27 de setembro de 2018

CONTA-GOTAS

JOSÉ LOURENÇO DA SILVA JÚNIOR
(FOTO: GLAUCO ARAÚJO/G1)
Bomba
PAPA FRANCISCO DEMITE PADRE DE UBERABA
Padre Júnior – como é conhecido, comandou por 20 anos a Paróquia de São Judas Tadeu
Arquidiocese de Uberaba comunica a demissão de José Lourenço da Silva Júnior da função de padre. Decisão, segundo a nota de esclarecimento divulgada dia 27/09, quinta-feira, aconteceu dia 30 de julho deste ano, quando o papa Francisco aplicou a pena, dispensando o então conhecido padre Júnior das obrigações sacerdotais, inclusive do celibato – condição da pessoa que se mantém solteira.
Ainda segundo a nota, José Lourenço foi oficialmente comunicado da decisão dia 27/09, e portanto, na mesma data da divulgação por parte da Arquidiocese de Uberaba. Página sobre o ex-padre foi retirada do site da arquidiocese no mesmo dia.
Em outubro de 2011, em meio a protestos dos paroquianos, ele foi afastado da Paróquia da Igreja de São Judas Tadeu pelo então arcebispo dom Roque Oppermann (falecido). Exercia suas funções na paróquia havia cerca de 20 anos. Desde então, sua vida se tornou uma incógnita em Uberaba, mas sem qualquer indicação de que a situação era tão grave.
Política
Júnior chegou a se envolver com política, se filiando ao PSL então presidido por José Luiz Alves. Esteve anotado no comando do partido como líder da bancada (inexistente, já que a legenda não tem vereador) até 7 de abril de 2018, quando a direção municipal de Uberaba teve sua validade encerrada. O então padre chegou a articular uma candidatura a vereador, mas desistiu. Na Justiça Eleitoral o PSL – do candidato a presidente, Jair Bolsonaro, está sem comando em Uberaba.
---------------------

ANTONIO ANASTASIA CRESCE E SE DISTANCIA DE FERNANDO PIMENTEL EM PESQUISA IBOPE/GLOBO
A coligação Reconstruir Minas intensifica a campanha atrás da vitória no 1º turno, dia 7 de outubro
Divulgada dia 27/09, pesquisa de intenção de voto realizada pelo Ibope em Minas Gerais - a pedido da TV Globo, mostra que o tucano Antonio Anastasia permanece na liderança da disputa com 35%, apresentando tendência de crescimento – de acordo com o instituto. Tinha 24% em agosto, subiu para 31%, depois 33%, e agora 35%.
O candidato da coligação Reconstruir Minas amplia sua distância para o 2º colocado, o atual governador Fernando Pimentel, do PT, que após estabilizar em 22%, agora oscila para 21% das intenções. Registrada na Justiça Eleitoral, a pesquisa ouviu 2.002 eleitores entre os dias 24/09 a 26/09, e tem margem de erro de 2% para mais e para menos.
----------------------

SÓ 17 PARTIDOS DE UBERABA TÊM COMANDO ANOTADO NA JUSTIÇA 
Um deles está suspenso por falta de prestação de contas
Em Uberaba, 17 partidos políticos tinham comandos anotados na Justiça Eleitoral até o fechamento desta edição de Conta-Gotas. Destes, 11 são dirigidos por comissão provisória, seis possuem direção definitiva e um – o PMN, está suspenso por falta de prestação de contas.
Estão anotados: MDB do prefeito Paulo Piau e líder em filiados; o Dem – que ocupa a segunda colocação em filiações; o PSD do deputado federal majoritário e candidato a vice-governador da coligação Reconstruir Minas, Marcos Montes; o Patri, PC do B; PDT; PHS; PPL; PR; PSC; PSDB; PSTU; PT; PTB; PTC; PV.
--------------------

PRESÉPIO ERA UMA ATRAÇÃO À PARTE NO ENCONTRO DE FOLIAS DE REIS
(FOTO: FLÁVIO SALGE/FCU)
PATRIMÕNIO CULTURAL DA CIDADE, FOLIAS DE REIS MOVIMENTAM 60º ENCONTRO EM UBERABA
Cidade com o maior número de folias de reis do país, Uberaba acaba de realizar o 60º encontro com a participação de dezenas de companhias. A festa tradicional é promovida pela Associação das Companhias de Reis de Uberaba e Região/Acorur em parceria com a Fundação Cultural de Uberaba e o Setor Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural. 
Em 2018, o versículo que movimentou o evento de fé foi “E a estrela que tinham visto no Oriente, ia adiante deles, até que parou sobre o lugar onde estava o menino Deus”, (Matheus 2:9).
As folias de reis são patrimônio cultural imaterial em Uberaba desde 2016 e em Minas Gerais desde 2017.
--------------------

SEM BIOMETRIA, ELEITORES TÊM TÍTULOS CANCELADOS EM QUATRO CIDADES DE MINAS
Eleitores de Betim, Contagem, Uberaba e Uberlândia que não fizeram biometria e tiveram os títulos cancelados não votam em 2018. Foram 213.172 eleitores dessas cidades que não fizeram o recadastramento biométrico e, consequentemente, tiveram os seus títulos cancelados.
O recadastramento biométrico obrigatório começou em 1º de fevereiro de 2017 e terminou em 9 de fevereiro de 2018, mas os eleitores dos quatro municípios que perderam o prazo ainda tiveram até 9 de maio para regularizar a situação e estarem aptos a votar nas eleições 2018. Os que não o fizeram tiveram os títulos cancelados.
Em Betim, foram cancelados 43.539 (15,62%); em Contagem, foram cancelados 85.534 (18,70%); em Uberaba, o número de cancelados foi 27.081 (12,02%); e em Uberlândia foram 57.018 (11,89%) títulos cancelados.
Os eleitores mineiros com biometria para as eleições 2018 somam 4.736.576 (30,17% do total), enquanto o número de eleitores sem biometria é de 10.964.390 eleitores (69,83%).

------------------


Nenhum comentário:

Postar um comentário