26 de janeiro de 2014

CONTA-GOTAS...Notícias

Em defesa da PAZ e do BRASIL

ARTISTA E ATLETA DE UBERABA 

NÃO TIRAM ESTAS IMAGENS


DA CABEÇA

O ARTISTA
Ele adora ser chamado de “El Loco” – alusão ao jogador uruguaioWashington Sebastián Abreu Gallo, o Loco Abreu do Botafogo e do Figueirense, da seleção uruguaia e agora do Rosario da Argentina...
Pratica futebol amador e faz questão de expor as medalhas na parede, bem ao lado do seu espaço de trabalho, no salão Mara Cabeleireiros, de propriedade da mãe.
O jovem Rafael Souza, 28 anos, casado, pai de uma menininha, é apaixonado por futebol, por jornais e notícias de um modo geral, e pelo trabalho de cabeleireiro – quando pratica a arte que aprendeu, e aprimora, sozinho, através da Internet e observando um tio.
Nunca desenhou uma flor num papel – segundo ele. Mas, faz desenhos na cabeça dos clientes como se fora um (guardadas as devidas proporções) Leonardo da Vinci.
O ATLETA
O cliente especial do sábado, 26 de janeiro de 2014, chama-se Valter Júnior.
O ajudante de produção em uma fábrica de Uberaba tem 32 anos de idade, cerca de 13 deles dedicados a muitos treinamentos, concentração e corridas famosas, entre elas, a São Silvestre, de São Paulo, e a Volta da Pampulha, de Belo Horizonte.
Acumulou uma grande quantidade de medalhas – mas, lamenta que, apesar disso, não tenha ainda conquistado um patrocínio de longa duração. Conta com os amigos para viajar e competir.
Não vou desistir nunca!” – desabafou Valter Júnior, enquanto a colunista, sensibilizada com as duas histórias que ouvia, fotografava – muito mal, diga-se de passagem, com o celular um tanto quanto antigo, mas fruto de um presente que não dá pra descartar.
O ORGULHO
E já que não vai desistir, o jeito é estar sempre preparado para o caso de uma boa surpresa, principalmente nas grandes corridas. Valter Júnior faz questão de renovar, sempre, o desenho da cabeça, com o amigo cabeleireiro Rafael Souza. Onde vai, o atleta expõe a bandeira do Brasil e a palavra PAZ.
Aliás, artista e atleta se orgulham das duas imagens.

-------------------

ISTO É INCRÍVEL!

Tem que ver, pra crer...
Circulando pelo Facebook, a foto acima parece coisa de outro mundo, e tem merecido, na rede social, reações de outro mundo. Postada pela estudante da Universidade Federal do Triângulo Mineiro/UFTM, Beatriz Bessa, a imagem – de acordo com ela, pode ser vista todos os dias, entre 10h30 e 11h30, no Aeroporto Mário Franco.
Ar e terra
Basta dar uma olhadinha (se conseguir fixar os olhos) nos reflexos para perceber que os riscos são iminentes – tanto para quem circula pelos ares (de aeronave), quanto para quem circula em terra firme (de carro), e até para quem caminha nas proximidades e pode morrer atropelado por falta de visão.
Perdoável...
As reações na rede social chegam a ser grosseiras em alguns casos, mas, venhamos e convenhamos: tachar o engenheiro responsável pela obra de “anta” é até perdoável neste caso específico. Outro comentarista propõe a realização de um rolezinho exclusivamente voltado para protestar contra a situação do prédio do Aeroporto de Uberaba.
Moral da história
Alguém mais afoito “pondera” que o rolezinho aconteça na porta do aeroporto, e que se convide alguns vândalos conhecidos. Nem precisa dizer o objetivo, né?!
-------------
ESTUDANTES DA UFTM FIZERAM MANIFESTAÇÃO EM SINALEIRO PRÓXIMO À ESCOLA, NA MANHÃ DESTA SEGUNDA-FEIRA, 27 DE JANEIRO DE 2014, E PROMETEM MAIS PROTESTOS
Auxílios...
Alunos da Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM, querem melhorias no programa de assistência estudantil da instituição, tipo auxílio-transporte, auxílio-moradia e auxílio-alimentação. Pedem, por exemplo, a normalização das liberações dos recursos, explicando que, os seguidos atrasos estão prejudicando a vida acadêmica dos usuários destes benefícios.
...atrasados
Os organizadores do movimento – que inclui manifestação pública e carta-aberta à reitoria, dizem ainda, que os bolsistas da monitoria não recebem desde novembro de 2013. “Está havendo um descaso por parte da UFTM em relação aos alunos beneficiados com estes programas” – denuncia Fabrício Araújo, do 6º período do curso de Serviço Social, e um dos organizadores. 
Falta de... 
A garotada também aproveita para denunciar que "falta professor, falta livro, falta liberdade nas dependências da escola, falta material para atividades de ensino, pesquisa e extensão..." E segundo os organizadores, ainda existem as dificuldades com o transporte para os que estudam no campus da UFTM na Univerdecidade.
--------------
Entrevista Coletiva, levado ao ar dia 13 de outubro de 2012, e do qual participei como jornalista convidada, entrevistou o cientista político, mestre e doutor em Sociologia,  Edilson Graciolli (centro), sobre as eleições em Uberaba e Uberlândia. Também à mesa, o jornalista Evaldo Pighini (editor da revista Mercado e jornal O Correio/Uberlândia), além do comandante do programa, o jornalista Orlei Moreira (à direita). A foto é de Emerson Lemes

EM BOAS MÃOS
Comunicador Orlei Moreira assumiu a direção de jornalismo da TV BandTriângulo, e retorna, em fevereiro, com o programa Entrevista Coletiva – que ele comandava na emissora e foi afastado da grade durante alguns meses. “É o casamento, depois de um namoro que vinha rolando há algum tempo, com a missão de promover algumas reformas na área” – disse ele, no Facebook.  “Quem me conhece, sabe que sempre defendi um jornalismo ético e sério, voltado para a informação imparcial que o telespectador consumidor de notícias merece” – acrescentou.
-----------------

PESQUISA 1 



COMÉRCIO É REVELADO
Comércio varejista de Uberaba ganhou impulso em tempos recentes, mas ainda não aderiu ao associativismo como se espera nestes tempos atuais. Foi o que constatou pesquisa realizada pelo Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais - Cepes, instituto mantido pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba – Aciu, e sua FCETM -  Faculdade de Ciências Econômicas do Triângulo Mineiro.
Impulso recente
De acordo com a pesquisa, 42% das empresas têm menos de cinco anos no mercado. E mais: 13,2% têm entre 11 e 15 anos de vida. Menos de 5% estão funcionando há mais de 35 anos. Levantamento - divulgado esta semana pela Aciu, relacionou 400 estabelecimentos, entre novembro e dezembro de 2013.
As pequenas dominam
A pesquisa constatou que 67% do comércio da cidade é formado por microempresas, 8,3% por microempreendimentos individuais e 19,5% por empresas de pequeno porte. Como era de se esperar, a maioria das empresas mais antigas são administradas por uma mesma família. Nada menos do que quase 80% são empresas familiares.
Nem tudo é perfeito
Outra constatação interessante é que o investimento em publicidade é antenado com os tempos atuais. De acordo com a pesquisa, 73,3% das empresas aplicam em publicidade. Detalhe importante: quase 20% disseram que fazem propaganda na internet. Mas, rádio e jornal impresso juntos ainda dominam as preferências. O lado ruim da pesquisa é que apenas 46% das empresas de Uberaba – e portanto, menos da metade delas, são associadas a entidades classistas.

PROFESSOR ANALISA PESQUISA


*Sérgio Silva Martins
A pesquisa sobre o segmento varejista conduzida pelo Cepes - Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais, vinculado ao Núcleo Indicadores FCETM/Cesube, buscou em dados primários, traçar um perfil do varejo de Uberaba, apresentando o que pensa e o que planeja o dirigente varejista.
A partir dos dados levantados, foi possível cruzar várias informações relevantes, porém vamos tratar neste espaço de hoje as mais relevantes. Conjugando o mercado de atuação da empresa com seu porte, fica visível que mais de 90% das microempresas e microempreendedores individuais focam seus esforços para o mercado local, seguido pelas empresas de pequeno porte, com 80%.
As empresas familiares, não familiares ou mistas também atuam preponderantemente no mercado local em detrimento dos mercados regional, estadual e outros Estados.
Uma indagação feita aos entrevistados foi quanto aos resultados da empresa: se ele acredita no crescimento ou não dos negócios nos últimos anos.
Quando cruzamos esta questão ao porte da empresa, verificamos, pelas respostas, que mais de 40% das microempresas estão crescendo mais do que se mantêm estáveis. Quase o mesmo resultado obtivemos nas empresas de pequeno porte.
As empresas varejistas de maior porte (quase 90%) acreditam que seus negócios vêm crescendo. Ao contrário, os microempreendedores individuais consideram seu negócio estável, mais do que crescendo.
Quanto ao crescimento, estabilidade ou declínio nos negócios, mais de 40% das respostas estão no grupo familiar; quase 30%, não familiar, e quase 40% misto.
A estabilidade nos negócios está presente em 35% do grupo familiar, 50% não familiar e quase isso no grupo misto.
Em síntese, é possível pensar que dentre as características que marcam o perfil do segmento varejista de Uberaba, as que chamam mais atenção são:
- a forte atuação no mercado local em detrimento do regional, estadual e outros Estados;
- os negócios familiares, não familiares e mistos atuam preponderantemente no mercado local;
- a estabilidade nos negócios nos últimos anos marca o perfil dos microempreendedores individuais e as empresas de pequeno porte. O crescimento está presente com mais intensidade nas microempresas e altamente promissor nas de porte maior.
- os resultados de crescimento estão mais facilmente visualizados nas empresas familiares, mas a estabilidade está presente no grupo não familiar e misto.
*Sérgio Silva Martins é economista, administrador e professor na Faculdade de Ciências Econômicas do Triângulo Mineiro/FCETM, mantida pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba/Aciu

Admirável
mundo novo
E por falar em Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba, a entidade empossa, na segunda-feira, 27 de janeiro de 2014, às 19h30, o presidente reeleito Manoel Rodrigues Neto, cujo novo mandato abrange o biênio 2014/2015. A principal novidade da diretoria nesta 2ª versão: tem oito mulheres.
----------------

DEFINIDO FUNCIONAMENTO

DO COMÉRCIO NO CARNAVAL


Acordo assinado entre os presidentes Marcelo Carneiro Árabe – Sindicomércio, e Nivaldo Duarte da Silva – Sindicato dos Empregados no Comércio de Uberaba,  definiu o funcionamento do comércio no período de carnaval.

COMÉRCIO DE RUA
02/03/14 - DOMINGO (FECHADO)
03/03/14 – SEGUNDA-FEIRA (FECHADO) *DIA DO COMERCIÁRIO
04/03/14 – TERÇA-FEIRA (ABERTO)
05/03/14 – QUARTA-FEIRA (ABERTO) - APÓS 12H HORAS PARA OS FUNCIONÁRIOS QUE TRABALHARAM NOS DIAS 15 E 22 DE DEZEMBRO (DOMINGOS DE NATAL)

SHOPPING CENTER UBERABA
02/03/14 - DOMINGO (ABERTO) - DAS 14H ÁS 20H
03/03/14 – SEGUNDA-FEIRA (FECHADO)  *DIA DO COMERCIÁRIO
04/03/14 – TERÇA-FEIRA (FECHADO)
05/03/14 – QUARTA-FEIRA (ABERTO) – DAS 12H ÀS 22H

GÊNEROS ALIMENTÍCIOS
02/03/14 - DOMINGO (FACULTATIVO) - JORNADA EXCLUSIVA DE SEIS HORAS
03/03/14 – SEGUNDA-FEIRA (FECHADO) *DIA DO COMERCIÁRIO
04/03/14 – TERÇA-FEIRA (ABERTO)
05/03/14 – QUARTA-FEIRA (ABERTO)
-----------------
PESQUISA 2


UBERABA FOI APONTADA PELA REVISTA EXAME, EM RECENTE PESQUISA, COMO UMA DAS MELHORES CIDADES PARA OS IDOSOS VIVEREM NO BRASIL.  É A 19ª COLOCADA, POR CAUSA DOS ATENDIMENTOS EM SAÚDE, ATIVIDADES DE ESPORTE E LAZER, MEDIDAS PROTETIVAS, INSTRUMENTOS CULTURAIS.
QUASE TODAS ESTAS CARACTERÍSTICAS PODEM SER ENCONTRADAS NA UNIDADE DE ATENÇÃO AO IDOSO - A UAI, MANTIDA PELA PREFEITURA DE UBERABA. A FOTO REGISTRA UM DOS BAILES REALIZADOS ALI
DOENÇAS EM IDOSOS SÃO 
ASSOCIADAS À BAIXA PARTICIPAÇÃO
SOCIAL E REDUÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL
Resultado de pesquisa publicado agora, em janeiro de 2014, na Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social – Refacs, concluiu que, a grande prevalência de múltiplas patologias em idosos está associada à diminuição da capacidade funcional, à baixa participação social na comunidade, e à correlação existente entre a qualidade do sono e a capacidade funcional.
Os pesquisados
Amostra compreendeu pacientes atendidos na Terapia Ocupacional na Residência Integrada Multiprofissional em Saúde – RIMS, do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM. Foram pesquisados os idosos entre 60 e 95 anos, de ambos os sexos, residentes em Uberaba e região, assistidos pela equipe da RIMS, de maio a dezembro de 2010.
Internações
As terapeutas ocupacionais e autoras do estudo Grasielle Silveira Tavares Paulin, Vania Costa Gonçalves da Silva e Anne Marise Koenig enumeram, quanto às principais causas de internação hospitalar nesses idosos, as patologias do sistema cardiovascular - 33%;  e endócrino – 23%; seguidas das neurológicas e pneumológicas.
Independência
A maioria dos idosos, entretanto, consegue desempenhar sem ajuda a maioria das atividades pessoais. Outros 13% são parcialmente dependentes, e 5% necessitam de ajuda total, estando acamados e dependentes.
Atividades pessoais
Na avaliação do desempenho ocupacional foram avaliadas as variáveis: banho, controle de esfíncter, vestimenta, alimentação, locomoção e higiene pessoal, preparo de refeições, trabalho doméstico, tomada de remédios, cuidado das próprias finanças, realização de compras e uso de transporte coletivo.
Pouco estudo...
Do total de idosos pesquisados, o levantamento detectou, entre outras informações, que 42% eram residentes em outras cidades atendidas pelo HC/UFTM; que 48% estavam casados; que 35% eram analfabetos e 52% não concluíram o ensino fundamental.
...e sustento da casa
E ainda: que 75% recebem até dois salários mínimos; 13%, até três;  6% contam de quatro a seis salários mínimos; 4% não dispõem de nenhuma renda, e 2% não informaram a renda. Observou-se que os idosos, em sua maioria, são os provedores de seus lares.
Descanso e cotidiano
Quanto ao sono e ao repouso, 17% consideram o sono ruim e 20% tomam medicação para dormir. Aqueles que declararam dormir mal coincidem com o grupo que apresenta as atividades diárias mais prejudicadas. 67% são mulheres, distribuídas em duas faixas etárias: até 70 anos e até 90 anos, com maior predominância da segunda faixa.
Vida social
Em relação à participação social, 58% dos entrevistados não participam de nenhuma atividade. Apenas três idosos disseram frequentar locais que oferecem atividades como bailes para a terceira idade, e dois participam de campeonatos de truco. Os demais consideraram como participação social frequentar a igreja e grupos de oração. Em relação ao lazer, as atividades citadas foram: 67% - televisão; 38% - rádio; 17% - ouvir músicas e dançar; 10% - pescar; 4% - leitura; e 13% praticam algum tipo de jogo.
SÍNTESE
No perfil de idosos encaminhados para a intervenção observou-se que a maioria é do sexo masculino, casado, com a média de idade de 73 anos, prevalência de múltiplas patologias, necessitando de ajuda parcial em determinadas atividades. Em relação às mulheres, a maioria está viúva, com a mesma média de idade e com menor número de patologias, porém com maior grau de comprometimento.
ORIENTAÇÕES
Ambos os sexos apresentaram baixo grau de escolaridade e de renda, fatores que podem dificultar a comunicação, o autoentendimento e o gerenciamento dos problemas pelo idoso. Segundo as autoras da pesquisa, esses dados indicam a necessidade de os profissionais de saúde transmitirem informações ao idoso e à sua família ou ao seu cuidador usando vocabulário simples, que faça sentido para que estas possam ser colocadas em prática no cotidiano.


"COM O AVANÇO DA MEDICINA NAS ÚLTIMAS DÉCADAS E CONSTATANDO UMA REALIDADE, NÃO DÁ MAIS PARA CHAMAR PESSOAS DE 60 ANOS DE IDOSOS. QUANDO A MÉDIA DE EXPECTATIVA DE VIDA DO BRASILEIRO, HÁ MUITOS ANOS ERA DE 60 ANOS, TUDO BEM, MAS, AGORA, ESTÁ PERTO DOS 80. NÃO DÁ MAIS PARA UM CIDADÃO COMEÇAR A TRABALHAR AOS 20 E APOSENTAR COM 50, E VIVER DEPOIS 50 ANOS OU MAIS, NA APOSENTADORIA. PARA MIM, QUE JÁ ACUMULO 68 ANOS DE ATIVIDADE, TODA PESSOA DE 60 ANOS É UMA CRIANÇA".
_ Gilberto Rezende, empresário (Casa do Folclore), promotor e divulgador cultural, 80 anos, comentando a pesquisa publicada aqui. Opinião foi acrescentada extemporaneamente, após a divulgação da coluna...

-------------------
---------------
Função social
E quem está rindo à toa é o superintendente do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro/UFTM, o cardiologista Luiz Antônio Rodrigues Resende. É que ele participou de um mutirão de atendimentos com o objetivo de reduzir a longa fila eletrônica de espera para consultas e exames cardiológicos. Está se sentindo um herói.  Nada menos do que 100 pessoas de cidades pequenas da região de Uberaba foram atendidas ao longo do sábado.
União faz
a força
A fila eletrônica organizada e coordenada pela Prefeitura de Uberaba tem sido “esvaziada” na base de convênios e mutirões. Os que aguardam consultas e exames em cardiologia são apenas uma parte do problema. Dois mutirões realizados recentemente atenderam consultas e exames de câncer de mama e câncer de próstata.

A fila anda
E por falar no Hospital de Clínicas, começam a ser selecionadas as pessoas que vão submeter-se às 150 cirurgias bariátricas recém-liberadas pelo governo do Estado. Detalhe importante: elas serão feitas por videoparoscopia, uma técnica mais moderna, menos invasiva, e que, portanto, permite uma recuperação mais rápida do paciente.
Critérios
A liberação dos recursos para as cirurgias foi confirmada pelo superintendente do HC/UFTM, explicando que todos os procedimentos relacionados ao assunto estão sob a coordenação do vice-diretor clínico, Juverson Alves Terra Junior, que é o responsável pelo ambulatório que cadastra os pacientes e pelo serviço de cirurgias bariátricas.

Conquista
De acordo com o superintendente do HC/UFTM, os recursos destinados ao projeto – que somam mais de R$ 1 milhão, são uma conquista do deputado federal e ex-prefeito de Uberaba, médico e professor licenciado da UFTM, Marcos Montes, do PSD. (Foto ao lado) 
Ele conta que MM fez a reivindicação ao secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, quando este visitou Uberaba em julho de 2013, e esteve na UFTM para conhecer o projeto do Centro do Trauma do Hospital de Clínicas.


---------------------

Em dia
Das oito parcelas em que foi dividido o valor do arremate do acervo do extinto jornal Lavoura&Comércio, duas já foram pagas. A revelação é da superintendente do Arquivo Público de Uberaba, Marta Zednik Casanova, que vai a Uberlândia, com técnicos do Arquivo, em data a ser programada, para verificar o material e providenciar sua transferência para Uberaba.
História
preservada
O acervo havia sido vendido para um grupo da cidade vizinha, mas acabou sendo adquirido pela Prefeitura de Uberaba, após a Justiça ter cancelado a primeira venda. Por determinação do prefeito Paulo Piau (PMDB), o governo arrematou as edições impressas e cerca de 900 mil fotos por R$ 180 mil. Lavoura&Comércio foi fundado em 6 de julho de 1899 e circulou quase que ininterruptamente – com raras exceções, até 27 de outubro de 2003. São, portanto, 104 anos de história de Uberaba, de Minas, do Brasil e do mundo.
Independência
Enquanto aguarda a chegada do acervo mais famoso da cidade, o Arquivo Público de Uberaba fecha parceria com o Arquivo Público Mineiro para implantar, em Uberaba, um setor específico de digitalização e restauração. O primeiro acervo a ser digitalizado será o Lavoura&Comércio. “Estamos ansiosos, seja pela conquista do acervo do jornal, seja pelo fato de estarmos prestes a ter capacidade de digitalizarmos nossos acervos” – comemora Marta Zednik.
Ganho extra
E não bastasse a conquista do Lavoura&Comércio e a independência em digitalização e restauração, a superintendente do Arquivo Público de Uberaba sonha – dormindo e acordada, com outro acervo. Neste caso, do jornal Gazeta de Uberaba, mais antigo que o Lavoura&Comércio e considerado de linha editorial mais democrática. Fundado em 1º de agosto de 1875, o acervo é riquíssimo em história da escravidão em Uberaba e região, e pertence à coleção particular da família Arnaldo Rosa Prata.
Nos trinques
Marta Zednik conta que a própria família já está providenciando a digitalização e recuperação do jornal Gazeta de Uberaba, e que as conversas entre as partes estão avançadas no sentido de que o material seja doado para o Arquivo Público de Uberaba. “Se ganharmos o acervo, vamos soltar foguetes, mas se ganharmos uma cópia do material digitalizado também vamos soltar foguetes” – brinca a superintendente. (Fotos: Acervo do Arquivo Público Mineiro)
--------------------
Gás
Tacada de mestre a escolha do novo slogan do governo municipal: “Uberaba no Gás Total”...Além de dizer que está trabalhando com a corda toda, o prefeito Paulo Piau não deixa ninguém esquecer que vem o gasoduto por aí.

CONFABULAÇÕES – Os peemedebistas Tony Carlos e Paulo Piau acharam um tempinho ontem, durante a divulgação do balanço dos primeiros 12 meses da atual administração, para uma rápida articulação. O flagrante é de Enerson Cleiton

Na ponta da língua
Com vigência até dia 2 de fevereiro de 2014, a comissão executiva municipal provisória do Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB/Uberaba, será substituída por um diretório eleito pelos filiados. Para isso, uma convenção acaba de ser convocada para dia 3 de fevereiro. Vai acontecer das 12h às 20h, no anfiteatro do Centro Administrativo/Prefeitura de Uberaba. PMDB tem hoje, 4.491 filiados.
Pela lógica
Reivindicada pelos peemedebistas históricos que ficaram fora do comando (leia-se da executiva provisória) e defendida por lideranças peemedebistas estaduais e federais, a eleição do diretório ganhou o apoio de vários integrantes da comissão atual, entre eles, o próprio presidente, Eduardo Palmério, que antecipou que não pretende ser reconduzido ao cargo.
Sem acordo
E tudo indica que haverá chapa oposicionista disputando o futuro diretório municipal da legenda. Sem um retorno para a proposta de conciliação, o grupo que perdeu o comando em 2012 já articula a formação de uma chapa completa pra brigar com a chapa situacionista.
Alternativas
E assim, o eventual candidato a presidente pela situação – o deputado estadual Tony Carlos, pode disputar o cargo com Alexandre Pires ou Paulo Affonso Silveira. Ambos são advogados, fundadores e ex-presidentes do PMDB/Uberaba.
Situação
Apoiador de primeira hora da candidatura de Paulo Piau a prefeito nas eleições de 2012, e seu ex-líder na Câmara de Uberaba, ao ser eleito vereador em 2012, Tony Carlos estava na condição de suplente de deputado, das eleições de 2010, cuja vaga foi aberta em 2013.
Oposição
Alexandre Pires e Paulo Affonso são nomes ligados ao ex-prefeito Anderson Adauto – que deixou o PMDB em meio aos entreveros de 2012, e se filiou mais recentemente ao PRB. Adauto – que lutou uma guerra de guerrilha para impedir a candidatura de Paulo Piau a prefeito, é considerado hoje, seu principal adversário político.
--------------
Cobrança
(Versão 1)
Enquanto isso, cresce a fileira dos petistas que estão cobrando a definição e publicação do novo diretório municipal de Uberaba. Eleito e já empossado, o presidente Josimar Rocha disse outro dia que ainda tinha pendências (nomes) para decidir. Enquanto isso, a turma queixosa diz que o PT/Uberaba está sem comando.
Cobrança
(Versão 2)
De sua parte, o presidente anda mesmo preocupado é em recolher dinheiro dos filiados e simpatizantes do PT/Uberaba para ajudar no pagamento da multa decretada pelo Supremo Tribunal Federal – STF, contra o ex-deputado José Genoíno, condenado no mensalão.
----------------
------------
Tendências
Candidatos a deputado federal e a deputado estadual nas eleições de 2014 estão mais próximos do povo...Ou seja, já que o eleitorado não vota em partido, então o jeito é aderir! Poucas serão as dobradinhas exclusivas...
---------------
Fumaça...
Dizem as más línguas – e as boas também, que representantes de alta plumagem do governo Antonio Anastasia andaram telefonando para o prefeito de Uberaba, questionando sobre as críticas recorrentes feitas pelo secretário de Saúde, Fahim Sawan, contra a Superintendência Regional de Saúde/Uberaba. Ele acusa o Estado de não estar demonstrando boa vontade com o pedido de fumacê da dengue.
...e fogo
Vale lembrar que Fahim não teve o apoio do atual governador na disputa para prefeito em 2012, e a turma de BH está achando que as feridas não foram totalmente cicatrizadas. Fontes da coluna dizem que o governo estadual – que está fazendo das tripas o coração para ficar bem com o governo municipal de Uberaba, está triste...triste...de dar dó.
------------------
-------------
Detalhes
Aos pouquinhos o gasoduto Betim/Uberaba vai sendo desnudado. Confira texto publicado na Agência Minas – portal de notícias do governo do Estado: “A Toyo-Setal, fruto de uma parceria entre a empresa brasileira SOG Óleo e Gás e a japonesa Toyo Engineering Corporation, será a empresa responsável pela construção da fábrica de amônia da Petrobras, em Uberaba, no Triângulo Mineiro. A previsão de conclusão das obras é novembro de 2016. O gasoduto Betim/Uberaba, que viabilizará o empreendimento, deve ficar pronto um pouco antes, no primeiro semestre do mesmo ano”.
Repercussão
Deu no jornal Hoje em Dia – com base em Belo Horizonte, com repercussão na Agência Minas/governo do Estado: Minas Gerais receberá este ano três novos centros de tecnologia ligados a universidades federais. As cidades são Uberaba, Juiz de Fora e Lavras. A informação é do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa – Fapemig, Mário Neto Borges, que disse que a escolha recaiu sobre aquelas cidades “que já possuem universidades reconhecidas como fabricantes de conhecimento, para assegurar o retorno do investimento, que pode variar entre R$ 20 milhões e R$ 100 milhões”.

Orelha a orelha
Enquanto isso, o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Renato Gomes, está nadando de braçadas no Facebook. Não tem um dia sequer que não anuncie e comemore algum investimento confirmado para Uberaba. Tem dia que são dois anúncios de uma vez.
Horas extras
Outro dia, após comemorar notícia (principal manchete de um jornal de Belo Horizonte) de que a multinacional brasileira Beraca Water Technologies vai aplicar R$ 200 milhões na cidade, José Renato fez a festa: “A maneira do prefeito Paulo Piau trabalhar tem feito a diferença. E como trabalha! Nunca menos de 15 horas...É resultado em cima de resultado! Fui!”
-----------------
Movimentos
Assessorias em alta...Candidatos a cargos nas eleições de outubro estão se readequando para o a guerra de guerrilha que vem por aí. Sem contar que já tem até gráfica com agenda lotada para agosto/setembro.
---------------
DNA
E o deputado estadual Adelmo Leão (PT) não gostou nadinha de nada de ter seu nome omitido em reportagem publicada no jornal oficial do governo estadual – o “Minas Gerais”. De acordo com ele, o governo comemora a promulgação da Lei 21.146/14, que estabelece política de agroecologia e produção orgânica, destacando que essa legislação dá a Minas posição pioneira em todo o Brasil. Só não cita que a lei é de autoria dele.
---------------
Xô, ironia!
Anderson Adauto tratou de se livrar de uma página no Facebook. Criada por adversários, a página “Anderson Irônico” virou fumaça. Isso, após ficar umas duas ou três semanas no ar, provocando risos nos inimigos e ira total nos aliados...
Esclarecimento
A postagem mexeu tanto com o ex-prefeito e eventual candidato a deputado federal, que ele postou na página “Volta Anderson 2016” uma nota de esclarecimento. AA explicou que a página “Anderson Irônico” não foi criada por ele e nem por pessoas de sua convivência.
---------------
Reajuste...
E os professores da rede estadual tiveram um afago do governador Antonio Anastasia (PSDB). Ele depositou nas respectivas contas o valor do reajuste de 5% - retroativo a 1º de outubro de 2013, mais os 2,5% de antecipação da progressão na carreira.
...salarial
Com isso, os professores receberam dia 22 de janeiro de 2014, nada menos do que 7,62% de aumento. Pagamento foi feito através de uma folha complementar. Tiveram acesso à antecipação da progressão, os servidores de carreira que possuem pelo menos dois anos de efetivo exercício e duas avaliações de desempenho.




-----------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário