2 de outubro de 2014

Conta-Gotas...Notícias

ESPECIAL ESPECIAL ESPECIAL

MAIS DE 219 MIL ELEITORES ESTÃO APTOS AO VOTO EM UBERABA
26 candidatos a deputado estão na briga por estes votos
De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral/TSE, 219.111 eleitores estão aptos a votar em Uberaba, neste outubro de 2014 – dia 5 (1º turno) e dia 26 (2º turno, caso aconteça).
De outro lado, Uberaba chega ao 1º turno com 26 candidatos com domicílio eleitoral e ou relações próximas com a cidade disputando vagas proporcionais.
São nove na disputa por cadeiras na Câmara dos Deputados, e 17 na briga por vagas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.
Sub judice
Dos 26, um ainda continua com problemas: o candidato a deputado estadual Babá Carlos Costa (PMN).

CIDADE CONQUISTOU QUASE 10 MIL NOVOS ELEITORES NOS ÚLTIMOS ANOS
Segundo as estatísticas do TSE, Uberaba tinha 213.388 eleitores em 2012 (nas eleições de prefeito e vereadores) e 209.423 em 2010 (eleições gerais)... Um acréscimo de 9.688 novos eleitores conquistados ao longo de quatro anos, e portanto, desde as últimas eleições de presidente, governador, senador e deputados.

Rosa choque
MULHERES DOMINAM ELEITORADO
Do eleitorado de Uberaba apto a votar em outubro, a maioria é do sexo feminino: 116.881 pessoas (53,343%). Outros 102.020 (46,561%) são homens, e 210 (0,096%) não informaram o sexo – segundo o TSE.
Solteirice
Do total de eleitores de Uberaba, 210 não informaram o estado civil.
Entretanto, a grande massa do eleitorado uberabense é solteira: 135.717.
Do total de solteiros, 68.666 são homens e 66.997 são mulheres.
Outros 68.979 eleitores são casados – sendo 29.739 homens e 39.146 mulheres.
Os separados judicialmente somam 3.717: são 1.179 homens e 2.533 mulheres.
Outros 5.549 eleitores são divorciados – sendo 1.591 homens e 3.955 mulheres.

MULHERES SOMAM MAIS DE 80%  DO ELEITORADO VIÚVO
Os eleitores viúvos de Uberaba merecem um destaque... Eles somam 4.901 uberabenses.
Acontece que, nada menos do que 84,830% são mulheres.
As eleitoras viúvas totalizam 4.133, enquanto os homens são apenas 756.

MAIS DE 20 MIL ELEITORES DE UBERABA NÃO SÃO OBRIGADOS A VOTAR
A maioria dos 219.111 eleitores de Uberaba – 25,586%, tem entre 45 e 59 anos de idade. Esta faixa etária soma 56.061 pessoas. Em seguida – com 21,662%, está a faixa entre 25 a 34 anos, num total de 47.464 eleitores.
Idade 2
Outros 41.876 (19,112%) estão entre 35 a 44 anos de idade. A seguir, estão os eleitores entre 60 e 69 anos. Eles somam 23.487 pessoas (10,719%). Outros 17.069 (7,790%) possuem entre 21 e 24 anos. A seguir (com 5,860%) estão 12.839 eleitores entre 70 e 79 anos.
Idade 3
E ainda: 4,419% do eleitorado (10.778 pessoas) têm entre 18 e 20 anos de idade. Outros 8.294 (3,785%) possuem mais de 79 anos. Os menores percentuais estão com os adolescentes. Eles somam 959 eleitores com 17 anos (0,438%) e 282 com 16 anos de idade (0,129%). Dois eleitores (0,001%) aparecem com idades “inválidas”.
Votos facultativos
Diante destes números, vale destacar que 22.374 eleitores de Uberaba não são obrigados a votar em 2014. Eles possuem 16 anos (282), 17 anos (959) e mais de 70 anos de idade (21.133).

ELEITORADO OFICIALMENTE ANALFABETO 
Em que pese a situação de Uberaba não ser a ideal, vale ressaltar que as estatísticas sobre o eleitorado analfabeto da cidade ainda são menos mal do que os registros nacionais – proporcionalmente falando.
De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, do total de eleitores do Brasil, nada menos do que 5,174% são analfabetos.
Em Uberaba, o índice é de 3,206%. Uma diferença de quase dois pontos percentuais em favor de Uberaba.
As informações divulgadas pelo TSE indicam que o Brasil tem quase 143 milhões de eleitores. Destes, mais de sete milhões são analfabetos. A maioria é do sexo feminino (52,763%).
Em Uberaba, dos 219.111 eleitores, 7.025 não sabem ler e escrever. No caso do município, as mulheres analfabetas são 57,110% do total.

ELEITORADO EXTRAOFICIALMENTE ANALFABETO
E as informações ruins não param por aqui...
Segundo o TSE, mais de 17 milhões de brasileiros disseram que apenas sabem ler e escrever. Eles representam o significativo percentual de 12,079% do eleitorado.
Dos 219.111 eleitores de Uberaba, quase 14 mil se incluíram nesta lista – 6,366% do total.  Apesar dos pesares, isso significa quase 6% abaixo da média nacional.
POR OUTRO LADO
No sentido inverso, Uberaba também leva vantagem. São 8,038 milhões de eleitores com ensino superior completo no Brasil (5,629% do total).
Em Uberaba são 14.352 eleitores com 3º grau – representado 6,550% do colégio eleitoral.

FILIADOS SOMAM 13% DO ELEITORADO DE UBERABA
Estatísticas da Justiça Eleitoral indicam ainda, que 28.689 eleitores estão filiados em partidos políticos (13% do total).
O ranking das 32 legendas mantém o PMDB na liderança com 6.272 eleitores filiados.  De acordo com a inversão ocorrida desde abril de 2014, o DEM aparece em segundo lugar, com 4.717 eleitores.
Seguem: PP (com 2.228 filiados); o PDT (1.868); PR (1.838); o PT (1.741); o PSB (1.717); o PTB (1.437).
E AINDA...
PSDB (com 878 eleitores filiados); PSD (722); PRB (657); PSDC (599); PTC (563); PSC (533); PRP (475); PV (420); PPS (361); PSL (321); PCdoB (277); PMN (210); PHS (212); PTN (191); PRTB (164); PTdoB (125); SDD (73); PSTU (25); PCO (22); PSOL (18); PEN (10); PPL (6); PCB (6); PROS (3 filiados).

IBGE DIVULGA NOVA ESTIMATIVA DE POPULAÇÃO
Desde 2010, Uberaba ganhou quase 23 mil novos moradores
Uberaba tem 318.813 habitantes, de acordo com a mais recente estimativa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/IBGE.
Estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros se referem a 1º de julho de 2014. Em 2010, o último censo oficial indicou Uberaba com 295.988 moradores.
Normal
Na estimativa do IBGE referente a 2013, Uberaba tinha 315.360 habitantes. Houve, portanto, um acréscimo de 3.453 moradores. Se comparado ao censo oficial de 2010, Uberaba ganhou 22.825 novos habitantes. Certo é que a população de Uberaba não cresceu muito e nem pouco neste período de quatro anos.
Médio porte
Estima-se que o Brasil tenha 202,7 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento de 0,86% de 2013 para 2014. As maiores taxas geométricas de crescimento da população verificadas entre 2013 e 2014 estão nos municípios de “médio porte”, que possuem entre 100 mil e 500 mil habitantes em 2014 (1,12%). Esses municípios, em geral, segundo o IBGE, são importantes centros regionais em seus estados.

22 BRASILEIROS QUEREM SER PRESIDENTE OU VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA 
Destes, apenas uma dobradinha não é “chapa pura”
Tribunal Superior Eleitoral registrou 11 candidatos a presidente da República do Brasil.
SÃO ELES...

Aécio Neves (PSDB)
Vice: Aloysio Nunes (PSDB)
Dilma Rousseff (PT)
Vice: Michel Temer (PMDB)
Marina Silva (PSB)
Vice: Beto Albuquerque (PSB)
Eduardo Jorge (PV)
Vice: Célia Sacramento (PV)
Everaldo Pereira (PSC)
Vice: Leonardo Gadelha (PSC)
José Maria Eymael (PSDC)
Vice: Roberto Lopes (PSDC)
Levy Fidelix (PRTB)
Vice: Coronel José Alves (PRTB)
José Maria de Almeida (PSTU)
Vice: Cláudia Durans (PSTU)
Luciana Genro (PSOL)
Vice: Jorge Paz (PSOL)
Mauro Iasi (PCB) 
Vice: Sofia Manzano (PCB)
Rui Pimenta (PCO)
Vice: Ricardo Machado (PCO)

OITO DUPLAS QUEREM GOVERNAR MINAS
SÃO ELES...

FERNANDO PIMENTEL (PT)
Vice: Antônio Andrade (PMDB)
PIMENTA DA VEIGA (PSDB)
Vice: Dinis Pinheiro (PP)
CLEIDE DONÁRIA (PCO)
Vice: Fabinho (PCO)
EDUARDO FERREIRA (PSDC)
Vice: Raimundo Violeira (PSDC)
FIDÉLIS (PSOL)
Vice: Vic (PSTU)
TARCISIO DELGADO (PSB)
Vice: Sílvia Reis (PRTB)
PROFESSOR TULIO LOPES (PCB)
Vice: Roberto Auad (PCB)

Oito políticos disputam a única vaga para senador em Minas Gerais
SÃO ELES...

ANTONIO ANASTASIA (PSDB)
EDILSON NASCIMENTO (PT do B)
GERALDO BATATA (PSTU)
TARCISIO (PSDC)
JOSUÉ ALENCAR (PMDB)
MARGARIDA VIEIRA (PSB)
GRAÇA (PCO)
PABLO LIMA (PCB)

---------------
CONFIRA TAMBÉM OS CANDIDATOS A DEPUTADO NESTA EDIÇÃO...
------------------

Em trânsito
Só poderá votar em trânsito para presidente da República e vice quem se cadastrou para isso com antecedência. Em Uberaba, são 524 eleitores cadastrados para o 1º turno e 505 para o 2º turno. Eles procuraram os cartórios eleitorais entre os dias 15 de julho e 21 de agosto e se habilitaram. Em Minas Gerais, as cidades que terão seções com voto em trânsito são: Belo Horizonte, Contagem, Uberlândia, Betim, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberaba e Governador Valadares.
Ranking
Uberaba foi a quarta colocada em número de inscritos. Estão habilitados para o voto em trânsito para presidente da República, 524 eleitores no 1º turno e 505 no 2º turno. Perde apenas para BH, Juiz de Fora e Uberlândia.
Primeira vez...
Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais designou local para que – pela primeira vez, eleitores possam votar em trânsito, em Uberaba. Resolução do Tribunal Superior Eleitoral permite que, em 2014, os eleitores em trânsito no território nacional possam votar, no primeiro e ou segundo turno, para presidente e vice-presidente da República em urnas especialmente instaladas nos municípios com mais de 200 mil eleitores. Até então, o voto em trânsito só era permitido nas capitais.
...voto em trânsito
No caso de Uberaba, a escolhida foi uma seção da 277ª Zona Eleitoral, onde funciona o Núcleo de Prática Jurídica da Universidade de Uberaba/Uniube  – Edifício Francisco Palmério, localizado na rua Lauro Borges, 121 – Bairro Estados Unidos.
---------------

Avanços
Para as eleições deste ano, a Justiça Eleitoral apresenta uma novidade: o acompanhamento em tempo real da contagem dos votos por meio do aplicativo “Apuração 2014”, que poderá ser baixado gratuitamente em dispositivos móveis (tablets e smartphones). Informação está disponibilizada no site do Tribunal Superior Eleitoral/TSE.
Reforço
A matéria acrescenta que a inovação se soma às outras duas plataformas já utilizadas anteriormente: o sistema “Divulga”, na versão desktop (computador de mesa), com as informações completas dos resultados; e o “DivulgaWeb”, disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral/TSE.
Tempo
O TSE explica ainda que, em virtude da diferença de fuso horário, vai começar a divulgar os resultados da totalização dos votos para presidente da República às 19h (horário de Brasília) de domingo (5), quando a votação já estiver encerrada em todo o território nacional. Já para os demais cargos, a totalização dos votos pelos Tribunais Regionais Eleitorais, e a remessa das informações ao TSE, terão início logo após o encerramento da votação, às 17h, respeitando-se o horário local.
 ------------------
Ganhos...
Diário da Justiça Eletrônico trouxe decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais - TRE/MG, já antecipada com exclusividade pela colunista do blog Conta-Gotas...Notícias e de Bastidores/Jornal de Uberaba: que o sacerdote Babá Carlos Costa, candidato a deputado estadual pelo PMN, ganhou recurso que o libera para a disputa. Registro foi impugnado por falta de prestação de contas das eleições de 2012, quando ele se candidatou a vereador.
...e perdas
E também como antecipou a colunista com exclusividade, o candidato perdeu prazo para apresentar a nova decisão ao TSE – que já havia confirmado a impugnação. Babá Carlos Costa está articulando pra ver se reverte a pendenga. Enquanto isso, se mantém na competição.
----------------
Casal na disputa
UBERABA CONVIVEU COM SITUAÇÃO INÉDITA
Pela primeira vez na história política contemporânea de Uberaba, a cidade teve, por algum tempo, um casal de marido e mulher na disputa por um mesmo cargo. E chega às eleições sem a presença de ambos.
Os advogados Anderson Adauto e Ângela Mairink – filiados ao PRB, pediram registro para se candidatarem a deputado federal.
O ex- prefeito de Uberaba (2005/2008 – 2009/2012) e sua esposa e ex-secretária municipal, vivenciaram situações distintas no processo.
Enquanto Adauto era impugnado por conta da Lei da Ficha Limpa (decisão confirmada em todas as instâncias), Ângela foi aprovada desde o início.
No final, os dois ingressaram com pedidos oficiais de renúncia – homologados pela Justiça Eleitoral.
A LEI...
Não existe nada específico na legislação brasileira que impeça marido e mulher de se candidatarem a um mesmo cargo em uma mesma eleição proporcional – segundo pesquisa feita pela Seção de Produções Jornalísticas do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, a pedido da colunista de Conta-Gotas...Notícias e de Bastidores/Jornal de Uberaba.
EXECUTIVO
A resposta da Seção de Jurisprudência e Pesquisa é de que, no banco de dados de jurisprudência não foi encontrada decisão nos exatos termos usados pela colunista. Entretanto, decisões localizadas nos arquivos indicam que, de forma indireta, “a inelegibilidade por parentesco ocorre apenas para os cargos do Executivo, e ainda assim, caso seja a primeira eleição dos cônjuges, é possível candidatarem pela mesma chapa”.
A inelegibilidade portanto, acontece somente na disputa para os cargos de prefeito, governador e presidente. Mesmo assim, quando os cônjuges estiverem se candidatando pela primeira vez, em cargos do Executivo, é possível concorrerem pela mesma chapa, por exemplo, como prefeito e vice.

A LUTA CONTINUA...
Vale lembrar que, se não está na disputa de 2014, o ex-prefeito Anderson Adauto ainda tenta se descomplicar para poder competir em 2016, quando acontecem as eleições municipais (prefeito, vice e vereadores). Acontece que a sentença condenatória do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – que o tornou inelegível em 2014, também suspende seus direitos políticos por oito anos. Se a decisão não cair no Superior Tribunal de Justiça/STJ – onde ele impetrou recurso, a inelegibilidade se estenderá até 2016.
Restaria, no caso, um apelo ao Supremo Tribunal Federal, que, por sua vez, tem dado indicações de não contrariar o STJ.

CURIOSIDADE
Estatísticas oficiais sobre o resultado das eleições em Uberaba, em 2010 – cujo mandato termina no final de 2014, indicam que a cidade tinha 209.262 eleitores aptos ao voto. Destes, 82,73% (173.134) compareceram às urnas.
O índice de abstenção, portanto, foi de 17,26% (36.128 faltosos).

Publicada resolução do Executivo sobre a Lei Seca para Eleições 2014
A Secretaria de Estado de Defesa Social, a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros Militar publicaram, na edição desta quinta-feira (2) do Diário Oficial “Minas Gerais”, a Resolução Conjunta nº 190, conhecida como “Lei Seca”. Ela prevê a proibição da venda, distribuição e fornecimento de bebidas alcoólicas no dia da eleição entre 6h e 18h.

RESOLUÇÃO CONJUNTA Nº 190, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014
Proíbe a venda, a distribuição e o fornecimento de bebidas alcoólicas por ocasião das eleições de 2014.
O SECRETÁRIO DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL, no uso das atribuições que lhe conferem o inciso III, § 1º, do art. 93, da Constituição Estadual, as Leis Delegadas nº 179, de 1º de janeiro de 2011 e nº 180, de 20 de janeiro de 2011 e o Decreto nº45.870, de 30 de dezembro de 2011;
O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei nº 6.624, de 18 de julho de 1975 e a Lei Delegada nº 179, de 1º de janeiro de 2011;
O CHEFE DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei nº 5.406, de 16 de dezembro de 1969 e a Lei Delegada nº 101, de 29 de janeiro de 2003; E O COMANDANTE GERAL DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei Complementar nº 54, de 13 de dezembro de 1999 e a Lei Delegada nº 179, de 01 de janeiro de 2011;
CONSIDERANDO a necessidade de assegurar a plenitude do exercício da democracia pelos cidadãos durante as eleições que ocorrerão no dia 05 de outubro de 2014 e em eventual segundo turno, no dia 26 de outubro de 2014;
CONSIDERANDO que a segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio, sendo imposta às autoridades incumbidas desta tarefa a obrigação de prevenir e reprimir condutas contrárias aos interesses republicanos e democráticos;
CONSIDERANDO que, pela elevada importância para a democracia e sentido patriótico, o exercício do direito de voto deve transcorrer sem prejuízo à manifestação da vontade livre e consciente do eleitor;
CONSIDERANDO que a ingestão de bebida alcoólica pode causar efeito inebriante, com limitações e abalos nas ações fisiológicas, nervosas, musculares e mecânicas do indivíduo, podendo resultar em condutas que afetem nocivamente o processo eleitoral;
CONSIDERANDO, por fim, o poder de polícia inerente ao Estado para, atendido o interesse público, condicionar o exercício das atividades econômicas em seu território,
RESOLVEM:
Art. 1º Proibir, no horário compreendido entre 06 (seis) e 18 (dezoito) horas do dia 05 de outubro de 2014, a venda, distribuição e o fornecimento de bebidas alcoólicas nos bares, boates, hotéis, restaurantes, lanchonetes, clubes recreativos, salões de festas, quiosques, demais estabelecimentos comerciais e similares, em todo o Estado de Minas Gerais.
Parágrafo único. A proibição contida no caputdeste artigo aplicar-se-á no dia 26 de outubro de 2014, havendo segundo turno nas eleições.
Art. 2º Os integrantes do Sistema de Defesa Social deverão realizar ações de fiscalização e vigilância para cumprimento das determinações contidas nesta Resolução.
Art. 3º As pessoas que forem identificadas descumprindo as disposições desta Resolução sujeitam-se às sanções civis, administrativas e penais constantes na legislação vigente.
Art. 4º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.
Belo Horizonte, 02 de outubro de 2014.
Marco Antônio Rebelo Romanelli
Secretário de Estado de Defesa Social
Márcio MartinsSant’ana, Coronel PM
Comandante-Geral da Polícia Militar
Oliveira Santiago Maciel
Delegado Geral de Polícia Chefe da Polícia Civil
Ivan Gamaliel Pinto, CoronelBM
Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar
----------------------
Péssimo começo
Bom mesmo é candidato a deputado estadual por São Paulo mandar e-mails pra eleitores de Uberaba – inclusive esta colunista, pedindo voto e agradecendo a Deus! Ou o candidato não tem noção de que cada Estado vota em seus candidatos a deputado, ou está sendo ludibriado por assessoria, que, no afã de mostrar serviço, compra aquelas imensas listas de correios eletrônicos sem qualquer verificação!
----------
26 candidatos de Uberaba a deputado estão na briga
Confira nome completo, nome na urna, previsão de gastos, arrecadação, gastos consolidados

CANDIDATOS A DEPUTADO FEDERAL

Sílvio César Cruvinel (PDT)
Nome na urna: Cabo Sílvio César
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Ronaldo Martins Rocha (PRP)
Nome na urna: Ronaldo Martins
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 196 mil
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Lawrence de Melo Borges (PV)
Nome da urna: Laurence Borges
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 3,3 milhões
2ª prestação de contas
*Não entregou

Gleibe José Terra (PSB)
Nome na urna: Gleibe Terra
Previsão máxima de gastos: R$ 5,5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Não entregou

Adelmo Carneiro Leão (PT)
Nome na urna: Adelmo Leão
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 1,4 milhão
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 373,3 mil
Alguns contribuintes
MRV; Vale Energia
Despesas: R$ 152,3 mil

Marcos Montes Cordeiro (PSD)
Nome na urna: Marcos Montes
Previsão máxima de gastos: R$ 9 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 4,9 milhões
2ª prestação de contas
Receitas: R$1,6 milhão
Alguns contribuintes
Vale Energia, São Martinho, Copersucar
Despesas: R$ 129,9 mil

Caio Narcio Rodrigues da Silveira (PSDB)
Nome na urna: Caio Narcio
Previsão máxima de gastos: R$ 7 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 256,4 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 227 mil
Alguns contribuintes
CBMM/Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração; direção estadual do PSDB
Despesas: R$ 109 mil

Aelton José de Freitas (PR)
Nome na urna: Aelton Freitas
Previsão máxima de gastos: R$ 10 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 1,99 milhão
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 600 mil
Alguns contribuintes
CBMM/Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração; direção nacional do PR
Despesas: R$ 137 mil

José Silva Soares (SD)
Nome na urna: Zé Silva
Previsão máxima de gastos: R$ 7 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 750,8 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 360,8 mil
Alguns contribuintes
Direção nacional do Solidariedade/SD e recursos próprios
Despesas: R$ 235,5 mil

CANDIDATOS A DEPUTADO ESTADUAL

Roger Alberto de Andrade (PPL)
Nome na urna: Roger do Colégio CEU
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 275 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 10,3 mil
Despesas: R$ 6,99 mil

Antônio dos Reis Gonçalves Lerin (PSB)
Nome na urna: Lerin
Previsão máxima de gastos: R$ 3,5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 987,4 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 63,5 mil
Alguns contribuintes
Space, Reta Engenharia
Despesas: R$ 51,2 mil

Luciene Beatriz Fachinelli Barbosa (PSL)
Nome na urna: Lu Fachinelli
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 135 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 26 mil
Alguns contribuintes
Nasman; Vale do Tijuco
Despesas: R$ 21,7 mil

Antônio Carlos Silva Nunes (PMDB)
Nome na urna: Tony Carlos
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 1,7 milhão
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 191,4 mil
Alguns contribuintes
Space, Usina Delta
Despesas: R$ 155,8 mil

Almir Pereira da Silva (PTdoB)
Nome na urna: Almir Silva
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 479,5 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 50,7 mil
Alguns contribuintes
Space, Milton Carlini
Despesas: R$ 46 mil

Edson Santana (PPS)
Nome na urna: Edson Santana
Previsão máxima de gastos: R$ 4 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 67,5 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 7,4 mil
Despesas: R$ 7,3 mil

José Tiago de Castro (PHS)
Nome na urna: José Tiago de Castro
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Maurício da Silva Magalhães (PEN)
Nome na urna: Dr. Fritz-Maurício
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 570 mil
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Celso Borges (PRP)
Nome na urna: Celso Borges
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Glauco Marques (PHS)
Nome na urna: Glauco Marques
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 260 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 108 (cento e oito reais)
Despesas: R$ 108 (cento e oito reais)

Josimar José Rocha (PT)
Nome na urna: Josimar do PT
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 158 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 37,3 mil
Despesas: R$ 32 mil

Wagner do Nascimento Júnior (PR)
Nome na urna: Wagner do Nascimento Júnior
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 900 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 67,3 mil
Despesas: R$ 299 mil

Samuel Pereira (PR)
Nome na urna: Samuel Pereira
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 390,5 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 27,9 mil
Despesas: R$ 37,1 mil

Heli Geraldo de Andrade (PEN)
Nome na urna: Heli Andrade Grilo
Previsão máxima de gastos: R$ 2 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 332,3 mil
2ª prestação de contas
Receitas: R$ 206 mil
Alguns contribuintes
Minerações Brasileiras Reunidas; CBMM/Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração
Despesas: R$ 137,2 mil

Luís Renato de Oliveira Gomes (PMN)
Nome na urna: Froidinho
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 0,00
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

Carlos José Fernandes da Costa (PMN)
Nome na urna: Baba Carlos
Previsão máxima de gastos: R$ 5 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 8,5 mil
2ª prestação de contas
*Apresentou contas sem receitas/despesas

José Antônio dos Santos (PDT)
Nome na urna: José Antônio-Marujo
Previsão máxima de gastos: R$ 3 milhões
Patrimônio pessoal: R$ 265,6 mil
2ª prestação de contas
*Não apresentou

Acessibilidade
Uberaba terá 32 seções especiais nas eleições de 2014. Elas estão nos bairros Alfredo Freire, Amoroso Costa, Baixa, Boa Vista, Centro, Estados Unidos, Fabrício, Guanabara, Leblon, Mercês, Olinda, Pacaembu, Planalto, Residencial 2000, Santa Maria, Santa Marta, Tutunas, Vila Arquelau.


------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário