14 de fevereiro de 2017

CONTA-GOTAS...NOTÍCIAS

MICHEL TEMER CHEGANDO AO EVENTO,
ENTRE MARCOS MONTES E NILSON LEITÃO
(FOTO: FABIANO MALUF)
PRESIDENTE PRESTIGIA TRANSMISSÃO DE POSSE NA FPA
Dia 14 de julho de 2016 ele almoçou na sede do colegiado a convite de Marcos Montes
Presidente da República Michel Temer (PMDB) chegou por volta de 22h deste 14/02, terça-feira, ao Dúnia City Hall, em Brasília, para acompanhar a solenidade de transmissão de cargo na Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).
Após dois anos no comando do colegiado, que reúne 222 deputados federais e 24 senadores, o novo líder da bancada do PSD na Câmara, Marcos Montes (MG), passou a presidência para o colega tucano Nilson Leitão (MT).
Em entrevista especial, esta semana, Marcos Montes apontou como um dos avanços destes dois anos, a aproximação da FPA com a população urbana, a imprensa e com o governo federal, lembrando que, foi durante sua gestão, dia 14 de julho de 2016, que um presidente da República pisou pela primeira vez na sede do colegiado - que tem 14 anos de existência.
Michel Temer não apenas almoçou na sede da FPA como também recebeu em mãos, naquela oportunidade, um documento de sete páginas com 58 propostas para o setor. "Sem intermediários" - recorda Marcos Montes. Entrevista pode ser conferida na íntegra nos sites do PSD, PSD Câmara e do deputado (www.deputadomarcosmontes.com.br).

MINISTROS DA AGRICULTURA DE PAÍSES DA ÁFRICA, DA ÁSIA E DA EUROPA
BUSCAM RESPOSTAS EM UBERABA PARA UM DOS PROBLEMAS MAIS GRAVES
DA ATUALIDADE: A FOME. MESA DA ABERTURA DA CONFERÊNCIA INCLUI
O PREFEITO PAULO PIAU E O MINISTRO BRASILEIRO, BLAIRO MAGGI.
(IMAGEM: NETO TALMELI)

"UBERABA NÃO TEME DESAFIOS", DIZ O CHEFE DE GABINETE DA PREFEITURA
Fernando Hueb comemora o sucesso do encontro entre lideranças dos países de Língua Portuguesa
FERNANDO HUEB: 2 ANOS DE PREPARATIVOS
Há cerca de dois anos trabalhando nos preparativos da I Conferência Internacional de Desenvolvimento Econômico e Erradicação da Pobreza por meio da Agricultura (CPLP), o chefe de Gabinete da Prefeitura de Uberaba, professor Fernando Hueb, comemora o resultado do evento - que foi aberto dia 13/02, segunda-feira, e está sendo encerrado neste dia 15/02, quarta-feira.
A equipe da Chefia de Gabinete foi incansável na organização e até recebeu cumprimentos e elogios por parte do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil, Blairo Maggi, dia 13, quando ele abriu o encontro” – revela Hueb.
O mais importante, entretanto, segundo ele, é constatar que os objetivos estão sendo cumpridos. Lembra que os ministros deixaram seus respectivos países movidos pela fé e esperança. “Eles acreditam que através da união, da troca de experiências e das oportunidades de agronegócios poderão encontrar saídas para os problemas enfrentados pela população” – ressalta o chefe de Gabinete.
Muitas destas lideranças presentes em Uberaba não descansam um dia que seja, e, em que pesem as dificuldades, estão sempre em movimento, correndo atrás de benefícios para seus povos – diz Hueb.
MINISTRO DE PORTUGAL ANUNCIA DOAÇÃO DE 5 MILHÕES DE EUROS
O chefe de Gabinete cita a participação do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural de Portugal, Luís Capoulas Santos, como exemplo do que se pode alcançar com eventos como este, que está acontecendo em Uberaba.
Já no primeiro dia de Conferência, o ministro anunciou que Portugal vai apoiar com cinco milhões de euros os projetos de desenvolvimento rural em membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
“Estamos nos noticiários europeus e africanos como sede de um encontro histórico” – ressalta Hueb. Segundo ele, mais uma vez, Uberaba, através do governo Paulo Piau, dá demonstrações de que não foge aos desafios, e tem coragem para assumir sua cota de responsabilidade na busca de novos tempos para a humanidade.
Seja para contribuir com o combate à fome e à pobreza, seja para contribuir com o esporte, enquanto formador de caráter, Uberaba tem sido impecável – ressalta o chefe de Gabinete, se referindo ao campeonato sul-americano de vôlei feminino que está acontecendo na cidade.
De acordo com ele, além de cumprir com suas funções sociais, estas realizações implementam a economia de Uberaba e promovem o lado turístico da cidade. Paralelamente à I Conferência Internacional de Desenvolvimento Econômico e Erradicação da Pobreza por meio da Agricultura, a Chefia de Gabinete também dá apoio logístico para a Fundação Municipal de Esporte e Lazer (Funel).

MINISTROS ACREDITAM QUE SÓ A AGROPECUÁRIA PODE ACABAR COM A FOME E A POBREZA NO MUNDO
Sete ministros disseram “presente” à I Conferência Internacional de Desenvolvimento Econômico e Erradicação da Pobreza Através da Agricultura (CPLP), que acontece em Uberaba desde o dia 13/02, e vai até dia 15/02, com uma série de painéis técnicos voltados para o desenvolvimento agrário, tecnológico, econômico e sustentável no âmbito do agronegócio. A conferência é uma iniciativa da Comunidade dos Países Africanos de Língua Portuguesa (CPLP), em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil Moçambique (CCIBM), com colaboração dos países da CPLP e do Fundo das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). E tem o apoio dos governos federal do Brasil, estadual de Minas Gerais e municipal de Uberaba.



Ministro Blairo Borges Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil) abriu o evento, deu as boas-vindas aos colegas de outros continentes, e defendeu a união de todos para que a pobreza e a fome sejam erradicados do mundo. Segundo ele, a agropecuária é a saída para a se resolver a questão. Maggi é formado em Agronomia, foi governador do Mato Grosso por dois mandatos consecutivos (2003-2007 e 2007-2010) e eleito em 2011 para o Senado da República, com mandato até 2019. Em maio de 2016, licenciou-se do cargo de senador para assumir o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.





A única representante do sexo feminino é a médica veterinária Luísa Celma Caetano Meque, ex-funcionária e agora, vice-ministra da Agricultura e Segurança Alimentar de Moçambique - país localizado no sudeste do continente africano. A capital e maior cidade do país é Maputo (chamada de Lourenço Marques durante o domínio português). O cargo de vice-ministra em Moçambique não fica nada a dever ao cargo de ministro em termos de funções e importância.








Ministro de Agricultura e Ambiente de Cabo Verde, Gilberto Correia Carvalho Silva, é um conhecido defensor e ativista das lutas contra a pobreza e a fome. É doutor  em Ecologia Aplicada e Paisagística e fez licenciatura e mestrado em Biologia – Microbiologia. Cabo Verde – cuja capital é Praia - é localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas na região central do Oceano Atlântico. Suas viagens ganham espaços nos principais noticiários dos países africanos de Língua Portuguesa e não está sendo diferente em relação a Uberaba, no Brasil.








Mestre em Agronomia, dirigente partidário, ex-deputado e ex-embaixador, Nicolau dos Santos comanda o Ministério da Agricultura, Floresta e Pecuária de Guiné-Bissau – país africano, cuja capital é Bissau. Não é por acaso que eventos como o realizado em Uberaba são tão importantes para o ministro. Guiné-Bissau tem um histórico de instabilidade política desde a sua independência e possui um Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos mais baixos do mundo.










E se tem uma presença que não vai passar em branco é a do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural de Portugal, Luís Capoulas Santos. Formado em Sociologia, ex-deputado, bastaram poucas horas em Uberaba para o europeu virar notícia de capa nos veículos de comunicação da capital, Lisboa. É que ele anunciou, durante o evento, que Portugal vai apoiar com cinco milhões de euros os projetos de desenvolvimento rural em países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Segundo ele, trata-se do "contributo português para a execução de ações concretas para atingir os objetivos que estão definidos" nas estratégias da CPLP.



Ministro da Agricultura e Pescas de Timor-Leste, Estanislau Aleixo da Silva, é considerado um dos mais fortes integrantes do governo – inclusive com participação na Coordenação dos Assuntos Econômicos. Defende e trabalha para que seu país seja parte do grupo de países de classe média, que a pobreza seja erradicada e fique criada uma economia não petrolífera sustentável e diversificada. Timor-Leste é um dos países mais jovens do mundo, e ocupa a parte oriental da ilha de Timor, no sudeste asiático. Sua capital é Dili.





Teodorico dos Campos comanda o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural de São Tomé e Príncipe – país localizado na África Central, e cuja capital é São Tomé. O ministro Teodorico dos Campos é conhecido por estar sempre correndo atrás de parcerias com outros países de Língua Portuguesa, em busca de alternativas agropecuárias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário