9 de setembro de 2014

Conta-Gotas...Notícias

TSE CONFIRMA IMPUGNAÇÃO DA CANDIDATURA DE ANDERSON ADAUTO A DEPUTADO FEDERAL 
Trata-se de decisão da mais 
alta Corte da Justiça Eleitoral do Brasil
_Confira a decisão no final desta edição

-----------------------

SÍLVIO CRUVINEL E ROGER DE ANDRADE
ELES TAMBÉM SÃO CANDIDATOS
(FOTOS: DIVULGACAND TRE/MG)


UBERABA ENTRA NA RETA FINAL DA CAMPANHA COM 28 CANDIDATURAS COLOCADAS À DELIBERAÇÃO DO ELEITORADO

Duas delas só vieram a público nos últimos dias
Surpresas por surpresas, cada dia é um novo dia nas eleições 2014 em Uberaba. Pois não é que, na última semana dois novos nomes vieram à tona?! Sílvio Cruvinel - candidato a deputado federal, e Roger de Andrade - candidato a deputado estadual, não apareciam nos noticiários – por desconhecimento geral e irrestrito, inclusive dos jornalistas, e nem se preocuparam em revelar as candidaturas.
Por enquanto...
E assim, entre perdas anunciadas e acréscimos inesperados, Uberaba está – por enquanto, com 28 candidatos às eleições proporcionais, sendo 11 na disputa por cadeiras na Câmara dos Deputados e 17 na briga por vagas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. A maioria tem domicílio eleitoral na cidade, enquanto outros possuem ligações próximas.
Pelo caminho
Logo de cara, vale ressaltar que eram 30 candidatos, mas dois ficaram pelo caminho. O vereador Marcelo Machado Borges (DEM) desistiu da candidatura a deputado federal – que havia sido deferida pela Justiça Eleitoral. Por sua vez, Ildeu de Menezes (PTdoB) teve o pedido de registro de candidato a deputado federal indeferido por falta de prestação de contas da candidatura a vereador em 2012.
Sub judice
Dos 28 que ainda estão em campanha, dois tiveram os registros indeferidos, ingressaram com recursos e aguardam uma decisão: Anderson Adauto, por causa da ficha limpa, e Carlos Costa, por falta de prestação de contas na campanha de vereador em 2012.
Alternativa B
Enquanto isso, continua registrada a candidatura da advogada Angela Mairink – esposa do ex-prefeito Anderson Adauto.

CANDIDATOS ARRECADARAM 
R$ 3,9 MILHÕES
Deste total, eles já investiram R$ 1,5 milhão em pessoal e publicidade
Maioria dos candidatos com domicílio eleitoral em Uberaba ou ligações próximas com a cidade apresentou contas à Justiça Eleitoral na 2ª oportunidade, ocorrida entre 28 de agosto até 2 de setembro.  A primeira prestação de contas parcial aconteceu  de 28 de julho até 2 de agosto, e a prestação de contas final deve ser enviada até 30 dias depois da realização das eleições. Renúncia e ou ausência de movimentação de recursos não isentam do dever de prestar contas.
Os valores
No total, os candidatos de Uberaba já arrecadaram cerca de R$ 3,9 milhões, e gastaram algo em torno de R$ 1,5 milhão. A grande maioria dos recursos foi aplicada até agora, em pessoal e publicidade. Os candidatos a deputado federal somaram receitas de R$ 3,2 milhões, e despesas de R$ 732 mil. Os estaduais arrecadaram juntos, R$ 690 mil, mas já “comprometeram” R$ 800 mil. A diferença está nas contas de Wagner Júnior, que arrecadou R$ 67,3 mil, e já empenhou R$ 299 mil.

DEPUTADOS FEDERAIS

Sílvio César Cruvinel (PDT)
Nome na urna: Cabo Sílvio César
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Ronaldo Martins Rocha (PRP)
Nome na urna: Ronaldo Martins
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 196 mil
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Lawrence de Melo Borges (PV)
Nome da urna: Laurence Borges
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 3,3 milhões
2ª prestação de contas
*Não entregou

Gleibe José Terra (PSB)
Nome na urna: Gleibe Terra
Previsão máxima de gastos: R$ 5,5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Não entregou

Adelmo Carneiro Leão (PT)
Nome na urna: Adelmo Leão
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 1,4 milhão
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 373,3 mil
Alguns contribuintes
MRV; Vale Energia
Despesas: R$ 152,3 mil

Marcos Montes Cordeiro (PSD)
Nome na urna: Marcos Montes
Previsão máxima de gastos: R$ 9 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 4,9 milhões
2ª prestação de contas
Receitas: R$1,6 milhão
Alguns contribuintes
Vale Energia, São Martinho, Copersucar
Despesas: R$ 129,9 mil

Caio Narcio Rodrigues da Silveira (PSDB)
Nome na urna: Caio Narcio
Previsão máxima de gastos: R$ 7 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 256,4 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 227 mil
Alguns contribuintes
CBMM/Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração; direção estadual do PSDB
Despesas: R$ 109 mil

Aelton José de Freitas (PR)
Nome na urna: Aelton Freitas
Previsão máxima de gastos: R$ 10 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 1,99 milhão
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 600 mil
Alguns contribuintes
CBMM/Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração; direção nacional do PR
Despesas: R$ 137 mil

José Silva Soares (SD)
Nome na urna: Zé Silva
Previsão máxima de gastos: R$ 7 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 750,8 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 360,8 mil
Alguns contribuintes
Direção nacional do Solidariedade/SD e recursos próprios
Despesas: R$ 235,5 mil

Anderson Adauto Pereira (PRB)
Nome na urna: Anderson Adauto
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 451,2 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 66,7 mil
Alguns contribuintes
Nasman; Vale do Tijuco
Despesas: R$ 65,9 mil

Angela Mairink de Souza Pereira (PRB)
Nome na urna: Angela Mairink
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 1,8 milhão
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 2 mil
Despesas: R$ 2 mil

DEPUTADOS ESTADUAIS

Roger Alberto de Andrade (PPL)
Nome na urna: Roger do Colégio CEU
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 275 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 10,3 mil
Despesas: R$ 6,99 mil

Antônio dos Reis Gonçalves Lerin (PSB)
Nome na urna: Lerin
Previsão máxima de gastos: R$ 3,5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 987,4 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 63,5 mil
Alguns contribuintes
Space, Reta Engenharia
Despesas: R$ 51,2 mil

Luciene Beatriz Fachinelli Barbosa (PSL)
Nome na urna: Lu Fachinelli
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 135 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 26 mil
Alguns contribuintes
Nasman; Vale do Tijuco
Despesas: R$ 21,7 mil

Antônio Carlos Silva Nunes (PMDB)
Nome na urna: Tony Carlos
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 1,7 milhão
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 191,4 mil
Alguns contribuintes
Space, Usina Delta
Despesas: R$ 155,8 mil

Almir Pereira da Silva (PTdoB)
Nome na urna: Almir Silva
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 479,5 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 50,7 mil
Alguns contribuintes
Space, Milton Carlini
Despesas: R$ 46 mil

Edson Santana (PPS)
Nome na urna: Edson Santana
Previsão máxima de gastos: R$ 4 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 67,5 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 7,4 mil
Despesas: R$ 7,3 mil

José Tiago de Castro (PHS)
Nome na urna: José Tiago de Castro
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Maurício da Silva Magalhães (PEN)
Nome na urna: Dr. Fritz-Maurício
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 570 mil
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Celso Borges (PRP)
Nome na urna: Celso Borges
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Glauco Marques (PHS)
Nome na urna: Glauco Marques
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 260 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 108 (cento e oito reais)
Despesas: R$ 108 (cento e oito reais)

Josimar José Rocha (PT)
Nome na urna: Josimar do PT
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 158 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 37,3 mil
Despesas: R$ 32 mil

Wagner do Nascimento Júnior (PR)
Nome na urna: Wagner do Nascimento Júnior
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 900 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 67,3 mil
Despesas: R$ 299 mil

Samuel Pereira (PR)
Nome na urna: Samuel Pereira
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 390,5 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 27,9 mil
Despesas: R$ 37,1 mil

Heli Geraldo de Andrade (PEN)
Nome na urna: Heli Andrade Grilo
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 332,3 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 206 mil
Alguns contribuintes
Minerações Brasileiras Reunidas; CBMM/Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração
Despesas: R$ 137,2 mil

Luís Renato de Oliveira Gomes (PMN)
Nome na urna: Froidinho
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Carlos José Fernandes da Costa (PMN)
Nome na urna: Baba Carlos
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 8,5 mil
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

José Antônio dos Santos (PDT)
Nome na urna: José Antônio-Marujo
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 265,6 mil
2ª prestação de contas
*Não apresentou
--------------------
VEJA...CADÊ ELA?
Editada pela Abril, a revista Veja – edição do último final de semana, com a manchete “O delator fala”, simplesmente escafedeu-se, sumiu das bancas em Uberaba. O que tinha de gente correndo de um lado pro outro na tentativa de conseguir a revista não está escrito!
HOMEM-BOMBA
A edição desaparecida de Veja trouxe, em primeira mão, e com exclusividade, entrevista com o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em que ele cita nomes e dá detalhes do que está sendo considerado mais um escândalo de corrupção no Brasil.  O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras fez acordo com a Polícia Federal para indicar envolvidos em esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Existe suspeita de que Costa facilitasse processos licitatórios da estatal para empresas ligadas ao doleiro Alberto Youssef.

----------------

PELA LÓGICA
...E pra alegria geral de Uberaba, eis que o desfile de 7 de setembro retornou ao centro da cidade – acontecendo este ano na recém-reformada avenida Fidélis Reis. Sucesso absoluto, com o resgate dos desfiles de outrora e milhares de pessoas acompanhando e aplaudindo. (A foto é de Sérgio Teixeira)


...E NA REDE
...o pessoal não esquece das eleições de outubro nem que a vaca tussa! De um lado tem gente convocando os amigos uberabenses, no Facebook, pra usar “aquela camiseta que comprou pra acompanhar a copa do mundo” ... e não votar no PT, de jeito nenhum...
O outro lado
De outro lado, pessoal da coligação PT/PMDB manda recados pedindo apoio para o candidato a governador Fernando Pimentel – que está liderando as pesquisas, mas, em Uberaba, anda batendo de frente com o candidato do PSDB, Pimenta da Veiga.

NOMEAÇÕES CANCELADAS
Agora são 125 as nomeações canceladas (tornadas sem efeito) pelo presidente da Câmara de Uberaba, vereador Elmar Goulart (SDD). Na edição de sexta-feira, esta coluna revelou que 92 nomeações de aprovados em concurso público tinham sido canceladas (por causa de mudança da cidade, desinteresse pelo cargo, até morte).
O tempo da Justiça
Na nova edição do Porta-Voz – jornal oficial do município, aparecem mais 33 cancelamentos. O concurso foi realizado há mais de uma década, e ficou este tempo todo barrado na Justiça, sob argumento de irregularidades – que acabaram derrubadas no Supremo Tribunal Federal.

REPÚDIO
Professora da rede municipal manda e-mail pra coluna repudiando – “terminantemente”, segundo ela, qualquer alegação de que as apostilas do Colégio José Ferreira tiveram influência no avanço do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – o Ideb, o maior da história do ensino municipal de Uberaba.
Por um triz
Ela lembra que, além do dinheirão aplicado na adoção do sistema – “que poderia ter sido utilizado em ações realmente importantes”, as apostilas “provocaram uma confusão sem precedentes na vida escolar”. Diz a educadora que, se o atual governo não tivesse dado um basta, “a situação ficaria irreversível”.
Ação e reação
A professora afirma que docentes e alunos não se adaptaram ao sistema. “Este Ideb foi alcançado graças a um conjunto de fatores que, sem dúvida nenhuma, não incluem as apostilas” – afirma ela, aproveitando pra pedir “AUMENTO DE SALÁRIO”, assim mesmo, entre aspas e em letras garrafais...


DIA NACIONAL DA SERESTA
Concha Acústica – agora de cara nova, será palco, na quarta-feira, 10 de setembro, de evento alusivo ao Dia Nacional da Seresta. A partir das 20h, com a banda Los Latinos, integrada pelos paraguaios Mario Baez e Katito, na voz e violão, além dos uberabenses Valdir Soares, na harpa e maraca, e José Calmon, tocando bongô. Juntos, eles vão promover um intercâmbio cultural, com a mistura dos melhores ritmos latinoamericanos, prometendo um show inesquecível para os amantes da seresta.
Em Uberaba, a tradição continua viva com a apresentação de artistas no “Seresta na Concha”, realizado pela Fundação Cultural toda segunda terça-feira de cada mês, das 20h às 22h30. O projeto tem atraído grande público, que se encanta com as músicas, tornando a Concha Acústica até em pista de dança. Excepcionalmente neste mês a Seresta na Concha será no Dia Nacional da Seresta.

E A LUTA CONTINUA...
E mais uma vez a Prefeitura de Uberaba abre inscrições para contratar médicos para a rede pública. Desta vez, as inscrições para preencher 40 vagas de plantonistas podem ser feitas on line até às 16h da próxima sexta-feira (dia 12). O salário é de R$ 1,2 mil por plantão de 12 horas, mais plano de saúde.  Já as inscrições presenciais serão no sábado (dia 13), das 9h às 15h do mesmo dia, tempo que inclui a entrega de documentos no centro administrativo.
Os interessados devem recolher e apresentar a taxa de inscrição de R$ 7, cópias simples do registro profissional do CRM, currículo profissional, títulos e experiência profissional declarada, bem como atestados, declarações funcionais, registro na CTPS ou contratos de trabalho e certificados ou diplomas de cursos.
A seleção terá entrevista psicológica, análise de títulos e experiência profissional, estabelecidos no edital.

DESENCONTRO DOS ORIXÁS
Bem que alguns orixás estão colaborando, mas, de outro lado, a situação ainda anda complicada para os lados  do sacerdote Carlos José Fernandes Costa – o Babá Carlos Costa, também conhecido como “príncipe do candomblé”. O administrador da casa de culto afrobrasileiro Àsé Opo Baru corre contra o tempo para reverter o indeferimento de seu pedido de registro para se candidatar a deputado estadual.
FORCINHA EXTRA
Em decisão divulgada esta semana, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais acolheu recurso proposto por ele contra a sentença de primeira instância que o condenou por não ter prestado contas na campanha de 2012, quando foi candidato a vereador pelo PSDC.
A IMPUGNAÇÃO
Hoje, filiado ao PMN, ele tenta mudar a decisão do próprio TRE/MG, que indeferiu seu registro baseado em dois motivos: a falta de prestação de contas em 2012 e a ausência na votação do 2º turno daquele mesmo ano. Após pagar a multa de R$ 3,25 e acertar a situação da falta, Babá Carlos Costa ficou pendente na prestação de contas.
CONTROVÉRSIAS
Eu estava tranquilo quanto ao processo, pois não fiquei candidato a vereador nem por uma semana; renunciei logo no início; nem cheguei a abrir conta bancária” – afirmou ele à coluna, assim que soube do resultado no TRE. O sacerdote observa que nunca recebeu a intimação para prestar contas destes poucos dias, e que seu endereço foi indicado no processo como “desconhecido”, quando, segundo ele, trabalha e mora no templo há 25 anos.

QUESTÃO DE HORAS
O problema é que a decisão da 2ª instância saiu poucas horas após a ministra/relatora Luciana Lóssio, do Tribunal Superior Eleitoral, confirmar o indeferimento do TRE/MG. Advogado de Carlos Costa faz das tripas o coração para que a decisão do TSE ainda tenha tempo de ser influenciada pela derrubada da condenação por falta de prestação de contas.

Dose dupla
CANDIDATO INGRESSA COM MANDATO DE SEGURANÇA CONTRA JUÍZES QUE APREENDERAM SEU MATERIAL DE PROPAGANDA
Juiz Virgílio de Almeida Barreto é o relator de mandado de segurança impetrado no TRE/MG pelo presidente do PMDB/Uberaba, deputado estadual e candidato à reeleição Tony Carlos, contra os juízes eleitorais de Uberaba. Motivo do mandado foi o inconformismo de Tony com duas apreensões de material de campanha.
(Versão 1)
A primeira aconteceu dia 25 de agosto, quando, cumprindo determinação judicial, a Polícia Militar apreendeu uma placa de 2X2 metros, colocada em rotatória localizada entre as avenidas Nenê Sabino e Santos Dumont. Apreensão
(Versão 2)
A segunda apreensão aconteceu dia 3 de setembro, e se tratou de uma ação coletiva. Em operação conjunta, os juízes eleitorais e a Polícia Militar efetuaram a apreensão de inúmeras placas e cavaletes em toda a cidade, colocadas em rotatórias, sob a alegação de que se trata de “área de jardim”. O relator indeferiu o pedido de liminar e pediu explicações aos juízes de Uberaba, para só então despachar sobre o assunto.

MUDANÇAS...
Mal-amada pelos ruralistas – que deixaram isso claro durante a ExpoZebu 2014, a candidata de cara e discurso novos, Marina Silva (PSB), deve desembarcar breve em Uberaba para pedir votos. Entre os alvos estão – pois é!, os ruralistas. O então candidato a presidente, Eduardo Campos, ouviu, dos próprios ruralistas, um punhado de desabafos contra a sua então candidata a vice-presidente. Tentou defendê-la, sem sucesso. Agora, é esperar pra conferir se foi só ela quem mudou o discurso...

JOÃO MENEZES E RAFAEL MATOS
MATCH POINT
(Prata da casa)
Depois de Orlando Luz e Marcelo Zormann terem se tornado  campeões juvenis de duplas de Wimbledon, em julho, o Brasil emplacou agora, o vice-campeonato no Grand Slam. O mineiro – ou melhor, uberabense João Menezes, e o gaúcho Rafael Matos disputaram a decisão do US Open  contra o australiano Omar Jasika e o japonês Naoki Nakagawa, no sábado, e sagraram-se vice-campeões de duplas do torneio juvenil do Aberto de Tênis dos Estados Unidos, o último Grand Slam da temporada, que se realiza em Nova York.
TRAJETÓRIA - Para chegar ao vice-campeonato do Grand Slam norte-americano, João Menezes e Rafael Matos eliminaram os norte-americanos Michael Mmoh e Francis Tiafoe, cabeça de chave 3, por 7/5 e 7/6 (4); ganharam do japonês Sora Fukuda e do polonês Jan Zielinski por 7/6 (13) e 7/6 (4); venceram o coreano Duckhee Lee e o australiano Marc Polmans, cabeça 8, por 4/6, 7/5 e 13-11; e, nas semifinais, derrotaram o norueguês Viktor Durasovic e o romeno Nicolae Frunza por 6/4 e 6/3.
---------------------

SAÚDE HUMANIZADA - Especialista na moderna medicina nuclear, o médico uberabense George Calapodopulos ocupou seus espaços no Facebook para defender o tratamento humanizado nos hospitais. “Gostaria de sugerir uma reflexão a todos os profissionais e instituições da saúde sobre a importância do tratamento humanizado aos pacientes” – afirmou ele, lembrando que se trata de uma tendência irreversível, não só na saúde, mas em todos os segmentos da sociedade que envolvem atendimento e prestação de serviços às pessoas.
--------------
EM FAMÍLIA - Edição de 8 de setembro da Folha de S.Paulo trouxe em seu caderno Cotidiano a notícia intitulada “Livro relata vida, tortura e anos no exílio de madre Maurina”. Com lançamento previsto para o mês que vem – segundo a matéria assinada por Camila Turtelli, de Ribeirão Preto/SP, o livro “A Coragem da Inocência” é de autoria do frei dominicano Manoel Borges da Silveira, 83 anos, residente em Uberaba, e fala sobre sua irmã, a madre Maurina Borges da Silveira (1924/2011). Presa pela ditadura militar, ela foi acusada de participar da guerrilha em Ribeirão nos anos 60. Ela foi torturada e ficou exilada no México de 1970 a 1984. Na obra, supervisionada pelo jornalista Saulo Gomes, o dominicano diz que a irmã jamais teve envolvimento com a guerrilha. A obra será patrocinada pela Associação Brasileira de Anistiados Políticos/Abap. Diz a reportagem da Folha que frei Manoel já contou parte da história em depoimento à Comissão da Verdade da Ordem dos Advogados do Brasil/OAB de Ribeirão. A foto revela o momento deste depoimento, segundo as lentes de Edson Silva/Folhapress.
----------------
TSE CONFIRMA IMPUGNAÇÃO DA CANDIDATURA DE ANDERSON ADAUTO A DEPUTADO FEDERAL 
Trata-se de decisão da mais alta Corte 
da Justiça Eleitoral do Brasil
---------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário