29 de julho de 2017

CONTA-GOTAS...NOTÍCIAS

PROJETO DE U
Perdidos&Achados

PERDEU ALGUMA COISA EM UBERABA? 
RELÓGIO? ÓCULOS? CARTEIRA DE TRABALHO OU DE MOTORISTA? CERTIDÃO DE NASCIMENTO? CPF? TÍTULO DE ELEITOR? SAPATO? CARTÃO DO CIDADÃO? CAMISOLA?


Confira nas listas e ou nas fotos publicadas no 
final desta edição de Conta-Gotas...Notícias


Parece mentira... mas não é.
De sacolas de compras, passando por documentos importantíssimos e até cartões de bancos, além de roupas e sapatos, tudo pode ser encontrado nas salas de administração dos terminais do transporte coletivo de Uberaba. São os objetos esquecidos pelos usuários nos ônibus e nos terminais e que já chegam à casa dos mil acumulados atualmente. Cerca de 200 são documentos – incluindo cinco certidões de nascimento, 20 CPF´s, 16 títulos eleitorais...
Em tempo de crise econômica sem precedentes, 13 carteiras de trabalho e sete cartões do cidadão integram a lista dos esquecidos. E ainda: nove cartões de benefícios, inclusive tíquete-alimentação. Sem contar, nove carteiras de motorista e sete cartões de plano de saúde.
Todos os objetos perdidos são cadastrados. Após cinco dias sem que o dono apareça, o objeto é encaminhado para a Superintendência de Transporte Público - avenida Dom Luiz Maria Santana, 141, que funciona das 12h às 18h. Ali, é feita uma triagem, e os agentes de fiscalização tentam localizar o proprietário.
No caso de roupas, calçados e bolsas, eles são guardados por até seis meses no máximo. Se ninguém procura, os objetos são doados para entidades cadastradas na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.
-------------------
NOTÍCIA EXTRA
02/08/2017

PROJETO DE UBERABA RECEBE PRÊMIO CNMP 2017
Premiação foi criada pelo Conselho Nacional do Ministério Público para reconhecer e divulgar os programas que mais se destacam 


PROCURADOR DE MINAS GERAIS, ANTÔNIO SÉRGIO TONET, ENTREGOU O
PRÊMIO PARA A PROMOTORA DE UBERABA, MIRALDA DE LAVOR
(FOTOS: DIVULGAÇÃO)
Incluído entre os 27 finalistas do Prêmio CNMP 2017 – principal homenagem do Conselho Nacional do Ministério Público aos programas que mais se destacaram na concretização e alinhamento do Planejamento Estratégico Nacional do MP, projeto formatado em Uberaba foi premiado na noite de 02/08, quarta-feira.
Único de Minas Gerais entre os finalistas, o projeto Implantação das Oficinas de Parentalidade é coordenado pela promotora de Justiça de Família de Uberaba, Miralda Dias Dourado de Lavor, e ficou com o terceiro lugar na categoria Unidade e Eficiência da Atuação Institucional e Operacional.
Nada menos do que 1.077 projetos foram inscritos e 414 foram avaliados pela Comissão de Planejamento Estratégico do Conselho Nacional do Ministério Público (CPE/CNMP), sendo que apenas 27 passaram para a fase final.
Cerimônia de premiação aconteceu em Brasilia, DF, com a presença, inclusive, do procurador-Geral da República e presidente do CNMP, Rodrigo Janot. “Os números descortinam o grau de maturidade alcançado por membros e servidores neste permanente foro de intercâmbio de conhecimento e experiências. Em 2014, 655 projetos foram habilitados a concorrer ao Prêmio CNMP. Em 2017, foram nada menos que 1077” – comemoru.
A PROMOTORA
Miralda Dias Dourado de Lavor é promotora de Justiça de Família em Uberaba e integra a diretoria do Instituto Brasileiro de Direito da Família – o IBDFAM, uma entidade técnico-científica sem fins lucrativos reconhecida pelo Ministério da Justiça como de utilidade pública federal, e que tem o objetivo de desenvolver e divulgar o conhecimento sobre o Direito das Famílias, além de atuar como força representativa nas questões pertinentes às famílias brasileiras.
O PROJETO
Texto: Entrevista Miralda Dias
Veículo: Jornal da Manhã
Oficinas de Parentalidade foram implantadas na comarca de Uberaba em novembro de 2014, visando à implementação de uma política pública e gratuita de prevenção e resolução de conflitos, conforme recomendado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na Recomendação nº 50/2014, com a finalidade de transmitir aos pais, técnicas apropriadas de comunicação na família, ensinamentos a respeito das consequências que os conflitos proporcionam aos filhos, informações legais sobre alienação parental, guarda, visitas e alimentos.
Objetivo é instrumentalizar as famílias que enfrentam conflitos jurídicos relacionados ao divórcio ou à dissolução da união estável, nos quais vários ajustes e mudanças pessoais ocorrem. A participação na Oficina pretende auxiliar o casal a criar uma efetiva e saudável relação parental junto aos filhos. Objetiva ainda prevenir o abandono afetivo e alienação parental na medida em que busca conscientizar os pais de que é importante para a criança conviver com ambos.

-------------------   
HOSPITAL REGIONAL DE UBERABA
(IMAGENS: UBERABA VISTA DE CIMA/FACEBOOK)

https://www.facebook.com/uberabadasalturas/

No voto
CONSELHO VAI GERIR HOSPITAL REGIONAL DE UBERABA
Colegiado será presidido por Iraci Neto - especialista em Gestão em Regulação em Saúde do Sistema Único de Saúde/ SUS pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa/IEP – Hospital Sírio-Libanês 
Com manutenção a ser feita em parceria pelos governos federal, estadual e municipais, o Hospital Regional de Uberaba – com 27 cidades do Triângulo Mineiro sob sua jurisdição, entra em funcionamento em agosto (dia a ser definido) com um modelo de gestão até agora inédito na região.
De natureza deliberativa e permanente, um Conselho Gestor vai acompanhar “os assuntos plenos de interesse do Hospital Regional” – de acordo com o decreto 830/2017, baixado pelo prefeito Paulo Piau (PMDB), e assinado ainda pelos titulares da Secretaria Municipal de Saúde, Iraci Neto (PSD), e da Procuradoria-Geral do Município, Paulo Salge.
Entre as funções do colegiado está a indicação do superintendente do hospital, cujo nome passará pelo crivo do chefe do Executivo.
Especialista em Gestão em Regulação em Saúde do Sistema Único de Saúde/ SUS pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa/IEP – Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, Iraci Neto será o presidente do colegiado, cuja responsabilidade passa pelas questões acadêmica, administrativa, financeira, operacional, de assistência à saúde pública e de gestão plena do hospital.
Terá oito integrantes efetivos: o próprio secretário de Saúde de Uberaba, e representantes da Superintendência Regional de Saúde – da Secretaria de Estado da Saúde; do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais/Triângulo Sul; da Universidade Federal do Triângulo Mineiro/UFTM; do Hospital de Clínicas/UFTM; da Universidade de Uberaba/Uniube; do Hospital Mário Palmério/Uniube; do Conselho Municipal de Saúde de Uberaba.
Funções
Entre as funções estão deliberar, apoiar e acompanhar as atividades de planejamento administrativo, financeiro, operacional, funcional, de gestão e do atendimento a ser oferecido e prestado à população; avaliar a qualidade dos atendimentos efetivamente prestados à população; monitorar os resultados de mecanismo de índice de satisfação, através de meios e formas legais; propor, acompanhar, fiscalizar e, fundamentalmente deliberar acerca da captação e utilização de todos os recursos públicos ou privados, repassados ao Hospital Regional...
E ainda: participar, preferencialmente, por seu presidente, das reuniões do Conselho Municipal de Saúde; receber, encaminhar e acompanhar eventual denúncia formal, especificamente em relação ao funcionamento e ao atendimento, buscando a resolução dos problemas identificados, sem prejuízo da existência de Ouvidoria a ser instituída; publicizar as decisões do Conselho Gestor, no âmbito interno do Hospital Regional e externamente, quando se tratar de assunto que toca aos interesses da coletividade; deliberar sobre os convênios a serem celebrados.

ORGANOGRAMA DO HOSPITAL REGIONAL DE UBERABA
Organograma do Hospital Regional de Uberaba tem o Conselho Gestor no topo – seguido pela Auditoria Externa, cuja função principal será assessorar o Conselho Gestor. Em seguida vem a Superintendência (titular será escolhido pelo Conselho e passará pelo crivo do prefeito). Logo abaixo está a Ouvidoria (opinião dos usuários).
As quatro diretorias vêm a seguir: Clínica (eleita pelo corpo clínico/médicos); Administrativa (a cargo da Uniube/operacionalização e assistência/manutenção, serviços, contratos, limpeza, segurança etc.); Técnica (a cargo da Funepu/contratação do corpo clínico, inclusive equipes para UTI); Ensino e Pesquisa (parceria entre Uniube e UFTM).



Educação
UNIVERSIDADES PÚBLICA E PRIVADA 
SERÃO PARCEIRAS NA DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA
Uniube e UFTM vão traçar juntas as diretrizes acadêmicas


PARCERIA ACADÊMICA - HOSPITAL UNIVERSITÁRIO/UNIUBE E HOSPITAL DE CLÍNICAS/UFTM
(FOTOS: DIVULGAÇÃO)
Universidade de Uberaba – da rede privada, e Universidade Federal do Triângulo Mineiro com seus respectivos hospitais, Universitário e de Clínicas, estarão à frente da Diretoria de Ensino e Pesquisa do Hospital Regional. Vão definir e coordenar, desta forma, a participação de seus estudantes na instituição.
Ressalte-se que os atendimentos serão de média complexidade, e vão contar, inicialmente, com 55 leitos - 45 deles de clínica médica e cirúrgica, e dez em Unidade de Terapia Intensiva/UTI. Vão funcionar dois blocos cirúrgicos completos, com apoio de serviços de imagem e patologia.
Acesso ao hospital será via sistema regulatório, através de atendimento prévio nas Unidades de Pronto-Atendimento – UPA´s Mirante e São Benedito.
Numa segunda etapa, o Hospital Regional poderá atingir até 163 leitos, sendo 151 de internação e 12 de observação. No total, cerca de 350 funcionários estarão envolvidos no funcionamento da instituição.

REORGANIZAÇÃO NA SAÚDE PRETENDE
TAMBÉM DESAFOGAR AS UPAS
(FOTO: DIVULGAÇÃO)
FLUXO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA GANHA NOVO PROTOCOLO 
Paciente passa a ter direito de escolher o hospital para ser internado, desde que atenda às exigências do tratamento necessário
Novo manual redefine o protocolo relacionado ao atendimento dos pacientes de Uberaba e região, levando em conta a estrutura existente em Uberaba. A partir desta reestruturação, por exemplo, o paciente passa a ter direito de escolher o hospital onde será atendido, inclusive quando tiver plano de saúde.
Objetivo da reorganização é dar mais agilidade ao acesso aos serviços de saúde, seja no atendimento público ou privado, diminuindo o tempo de espera por vaga.

---------------------
Opiniões
(Fotos: Neto Talmeli/Secretaria Especial de Comunicação)

É um modelo de colaboração inédito, de uma gestão que não será teórica, praticada por pessoas que têm interesse em melhorar a saúde pública de Uberaba e região
Marcelo Palmério
Reitor da Uniube

Nossa participação é pensando em construir um modelo técnico assistencial digno para a população, com possibilidade de inserção de estudantes, de forma que possamos formar profissionais com o espírito que precisamos: acolhedor e respeitoso
Ana Lúcia de Assis Simões
Reitora da UFTM

Os atendimentos de média complexidade vão liberar vagas para alta complexidade no Hospital de Clínicas da UFTM, o que, por si só, já é um grande avanço na saúde em Uberaba e região... Se tem uma pessoa feliz hoje, sou eu
Paulo Piau
Prefeito de Uberaba
(Principal articulador e responsável pela viabilização do novo hospital)

Hospital Regional vai mexer com toda a sistematização do complexo hospitalar de Uberaba - com impacto na região. Será o epicentro da engrenagem local e regional
Iraci Neto
Secretário de Saúde de Uberaba
----------------------

FUNEPU SERÁ PRESTADORA DE SERVIÇOS NA CONTRATAÇÃO DOS MÉDICOS 
Caberá à Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba/Funepu cuidar das contratações do corpo clínico (médicos) do Hospital Regional de Uberaba. A instituição – que assumiu o gerenciamento das duas Unidades de Pronto-Atendimento/UPA´s de Uberaba, não integra o Conselho Gestor do Hospital Regional.
Criada em 1982 com o objetivo de apoiar o ensino, pesquisa e extensão da Universidade Federal do Triângulo Mineiro/UFTM, a Funepu é uma entidade com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos.
Hoje, possui funções bem mais ampliadas: oferece curso de idiomas pela Funepu Educacional; serviços de atenção e saúde do trabalhador por meio do Centro de Atenção e Saúde do Trabalhador/Cast; publicação de livros em pequenas escalas com o Selo Catapulta de Ideias; gestão de concursos e processos seletivos públicos e privados.
----------------------

VACINA... UM DIREITO DE TODOS
CAMPANHA ANTIRRÁBICA PLANEJA VACINAR MAIS DE 50 MIL ANIMAIS EM UBERABA
Já em ação na zona rural, a campanha de vacinação antirrábica chega à zona urbana de Uberaba dia 1º de agosto, terça-feira. Departamento de Controle de Endemias e Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde espera vacinar até 51.382 animais, sendo 46.290 cães e 5.092 gatos.
Haverá um posto fixo na Zoonoses  - avenida do Tutuna, 658, Vila Celeste, além de seis outros postos de vacinação em pontos determinados, de terça-feira a domingo.
Devem receber uma dose da vacina os gatos e cães com mais de três meses de vida. Já aqueles animais que estiverem doentes ou no período de gestação e lactação não devem receber a dose da vacina.
Em caso de dúvidas, o Departamento de Controle de Endemias e Zoonoses pode ser acionado pelo telefone 3315-4173, inclusive para verificar a previsão das visitas dos agentes no bairro.
A relação completa dos postos de vacinação deste ano está disponível no site da Prefeitura de Uberaba (http://www.uberaba.mg.gov.br/portal/acervo/banners/2017/arquivos/vacinacao_calendario.pdf)
-----------------------
Perdidos&Achados





-----------

Nenhum comentário:

Postar um comentário