10 de julho de 2016

CONTA-GOTAS...NOTÍCIAS

"Pelo DEM, não!" - reagiu Antônio Neto na sua página no Facebook, ao saber que Luiz Neto poderia se candidatar. Antônio Neto não tinha dúvida de que 
o partido estava sob seu controle.  
--------------------------
LUIZ NETO: RINDO DE
ORELHA A ORELHA
HISTÓRICOS DO DEM DE UBERABA VENCEM A GUERRA DE GUERRILHA PELO COMANDO DO PARTIDO
Segundo maior partido na cidade, com 4.590 filiados, o Democratas/DEM de Uberaba volta a ter comando oficial. Exatamente dois anos após o fim da vigência do último diretório municipal, então presidido por Eclair Gonçalves, a legenda é reorganizada através de uma comissão executiva provisória liderada pelo engenheiro e ex-prefeito Luiz Guaritá Neto - atual presidente do Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba/Codau, e portanto, da base aliada do prefeito Paulo Piau (PMDB).
Sem direção desde 15 de julho de 2014 o DEM/Uberaba se viu no meio da fervura das eleições de 2016 quando entrou em cena um personagem até então desconhecido de gregos e troianos: o uberabense Antônio Neto, executivo do HSBC em São Paulo – cidade onde fez toda sua trajetória profissional.
Animado por um grupo liderado pelo ex-presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba/Aciu, Manoel Rodrigues, que sonhava em lançar uma candidatura própria a prefeito, o funcionário do HSBC tratou de fixar residência eleitoral em Uberaba, onde mora grande parte da família, em tempo hábil para uma eventual candidatura.
Antes disso já havia providenciado uma filiação silenciosa, ao DEM, que acabou se tornando barulhenta quando revelada – com direito a fotos exclusivas, pelo blog Conta-Gotas...Notícias.
Filiação, segundo os defensores da candidatura própria através do DEM, viria acompanhada da presidência da legenda, que seria entregue ao próprio Antônio Neto.
Foi um “Deus nos acuda”, que provocou reações do grupo liderado pelo ex-prefeito Luiz Neto, filiado antigo, e apanhado de surpresa. Desde então, a nova executiva de Uberaba, que seria presidida por Antônio Neto, empacou na mesa do comando estadual. Luiz Neto e outros filiados históricos haviam entrado na briga.
Vale lembrar que o executivo do HSBC, Antônio Neto (na foto, de gravata azul) se filiou em Brasília, DF, com as bênçãos dos principais caciques da legenda: o presidente nacional, senador José Agripino (RN); o líder no Senado, Ronaldo Caiado (GO); o líder na Câmara dos Deputados, Mendonça Filho (PE), e os deputados federais Efraim Filho (PB), Carlos Melles (MG) e Paudernei Avelino (AM). As fotos divulgadas com exclusividade por este blog provocaram trovoadas em Uberaba e uma guerra de guerrilha na disputa pelo comando do Democratas na cidade.

Executiva
Comissão municipal executiva provisória registrada na Justiça Eleitoral tem mandato por tempo indeterminado. Integram o comando, além do presidente Luiz Guaritá Neto, a advogada e secretária Municipal de Administração, Eclair Gonçalves (vice-presidente), Eduardo Rodrigues da Cunha Leonardo (secretário), Marco Túlio Paolinelli (tesoureiro), e André Luiz Borges.
O fato estranho da executiva é a presença do vereador Marcelo Machado Borges como líder da bancada. Ele se filiou ao PR.
------------
Eleições 2016
VERITÁ REGISTRA NOVA PESQUISA SOBRE A DISPUTA PELA PREFEITURA DE UBERABA
Depois do Plurimus – que registrou a pesquisa dia 29 de abril, mas não chegou a divulgar os resultados, e do Ibope – que fez o registro dia 1º de julho, com resultado divulgado pela Rádio Sete Colinas, agora foi a vez do Veritá registrar a terceira pesquisa sobre os candidatos a prefeito.
O registro na Justiça Eleitoral (MG-07505/2016) é de 7 de julho, e o levantamento prevê 522 entrevistas entre 9 e 12 de julho, foi contratado pelo Jornal de Uberaba, e a divulgação estava prevista para acontecer a partir do dia 13 de julho, quarta-feira. O instituto tem sua principal base em Uberlândia, MG.
Com margem de erro de 4,4% para mais ou para menos, a pesquisa pergunta em quem o eleitor votaria se a eleição fosse hoje (intenção espontânea), e coloca dez nomes à deliberação dos eleitores entrevistados para que escolham um deles (intenção de voto estimulada) e em quem não votaria (rejeição).
Os nomes apresentados são de Angela Mairink (PP), Antônio Lerin (PSB), Edson Santana (PPS), Gledston Moreli Dê (PPL), J.Júnior (PTB), João Ripposati (PSD), Josimar Rocha (PT), Paulo Piau (PMDB), Samir Cecílio (PSDB), Wagner Júnior (PTC).

IBOPE - Tudo indefinido
A pesquisa do Ibope, divulgada pela Rádio Sete Colinas dias 7 e 8 de julho, com repercussão aqui, em Conta-Gotas...Notícias, apontou empate técnico entre os três primeiros colocados, e portanto, uma situação indefinida no primeiro turno.
Chamou a atenção o fato de, no cenário espontâneo, 74% dos eleitores afirmarem que não sabiam, não quiseram opinar ou votariam branco ou nulo.

EUSTÁQUIO REIS VOLTA OFICIALMENTE À PRESIDÊNCIA DO PSOL/UBERABA
FRENTE DE ESQUERDA DE UBERABA SE ORGANIZA PARA AS ELEIÇÕES DE 2016
PSOL volta a ter comando oficial
Partido Socialismo e Liberdade/PSOL volta a ter comando oficial em Uberaba. Desde abril de 2014 sem uma comissão executiva municipal formada, a legenda se reorganizou. Foi reconduzido ao cargo de presidente o ferroviário aposentado e principal líder do partido na cidade, Eustáquio Reis.
Na edição anterior este blog antecipou que o PSOL, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado/PSTU e o Partido Comunista Brasileiro/PCB fecharam aliança para disputar a Prefeitura de Uberaba. Até a publicação da edição, o PSTU era o único, entre os três partidos, com comando oficial, neste caso sob a presidência do advogado trabalhista Adriano Espíndola.
Os três partidos formam a Frente de Esquerda Socialista de Uberaba e colocaram à mesa de debates, para a escolha da candidatura majoritária, a servidora pública federal e ativista sindical, Simea Freitas (PSTU), Eustáquio Reis (PSOL), e o servidor público estadual Moisés Laert (PCB).


276ª ZONA ELEITORAL
Edição do Diário da Justiça Eletrônico de 11 de julho de 2016 traz os locais onde vão funcionar as seções e os respectivos mesários da 276ª Zona Eleitoral de Uberaba. Juiz titular – que também é o diretor do Foro Eleitoral, Habib Felippe Jabour, assina o edital, lembrando que as informações valem para a eleição de 1º turno, e para o 2º turno – se houver.

Pedido inédito
Apesar de a legenda estar sem comando desde 13 de junho de 2016, o ex-secretário do Partido Trabalhista do Brasil – PTdoB de Uberaba, Carlos Augusto Assunção, ingressou com requerimento na Justiça Eleitoral pedindo seu desligamento da comissão executiva provisória.
A juíza titular da 326ª Zona Eleitoral, Andreísa Martinoli, indeferiu o pedido – não porque o partido está sem comando, mas sim, porque a definição de nomes para a
a composição da direção executiva de qualquer esfera partidária é matéria interna  das legendas.

BANCADA DE VEREADORES DO PR/UBERABA: EDMILSON DE PAULA,
DENISE MAX, MARCELO BORGES, KAKÁ CARNEIRO E SAMUEL PEREIRA
(FOTO: DIVULGAÇÃO PR)
Encrenca pouca é bobagem
E assim como quem não quer nada – sem qualquer alarde, o Partido da República/PR de Uberaba passou por alteração na composição de sua comissão executiva provisória. Presidida por tempo indeterminado pelo deputado federal Aelton Freitas, a legenda tinha na função de 1º vice-presidente o radialista e vice-prefeito Almir Silva.
Foi destituída e voltou – com o mesmo presidente, mas sem o vice-prefeito na composição. Em seu lugar assumiu Ildeu Menezes, que aliás, retorna à sigla pela qual disputou eleição de vereador em 2008.
Ildeu passou pelo PTdoB, apoiou Paulo Piau (PMDB) – atual prefeito, ocupou cargo importante no governo municipal, e agora, dizem as más línguas, anda conversando com o deputado estadual Antônio Lerin, pré-candidato a prefeito pelo PSB.
Mas, voltando ao que realmente surpreendeu: a saída de Almir Silva da comissão executiva. Se bem que vale lembrar: Almir, ex-vereador, atual vice-prefeito pelo PR, foi lançado pré-candidato a prefeito pela legenda, mas em data recente anunciou que havia mudado de ideia e que vai mesmo é disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores.
E não bastasse a desistência da candidatura a prefeito, Almir Silva entra na briga pelo cargo de vereador num momento em que o PR de Uberaba – com direito a festa no site oficial do PR de Minas Gerais, reforçou sua bancada atual, agora com cinco vereadores: Marcelo Machado Borges, Edmilson de Paula, Samuel Pereira, Denise Max e Edcarlo Carneiro. Todos candidatos à reeleição.

ELES SÃO ALGUNS DOS CÃES COMUNITÁRIOS DE UBERABA. MESMO ANTES DE QUALQUER PROCEDIMENTO LEGAL SOBRE O TEMA, JÁ TEM MUITA GENTE PRATICANDO GENEROSIDADE
De autoria de Denise Max e sancionada pelo prefeito Paulo Piau, em Uberaba já existe lei que pune pessoa que maltratar animais ou praticar atos de crueldade contra eles, inclusive o abandono. Legislação municipal de Uberaba proíbe uso de chicotes em animais e impõe a chipagem obrigatória de cães e gatos nos pet shops da cidade
CÃES E GATOS COMUNITÁRIOS PÕEM UBERABA NA MÍDIA ESPECIALIZADA EM DIREITOS DOS ANIMAIS
Uberaba ganha espaço em importantes veículos de comunicação do Brasil voltados para a defesa dos animais, entre eles, a conhecida e respeitada Agência de Notícias de Direitos Animais/Anda. O destaque é para o projeto de lei 99/2016, recém-aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal reconhecendo como cães e gatos comunitários de Uberaba os animais que, mesmo não possuindo um tutor definido e único, estabelecem vínculos afetivos, de dependência e manutenção com membros da população do local onde vivem.
“Os animais reconhecidos como comunitários sobrevivem por meio da generosidade de vários ou de um único responsável que os alimentam, medicam e oferecem água limpa e fresca diariamente” – lembra a reportagem da Anda.
O projeto aprovado pela Câmara de Uberaba é de autoria da vereadora Denise Max (PR), principal ativista da causa na cidade e região. Ela ficou conhecida por coordenar a Sociedade Uberabense de Proteção aos Animais/Supra – entidade que hoje abriga mais  de 500 animais, e que, por isso mesmo, enfrenta dificuldades para arcar com as despesas, que vale lembrar: vão desde alimentação até medicamentos, passando pela higiene – dos animais e do local, e de quebra, atenção e amor.
De acordo com o projeto, o animal reconhecido como comunitário pode  ser esterilizado, chipado e vacinado, com recursos próprios dos protetores da comunidade local onde vive o animal, e após a esterilização e recuperação, ele pode ser devolvido à comunidade de origem.
A quantidade de animais nas ruas é muito grande – diz  Denise Max, reconhecendo que é impossível que todos sejam abrigados. Denise explica que sua maior preocupação é de que estes animais sejam esterilizados e chipados, como forma de evitar a procriação, e para ajudar na localização. “Cuidando da saúde dos animais, consequentemente, estamos cuidando da nossa saúde; a esterilização é um meio de combater as zoonozes”, ressalta ela.
Além de promover a proteção dos animais, a Supra conseguiu, ao longo dos anos, incentivar o surgimento de um grande número de pessoas e ou abrigos de apoio aos animais. As redes sociais, especialmente o Facebook, têm exercido papel importante para a conquista de ajuda.

OS PROBLEMAS SÃO MUITOS, MAS AS CONQUISTAS TAMBÉM...
Secretaria de Saúde de Uberaba ganhou uma Superintendência de Bem-Estar Animal
Câmara Municipal de Uberaba alterou o regimento interno e criou uma Comissão Permanente de Bem-Estar e Proteção Animal
Canil do Centro de Controle de Zoonoses ganha reforma, adaptações e novos equipamentos
Supra recebeu uma verba de R$ 50 mil - doada pela Coordenadoria Regional das Promotorias de Meio Ambiente. Dinheiro foi liberado através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado por uma construtora da cidade com o coordenador das Promotorias do Meio Ambiente, promotor Carlos Valera, e teve destinação a projeto de castração de animais em Uberaba


BONS EXEMPLOS - Estados como o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro e cidades como Curitiba, no Paraná, possuem leis que reconhecem os animais comunitários. Na edição de 8 de julho de 2016, o destaque da seção FotoBlog da Folha de S.Paulo foi o projeto da Prefeitura de Curitiba voltado para os cães comunitários da cidade. Além da vacinação e vermifugação, os cães comunitários que vivem nos terminais de ônibus ganharam roupinha contra o frio (Fotos: Valdecir Galor/SMC/FOLHA)
-------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário