18 de outubro de 2014

Conta-Gotas...Notícias

----------------
EM CAMPANHA, PAULO PIAU E MARCOS MONTES “SE ESBARRAM” NA PRAÇA RUI BARBOSA
O encontro entre as duas “torcidas organizadas” provocou algum constrangimento, mas transcorreu em clima de festa democrática
Aconteceu neste sábado, 18 de outubro, o que já era esperado desde que os dois principais líderes políticos de Uberaba assumiram as coordenações das campanhas de Dilma Rousseff (PT/13) e Aécio Neves (PSDB/45): o prefeito Paulo Piau (PMDB) e o deputado federal reeleito e majoritário Marcos Montes (PSD), com suas respectivas “torcidas organizadas”, simplesmente se esbarraram no centro da cidade... Ou melhor: em plena praça Rui Barbosa, onde se concentraram para seguirem pedindo votos ao longo do calçadão e da rua Artur Machado.
MARCOS MONTES LIDERA O MOVIMENTO PRÓ-AÉCIO NEVES  EM UBERABA E REGIÃO
(FOTOS: MARCO AURÉLIO FERREIRA CURY)
PAULO PIAU LIDERA O MOVIMENTO PRÓ-DILMA ROUSSEFF EM UBERABA E REGIÃO
(FOTOS: SEBASTIÃO SANTOS)
Eleitorado de Uberaba
Assessoria do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais reafirma que Uberaba tem 219.111 eleitores aptos ao voto. E explica o motivo da diferença em relação ao eleitorado apurado no 1º turno das eleições: 218.831 pessoas.
Apto X apurado
De acordo com a Seção de Produções Jornalísticas da Coordenadoria de Comunicação Social do TRE/MG, o eleitorado apurado no 1º turno não considerou o eleitor que fez opção para votar em trânsito.
Trânsito à parte
Em outras palavras: o eleitor uberabense que fez a opção para votar para presidente fora da cidade não é computado no eleitorado do município. O mesmo acontece com o eleitor que optou por votar em trânsito em Uberaba.
2º turno
E vale lembrar que 505 eleitores se cadastraram em Uberaba para votar em trânsito no 2º turno – dia 26 de outubro. Estas pessoas procuraram os cartórios eleitorais entre os dias 15 de julho e 21 de agosto e se habilitaram a votar em trânsito para presidente da República, já que não estariam em seus domicílios no dia da eleição.
Em resumo... De acordo com o TSE, 219.111 eleitores estavam aptos a votar em Uberaba, dia 5 (1º turno), e estão aptos a votar dia 26 (2º turno).
----------------
De olho
Assessoria da Universidade de Uberaba/Uniube não perde os ex-alunos de vista... É de lá que chega e-mail à redação de Bastidores/Jornal de Uberaba e Conta-Gotas...Notícias com informação sobre o médico Anderson Lubito Simoni, formado pela 8ª turma, e que atualmente trabalha no Hospital de Base de São José do Rio Preto/SP. Ele acaba de ser aprovado na prova do título de especialista da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular. Detalhe: em primeiro lugar. O diretor do curso de Medicina/Uniube, Felipe Misiara, não cabe em si de tanto orgulho.

Tempo de plantar
Presidente da Associação de Moradores do Bairro Tancredo Neves, engenheiro agrônomo José Sidney Silva, está reivindicando, através do Facebook, ao secretário Roberto Oliveira/Indaiá, a doação de 500 mudas do horto municipal para plantar no bairro, em regime de mutirão. De acordo com ele, a proposta integra o Programa Participativo Sustentável/PPS da associação.
Assunto da hora
Vale ressaltar que o plantio de árvores – e/ou mudas, tem sido um dos temas preferidos pelos uberabenses na rede social, desde que a cidade passou a enfrentar sua pior seca das últimas oito décadas. O prefeito Paulo Piau chegou a publicar em seus murais, que as árvores retiradas das vias públicas serão replantadas.
Sombra
O certo é que foram tantas as queixas sobre árvores, que o prefeito ocupou seus espaços na rede social para acalmar a turma. “Gostaria de tranquilizá-los. Todas serão replantadas. Algumas estão passando por tratamento, enquanto outras apenas aguardam a conclusão das obras do sistema/corredor de ônibus. Estão sendo preservadas no horto florestal” – explicou.
Preservação
O prefeito disse que tem plena consciência da importância de Uberaba preservar suas árvores. “E eu não permitiria que minha gestão agisse em sentido contrário” – ressaltou. Ele também alertou que está sendo realizada uma operação de poda no caso de galhos que estão caindo e/ou impedindo a visibilidade no trânsito.

Reeleição
Dos 1.612 candidatos eleitos no primeiro turno, 688 (42,68%) informaram à Justiça Eleitoral ter a ocupação de deputado. Tal ofício foi o campeão dentre os mais de 70 declarados pelos concorrentes do pleito de 2014 no ato do pedido de registro de candidatura. Em seguida, vêm as profissões de empresário, com 141 candidatos eleitos, advogado, com 137, médico, com 90, e outros, com 86.
2º turno
Trinta candidatos disputarão o segundo turno das eleições 2014, marcado para o dia 26 de outubro, para os cargos de presidente da República e governadores de Estado. Um dos candidatos à Presidência disputa a reeleição e o outro é senador. Já para os governos estaduais, concorrem 28 candidatos, uma vez que haverá segundo turno em 13 Estados e no Distrito Federal. Nove concorrentes declararam à Justiça Eleitoral já ter a ocupação de governador, cinco informaram ter o ofício de senador e outros cinco comunicaram ter o emprego de advogado.


Cada candidato a deputado federal eleito em 2014 em Minas Gerais exigiu 190.918 votos de seu partido ou coligação. QE é resultado da quantidade de votos válidos obtidos em todo o Estado – 10.118.666, dividido pelo número de cadeiras a que Minas tem direito na Câmara dos Deputados: 53.
Votos aos montes
Desta forma, a coligação que elegeu mais deputados federais em Minas foi DEM/PSDB/PP/PR/PSD/SDD. Com 3.893.294 votos válidos, a coligação teve direito a 20 deputados federais, e mais um, na média feita ao final de todos os cálculos. Em segundo lugar, ficou o grupo PT/PMDB/PCdoB/Pros/PRB, com 3.198.433 de votos válidos. A coligação elegeu 16 deputados, e mais dois pela média – entre eles, o uberabense Adelmo Leão (PT).
De casa
Dentro do QE, dois candidatos a deputado federal com domicílio eleitoral em Uberaba foram eleitos pela coligação DEM/PSDB/PP/PR/PSD/SDD: Marcos Montes (PSD) e Aelton Freitas (PR).
Que sufoco!
Um pouco menos difícil, mas nem por isso, fácil, cada deputado estadual eleito em Minas exigiu 134.374 votos válidos de seu partido ou coligação. Todos os votos válidos obtidos no Estado para a Assembleia Legislativa somaram 10.346.814 – que, divididos pelo número de vagas (77), resultaram no QE de 134.374 votos.
Força extra
No caso de deputados estaduais, a coligação PT/Pros/PMDB/PRB somou 2.816.772 votos válidos e, com isso, elegeu 20 candidatos pelo QE, além de outros três pela média final. Aqui, o deputado estadual e presidente do PMDB/Uberaba, Tony Carlos, ficou na segunda suplência. Levando em conta que a coligação elegeu o governador Fernando Pimentel (PT), a situação é favorável a Tony.
Vaga única
A segunda colocada foi a coligação DEM/PSDB/PP/PSD/PPS, que somou 2.631.823 votos válidos em todo o Estado. Divididos pelo QE, os votos deram direito a 19 deputados estaduais. E mais dois pela média. O único candidato a deputado estadual de Uberaba eleito – Antônio Lerin (PSB), integrou a coligação PSB/PPL/PRTB – que somou 478.488 votos válidos, e conquistou três cadeiras na Assembleia.
-------------
Operação limpeza
Candidatos, partidos políticos e coligações têm até o dia 4 de novembro para retirar todas as propagandas eleitorais relativas aos cargos que não estão mais em disputa em Minas Gerais nas eleições 2014. A orientação, contida na Resolução 23.404/2014, do Tribunal Superior Eleitoral/TSE, foi enviada em forma de ofício pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais – TRE/MG, desembargador Geraldo Augusto, aos candidatos e representantes de partidos e coligações.

Vale para mesários
Em 43 municípios mineiros – incluindo Uberaba, os mesários convocados para trabalhar nas eleições têm direito a um Vale Postal Eletrônico no valor de R$ 25 – que podem ser usados para compensar a alimentação, por exemplo. No caso do 2º turno, o dinheiro pode ser retirado entre 31 de outubro a 28 de novembro 2014. Depois disso, não haverá a possibilidade de retirada.
Como receber
O mesário deve comparecer nas agências dos Correios (próprias ou franqueadas) em qualquer município brasileiro, apresentando documento oficial com foto e o número do título de eleitor para a retirada do benefício. Outra pessoa pode resgatar o dinheiro, desde que tenha procuração específica para este fim, com firma reconhecida em cartório.

ENCONTRO PRÓ-DILMA REUNIU REPRESENTANTES DE 28 CIDADES
Prefeito Paulo Piau reuniu lideranças de 28 municípios, em Uberaba, para traçar estratégias para a reta final da eleição do 2º turno. As cinco microrregiões foram representadas.
Marcaram presença três prefeitos Celson Pires de Oliveira - Conceição das Alagoas; Paulo Roberto Barbosa  - Planura; Claudio Tomaz de Freitas – Iturama; e dois vices: Lucimar Ferreira - Perdizes; e Rufino Francisco Vieira Neto - Campo Florido. E ainda 24 vereadores de cidades diferentes.
SURPRESA – Entre os ex-prefeitos, destaque para o adversário de Paulo Piau - Anderson Adauto – Uberaba. Também participaram os ex, Antônio Heitor de Queiroz  - Frutal; Wesley de Santi  -  Sacramento; além do presidente da Câmara de Araxá, Miguel Júnior, e os ex-candidatos de Uberaba, Luciene Fachinelli e Josimar Rocha.
O deputado estadual - eleito federal, Adelmo Leão, empresários, secretários municipais e presidentes de partidos aliados completaram o quadro de presenças.

PAULO PIAU E FERNANDO PIMENTEL NA CAMPANHA DE 2012  (FOTO: ENERSON CLEITON)
GOVERNADOR ELEITO JÁ PROGRAMA VISITA A UBERABA
Prefeito de Uberaba e uma das principais lideranças do PMDB de Minas ainda comemora a vitória do seu candidato a governador, Fernando Pimentel (PT), no 1º turno, e já anuncia a presença do aliado em Uberaba. De acordo com Paulo Piau, o governador eleito visita Uberaba na próxima semana – segundo lhe disse o próprio Pimentel, durante encontro recente em Belo Horizonte.
Expectativas
O prefeito revela que os dois conversaram sobre a formatação do governo - que Pimentel assume em janeiro de 2015, e sobre as demandas de Uberaba. “Foi um encontro importante e sua presença em Uberaba será a consolidação do apoio que ele recebeu na campanha” – disse Piau em seus murais no Facebook.
Revelações
Nesse momento de composição de governo – segundo Paulo Piau, “é prematuro revelar qualquer coisa, mas, como aliado do governador eleito, posso afiançar que Uberaba e região estão no radar do governador eleito, e que estamos inseridos nesse processo, tanto pela nossa importância regional quanto pelo bonito papel que fizemos na eleição”.

ENCONTRO PRÓ-AÉCIO REUNIU CENTENAS DE  LIDERANÇAS
Auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uberaba/CDL, foi literalmente tomado por centenas de apoiadores da campanha do senador Aécio Neves a presidente da República. O encontro, convocado pelo coordenador Marcos Montes, contou com a participação do próprio presidente da CDL, Miguel de Faria, e do deputado estadual Antônio Lerin, único estadual reeleito de Uberaba. Ele é filiado ao PSB de Marina Silva e Eduardo Campos (o partido, a ex-candidata e a família de Campos oficializaram apoio em nível nacional).
POLÍTICA – Entre os que fizeram coro à palavra de ordem “Aécio Presidente”, estavam os prefeitos de Sacramento, Bruno Cordeiro; de Delta, Lauzita Rezende; de Campo Florido, Ademir Ferreira de Mello; e de Pirajuba, Rui Ramos.
E ainda seis vereadores de Uberaba: o candidato único a futuro presidente da Câmara, Luiz Dutra (SD); o presidente do PRB/Uberaba, Franco Cartafina; Ismar Vicente (PSB); Marcelo Machado Borges (DEM); a 2ª secretária da Câmara e militante em defesa dos animais, Denise Max (PR); e o 1º secretário da Câmara, João Ripposati (PSDB).
SURPRESA - Dirigentes e militantes de partidos da coligação que apoia Aécio Neves também marcaram presença, entre eles, o presidente e o secretário do PSDB/Uberaba, Maurício Cecílio e Luiz Cláudio Campos; a presidente do PSDB Mulher, Elci Caixeta, e os membros e militantes da legenda, Luciano Corrêa e Thiago Tiveron, entre outros tucanos; os presidentes do PSB, Irizon Amaral de Arantes; do PV, Lawrence Borges; do PMN, Hermany Junior.
E, para surpresa de muita gente, o vice-presidente do PMDB/Uberaba, Mauro Umberto Alves – partido do prefeito Paulo Piau, que está coordenando a campanha de Dilma Rousseff (PT) em Uberaba.
Ainda entre os presentes estavam vários empresários, incluindo dois amigos pessoais de Aécio Neves - Júnior Franco e Carlos Wazir, este último, integrante da coordenação da campanha, e ainda, Antônio Renato Rodrigues da Cunha (RCG) e Matuzalém Alves (Zebu Carnes).
O PRINCIPAL PIB DA REGIÃO - Entre os representes do agronegócio, marcaram presença no encontro Luiz Cláudio Paranhos - presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ); Romeu Borges de Araújo Júnior – presidente do Sindicato dos Empresários Rurais de Uberaba e do G9 (entidade que agrega nove representações dos mais variados setores); Agnaldo José da Silva – presidente do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob/Uberaba); Luiz Henrique Borges Fernandes – presidente da Cooperativa dos Empresários Rurais do Triângulo (Certrim), e Jônadan Hsuan Min Ma – presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando.

MARCOS MONTES (CENTRO) AVALIA QUE VOTOS QUE ELEGERAM ANASTASIA (À DIREITA)
TAMBÉM SÃO DE AÉCIO (À ESQUERDA)
ANASTASIA FOI ELEITO SENADOR COM APOIO DE AÉCIO, DIZ MM
De sua parte, Marcos Montes rebate as declarações insistentes, feitas pelo PT, de que Aécio Neves perdeu as eleições em Minas Gerais – estado que governou. “É verdade que o eleitorado deu 5,3 milhões votos para o candidato a governador do PT, e 4,2 milhões para o candidato a governador pelo PSDB. Não sei a razão da diferença, mas, com certeza, não é por causa do Aécio e seu grupo político” – afirma MM em seus murais no Facebook.
O senador – Ele lembra que o sucessor de Aécio e ex-governador por dois mandatos, Antonio Anastasia (PSDB), foi eleito senador com 5,1 milhões de votos. Ele vai ocupar a única vaga de Minas Gerais disputada este ano para o Senado.
O voto no senador Anastasia foi o voto em Aécio e no seu grupo político” – avalia Marcos Montes.
---------------
Jurisprudência
Até os ministros do Tribunal Superior Eleitoral se cansaram do nível em que está acontecendo o embate do 2º turno nas eleições presidenciais no Brasil. Em decisão plenária, por maioria de votos, eles deferiram liminar pedida pelo candidato Aécio Neves (PSDB) e mandaram suspender a veiculação de trechos de propaganda eleitoral gratuita em bloco, feita em rádio.
Endurecer sim...
Através de preocupação levantada pelo ministro Gilmar Mendes, o plenário entendeu que o TSE tem “a responsabilidade institucional de propor uma nova concepção do modelo político eleitoral”.
...mas sem perder a ternura
O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, refletiu que, “a jurisprudência anterior, permissiva em matéria de propaganda eleitoral gratuita, caminha no bom sentido de estabelecer que nos programas eleitorais gratuitos as propagandas têm que ser programáticas, propositivas, e que o debate pode ser ácido ou duro, mas relativo a questões programáticas e questões de políticas públicas”.
Novo modelo
O clima de guerra instalado no horário eleitoral do 2º turno chegou a tal ponto, que o presidente do TSE disse esperar uma reação por parte do Congresso Nacional. O ministro Dias Toffoli defende, para o futuro,  “um outro tipo de estilo de propaganda eleitoral”.
Dinheiro do povo
O ministro João Otávio de Noronha afirmou que, no caso da mudança de postura do TSE – de ser menos permissivo com o horário eleitoral, não é uma questão política, mas sim, a reação a “uma ofensa pessoal cujos passos caracterizam um crime”. Salientou que o horário eleitoral gratuito não foi feito para ataques pessoais, mas para a apresentação de programas de governo. “Não se deve gastar o dinheiro público para esse tipo de ataque”, acentuou.

MISTICISMO – Ninguém sabe seu nome ou de onde veio, mas desde o início da campanha, quando o presidenciável Aécio Neves  ainda estava bem nas pesquisas, passando pela queda, e agora na recuperação de intenções de voto, o senhor com barba e jeitinho de Noel tem circulado pelo Shopping Uberaba e centro da cidade fazendo campanha para o candidato 45. Os esotéricos andam falando até em previsões místicas...

DIA DAS CRIANÇAS - Prefeito Paulo Piau  e a primeira-dama Heloísa Piau, com o neto, não arredaram pé do “Cria Criança” realizado domingo, dia 12, pela prefeitura, no estádio Uberabão. Um relax nestes tempos de falta d’água e de campanha acirrada para presidente da República. A foto é de Alex De Souza, e à esquerda, de olhos bem abertos, está o companheiro Enerson Cleiton
--------------
Oportunismo
E por falar em falta d’água, estamos, todos nós, sofrendo amargamente... Mas, venhamos e convenhamos, tem gente usando e abusando do assunto pra subir no palanque e fazer discursos contra o atual governo municipal.

Oportunidades
Vêm aí, os debates na Record (dia 19) e na Globo (dia 24). Desta vez, só Aécio Neves  e Dilma Rousseff frente a frente...Debates já aconteceram na Band e no SBT.

Prestação de contas
Justiça Eleitoral alerta: já que, em Minas Gerais, não haverá 2º turno para os cargos de governador e vice-governador, o prazo para que todos os candidatos que concorreram nas eleições 2014, bem como os partidos políticos e seus comitês financeiros, apresentem a prestação de contas final da campanha ao Tribunal Regional Eleitoral – TRE/MG, já está correndo e termina no dia 4 de novembro.
Atenção!
Todos os que pediram registro de candidatura estão obrigados a prestarem contas ao TRE - mesmo que tenham desistido, renunciado, sido substituídos, tido os pedidos de registro indeferidos, não tenham aberto contas bancárias específicas para a campanha ou que não tenham movimentado recursos financeiros ou estimáveis em dinheiro.
Moral da história
(Versão 3)
Muita gente enfrentou problemas ao se candidatar em 2014 por não ter prestado contas da candidatura em 2010 ou 2012... No caso de Uberaba, teve até gente impugnada em definitivo por causa disso.

Eleição nova
O eleitor que não votou e não justificou sua ausência no 1º turno, dia 5, deve comparecer às urnas normalmente dia 26 de outubro. Cada turno é considerado como uma eleição distinta e, portanto, cada um deles requer o comparecimento do eleitor ou a justificativa. A eventual pendência do 1º turno pode ser resolvida até dia 4 de dezembro em qualquer cartório eleitoral do Brasil, bastando levar um documento que justifique a ausência, como atestado médico, por exemplo.
--------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário