paciente Djalma Santos apresentou diminuição do nível de consciência, com necessidade de ventilação mecânica. Permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em investigação diagnóstica.
******************* 
Equipe médica
Dr. Edson Elias Vieira – medico intensivista / UTI
Dra. Ivone Elisabete Ferreira Leboreiro – médica Cardiologista/Clínica Médica/Unidade de Terapia Intensiva

A INTERNAÇÃO
Djalma Santos foi internado no Hospital Hélio Angotti, na Unidade de Terapia Intensiva, à 0h30 do dia 1º/07/2013, com quadro de insuficiência respiratória aguda e diagnóstico de pneumonia.
Apresentou melhora e foi transferido para a enfermaria, mas voltou para a UTI.
_Boletins estão sendo distribuídos pela assessoria de imprensa do hospital para os jornalistas
 -----------------
Vacinação contra a gripe é uma das reivindicações dos manifestantes de Uberaba - conforme revela
a foto de Paulo Ricardo Brandão, com montagem do desenhista técnico e locutor
da Rádio Supersom FM, Juninho Tosta
2ª etapa de vacinação contra a gripe tem data e locais definidos
A Prefeitura de Uberaba comprou 30 mil doses com 
recursos próprios, que estão sendo aplicadas em três etapas
Em dois dias de vacinação contra o vírus Influenza H1N1 e H3N2 – também conhecido por gripe A e gripe suína, o governo municipal imunizou 6.893 pessoas. Esta foi a primeira parte da campanha com as 30 mil vacinas adquiridas diretamente pela Prefeitura de Uberaba – única cidade de Minas Gerais até agora, a comprar vacinas com recursos próprios. 
As vacinas - com seringas e agulhas, custaram R$ 750 mil aos cofres municipais.
A vacinação aconteceu nas três unidades matriciais, localizadas nos bairros Abadia, Volta Grande e Boa Vista.
2º LOTE
(Quantidade...)
De posse do segundo lote - de 10 mil vacinas, o comitê instalado para o enfrentamento da doença definiu os grupos e a logística de imunização. Serão disponibilizadas 13.107 doses, correspondentes ao que sobrou da primeira etapa e as 10 mil novas doses.
O secretário de Saúde, Fahim Sawan, alerta que as doses não darão para toda a população, por isso, a priorização dos grupos mais suscetíveis à doença.
Durante o período regular da campanha, com vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde e o governo do Estado, foram vacinadas quase 70 mil pessoas. A expectativa, com esta nova campanha é atingir 100 mil.
2º LOTE
(Data e locais...)
Segunda etapa da campanha contra a H1N1 com as vacinas adquiridas pela Prefeitura de Uberaba já tem data e bairros definidos. Serão vacinados os mesmos grupos da semana passada: idosos, crianças de 6 meses até 4 anos 11 meses e 29 dias, e doentes crônicos (comorbidade) com comprovação médica.
Vacinação vai acontecer dias 11 e 12 de julho, nos seguintes locais:
_Unidade Básica de Saúde - UBS Dona Aparecida Ferreira
Bairro: Parque São Geraldo/Abadia
Endereço: Avenida Orlando Rodrigues da Cunha, 502
Gerente: Lívia Moreira
Telefone: 3314-2676
_ Unidade Matricial de Saúde - UMS George Chiree
Bairro: Alfredo Freire
Endereço: Rua Francisco Munhoz Lopes, 499
Gerente: Beatriz Alves Ferreira
Telefones: 3313-6832 / 3314-9471
 _ Unidade Regional de Saúde - URS Nídia Veludo
Bairro: Mercês
Endereço: Praça Augusto Lemp, 750        
Gerente: Márcia Beatriz Carvalho Duarte
Telefone: 3312-9117
  
GRUPO DE COMORBIDADE A SER INCLUÍDO NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO COM A PRESCRIÇÃO MÉDICA
CATEGORIA DE RISCO CLÍNICO
INDICAÇÃO
Doença Respiratória Crônica
- Asma em uso de corticóides inalatório ou sistêmico (moderada ou grave);
-DPOC;
- Bronquiectasia;
- Fibrose cística;
- Doenças intersticiais do pulmão;
- Displasia broncopulmonar;
- Hipertensão arterial pulmonar;
- Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade
Doença Cardíaca Crônica
- Doença cardíaca congênita;
- Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;
- Doença cardíaca isquêmica;
- Insuficiência cardíaca
Doença Renal Crônica
- Doença renal nos estágios 3, 4 e 5;
- Sindrome nefrótica;
- Paciente em diálise
Doença Hepática Crônica
- Atresia biliar;
- Hepatites crônicas;
- Cirrose
Doença Neurológica Crônica
- Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;
- Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares;
- Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular;
- Deficiência neurológica grave.
Diabetes
- Diabetes mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos
Imunossupressão
- Imunodeficiência congênita ou adquirida;
- Imunossupressão por doenças ou medicamentos
Obesos
- Obesidade grau III
Transplantados
- Órgãos sólidos
- Medula óssea.
Sindrome de Down



A GRIPE SUÍNA EM UBERABA
De acordo com a Secretaria Municipal de Uberaba, não houve alteração nos dados da H1N1 nos últimos dias. Até agora, foram feitos exames em 49 casos suspeitos em Uberaba: 34 de pessoas residentes na cidade e 15 de visitantes.
Dos exames que já tiveram resultados liberados, oito deram positivo e 12 negativos.
Ainda são aguardados 27 resultados.
Dos 49 que fizeram a coleta de material para exame, 19 morreram, sendo que pelo menos seis foram vítimas confirmadas da gripe A.
-------------------
SEM SAÍDA
Servidores da Saúde e da Educação estão sempre em maioria entre os pedidos de demissão na Prefeitura de Uberaba. Numa só tacada, a última edição do Porta-Voz, o jornal oficial/virtual do município, traz mais de 70 pedidos de demissão. Destes, mais de 20 são médicos – que tinham sido contratados para atender urgências e emergências, enquanto 21 são professores – sendo duas especialistas em supervisão. Vale lembrar que Saúde e Educação da rede pública municipal de Uberaba estão sob estado de emergência – através de decretos baixados pelo governo, justamente para tentar atrair profissionais sem a necessidade de burocracia.

MEDICINA
(O curso da hora...)
E não é por acaso que o governo federal está envolvido até às tampas com medidas que visem a encontrar médicos para a rede pública. O curso de medicina passará de seis para oito anos a partir de 2015. Pelo menos é o que defende a presidente Dilma Rousseff (PT) em Medida Provisória que ainda terá que ser  regulamentada pelo Conselho Nacional de Educação, num prazo de 180 dias. A MP envolve um pacote de medidas para ampliar a oferta de médicos no país e melhorar a formação dos profissionais.
FUNÇÃO SOCIAL
Concluído o curso de seis anos, o estudante passa para um segundo ciclo, de dois anos, onde terá de atuar em serviços públicos de saúde. A exigência do segundo ciclo será universal: tanto para estudantes de instituições da rede pública quanto privada.
No período em que trabalharem nos serviços públicos de saúde, estudantes receberão uma bolsa, financiada pelo Ministério da Saúde.
Os valores ainda não foram definidos. O governo calcula, no entanto, que ela ficará entre o que é concedido para as residências médicas (R$ 2,9 mil mensais) e o que é pago para profissionais inscritos no Provab (R$ 8 mil).
POR LIVRE E ESPONTÂNEA PRESSÃO
No primeiro ano, estudantes vão atuar na rede de atenção básica. No segundo ano, o trabalho será feito nos serviços de urgência e emergência. Os alunos continuarão vinculados à instituição de ensino onde foi feita a graduação e, assim como ocorre com a residência, serão avaliados. A carga horária ainda não foi definida.
VAGAS ---- O projeto inclui – entre outras medidas, o recrutamento de profissionais estrangeiros para trabalhar em áreas prioritárias; a abertura de 11.447 novas vagas para graduação, e outros 12.376 postos de especialização em áreas consideradas prioritárias até 2017. Vale lembrar que Uberaba – por exemplo, enfrenta problemas sérios no que se refere ao preenchimento de vagas em urgência e emergência na rede pública. A defasagem de profissionais é grande, e mesmo os decretos de emergência não ajudam na atração de interessados nas vagas.

CONTERRÂNEO
Inspiração para os profissionais que criaram a Fundação Gregório Baremblitt, em Uberaba, o médico, psiquiatra, psicoterapeuta, professor, pesquisador, analista e interventor institucional, esquizoanalista, esquizodramatista e escritor que empresta seu nome à entidade, acaba de receber o título de Cidadão Uberabense. 
MILITÂNCIA
Baremblitt recebeu a homenagem das mãos do autor da indicação, o vereador Franco Cartafina (PRB), ao participar de evento da Fundação, na quinta-feira, dia 4 de julho. Vale lembrar que a Fundação Gregório Baremblitt/Uberaba foi uma das primeiras entidades do país a instituir formas de tratamento mental em sintonia com os ideiais da luta antimanicomial.  
 ----------------
NINGUÉM MERECE...
Servidora municipal mandou e-mail para a colunista às 18h de sexta-feira, 5 de julho, afirmando que se encontrava, naquele momento, numa fila quilométrica no Centro Administrativo/Prefeitura de Uberaba, para receber seu suado salário, através do caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal. “Como se não bastasse estarmos recebendo no quinto dia útil, ainda temos que dividir apenas quatro caixas eletrônicos e somente um caixa no interior da agência com funcionários de outras empresas” – desabafou.
CONVITE...
(Maldadinha)
Além do tamanho minúsculo da agência; da falta de caixas internos; do sufoco de dividir os caixas eletrônicos com trabalhadores extra-prefeitura; da constante falta de dinheiro nos caixas eletrônicos; e das constantes quedas do sistema, a servidora ressalta que o único funcionário que atende no interior da CEF é “mal-educado e está sempre de mal com a vida”. A desesperada servidora – que vou omitir o nome por motivos óbvios, “convida” o prefeito e os secretários para enfrentarem o mesmo sofrimento.
  
COMANDO - Eduardo Palmério é reconduzido à Presidência do PMDB (Foto: Enerson Cleiton)
PODERES...
Sem surpresas...O professor e herdeiro da Universidade de Uberaba – Uniube, Eduardo Palmério, foi reconduzido oficialmente, à Presidência do PMDB/Uberaba, legenda que abriga a filiação do prefeito Paulo Piau e de dois vereadores: Tony Carlos, líder do Executivo na Câmara, e Cléber Ramos, ex-líder do governo passado.
LIGEIRINHOS --- A Comissão Executiva Municipal Provisória – que tinha mais alguns dias de validade, foi reconduzida com antecedência, e ganha fôlego até outubro deste ano, integrada ainda por outros cinco membros: Antônio Ribeiro, João Caldas, Luiz Humberto Borges, Maurides Dutra e Mauro Umberto Alves.
QUE SUFOCO! ---- Até 1º de janeiro de 2013, o PMDB/Uberaba foi comandado pela Comissão Interventora que coordenou a campanha do partido em 2012 e, a partir de então, entrou em cena uma executiva provisória, em substituição ao ex-diretório municipal – que passou por uma destituição judicial, foi restabelecido – também pela Justiça, até chegar ao fim de sua vigência, sem que os vitoriosos de 2012 tivessem a intenção de eleger outro diretório.
RECAPITULANDO
Enquanto isso, permaneciam sem comando – até o fechamento de Bastidores, na tarde ontem: PCB (desde 1º de junho de 2013); PDT (desde 2 de julho de 2013); PHS (desde 11 de abril de 2013); PSB (desde 25 de maio de 2013); PSDB (desde 31 de março de 2013); PSDC (desde 24 de fevereiro de 2013); PTN (desde 3 de abril de 2013); PV (desde 30 de junho de 2013).
 --------------
CADÊ AS RAMPAS?
Leitora da coluna manda e-mail, desabafando contra o atendimento no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM. Diz ela que deu à luz dias atrás, quando estava internada na antiga “clínica civil”, e três horas após o parto foi obrigada a subir escadas. Detalhe: o elevador estava estragado e o hospital não possui rampas.

Em Uberaba, os jovens protestam contra tarifa, contra a
corrupção, em favor da saúde e da educação, por vacinas contra
a gripe suína, entre outros    (Foto: Enerson Cleiton)
A ÚLTIMA QUE MORRE...
Alvos das recentes manifestações populares no Brasil, o transporte público e a corrupção mobilizam o Congresso Nacional. Câmara dos Deputados e Senado planejam uma série de votações esta semana – incluindo um regime especial de incentivos para o transporte coletivo urbano e metropolitano de passageiros e a transparência dos critérios usados para o reajuste das passagens. E ainda, projetos de combate à corrupção. Um deles considera hediondos vários crimes contra a administração pública, como corrupção, peculato ou concussão.

TERRA BATIDA --- Em 1930, surge o campo de aviação, e em 1934 a VASP faz o voo inaugural
(Fotos: Acervo Arquivo Público de Uberaba)
CURIOSIDADE HISTÓRICA
AEROPORTO DE UBERABA
(Republicando...)
Em 14 de abril de 1934 os voos inaugurais da rota São Paulo/Uberaba pela empresa VASP com dois bimotores “Monospar” de quatro lugares com três frequências semanais (2ª, 4ª e 6ª feiras) marcam o início das atividades do então Campo de Aviação de Uberaba.
O Terminal de Passageiros foi inaugurado na década de 50.
Mas, apenas em 1958, quando a Prefeitura Municipal, na época representada pelo prefeito Artur de Mello Teixeira, fez a doação do Campo de Aviação de Uberaba  para  o  então  Ministério  da  Aeronáutica,  o  campo  de  aviação  foi  elevado  para  Aeroporto  com  a denominação de “Aeroporto  Santos Dumont”.
Em 1980 a Infraero assumiu o controle e administração do aeroporto de Uberaba. A partir desta data foram  iniciadas as modernizações  de todo sistema operacional, administrativo e de segurança.
Dentre elas a instalação de sistemas de navegação aérea, implantação de torre de controle, sistemas de balizamento noturno, estação meteorológica de superfície, tetometro a laser, farol rotativo de aeródromo, construção de seção conta incêndio com operação 24 horas, reforma e ampliação do terminal de passageiros em 2008 - que ampliou a capacidade operacional de 100.000 para 200.000 passageiros ano.
Por que Mário de Almeida Franco
A história mundial da aviação começou quando o inventor Santos Dumont, no início do século XX, fez o primeiro voo com um artefato mais pesado que o ar.
Porém, a aviação comercial brasileira começou no dia 27 de janeiro de 1927, quando o hidroavião Atlântico decolou do Rio de Janeiro com destino a Porto Alegre onde chegou dois dias e várias escalas depois.
Nos primeiros anos, o desenvolvimento dessa atividade esteve ligado ao pioneirismo dos arrojados e intrépidos pilotos da nossa história.
Muitos outros homens também foram responsáveis pela popularização dessas belíssimas e complexas máquinas de voar.
Um deles é Mário de Almeida Franco, que, embora nascido na cidade de Ribeirão Preto – SP, em 1910, ainda jovem mudou-se para Uberaba para dedicar-se à agropecuária.
Com a sua perspicácia comercial, Mário tornou-se proprietário rural e exportador de Zebu e, apaixonado que era pela aviação, habilitou-se como piloto no Aero Clube de Uberaba em 1938.
Com suporte financeiro suficiente, Mário foi um dos primeiros proprietários de aviões nesta cidade, tendo adquirido vários aparelhos, dentre eles um monomotor modelo PA28, da Píper, e um Stinsos 105. Em Goiás, conseguiu comprar um avião que pertenceu a Benito Mussoani, conduzido por um piloto norteamericano, especialmente contratado para esse fim.
Todos os seus aviões eram guardados em sua fazenda, onde construiu um hangar e uma pista de pouso.
Pela sua generosidade, Mário permitia a utilização da pista por alguns pilotos que precisavam cumprir horas de voo determinadas por lei, para obtenção do “brevê”, visando ao ingresso em companhias aéreas de grande porte.
Seu interesse pela aviação também motivou a doação de parte da área da  Fazenda
São Geraldo, de sua propriedade, para a instalação do Aeroporto de Uberaba.
Mário de Almeida Franco faleceu em 9 de julho de 1974, aos 84 anos e portanto, foi mais do que justo conferir seu nome ao aeroporto de Uberaba.
Aeroporto hoje é denominado Mário de Almeida Franco de acordo com a Lei Federal 11.519, de 14 de setembro de 2007.
 -------------------



Nenhum comentário:

Postar um comentário